Archive for janeiro 10th, 2011

10/01/2011

Troca do RG pela nova identidade com chip


Troca do RG pela nova identidade com chip

A troca da cédula de identidade (RG) pelo novo cartão do Registro de Identidade Civil (RIC) vai começar no próximo dia 17. As pessoas selecionadas serão convocadas por carta a partir desta semana.

De acordo com o Ministério da Justiça, os habitantes de Brasília, Rio de Janeiro e Salvador serão os primeiros a receber as cartas. As cidades de Hidrolândia (GO), Ilha de Itamaracá (PE), Nísia Floresta (RN) e Rio Sono (TO) também fazem parte do projeto piloto, e o início da convocação terá início ainda no primeiro semestre.

A nova identidade foi lançada em dezembro, mas o período de transição de governo atrapalhou o início do processo de troca. Segundo o Ministério da Justiça, os cartões das pessoas selecionadas já estão prontos, pois foram feitos com base nos cadastros repassados pelos estados.

O ministério também informou que os cidadãos escolhidos para a troca do documento foram escolhidos aleatoriamente pelos estados. A estimativa é que este ano 2 milhões de brasileiros façam a substituição.

O RIC é um cartão magnético, com impressão digital e chip eletrônico, que incluirá informações como nome, sexo, data de nascimento, foto, filiação, naturalidade e assinatura, entre outros dados. O Ministério da Justiça estima que a substituição da carteira de identidade será feita, gradualmente, ao longo de dez anos.

A emissão do RIC em 2011 será custeada pelo Ministério da Justiça, por isso, a pessoa não precisará pagar pela troca. Segundo o ministério, o investimento no primeiro ano será de cerca de R$ 90 milhões.

Fonte: Agência Brasil

10/01/2011

Igreja Universal possui a maior rede social evangélica do país, com mais de 100 mil usuários


Comunidade Arca Universal 250x177 Igreja Universal possui a maior rede social evangélica do país, com mais de 100 mil usuáriosAs redes sociais são estruturas compostas por pessoas conectadas entre si, que partilham valores e interesses comuns. Pesquisas estimam que cerca de 80% dos usuários da web façam parte de pelo menos uma delas. Nos últimos tempos, percebe-se uma grande adesão por parte dos internautas aos sites desse tipo, além do surgimento de alguns modelos segmentados.

De acordo com o jornalista Fábio Bito, especialista em comunicação digital, o crescente interesse por sites dessa natureza pode ser atribuído a dois motivos: o primeiro é que as pessoas são naturalmente sociais, organizam-se e formam grupos de acordo com interesses, necessidades e objetivos comuns. Algo que sempre aconteceu, mas que foi potencializado pela internet.

O segundo motivo seria justamente o crescente acesso das pessoas à web, somado à cada vez mais frequente integração dos sites de mídias sociais no cotidiano dos internautas. “Desta forma, este fenômeno pode ser visto como uma união do interesse natural que as pessoas têm em viver em comunidade, além da facilidade tecnológica com que isso ocorre na internet”, avalia Bito.

As redes sociais refletem no mundo virtual o que existe na vida real. Um ponto em comum entre todas elas é o compartilhamento de informações entre as pessoas, conhecimentos, interesses e o empenho em busca dos mesmos objetivos.

Diferentes segmentos

O relacionamento entre os usuários conectados costuma ser o foco de redes sociais como o Facebook, Orkut, Myspace e o Twitter. No caso do Linkedin, o objetivo é estabelecer conexões profissionais. Há ainda as redes comunitárias, voltadas para pessoas que fazem parte de determinados grupos, empresas, bairros ou cidades.

“Acho que é bem mais interessante que existam pequenas redes ao invés de uma grande rede social com muitos usuários. Quanto maior o número de participantes, menor é a coesão e o potencial de transformação e comunicação entre eles”, afirma o jornalista.

Ele acredita que as redes sociais segmentadas são alternativas mais interessantes do que o Facebook, por exemplo. “Embora não se possa dizer que o surgimento dessas redes menores seja uma tendência para os próximos anos, elas já são uma realidade no cenário atual da web, e concorrem com a crescente massificação de uma rede única, como percebe-se que ocorrerá com o crescimento acelerado do Facebook em todo o mundo”, atesta Bito.

Comunidade Arca Universal

Um bom exemplo do potencial que as redes sociais segmentadas possuem é o da Comunidade Arca Universal, uma rede cristã, criada em abril de 2009, que já conta com mais de 100 mil usuários cadastrados.

“Sentimos a necessidade de encontrar na internet um ambiente saudável, moderado, onde as pessoas pudessem compartilhar seu tempo, suas experiências e, principalmente, sua fé entre os amigos, no Brasil e pelo mundo”, conta Paulo Cezar Siqueira Mendes, idealizador da rede cristã.

Além de encontrar vídeos, textos e mensagens que agregam valor à conduta e ao comportamento do internauta cristão, é possível conversar com bispos e pastores da Igreja Universal, que sempre trazem experiências e conselhos aos que precisam.

Na Comunidade Arca Universal, os internautas dispõem de todas as funcionalidades de outras redes sociais maiores, como fóruns, canais de debates, blogs pessoais, postagens de fotos, vídeos, jogos, além de uma lista de aplicativos externos que podem ser utilizados.

Apesar de os usuários, em sua maioria, serem membros da IURD, não há restrição quanto à participação de outros internautas. “Qualquer pessoa pode participar, independentemente do credo religioso. Nós prezamos pelo respeito, generosidade, cordialidade e compreensão. Não permitimos o uso de expressões vulgares ou palavras chulas, nem fotos ou vídeos com conteúdo obsceno”, explica Paulo Cezar.

Embora seja grande a participação dos jovens, em geral, o público é composto por internautas de todas as idades. São cerca de dez milhões de visualizações por mês e todo conteúdo é observado por uma equipe que realiza um criterioso sistema de moderação, em tempo real. Além disso, os próprios usuários auxiliam, denunciando spams ou postagens de qualquer conteúdo ilícito.

“Ultrapassamos a marca de cem mil membros e 10 milhões de visualizações por mês. Agora, estamos partindo para uma nova etapa de metas e melhorias, principalmente com relação à interatividade dos usuários com seus amigos, além da disponibilização de novas ferramentas”, conclui Paulo.

Além da Comunidade Universal, há ainda a Comunidade da Força Jovem Brasil, que também cresce a cada dia, e conta com mais de 60 mil usuários.

Fonte: Arca Universal / Gospel Prime

10/01/2011

Ataques a cristãos indianos aumentaram na última década


Ataques a cristãos indianos aumentaram na última década Os cristãos da Índia enfrentaram mais ataques na última década, sofrendo mais de 130 ataques por ano desde 2001, com cifras que ultrapassam em muito as de 2007 e 2008.

Em 2010, os cristãos sofreram pelo menos 149 ataques violentos, de acordo com a Comunidade Evangélica da Índia (EFI).

A maioria dos incidentes ocorreu em apenas quatro estados: Karnataka e Andhra Pradesh, no sul da Índia, e dois estados vizinhos no centro-norte do país, Madhya Pradesh e Chhattisgarh. Dos 23 milhões de cristãos indianos, 2.7 milhões vivem nesses quatro estados.

Em 2009, houve mais de 152 ataques em toda a Índia. Três dos quatro estados com maior perseguição aos cristãos (Karnataka, Chhattisgarh e Madhya Pradesh) são governados pelo partido nacionalista-hindu Bharatiya Janata (BJP), e a EFI observou que o alto número de ataques a cristãos nesses estados não foi nenhuma coincidência.

“Enquanto não se pode dizer que o partido do governo teve um papel direto nos ataques a cristãos, sua cumplicidade também não pode ser eliminada”, afirmou o relatório.

Em 1998, os cristãos foram alvejados pelo BJP e por Rashtriya Swayamsevak Sangh ou RSS, dirigente do conglomerado nacionalista hindu da Índia e mentor ideológico do BJP, quando Sonia Gandhi, nascida na Itália, católica por descendência, tornou-se a presidente do Partido do Congresso.

Os ataques a cristãos foram aparentemente destinados a persuadir Sonia Gandhi a falar em favor dos cristãos para que ela fosse rotulada como uma líder da minoria cristã, em oposição à liderança da maioria hindu reivindicada pelo BJP.


Fonte: Portas Abertas

10/01/2011

Ministério distribui 65 mil cadeiras de rodas


Ministério distribui 65 mil cadeiras de rodas

Um ministério de destaque dos EUA distribuiu recentemente 65 mil cadeiras de rodas para pessoas carentes. O Centro de Deficiência Internacional Joni and Friends (Joni e Amigos), fundado pelo tetraplégico Eareckson Joni Tada, visa proporcionar não só o dom da mobilidade, mas também apoio espiritual às famílias afetadas.

Seu programa – Rodas para o Mundo – ajuda as comunidades em todo o mundo a compreender o coração de Deus para as pessoas com deficiência, proporcionando alívio físico através da cadeira de rodas.

“No mundo em desenvolvimento, a deficiência é frequentemente uma sentença de morte. Pelo menos, se alguém não pode andar, eles estão confinados em casa, não podem ir à escola e não podem trabalhar. Uma cadeira de rodas custa mais do que o salário de um ano, então a pessoa com deficiência e sua família não têm esperança de uma vida melhor”, disse Tada.

Em algumas comunidades, as crianças com deficiência são abandonadas ou mesmo mortas por causa da dificuldade financeira para a família ou por causa da crença popular de que uma deficiência é uma maldição.

Para resolver o problema, voluntários do Joni e Amigos aconselham as famílias que recebem uma cadeira de rodas com a Palavra de Deus. Eles também educam a família sobre cuidados e manutenção de cadeira de rodas, oferecem instruções na tomada de futuras adaptações na cadeira, se necessário, e aconselham sobre medicina preventiva.

Voluntários

Presidiários são treinados para reformar cadeiras de rodas e ajudar as pessoas com deficiência. “Enquanto aqueles que estão encarcerados estão contentes em ter uma forma para reparar seus crimes ajudando os outros, também é uma educação para eles sobre o valor da sua alma e das vidas de outros. Muitos presos também são transformados, tanto quanto o destinatário final da cadeira de rodas”, afirmou Tada.

O ministério também está trabalhando para treinar os membros da igreja para coordenar a entrega de cadeiras de rodas. “Essa é uma prioridade fundamental para o Joni e Amigos – equipar a Igreja para ministrar às pessoas afetadas por deficiência – é emocionante ver o que acontece através do nosso programa Rodas para o Mundo”, disse Dan’l Markham, diretor da Joni e Amigos.

O programa Roda para o Mundo começou em 1994 com apenas algumas centenas de cadeiras de rodas entregues ao longo de um punhado de viagens. Hoje, o programa cresceu e já entregou dezenas de milhares de cadeiras. Para 2011, o ministério planeja 25 viagens para ajudar os deficientes.

Fonte: Christian Today/CPADNews

10/01/2011

Cristãos oram para um referendo pacífico e bem-sucedido no Sudão


Cristãos oram para um referendo pacífico e bem-sucedido no Sudão Cristãos na Inglaterra ofereceram oração de paz e de esperança, diante de um referendo crucial no Sudão, que pode determinar o futuro da nação.

A Fellowship of Reconciliation na Inglaterra orou pela paz e pela reconciliação no Sudão, pois os sudaneses do Sul estão para decidir no domingo se eles irão se separar do Norte. O referendo marca a fase final do Acordo de Paz Global (CPA), assinado em 2005 para pôr fim a décadas de guerra civil, e deverá resultar na formação de um Estado independente do Sudão.

Apesar da rigorosa votação da comunidade internacional, existem preocupações com a transparência e equidade do referendo, e temem que o resultado não seja respeitado pelo Norte.

Millius Palawiya, diretor do Fellowship of Reconciliation na Inglaterra, disse: “Espero que o referendo pacifique e que todos os interessados sejam devidamente honrados, respeitados e aceitem o resultado. Eu sei o quanto é importante para todas as partes em conflito o envolvimento com o processo de paz na Serra Leoa, para reconciliarem uns com os outros para o bem de todos e da criação de uma ‘comunidade amada’, e para os órgãos regionais e internacionais apoiarem e serem os agentes de uma resolução pacífica do conflito”.

A igreja mundial tem oferecido o seu apoio ao Sudão e à igreja do Sudão antes do referendo.

A Aliança Evangélica Mundial, que foi convidada a enviar observadores, criou um fundo de paz para o Sudão e convidou os evangélicos em todo o mundo para orar por um “livre, justo e seguro” referendo.

As esperanças de paz no sul do país ganharam um novo impulso ontem, quando um acordo de cessar-fogo foi alcançado entre as forças rebeldes do general George Athor e o governo do Sudão do Sul.

O acordo sinaliza o fim da rebelião do general no sul. Ele foi assinado em uma cerimônia na cidade de Juba, capital do sul do Sudão, em que participaram o vice-presidente Riek Machar, Abraão Thon, um representante da General Athor, David Gressly, e o chefe da ONU no sul do Sudão, Deng.


Fonte: Christian Today /CPADNews

10/01/2011

Deputado evangélico estaria usando Assembléia de Deus como alibi para negócio suspeito, afirma jornal


Deputado evangélico estaria usando Assembléia de Deus como alibi para negócio suspeito, afirma jornal

O deputado federal Agnaldo Muniz terá de dar explicações mais convincentes sobre os gastos de R$ 56 mil – em apenas um mês – com a suposta divulgação de “atividades” de seu mandato. A Câmara dos Deputados deve conferir com lupa a prestação de contas do parlamentar evangélico, principalmente o número do CNPJ das empresas e também as notas fiscais apresentadas por Agnaldo para ser reembolsado pelos supostos gastos.

Agnaldo afirma que gastou R$ 56 mil do dinheiro do contribuinte com a impressão de um jornal para prestar contas de suas atividades na Câmara de Rondonia no mês de novembro. O problema é que até agora ninguém viu este impresso, que o parlamentar diz ter distribuído nos templos da Igreja Assembleia de Deus, seu rebanho eleitoral.

Campanha

Um site de Porto Velho acusou o deputado de usar o dinheiro para pagar contas de campanha. Agnaldo negou, mas até agora não deu explicações plausíveis para o gasto. O parlamentar enviou à imprensa, por e-mail, um layout (desenho) do que seria o tal jornal. O Ministério Público Federal pode exigir explicações ao parlamentar.

Sanguessuga

Agnaldo Muniz já foi acusado de também fazer parte do escândalo das sanguessugas, juntamente com outro deputado evangélico, Nilton Capixaba, do PTB, que foi reeleito pelo povo de Rondônia com mais de 50 mil votos. Agnaldo foi derrotado para o Senado, mas sonha voltar em 2012 como prefeito de Porto Velho.

Fonte: Tudo Rondonia / Gospel+

10/01/2011

Iraque sobe oito posições na lista dos países mais perigosos para cristãos


Iraque sobe oito posições na lista dos países mais perigosos para cristãos

Iraque subiu nove pontos na lista deste ano da World Watch, que classifica os países com base na perseguição aos cristãos.

Portas Abertas, um ministério que apóia cristãos perseguidos, classificou o Iraque como 8º, que antes estava em 17º no World Watch List 2011.

O país sofreu o seu pior ano da perseguição aos cristãos desde a invasão de 2003 liderada pelos EUA.

A ofensiva de ataques no Iraque começou com o massacre da igreja de Bagdá em 31 de outubro, que matou 58 pessoas. O devastador ataque foi seguido por implacáveis bombardeios e tiroteios contra os cristãos em todo o Iraque, incluindo os incidentes em que os militantes invadiram casas cristãs e mataram pessoas. Uma série de dez bombas explodiram em casas de famílias cristãs em Bagdá em 30 de dezembro, matando duas pessoas e ferindo mais de uma dúzia.

Pelo menos 90 cristãos foram mortos no ano passado no Iraque, enquanto outras centenas ficaram feridos em ataques com bombas e armas, de acordo com a Portas Abertas.

Oito dos dez países mais perigosos para os cristãos são de maioria muçulmana.

“Em 55 anos trabalhando com os cristãos perseguidos, tentamos sempre responder a apenas uma pergunta – o que eles (cristãos perseguidos) precisam? A razão para fazermos o World Watch List é uma resposta a esta pergunta. Queremos tornar o mundo mais consciente acerca do que está acontecendo em seu país”, disse Carl Moeller, presidente / CEO da Portas Abertas EUA.
A lista anual, compilada pelo Departamento de Pesquisa da Open Doors International, ajuda os cristãos a direcionar as suas orações. É também uma poderosa ferramenta para ajudar governos e organismos de políticas públicas a entender a perseguição aos cristãos ao redor do mundo.

A lista foi usada pelo Departamento de Estado dos EUA, da Comissão sobre Liberdade Religiosa Internacional, e da União Europeia, segundo Moeller.

O relatório afirma que a perseguição aumentou em sete dos dez países no topo da lista, embora que em alguns casos a classificação dos países não tenha se alterado. O Afeganistão subiu de  6º para o  3º e o Uzbequistão, de 10º para o 9º.
Apesar de não fazer a lista dos dez melhores, a Portas Abertas destaque Paquistão, em seu relatório, observando que ele saltou de 14º para 11º neste ano.

A comunista Coréia do Norte, por sua vez, liderou a lista pelo nono ano consecutivo.

O World Watch List é baseada em um extenso questionário enviado pela Open Doors a co-trabalhadores, líderes de igrejas e especialistas reconhecidos em 77 sociedades. O questionário analisa todos os aspectos de perseguição, incluindo o grau de restrição legal, as atitudes do Estado, como a igreja está livre de se organizar, assim como incidentes de perseguição, como igrejas queimadas, os motins anti-cristãos e até mesmo o martírio.

Lista dos dez países mais perseguidos:
1. Coréia do Norte
2. Irão
3. Afeganistão
4. Arábia saudita
5. Somália
6. Maldivas
7. Iémen
8. Iraque
9. Uzbequistão
10.Laos

Fonte: Christian Today/CPADNews

10/01/2011

Projeto de Lei contra a homofobia pode ser arquivado


Projeto de Lei contra a homofobia pode ser arquivadoSe um terço dos senadores brasileiros (27) não assinarem um requerimento para desarquivar o projeto de lei 122 até abril, a aguardada e necessária lei contra a homofobia pode ir para o armário. Pelo regulamento do Senado, propostas que foram apresentadas há mais de duas legislaturas são arquivadas, se não houver um requerimento dos senadores serão retiradas de pauta e será preciso encaminhar um novo projeto. O prazo para pedir que o projeto tramite por mais uma legislatura é de 60 dias, que será contado a partir de fevereiro, quando assumem os novos parlamentares.

O PL 122 foi apresentado em 2006 no Senado. Elaborado pela deputada Iara Bernardi, se aprovada, a lei criaria o crime de homofobia e iria punir com rigor a violência e preconceito contra homossexuais. O projeto é amplamente contestado por parlamentares evangélicos que apelidaram o projeto de Lei da Mordaça, pois temem que pastores não possam mais citar a Bíblia para pregar contra homossexuais.

O regimento surpreendeu militantes que contam com a aprovação da lei este ano em razão da ampla discussão em razão das agressões e assassinatos ocorridos em 2010. A senadora Marta Suplicy (PT-SP) já afirmou que tomará a responsabilidade de conseguir as assinaturas e o movimento gay deve acompanhar de perto a coleta de apoio ao projeto. Caso consiga ser desarquivado, o projeto terá apenas essa legislatura para ser votado, caso contrário será arquivado em caráter definitivo.

Fonte: Revista Lado A

10/01/2011

Patrícia Müller retoma as atividades e promete muitas novidades em 2011


Patricia Muller 166x250 Patrícia Müller retoma as atividades e promete muitas novidades em 2011Após um final de ano cheio de atividades, Patrícia Müller volta com grandes projetos para 2011.

Seu retorno é marcado com a publicação de uma super materia na revista Show Gospel, da qual Patrícia Müller é capa. Além disso,

Patrícia e toda equipe do Programa Gileade se preparam para a primeira gravação do ano.

Nos próximos programas de Janeiro, David Quinlan e Samuel Barbosa serão os entrevistados, além dos quadros ‘Cantores Paranaenses’ e

‘Desafio Gospel’ que tem mobilizado e unificado as igrejas de Curitiba e região metropolitana, obtendo a aprovação do público e conquistando grandes indices na audiência.

O CD ‘Lá do Outro Lado’ distribuido pela Line Records tem alcançado todo Brasil e para 2011 a assessoria da cantora adianta que  muitas outras novidades virão.

Acesse: www.gileade.com.br

Twitter: @PatriciaMuller_

%d blogueiros gostam disto: