Archive for dezembro 9th, 2010

09/12/2010

SBT reavalia sua resistência à venda de horário para igrejas


SBT reavalia sua resistência à venda de horário para igrejas

Fontes ligadas ao alto escalão do SBT atestam que a direção da emissora não se mostra disposta a resistir por muito tempo às tentadoras propostas feitas por igrejas evangélicas para a compra de horário em sua grade de programação.

Segundo um alto executivo da emissora ouvido pelo Jornal Estado de São Paulo, o próprio Alexandre Raposo, presidente da Record, teria intermediado uma proposta recente – leia-se após o aporte anunciado no Banco Panamericano, do Grupo Silvio Santos – propondo ao SBT a compra de horário pela Igreja Universal do Reino de Deus (IURD). Raposo, por meio da assessoria de imprensa da Record, nega que tenha feito ou faça propostas em nome da IURD.

A decisão do SBT em repensar sua resistência à locação de horários, em especial às igrejas, parte puramente dos valores que o negócio representa, o que ganha reforço nesse contexto de crise do grupo. Embora considerem a prática imoral, e já que legislação alguma dá sinais de coibir esse comércio que abastece os cofres da concorrência, Silvio Santos & Cia. refazem as contas.

Estima-se que a IURD injete na Record algo em torno de R$ 500 milhões por ano. Ao Grupo Bandeirantes, somando aí a Rede 21, locada pela Igreja Mundial do Poder de Deus, a fé renderia R$ 200 milhões ao ano. E na RedeTV!, o saldo chegaria a R$ 100 milhões/ano. Para se ter uma ideia do quanto isso valeria ao baú de Silvio Santos, o SBT fechará o ano com modestos R$ 850 milhões líquidos.

Record, Band e RedeTV! afirmam, por meio de suas assessorias de  comunicação, que não se pronunciam sobre esses valores.


Fonte: Estadão

09/12/2010

Encontro nacional de Atletas de Cristo no Rio de Janeiro


Encontro nacional de Atletas de Cristo no Rio de Janeiro

Nesta época de festas no esporte, em que a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) fez a entrega das Taças de Campeão Brasileiro para Fluminense (Série A), Coritiba (Série B) e ABC-RN (Série C), no mesmo dia (6/12) em que a Revista Placar e a ESPN Brasil entregaram a Bola de Ouro e as de Prata para os melhores do campeonato, o grupo de Atletas de Cristo também vai se reunir, no Rio de Janeiro, de 9 a 12 de dezembro.

O goleiro Fábio, do Cruzeiro, que é um atleta de Cristo, ainda não confirmou presença no 30º Congresso anual do grupo. Fábio ganhou o prêmio de melhor goleiro do campeonato da CBF e da Placar.

Esta é a 30ª edição do encontro nacional de Atletas de Cristo. A programação conta com estudo bíblico, oração e comunhão cristã. O evento acontece num sítio no bairro do Camorim, na região de Jacarepaguá, na cidade do Rio de Janeiro. No sábado à noite será lançado um trabalho musical em CD intitulado “Construindo uma nova geração”, possível referência a uma nova estratégia da entidade, que comemora 30 anos de existência.

 


Fonte: Agência Soma / Gospel Prime

09/12/2010

Google é condenado a pagar honorários à IURD devido à exibição de vídeos no You Tube


A empresa Google Brasil Internet deve pagar honorários advocatícios à Igreja Universal do Reino de Deus (IURD) no valor de R$ 2.500.

A decisão é do ministro Luis Felipe Salomão, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), que deu provimento a um recurso da igreja.

A IURD ajuizou ação de obrigação de fazer em razão da veiculação de vídeos ofensivos no site You Tube. Os vídeos foram retirados do ar e foi fornecida a identificação dos usuários responsáveis pela publicação. Como o objetivo da ação foi atingido, a disputa entre as partes permaneceu apenas quanto ao pagamento dos honorários advocatícios.

Em primeiro grau, o Google foi condenado a pagamento a verba honorária. Ao julgar a apelação, o Tribunal de Justiça de São Paulo afastou a condenação por entender que a IURD deu causa à propositura da ação.

A igreja ajuizou agravo de instrumento no STJ para que fosse admitido o recuso especial contra a decisão do tribunal paulista. Primeiramente, o agravo não foi conhecido pela Presidência do STJ porque faltava procuração de advogados.

Ao analisar agravo regimental da IURD, o ministro Luis Felipe Salomão reconsiderou a decisão. Isto porque a Quarta Turma firmou o entendimento de que a juntada de qualquer procuração outorgada ao advogado do agravado satisfaz a exigência do artigo 544, parágrafo 1º, do Código de Processo Civil.

Ao analisar o mérito do pedido, o ministro Salomão ressaltou que o princípio da causalidade determina que os honorários advocatícios sejam suportados por quem deu causa a ação. Ele considerou que o litígio teve origem com a exibição das imagens, de forma que quem deu causa à ação foi o Google, ao exibir os vídeos. Portanto, é a parte ré quem deve pagar os honorários.

Segundo o ministro Salomão, “a retirada dos vídeos pela própria ré e o fato de ela estar compelida a resguardar o sigilo de seus usuários não modifica o motivo que originou a demanda, embora tais fatos influenciem no arbitramento do valor da verba honorária”. Ele considerou que a quantia fixada na sentença era razoável e não deveria ser alterada pelo STJ.

Com essas considerações, o ministro Salomão conheceu do agravo de instrumento para dar provimento ao recurso especial, restabelecendo a condenação em honorários advocatícios imposta na sentença.

Fonte: Midiacon

09/12/2010

População rejeita mudanças na lei sobre aborto, gays e drogas


Presidente eleita Dilma Rousseff (foto) terá dificuldades se quiser fazer mudanças nas leis que tratam de temas polêmicos que marcaram a campanha presidencial deste ano

Eleita presidenta com 55 milhões de votos, a petista Dilma Rousseff pode ter dificuldade em conseguir apoio popular se quiser fazer mudanças nas leis que tratam de temas polêmicos como aborto, direitos dos homossexuais e consumo de drogas.

Pesquisa Vox Populi encomendada pelo iG para mapear as expectativas dos brasileiros em relação ao futuro governo mostra que a maioria da população não aceitaria mudanças nas regras que regem atualmente essas áreas.

Aborto

O aborto, em especial, entrou na pauta da disputa eleitoral deste ano e levou tanto Dilma quanto o presidenciável José Serra (PSDB) a prometerem que, caso eleitos, não promoveriam mudanças nas regras relacionadas ao assunto.

Dilma, que antes de ser candidata havia dado declarações favoráveis à descriminalização do procedimento, viu aumentar, na reta final da campanha, a resistência de setores religiosos à sua candidatura. A petista acabou escrevendo uma carta se comprometendo a manter as leis sobre o tema e “de outros temas concernentes à família e à livre expressão de qualquer religião no País”.

Para 82% dos entrevistados pelo Vox Populi, o aborto não deveria deixar de ser crime no País. Entre os habitantes das regiões Norte e Centro Oeste, 89% defendem a punição de quem pratica o ato, contra 77% no Sudeste, o menor índice. De acordo com o instituo, é mais fácil encontrar quem defenda mudanças na lei do aborto em grandes cidades (19%) do que em municípios menores (9%).

O índice de rejeição à prática do aborto não varia significativamente entre gênero, idade e renda – é maior apenas entre eleitores com nível superior: 19%, contra 10% de quem estudou até a quarta série, por exemplo. Os índices de rejeição também são os mesmos entre eleitores de Dilma e Serra (82%) e atingem altos patamares tanto entre eleitores religiosos (86% dos evangélicos rechaçam a ideia) como entre os que dizem não ter religião (78%).

Para 72% das pessoas, o governo Dilma não deveria sequer propor uma lei que discriminalize o aborto – ideia compartilhada tanto por católicos (73%) como por evangélicos (75%) e membros de outras religiões (69%).

União civil entre homossexuais

O Vox Populi mostra que, para 60% da população, a união civil entre homossexuais não deveria ser permitida no País – como prevê a lei atual – contra 35% que defendem o direito. A maior resistência é observada nas regiões Centro Oeste e Norte (69%) e em municípios pequenos (66%); a menor resistência é observada no Sudeste – onde 39% defendem os direitos.

A pesquisa mostra que quanto mais velha é a população, menor a aceitação sobre o assunto (69% dos que tem 50 anos ou mais não aceitam a mudança). Quanto maior a escolaridade, maior também a aceitação: 44% dos quem têm ensino superior apoiam a mudança na lei – e 63% dos que estudaram até a quarta série dizem que homossexuais não podem se unir legalmente.

O menor índice de aceitação à união entre gays é identificado entre evangélicos: 19% (contra 37% dos católicos praticantes e 41% dos católicos não praticantes). Com pessoas de outras religiões, a aceitação chega a 59%.

A rejeição não é exclusiva apenas a entrevistados que se declaram religiosos: 56% dos que afirmam não ter religião também se dizem contra a união civil entre gays – o maior índice, entretanto, é entre evangélicos: 78%. Eleitores que declararam voto em Dilma e Serra têm praticamente os mesmos índices de rejeição à ideia: 36% e 33%, respectivamente.

A pesquisa aponta também que os brasileiros rejutam qualquer proposta de lei para ampliar o direito civil entre homossexuais e igualar a união ao casamento: 63% dos entrevistados se dizem contrários à ideia – entre os evangélicos, o índice chega a 79%.

Ainda segundo o Vox Populi, a adoção de crianças por casais homossexuais não deve ser permitida no País para a maioria dos entrevistados: 61%. A maior rejeição é identificada no Nordeste (70%). A ideia enfrenta maior resistência também em cidades menores e entre eleitores mais velhos.

Quando a pergunta é se o governo deveria propor uma lei que facilite a adoção de crianças por casais gays, a maioria dos entrevistados (64%) diz ser contra. No Nordeste, o índice é de 71% e entre evangélicos, de 77%.

Uso de drogas

O Vox Populi mostrou também na pesquisa que praticamente nove em cada dez brasileiros (87%) são contra a descriminalização do uso de drogas. O índice chega a 93% no Nordeste.

A ideia é quase igualmente rechaçada entre entrevistados de diferentes religiões, idades, escolaridade e preferências políticas. Para a maioria (72%) o governo nem sequer deveria propor uma lei prevendo a descriminalização das drogas – no Sul, a rejeição à ideia de mudança na lei alcança 81% da população.

A margem de erro do levantamento, que contou com 2.200 entrevistas feitas entre os dias 19 e 23 de novembro, é de 2,1 pontos percentuais.

Fonte: Último Segundo

09/12/2010

Grupos se manifestam contra a reunião de cristãos em shoppings na Indonésia


Igreja na Indonésia Grupos se manifestam contra a reunião de cristãos em shoppings na IndonésiaDepois de fechar igrejas na Java Ocidental, sul de Sulawesi, Sumatra, e outras províncias, as organizações islâmicas linha-dura tentam agora impedir o culto cristão em ou perto de shopping centers.

Dezenas de pessoas de organizações islâmicas manifestaram em frente ao shopping Gandaria no sul de Jacarta, em 19 de novembro, em protesto contra o culto de uma igreja sem nome, no centro comercial.

Após uma hora, na presença do chefe de polícia a gestão do shopping falou com os manifestantes, que disseram ser contra os cultos porque não há uma escola corânica nas proximidades.

O chefe do shopping, identificado apenas como Ridwan, negou que houvesse qualquer igreja ou culto ali. Ele disse Poskota que os manifestantes estavam mal informados e já tinha resolvido a questão com eles.

Jeirry Sumampouw, secretário-executivo do departamento de diaconia da Fraternidade de Igrejas da Indonésia (tradução livre), afirma que ninguém tem o direito de proibir o culto em um shopping, já que este é um espaço público e pode ser usado para qualquer finalidade, inclusive para culto.

Bonar Tigor Naipospos, vice-presidente do Instituto Setara de Justiça e Paz (tradução libre) ficou surpreso com a oposição de culto no shopping Gandaria. Eles são espaços públicos onde diversas atividades podem ter lugar, declara.

“Porque é um espaço público, não há relação entre as licenças [de construção] e culto”, acrescenta. “É diferente caso você queira levantar [construção] uma igreja no seu próprio imóvel.”

Naipospos afirma que as igrejas se encontram em shoppings, pois a obtenção de licenças é muito difícil.

Fonte: Portas Abertas / Gospel Prime

09/12/2010

Dos quatro técnicos evangélicos no Brasileirão, só um brilha


Márcio Araújo técnico do Bahia 250x191 Dos quatro técnicos evangélicos no Brasileirão, só um brilhaNão faltou técnico de futebol de fé evangélica no Brasileirão 2010. Foram quatro. Três na Série A e um na Série B. Mas o desempenho dos trio da primeira divisão não foi dos melhores.

Só Márcio Araújo, que trouxe o Bahia que estava na segundona de volta à série A, se destacou positivamente. O Silas, que passou pelo Grêmio e Flamengo, após um tempo bem-sucedido no catarinense Avaí, não se deu bem nos times chamados grandes. Além de um péssimo desempenho no relacionamento com a imprensa e a torcida, inclusive com declarações desastradas, foi demitido do Grêmio, apesar do título regional, e não conseguiu ficar no cargo no Flamengo por muito tempo. A falta de vitórias no “mais querido do Brasil” o derrubou.

E se alguém disser que o problema é espiritual, essas coisas que dizem do Flamengo, é só lembrar que, na Série B, o outro evangélico, Márcio Araújo, brilhou no Bahia, que tem fama bem mais forte nesse quesito religioso. E o evangélico foi tudo muito bem obrigado no comando da equipe… Araújo vai sair do clube, mas apenas porque quer dar mais atenção à família. O curioso é que o treinador que está sendo cotado para substituí-lo é o próprio Silas.

Outro evangélico liderando Comissão Técnica no Brasileirão foi René Simões, que livrou o Atlético Goianiense da segundona, empatando com o Vitória em 0×0 na última rodada. Algo pouco elogiável, diga-se de passagem. E o Jorginho, o ex-auxiliar técnico da Seleção Brasileira, tentou comandar o Goiás, mas foi demitido algumas rodadas antes do fim do campeonato e o clube que ele liderou foi rebaixado.

Em tempo, após sua saída do Goiás, numa entrevista na TV, Jorginho se defendeu de críticas a uma suposta prática evangelística ou de reuniões de oração nas concentrações durante a Copa.

Ele também aproveitou o momento e tentou jogar charme para os repórteres da ESPN (dizendo que precisavam conhecê-lo melhor), numa tentativa de desfazer a imagem de intolerante que ficou das coletivas com Dunga no tempo da Seleção, mas tropeçou de novo na aparente falta de cuidado com a humildade ao falar que o técnico que o sucedeu no Goiás estava ganhando um salário muito menor que o dele.

Fonte: Agência Soma / Gospel Prime

09/12/2010

Para casar, Leonardo DiCaprio pretende se converter ao judaísmo


Para casar Leonardo DiCaprio pretende se converter ao judaísmo 189x250 Para casar, Leonardo DiCaprio pretende se converter ao judaísmoLeonardo DiCaprio estaria pensando em se converter ao judaísmo para casar com a modelo Bar Refaeli.

Segundo o Daily Mail, o ator de A Origem, estaria fascinado com a cultura e a religião do país natal de Bar, Israel, e pensando em mudar de religião – ele é um católico não praticante – para oficializar o seu relacionamento com a top.

– O repentino interesso de Leo por Israel, sua cultura e religião, é o sinal mais claro de que ele pensa em se casar com a Bar, disse uma fonte.

O ator, que já visitou o país antes, estaria ficando em um hotel com a namorada durante suas visitas para evitar os fotógrafos que ficam do lado de fora da casa da modelo. E, agora, o ator estaria pensando em se converter para casar com Bar, a quem, secretamente, já teria pedido a mão.

Fonte: R7 / Gospel Prime

09/12/2010

Ícones da música gospel invadem a programação secular da televisão


Muito louvor e adoração no final de semana da televisão. Depois de Aline Barros, Fernanda Brum e Diante do Trono agora é a vez da pastora Ludmila Ferber fazer uma participação no Dimingão do Faustão. Cassiane também estará no programa do Raul Gil do próximo sábado.

Em seu twitter a cantora Cassiane confirma a sua participação no programa de auditório do SBT e a presença da Ludmila Ferber no programa de Fausto Silva. Na agenda do site oficial da pastora Ludmila não há uma confirmação dessa participação no programa da Globo. (até a publicação desta matéria a equipe do CPAD News não recebeu a confirmação da assessoria da pastora).

Segundo informações do site NTB a participação no Faustão é confirmada pelos irmãos André e Ana Paula Valadão (por Twitter).

Com informações do NTB e News Gospel
Fonte: CPAD

%d blogueiros gostam disto: