Archive for janeiro 6th, 2011

06/01/2011

Capitão Salvação: Americano cria HQ com super-herói gospel


Capitão Salvação 141x200 Capitão Salvação: Americano cria HQ com super herói gospelUm incêndio foge do controle dos bombeiros na fictícia cidade de Graceville. Uma voz é ouvida saindo de dentro do prédio em chamas: “Senhor, me ajude por favor, Deus!” O grito é de Bella Hope, uma órfã que deseja tornar-se uma grande missionária se conseguir sair dessa.

Suas chances de sobrevivência parecem pequenas, pois as chamas vigorosas fazem os bombeiros recuar. Eis que, surgindo do nada, aparece a resposta daquela oração. Um super-herói usando capa vermelha, com uma cruz estampada no peito entra no prédio, segura Bella nos braços e a leva até um lugar seguro, enquanto o prédio desaba em chamas.

Assim começa a saga do Capitão Salvação, estrela de uma nova série de HQ cristã criada por Curt Hawn, 48 anos, um pastor de jovens que mora na Carolina do Norte. Ele diz que descobriu cedo que “os meninos estão sempre à procura de um herói, alguém que possa servir de exemplo. Mas muitos desses ‘heróis’, que já estão presentes no atletismo e na indústria de entretenimento, não correspondem às expectativas deles.”

O sonho de Hawn é ganhar essas crianças, dando-lhes um super-herói cujo poder vem de sua aliança com o Deus Todo-Poderoso.

Os ajudantes do Capitão

Hawn quer alcançar as crianças com sua história em quadrinhos, que já foi enviada a missionários em várias partes do mundo, e com apresentações em igrejas, escolas e shows de música cristã. Nessas ocasiões, quem encarna o Capitão Salvação é Shane Burton, ex-jogador de futebol americano.

Hawn também trouxe para a equipe Joshua Carpenter, 26 anos. Formado em teologia, esse ex-conselheiro de acampamento cristão zela para que as histórias sejam ao mesmo tempo fiéis à Bíblia e relevantes para os jovens de hoje.

Para criar essa imagem típica de super-heróis de histórias em quadrinhos, Hawn contratou Greg Waller, artista que já trabalhou para a Marvel e a DC. Waller criou o Capitão a partir dos esboços feitos pelo próprio Hawn.

Para bancar tudo isso, Hawn vendeu a DTI Global, sua empresa de tecnologia que prestava serviços de documentação para escritórios de advocacia.

A venda deu-lhe o tempo e o dinheiro necessários para perseguir o que ele chama de “meu sonho: criar a maior escola dominical do mundo” através de histórias em quadrinhos, apresentações ao vivo e filmes das aventuras. Claro, todos estrelados pelo Capitão Salvação.

“Para a Moto Santa’

Em “O Reino Contra-ataca”, a primeira das cinco revistas em quadrinhos previstas, a equipe definiu as bases da trama. Disfarçado de um gentil vendedor de vitaminas, o personagem que vai se tornar o Capitão Salvação é filho e neto de super-heróis. Assim como seus antecessores, ele resolve usar sua própria força para realizar boas obras. Mas depois de sobreviver a um ataque em que os vilões amarram uma bomba em seu peito, ele aceita a Cristo. Ele “nasce de novo” e surge também o Capitão Salvação, dedicado a fazer a vontade divina, sempre confiando no poder de Deus.

“Vitória! Em nome de Jesus!” diz o Capitão Salvação, enquanto derrota um robô gigante que age em conluio com as forças demoníacas.

O musculoso Capitão tem um ajudante mascarado: Josué, que sempre cita a Bíblia e, assim como Davi derrotou Golias, usa uma funda que lança pedras mágicas.

Sua versão do Batmóvel é uma motocicleta Harley Davidson com um carrinho lateral (foto acima). ”Rápido, Josué”, diz o Capitão Salvação sempre que surge um novo mal para combaterem, “para a MOTO SANTA!”

Quem dá instruções e poder aos bandidos são demônios de rosto vermelho, que vestem terno e têm chifres e asas de dragão. Quem ajuda a dupla religiosa é Sozo, um anjo que mais parece jogador de futebol americano, um ser com asas brancas, rosto azul e que usa um brinco de ouro.

Pai de três filhos, Hawn usa alguns elementos autobiográficos. Por exemplo: Bella Hope foi inspirada na avó dele, que também era órfã.

No final da HQ, o Capitão Salvação pede que as crianças orem com ele para “ativar a sua salvação”.

A oração diz: “Querido Jesus, obrigado por morrer por mim e ressuscitar. Venha ao meu coração e perdoe os meus pecados. Eu lhe dou minha vida a partir de agora. Amém”.

Até agora, diz Hawn, 1.200 crianças já repetiram essa oração. Isso é tudo o que ele quer. “Meu objetivo sempre foi inscrever a palavra de Deus no coração das crianças”, afirma.

Sua história

Hawn sempre frequentou igrejas evangélicas. Quando mudou para Chicago, com o objetivo de seguir carreira nos negócios, ofereceu-se para organizar uma escola bíblica de férias e atrair crianças para a igreja. Foi então que nasceu o seu super-herói, no verão de 1991. O nome original era Capitão Bill, usava roupas vermelhas e era vivido pelo policial aposentado Bill Feffer.

Partiu de Feffer a idéia de mudar o nome do personagem para Capitão Salvação, citando a carta de Paulo aos Hebreus (2.10). A versão em inglês refere-se a Jesus como “capitão da salvação deles”.

Mais tarde, quando sua visão comercial para o personagem cresceu, Hawn registrou a marca “Capitão Salvação.” Na região de Charlotte, Carolina do Norte, onde mora desde 1997, ele encontrou as outras pessoas que agora trabalham com ele na realização de seu sonho.

Milhares de Capitães

No ano 2000 ele conheceu Carpenter, co-fundador da revista em quadrinhos, em um acampamento da sua igreja em Hendersonville. Formado pelo Instituto Cristo para as Nações, em Dallas, Carpenter o ajudou a fazer com que as histórias fossem melhor fundamentadas na Bíblia. Depois, também assumiu o departamento de marketing da editora. Ele ajudou a introduzir o Capitão Salvação nas lojas ligadas à Associação de Livreiros Cristãos e também em algumas rádios do segmento. Ele trabalhou ainda com uma banda de rock para compor músicas que farão parte de um futuro CD do Capitão Salvação.

Na igreja Freedom House, que Hawn frequenta em Charlotte, ele conheceu Burton, um homem com mais de dois metros e que pesa 150 quilos. O ex-zagueiro foi vice-campeão da NFL em 2004 jogando pelo Carolina Panthers. Mas quando eles se conheceram, em 2007, Burton estava mais interessado em ganhar almas.

Ele foi me cumprimentar e quase esmagou minha mão. Então me disse: “Toda vez que vejo você, penso em crianças”. Eu respondi: “Talvez Deus esteja planejando algo. Criei recentemente uma revista em quadrinhos”.

Agora, uma vez por mês, Burton interpreta o Capitão Salvação para diferentes grupos de crianças. Ele é acompanhado por David Sparks Jr., um mecânico e diácono da Freedom House, que se veste como Josué, o ajudante do Capitão.

Mas se Hawn alcançar seu objetivo, muitos outros irão encarnar os super-heróis que ele criou. Igrejas poderão encomendar os quadrinhos (as próximas três edições já foram escritas) e receber gratuitamente os direitos para usar o uniforme nas escolas dominicais, viagens missionárias e em escolas bíblicas de férias.

“Quero ver milhares de pessoas vivendo o Capitão Salvação. Esse é meu alvo final. Nós só queremos espalhar o evangelho”, finaliza Hawn.

Fonte: Pavablog / Gospel Prime

06/01/2011

Justiça decide a favor de Samuel Câmara como Pastor da Assembléia de Deus São José dos Campos


Desde o dia 17 de dezembro de 2010, os membros da Assembleia de Deus em São José dos Campos (SP) revesavam na segurança do templo para não deixar o ex-pastor Luiz Sellari e sua equipe invadirem o local. Foram oito tentativas de tomada de posse, feitas pelo antigo pastor, para cumprir a liminar que lhe foi concedida afastando o pastor Samuel Câmara por 90 dias da presidência da igreja. E ainda, instituindo uma junta presidida pelo pastor Sellari. 

Na última tentativa de invasão do templo (01/01/2011), por volta das 14h, o pastor Sellari e mais oito homens armados quebraram as vidraças das portas e janelas do templo.Os membros que estavam dentro do templo foram machucados com o estilhaço dos vidros e houve agressão fisíca, psicológica e emocional. O bando fugiu com a chegada da Polícia Militar. Os fiéis fizeram boletim de ocorrência. Em unidade o ministério eclesiástico e a membresia da AD em São José dos Campos decidiram instituir uma assembleia.

Ontem (02/01), a Assembleia realizada pelos fiéis do templo sede da AD em São José dos Campos e líderes do campo eclesiástico três assuntos foram aprovados: a derrubada da junta diretora instituída pelo pastor Sellari, garantida na liminar; a aprovação de uma diretoria provisória escolhida pela igreja e a exclusão do senhor Antônio Luiz Sellari do corpo de membros da igreja. Mais de 3.500 assinaturas foram recolhidas na assembleia, o templo estava lotado e ao som de louvores o ambiente foi tomado por um clima de adoração a Deus.

Após a reunião foi feita uma junção de petição com documentos que comprovaram os atos de violência contra os membros e a ata com as assinaturas. “Aguardamos nesta segunda-feira (03/01), que o juiz do processo avaliasse a nossa causa, após entregarmos toda juntada de petições e documentos. Não aguentamos mais as perseguições e tememos atos de violências mais graves” disse a advogada Nélsy Silva acompanhada da advogada Rutemeire Lorena, ambas membros da igreja, que comentou, “viemos perante ao juiz em defesa da igreja, pois temos uma escolha, queremos o pastor Samuel Câmara como nosso pastor e não aceitamos uma tomada de posse do templo a força”.

Hoje (03/01), em manifesto pacífico na frente do Fórum da comarca em São José dos Campos os integrantes da igreja clamavam para serem ouvidos pelo juiz. Após a entrega das documentações por volta das 18h, o juiz do processo Daniel Toscano concedeu a revogação da liminar alegando que a decisão democrática dos membros da igreja está acima de qualquer vontade de bispo, pastor, padre, etc. Entendendo a vontade soberana do povo aprovaram o retorno do pastor Samuel Câmara à presidência da AD em São José dos Campos. Um fato inédito diante de todo o apoio de intervenção jurídica, financeira e ministerial que o pastor Luiz Sellari recebeu da Assembleia de Deus – Ministério Belenzinho, presidida pelo pastor José Wellington, na capital de São Paulo e em São José dos Campos. Em diversas tentativas de tomada do templo a equipe de obreiros do Belenzinho acompanhou o pastor Sellari.

Os membros comemoraram a notícia. “Essa foi a maior prova do cuidado de Deus conosco e da força da igreja quando resolve lutar pelo que é justo e não aceita ser massa de manobra. Estamos felizes pelo retorno da paz que volta a reinar no nosso meio e não vemos a hora de adorar à Deus junto com o nosso pastor Samuel Câmara”, declarou o membro e pastor auxiliar Shakespeare Carvalho.

Fonte: Gospel+

06/01/2011

Priscila Christensen estreia na Line Records com o lançamento do CD “Acredito”


Acredito Priscila Christensen 250x214 Priscila Christensen estreia na Line Records com o lançamento do CD AcreditoEm sua estreia na música gospel, Priscila Christensen apresenta o resultado da infalível receita que une o tradicional Louvor e Adoração a uma pequena “pitada” pop. A cantora, que faz faculdade de música, toca piano e ainda é professora de canto, tem uma voz doce e uma ótima extensão vocal, caracteríticas que prometem destacá-la no mercado evangélico.

No repertório de seu primeiro CD, intitulado “Acredito”, a paulista esbanja talento em 12 músicas que retratam temas como comunhão com Deus, família, adoração e perdão. Destaque para a faixa que dá nome ao projeto e para as canções “Perdoa-me” e “Família Restaurada”, além da regravação de “Verdadeiro Adorador”, sucesso na voz da cantora Alda Célia, e das românticas “Inesquecível” e “Segredo”.

O álbum, com produção de Wagner Carvalho, conta com três músicas assinadas pela própria cantora. “Sou compositora há muito tempo. A inspiração acontece quando eu menos espero, na maioria das vezes quando estou em silêncio, que é quando começo a pensar em notas musicais, em Deus, na vida e as melodias surgem sem eu esperar. O fato de as letras serem bonitas é uma questão simples, escrevemos o que sentimos, é de dentro pra fora, aquilo que somos e o que sentimos é o que escrevemos.  Deus é o responsável por isso”, explica Priscila.

Com este CD, a cantora espera conquistar almas e abençoar as pessoas que já conhecem o Senhor Jesus. “Procurei escolher músicas que pudessem abranger todo o público que é ou não evangélico. Além do conteúdo cristão ser agradável, este CD é moderno, desde a escolha do repertório até às fotos. Meu objetivo é atingir o povo cristão, independente de denominação, e chamar a atenção daqueles que não conhecem a Deus, levando a mensagem da cruz de maneira doce e agradável”, diz a cantora.

Priscila, que nasceu em um lar evangélico e herdou o talento do conhecido maestro Jonas Christensen, do qual é parente, foi chamada para o ministério quando tinha apenas 16 anos de idade. “Estudei música com alguns professores e me formei no conservatório musical Villa Lobos, onde também cursei canto popular e, hoje em dia, canto erudito. Descobri meu talento por acaso. Uma cantora da banda da qual eu fazia parte tocando teclado faltou em uma apresentação e me colocaram no lugar dela. O público gostou e aplaudiu muito, desde então me apaixonei pelo canto e descobri que a minha voz era meu instrumento principal”, conta a artista.

Em breve o CD “Acredito” estará disponível nas principais lojas do País. Por enquanto, a reserva do produto já pode ser feita pelo Line Shopping, através do link http://www.linerecordsshop.com.br/detalhes.asp?lang=pt_BR&codigo_produto=379.

Vale a pena conferir!

Fonte: Assessoria de Imprensa Line Records

06/01/2011

Guerra de outdoors continua: Nova propaganda ateista afirma que todas as religiões são uma fraude


Ateístas americanos ergueram um outdoor no fim de semana, em Huntsville, Alabama, alegando que todas as religiões são fraudes.

O anúncio diz: “Você sabe que são todas fraudes” e as fotos de alguns símbolos religiosos, incluindo a cruz, a estrela judaica, a meia-lua e estrela do Islã.

O outdoor anuncia ainda que o grupo American Atheists vem “dizendo a verdade desde 1963.”

Blair Scott, diretor de comunicação do American Atheists, admitiu ao The Times Huntsville que o cartaz provavelmente “vai deixar muita gente louca.”

Mas ele explicou: “Nosso alvo não são os Cristãos, mas todos os ateístas e agnósticos que ainda estão no armário, que ainda estão fingindo, jogando, ainda vivendo de fachada.”

O American Atheists define “fraude” como uma manobra para levantar dinheiro, um esquema fraudulento de negócios ou uma tentativa de enganar intencionalmente uma pessoa geralmente com o objetivo financeiro ou de outro ganho.

Ele alega que a “verdade” é que “todas as religiões ganham dinheiro e poder do seu rebanho” e que “todas as religiões fazem muitas promessas sobre a vida após a morte, a qual não existe.”

“Vamos encarar os fatos: a religião conta uma boa história,” afirma o grupo. “Tudo que você precisa fazer é seguir o pastor e as coisas boas vão acontecer. Você nunca vai morrer verdadeiramente, e devido ao seu envolvimento na (insira a religião aqui) você irá usufruir da eternidade. Sim, é agradável ao invisível papai do céu que você siga o seu pastor. Basta perguntar ao seu pastor e ele vai te dizer.”

O American Atheists continua a argumentar, “Bilhões de adeptos, muitos dos quais são pregadores, todas vítimas deste Grande Fraude. Alguns sabem que é uma fraude, mas defendem a religião, porque gostam das mentiras. Eles gostam da fraude. Eles gostam da falsa sensação de segurança. Infelizmente, não importa o quanto você goste de uma mentira, isso não significa que seja verdade. Isso FAZ da religião uma grande fraude, se as vítimas estão dispostas a defendê-la, mesmo em face da verdade.”

A campanha publicitária é projetada para apelar a “ateístas enrustidos” e para anunciar a próxima conferência regional do grupo em Huntsville.

Segue-se uma campanha publicitária anterior que atacou o Natal, declarando-o um mito.

Os grupos religiosos têm respondido aos anúncios ofensivos com os seus próprios anuncios. A Liga Católica contestou ao outdoor ateísta “Você sabe que é um mito,” perto do Túnel Lincoln, em Nova Iorque com um cartaz declarando: “Você sabe que é real. Neste momento, celebre a Jesus.”

A Igreja de Times Square também respondeu com um outdoor sobre quem é Deus. Seu anúncio substituiu o mito do grupo ateísta e atualmente diz aos motoristas que se dirigem ao túnel, que Deus é bom, vivo e pronto a perdoar, entre outras coisas.

Fonte: The Christian Post / Gospel+/Via: Gospelprime

06/01/2011

Bispo Macedo manda instalar câmera no topo de prédio para exibir 24 horas por dia a construção do Templo de Salomão


Bispo Macedo manda instalar câmera no topo de prédio para exibir 24 horas por dia a construção do Templo de SalomãoO bispo Edir Macedo, da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD), mandou instalar uma câmera de vídeo em cima de um prédio na Avenida Celso Garcia, no Brás, zona leste de São Paulo, para transmitir 24 horas por dia imagens do terreno onde será construída a nova sede mundial da sua igreja.

Junto com a parafernália eletrônica para exibir imagens também são pedidas doações. “Essa obra necessita de sua ajuda. Os recursos para a construção do templo, virão do povo da Igreja Universal do Reino de Deus. Contudo, não são exclusivos. Todos são bem vindos para ajudar, e poderão participar desta construção”, diz texto escrito no blog de Macedo. O valor mínimo é de R$ 20.

A nova sede da IURD será uma réplica do Templo de Salomão, de Jerusalem, com 55 metros de altura. Está orçada em R$ 200 milhões. Conforme mostrou o blog em agosto quando foi lançada a pedra fundamental, o novo templo terá 12 andares, dois subsolos e capacidade para 10 mil pessoas sentadas. Ocupará uma área de 23.194 metros quadrados no quadrilátero formado pela Celso Garcia, João Boemer, Behring e Júlio César da Silva. A previsão é entregar as obras até 2014.

Veja a construção da réplica do templo de Salomão ao vivo: http://www.otemplodesalomao.com/live.html

Fonte: Estadão / Gospel+/Via: Gospel Prime

06/01/2011

Missões Nacionais levará promotores do RJ à Cracolândia


Missões Nacionais levará promotores do RJ à Cracolândia

Um novo ano se inicia e, com ele, novos desafios. Por isso, em 2011, os gerentes regionais do Rio de Janeiro,  pastor Cleber e Claudia Souza, prepararam um roteiro especial para a próxima viagem com promotores de missões do Rio de Janeiro: a Cracolândia (SP). A viagem está programada para os dias 20 a 24 de abril, com vagas para 43 pessoas (sendo 1 vaga por igreja).

Na cracolândia paulista está a Missão Batista Cristolândia, onde atuam os missionários pastor Humberto e Soraya Machado, além dos radicais e outros voluntários do projeto. Serão dias de crescimento e muito aprendizado em uma das frentes missionárias mais desafiadoras do país, porém, onde o Senhor tem feito grandes maravilhas através de batismos realizados, vidas transformadas, reencontros de famílias e a Palavra do Senhor anunciada dioturnamente.

Informações sobre a viagem
Saída: 20 de abril (quarta-feira) – 22h
Local: Seminário Teológico Batista do Sul do Brasil (STBSB)
Rua José Higino, 416 – Tijuca
Retorno: 23 de abril (sábado) – 22h

Chegada prevista para a manhã do dia 24 de abril no Rio de Janeiro, no mesmo local da saída.

 

Fonte: JMN/CPADNews

06/01/2011

O que diz a Bíblia sobre o pai cristão?


O maior mandamento na Escritura é este: “Amarás, pois, o Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todas as tuas forças” (Deuteronômio 6:5). Retrocedendo ao verso 2, lemos: “Para que temas ao Senhor teu Deus, e guardes todos os seus estatutos e mandamentos, que eu te ordeno, tu, e teu filho, e o filho de teu filho, todos os dias da tua vida, e que teus dias sejam prolongados.” Seguindo os versos, mais adiante vemos: “E estas palavras, que hoje te ordeno, estarão no teu coração; E as ensinarás a teus filhos e delas falarás assentado em tua casa, e andando pelo caminho, e deitando-te e levantando-te” (versos 6 e 7).

A história dos hebreus revela que o pai deveria ser diligente em instruir a seus filhos nos caminhos e palavras do Senhor, para seu próprio desenvolvimento e bem estar espiritual. O pai que era obediente aos mandamentos das Escrituras, fazia justamente isto. A importância primária desta passagem é que os filhos devem ser criados na “disciplina e admoestação do Senhor”, a responsabilidade de um pai na casa. Isto nos traz uma passagem no Livro de Provérbios capítulo 22:6-11; mas principalmente o verso 6, que diz: “Educa a criança no caminho em que deve andar; e até quando envelhecer (quando crescer) não se desviará dele.” Educar indica a primeira instrução que um pai e mãe devem dar a um filho; ou seja, sua primeira educação. A educação tem como objetivo revelar perante a criança como a vida é prevista para ela. Iniciar a educação da criança desta forma é de grande importância, assim como uma árvore segue a inclinação de seus primeiros anos.

Uma passagem do Novo Testamento nos dá uma clara ilustração da instrução do Senhor para um pai em relação à educação de seus filhos. Efésios 6:4 é um resumo da instrução aos pais, colocado de forma negativa e positiva: “E vós, pais, não provoqueis à ira a vossos filhos, mas criai-os na doutrina e admoestação do Senhor.” Aqui está o que diz a Bíblia sobre a responsabilidade de um pai em criar seus filhos. O aspecto negativo deste verso indica que um pai não deve fomentar maus sentimentos em seus filhos sendo severo, injusto, parcial ou exercitando sua autoridade de forma irracional. Isto só servirá para que o filho alimente rancor em seu coração. O aspecto positivo é expresso em uma instrução compreensiva: ou seja, eduque-o, crie-o, desenvolva sua conduta em todos os aspectos da vida pela instrução e admoestação do Senhor. Este é o treinamento (ser um modelo definitivo como pai) ou educação de uma criança – todo o processo de educar e disciplinar. A palavra “admoestação” carrega consigo a idéia de “colocar na mente da criança”, o que é o ato de lembrar a criança de suas faltas (de forma construtiva) ou responsabilidades (responsabilidades de acordo com seu nível de idade e compreensão).

Não se deve permitir que a criança cresça sem cuidado ou controle. A criança deve ser instruída, disciplinada e admoestada, para que adquira conhecimento, autocontrole e obediência. Todo este processo de educação deve ser em um nível espiritual e cristão (no verdadeiro significado desta palavra). É a “disciplina e admoestação do Senhor” a única forma efetiva de alcançar os objetivos da educação. Qualquer outra substituição ou meio de educar pode resultar em desastroso fracasso. O elemento moral e espiritual de nossa natureza é tão essencial e tão universal quanto o intelectual. Por isso, a espiritualidade é necessária ao desenvolvimento da mente, tanto quanto o conhecimento. Provérbios 1:7 nos diz: “O temor do Senhor é o princípio do conhecimento.”

O pai cristão é realmente o instrumento na mão de Deus na questão da paternidade. Assim como o cristianismo é a única religião verdadeira, e Deus em Cristo é o único Deus verdadeiro, a única forma possível de obter uma educação proveitosa é a disciplina e admoestação do Senhor. Todo o processo de instrução e disciplina deve ser aquele que Ele (Deus) prescreve e administra, para que Sua autoridade possa estar em contato constante e imediato com a mente, coração e consciência da criança. O pai humano não deve jamais se apresentar como autoridade final que determine verdade e dever. Isto simplesmente desenvolve o aspecto humano do “eu”. Somente fazendo com que Deus, Deus em Cristo, seja o mestre e governante, sob cuja autoridade tudo deve ser crido e obedecido e sob cuja vontade tudo deve ser feito, é possível alcançar os objetivos da educação.

As instruções das Escrituras aos pais são sempre o ideal de Deus. Às vezes temos a tendência em “baixar” estes ideais ao nível de nossos ideais e experiências humanas. Sua pergunta, entretanto, é o que a Bíblia diz a respeito de ser um pai. Tentei responder adequadamente. Descobri, por experiência de ser pai de três filhos, o quanto falhei no ideal bíblico. Isto, entretanto, não desvirtua a Escritura e a verdade e sabedoria de Deus, para dizer que “a Escritura simplesmente não funciona”.

Façamos um resumo do que foi dito. A palavra “provocar” significa irritar, exasperar, mostrar de forma errada, incitar, etc. Isto resulta de um espírito e métodos equivocados, ou seja, severidade, irracionalidade, autoritarismo, dureza, exigências cruéis, restrições desnecessárias e insistência egoísta em relação à autoridade. Tais provocações resultarão em reações adversas, murchando o afeto, criando obstáculos ao desejo por santidade e fazendo o filho sentir que não pode, de modo algum, agradar a seus pais (eu sei, pois já passei por isso). Um pai (ou mãe) sábio (quisera eu ter sido mais sábio) busca fazer com que a obediência seja algo desejável e alcançável mediante amor e gentileza. Os pais não devem ser tiranos impiedosos.

Martinho Lutero dizia: “Deixe a maçã ao lado da vara e dê a seu filho quando fizer o certo”. A disciplina na educação geral e cultura deve ser exercitada com cuidadosa vigilância e constante ensino, com muita oração. O castigar, disciplinar e aconselhar pela Palavra de Deus, proporcionando tanto reprimendas como encorajamento, segundo a necessidade, é indicativo de “admoestação”. A instrução dada vem do Senhor, é aprendida na escola da experiência cristã e é administrada pelos pais (o pai). A disciplina cristã é necessária para impedir que a criança cresça sem a reverência a Deus, respeito pela autoridade dos pais, conhecimento dos padrões cristãos e hábitos de autocontrole.

“Toda a Escritura é divinamente inspirada, e proveitosa para ensinar, para redargüir, para corrigir, para instruir em justiça; Para que o homem (ou mulher) de Deus seja perfeito, e perfeitamente instruído para toda a boa obra” (II Timóteo 3:16-17). Isto é o que diz a Bíblia sobre ser um bom pai. Os meios e métodos que os pais podem usar a fim de ensinar a verdade de Deus irão necessariamente variar. Mas estas verdades sempre deverão estar disponíveis para serem aplicadas em qualquer objetivo de vida, no viver e no estilo de vida. Assim como o pai é fiel em seu papel de modelo para os filhos, o que a criança aprende sobre Deus permanecerá através de toda a sua vida, não importando o que faça ou onde possa ir. Os filhos aprenderão a “amar a Deus de todo o coração, alma e força”, e terão o desejo de servir a Deus em tudo o que fizerem.

06/01/2011

Pastor indiano ferido em tentativa de homicídio por extremistas hindus


Pastor indiano ferido em tentativa de homicídio por extremistas hindus

Um líder indiano cristão quase foi morto em um ataque na noite de domingo por extremistas hindus durante um culto na cidade de Davangere.

O pastor Samuel Isaac, coordenador do Conselho Global de Cristãos Indianos (CGCI), ficou gravemente ferido quando foi atingido entre o pescoço e o ombro com um cutelo, na frente de sua esposa e de seus dois filhos, enquanto ele conduzia a reunião.

Ele foi levado para o Hospital Chigateri para tratamento. O pastor teve que passar por uma transfusão de sangue e receber doze pontos para fechar a ferida.

A polícia prendeu um homem identificado apenas pelo nome de Bansava, na sequência de um inquérito.

Sajan George, presidente do CGIC, acusou os invasores de ter uma “clara intenção de matá-lo”, mas ficou aliviado por Samuel sobreviver e agradeceu a Deus.

Ele também criticou as leis anti-conversão atualmente acolhidas em vários estados indianos, a rotulagem da legislação como uma “desculpa para a violência anti-cristã.”

“O governo do Bharatiya Janata Party tem que perceber que a lei anti-conversão tem um histórico de abuso por fundamentalistas hindus”, disse ele, segundo a agência AsiaNews.

Embora a Constituição da Índia preveja a liberdade de religião, seis dos 28 estados restringem essa liberdade com a legislação que permite a punição de convertidos religiosos que não informam o estado.

Embora as leis não existam em Karnataka, sul da Índia onde ocorreu o incidente, houve uma forte demanda para introduzir políticas similares.

Um recente relatório da Associação Evangélica da Índia mostra um aumento na violência contra os cristãos indianos durante a última década, com 149 ataques em 2010.

A maioria dos casos ocorreu em quatro estados, indicando que os ataques aos cristãos não são incidentes de rua, mas fazem parte de uma campanha sistemática pelos influentes nacionalistas hindus, afirma o relatório EFI.

Em 2008, o maior caso de violência contra cristãos ocorreu quando extremistas hindus assassinaram 110 irmãos e destruíram 170 igrejas e 4.500 casas após o assassinato de um líder hindu.

O hinduísmo é a principal religião da Índia, com cerca de 80% dos 1,1 bilhão de pessoas no hinduísmo. Os cristãos representam 2,3% da população.

Fonte: Christian Post / CPADNews

06/01/2011

Igrejas evangélicas pedem ajuda para atingidos por inundações


Igrejas evangélicas pedem ajuda para atingidos por inundações O secretário regional da Aliança de Igrejas Presbiterianas e Reformadas da América Latina (Aipral), reverendo Germán Zijlstra, pediu, em comunicado, para que seja lembrada a situação de emergência que colombianos enfrentam por causa das fortes chuvas que caíram em regiões do país no período das festas de final de ano.

“Seria importante contar com mecanismos que nos ajudem a atuar frente às emergências climáticas que estão sucedendo cada vez com mas frequência em nossos povos e nações”, diz a nota.

Germán destaca que a oração é importante, mas também é preciso responder com solidariedade ativa.

Colômbia está sofrendo um dos piores períodos de chuva de sua história recente, destruindo casas, lavouras, escolas, e matando animais.

As áreas mais atingidas ficam em Urabá, relatou o diretor do Departamento de Diaconia da Igreja Presbiteriana da Colömbia, Germán Zárate Durier.

Ajuda em dinheiro pode ser encaminhada ao Departamento de Diaconia da Igreja Presbiteriana, através da conta bancária número (IAM)- 201-38777-6, código swift BCTOCOBB.


Fonte: Notícias Cristãs / ALC Notícias

06/01/2011

Presidente egípcio acusa estrangeiros por atentado contra igreja


Presidente egípcio acusa estrangeiros por atentado contra igreja O presidente egípcio, Hosni Mubarak, afirmou que o atentado de sexta-feira à noite contra uma igreja cristã de Alexandria “tem o selo de elementos estrangeiros”.

“O terrorismo não vai conseguir desestabilizar o Egito e a unidade entre cristãos e muçulmanos”, afirmou Mubarak em mensagem especial divulgada pela televisão.

Pouco depois da meia-noite (no horário local), uma bomba explodiu na porta de uma igreja de Alexandria quando dezenas de fiéis saíam do templo, deixando 21 mortos e 79 feridos.

É o ataque mais grave contra a comunidade cristã egípcia, embora entre os mortos e feridos haja uma dezena de muçulmanos.

“Este ato brutal nos choca. A mistura do sangue de muçulmanos e cristãos é uma prova de que todo Egito é o alvo deste terrorismo cego”, afirmou Mubarak.

“Vamos cortar a cabeça da serpente e acabar com o terrorismo”, acrescentou.

Mubarak não identificou quem pode estar por trás deste atentado, embora em 1º de novembro um grupo terrorista iraquiano vinculado à Al Qaeda tenha ameaçado os cristãos egípcios.

“Já ganhamos uma batalha contra o terrorismo nos anos 90”, acrescentou o governante, em referência aos ataques perpetrados por grupos radicais islâmicos dirigidos contra civis, altos funcionários e turistas estrangeiros.

Fonte: UOL

%d blogueiros gostam disto: