Archive for janeiro 12th, 2011

12/01/2011

É correto para um cristão namorar ou casar-se com alguém que não seja cristão?


II Coríntios 6:14 declara: “Não vos prendais a um jugo desigual com os infiéis; porque, que sociedade tem a justiça com a injustiça? E que comunhão tem a luz com as trevas?” Enquanto esta passagem não menciona especificamente o casamento, certamente tem implicações para o casamento. A passagem continua dizendo: “E que concórdia há entre Cristo e Belial? Ou que parte tem o fiel com o infiel? E que consenso tem o templo de Deus com os ídolos? Porque vós sois o templo do Deus vivente, como Deus disse: Neles habitarei, e entre eles andarei; e eu serei o seu Deus e eles serão o meu povo. Por isso saí do meio deles, e apartai-vos, diz o Senhor; E não toqueis nada imundo, E eu vos receberei” (II Coríntios 6:15-17).

A Bíblia continua dizendo: “Não vos enganeis: as más conversações corrompem os bons costumes” (I Coríntios 15:33). Ter qualquer tipo de relacionamento íntimo com um incrédulo pode rapidamente e facilmente se tornar algo que obstrua sua caminhada com Cristo. Somos chamados a evangelizar os perdidos, não a sermos íntimos com eles. Não há nada errado em construir amizades de qualidade com os incrédulos, mas isto é o máximo que se pode fazer. Se você estivesse namorando um incrédulo, como vocês dois poderiam cultivar intimidade espiritual dentro do casamento? Como um casamento de qualidade poderia ser construído se vocês discordassem no assunto mais importante do universo: o Senhor Jesus Cristo?

12/01/2011

Verão Gospel 2011


Verão Gospel 2011 600x267 Verão Gospel 2011

A temporada de bênçãos vai começar

Balneário Camboriú vai ferver nos meses de janeiro e fevereiro. A cidade, conhecida por suas praias e opções de lazer, será sede de mais uma edição do Verão Gospel. Em 2011, cinco grandes atrações nacionais passarão pelo altar da Embaixada do Reino de Deus, derramando fogo dos céus e um tremendo avivamento em toda a região.

A cada sábado será uma nova e animada celebração, a começar no próximo dia 08, com o Ministério de Louvou Toque no Altar, do Rio de Janeiro. Também estão confirmadas as presenças de Davi Sacer, André Valadão, Cassiane e Fernandinho. Verdadeiros levitas, que prometem adorar ao Senhor com muita intensidade.

Além desses convidados especiais, também participarão dos cultos os pastores e pastoras da Embaixada, sob a liderança do Pastor Presidente Michael Aboud, e dos ministérios locais de adoração e louvor. Será um tempo muito especial… Participe! Confira a programação abaixo e chame seus familiares e amigos. A entrada é gratuita.

Verão Gospel 2011

Dia 08 de janeiro: Toque no Altar

Dia 15 de janeiro: André Valadão

Dia 22 de janeiro: Davi Sacer

Dia 29 de janeiro: Cassiane

Dia 05 de fevereiro: Fernandinho

Fonte: Assessoria de Imprensa

12/01/2011

Pesquisa – Missões com diversão impacta crianças


Pesquisa - Missões com diversão impacta criançasUma pesquisa do grupo Barna revelou que missões para as crianças a partir de atividades divertidas podem ter um impacto significativo no espiritual daqueles que participam.

O grupo dos EUA pesquisou milhares de crianças que participaram do “SuperKids por uma semana e de duas missões de extensão executados pela União Bíblica dos EUA durante o verão de 2010.

Constatou-se que, como resultado do programa, 85% das crianças que participaram se sentiram mais amadas por Deus e que mais de 80% disseram que aprenderam novas coisas sobre Deus e Jesus.

Mais de 30 mil crianças estiveram nas programações e foram alcançadas por missões nos cerca de 90 Superkids realizados em grandes centros urbanos e resorts de praia em todos os Estados.

O programa “Good News for You” foi baseado no Evangelho de Lucas e contou com histórias da Bíblia, esquetes, pequenos grupos de estudos bíblicos, jogos, concursos e prêmios.

Enquanto 77% das crianças que frequentaram disseram ter aprendido mais sobre a Bíblia, quase 80% disseram ter descoberto que eles querem seguir Jesus.

Três quartos dos entrevistados informaram que aprenderam sobre o que é certo e como se manter longe de problemas.

O relatório de Barna declarou: “Sem exceção, todas as crenças individuais sobre Jesus, que foi testada entre os participantes do programa, tiveram um aumento de pré-teste com os resultados pós-teste.”

Quando perguntado por que queria vir para SuperKids, sete em cada 10 disseram que “ouviram que foi muito divertido”.

Mesmo após o programa terminar, as impressões foram positivas, com dois terços descrevendo o SuperKids como “um lugar divertido para sair” e “um bom lugar para fazer novos amigos”.


Fonte: Christian Today

12/01/2011

Deficientes auditivos alcançados no Norte da África


Deficientes auditivos alcançados no Norte da África Walter e Alzira Freire, missionários de Missões Mundiais no Senegal, atuam no apoio a deficientes auditivos, discriminados em sua cultura, por meio do Projeto Surdos do Senegal. De acordo com os obreiros, graças ao trabalho referencial naquela comunidade, mais surdos foram matriculados na escola do Projeto, que tem por objetivo ajudar no ensino e desenvolvimento dos deficientes.

O ano letivo começou em setembro de 2010 e muitos foram recebidos para a escolarização. Famílias de várias regiões têm trazido seus filhos surdos para a escola, mudando assim a mentalidade sobre a capacidade de aprendizado deles. “Pudemos ver a alegria no rosto da família e dos alunos, o que nos trouxe muita satisfação”, disse Walter Freire.

Em outra localidade, onde o trabalho caminha mais lentamente, os missionários reativaram a associação de pais de deficientes auditivos da região. Eles estão trabalhando para que os familiares aprendam a linguagem de sinais ensinada na escola. Para isso, um curso será aberto para eles.

Os missionários da JMM esperam, para este ano, a construção do Centro de Apoio aos surdos. Entretanto, o valor pedido pelos proprietários de terrenos está dificultando o andamento do projeto. “Mas, ainda que a terra não floresça, como diz o profeta Habacuque, continuamos firmes no Senhor, sonhando seus sonhos, nos preparando melhor para o ministério. Ore conosco para que o Senhor nos dirija nesta compra. Não é simples, porque os terrenos são muito caros e os mais baratos são em lugares ainda inóspitos, e para o Centro precisamos de um lugar estratégico, onde os surdos das diferentes regiões possam vir, com transporte público funcionando. Juntem-se a nós nesse desafio de oração”, convida o missionário Walter Freire.


Fonte: JMM / CPADNEWS

12/01/2011

Após se envolver em escândalos sexuais e renunciar ministério, pastor americano volta e faz documentário sobre sua “ressurreição”


Ted Haggard 220x200 Após se envolver em escândalos sexuais e renunciar ministério, pastor americano volta e faz documentário sobre sua ressurreiçãoSeria de esperar que o título de um novo documentário, “Ted Haggard: Escândalo,” fosse suficiente para fazer o ex-chefe da Associação Nacional de Evangélicos se envergonhar.

Mas depois de vê-lo, quinta-feira, com sua família, Haggard não só descreve o programa como uma “história da ressurreição,” como recomenda que os grupos religiosos se reúnam para assistir ao especial de uma hora, quando for a estréia em 16 de janeiro na rede de cabo TLC.

“Eu acho que é uma maravilhosa história de redenção e ressurreição. Embora seja embaraçoso para mim, ele mostra porque é que somos crentes. Eu acho que é ótimo para as pessoas para assistí-lo,” disse Haggard ao The Christian Post.

“Minha história prova que Jesus é o Senhor, a Palavra de Deus trabalha e o sangue de Jesus obra,” acrescentou. “Eu sou a prova viva de que Jesus está vivo.”

O documentário narra a polêmica em torno da queda de Haggard de graça na sequência de um escândalo de sexo e drogas e sua luta na plantação de sua nova Igreja, Igreja de St. James, no ano passado.

Em 2006, Haggard admitiu ter recebido uma massagem de uma ex-prostituta do sexo masculino, Mike Jones, mas negou ter mantido relações sexuais com ele. Ele, no entanto, confessa a “imoralidade sexual.”

Ele disse que também comprou metanfetamina, mas nunca a usou.

O escândalo levou o líder evangélico a renunciar o cargo de pastor da Igreja New Life de 14 mil membros em Colorado Springs e seu posto como presidente da NAE (National Association of Evangelicals), que atende 45.000 Igrejas por todo o país.

Depois do escândalo, Haggard recebeu aconselhamento intensivo e moveu sua família fora de Colorado Springs. Eles voltaram em 2008 e em junho do ano passado, Haggard anunciou seus planos de começar a St. James, que atualmente atende na lanchonete de uma escola secundária.

“Escândalo” é o segundo documentário que documenta processos de Haggard. Em janeiro de 2009, a HBO lançou “The Trials of Ted Haggard,” que seguiu o pregador durante um tempo difícil em 2007.

No início do ano passado, sua esposa, Gayle, também escreveu um livro, Por que eu fiquei: As Escolhas que Fiz em Meu Momento de Escuridão (Why I stayed: The Choices I Made in My Darkest Hour), de como ela decidiu ficar em seu casamento.

Haggard disse que o novo documentário fez um trabalho “honesto” e não foi “nem um pedaço de sopro, nem machado.” Isso não significa que ele não se sente desconfortável ao ver o documentário ao lado de sua família, alguns dos quais foram entrevistados para o documentário.

“Eu me senti muito triste que passei por esse momento difícil e me senti envergonhado por ter causado dor aos outros,” disse ele.

Haggard disse que o especial mostra também o “drama por trás dos bastidores” dos primórdios da St. James. Muitos questionaram se Haggard ainda estava qualificado para ministrar após os eventos que aconteceram.

“Há aqueles que pensam que eu não deveria ser permitido servir a ninguém e os outros que pensam que eu estava mais qualificado do que nunca para servir as pessoas por causa do processo que passei,” fala Haggard da luta na Igreja. “Eu senti como se eu precisasse lutar para ser capaz de servir as pessoas que estavam passando por dificuldades.”

Embora a forte congregação de 300 que ele conduz agora estar muito longe da mega-igreja que conduziu em seu auge, Haggard disse que é grato por ministrar para “um grupo de crentes sinceros que amam a Deus profundamente” e prezam as bênçãos em sua vida.

“Minha família está bem, meu casamento é forte, temos uma Igreja linda, bonita, e temos comunhão calorosa com os santos e com a comunidade,” disse ele.

“Eu sou muito grato pela fidelidade de Deus comigo e pelo poder da Sua Palavra, que tem funcionado tão profundamente em minha vida.”

“Ted Haggard: Escândalo” está programado para aparecer no TLC em 16 de janeiro às 10 pm ET e 17 de janeiro à meia-noite. O espetáculo está classificado como TV-14.

Fonte: The Christian Post

12/01/2011

Conheça Betel, lugar do famoso sonho de Jacó


Lugares da Bíblia Betel 250x178 Conheça Betel, lugar do famoso sonho de JacóIsaque, filho de Abraão, casou-se com Rebeca. Tinham dificuldade em ter filhos, e o marido orou a Deus pedindo pela fertilidade da companheira. Rebeca engravidou de gêmeos, Esaú e Jacó.

Os irmãos são muito conhecidos, tanto no âmbito bíblico quanto no laico, por dois episódios controversos. Embora gêmeos, ambos eram muito diferentes, inclusive fisicamente. Esaú era mais forte de corpo, ruivo e peludo. Era afeito à caça e à vida mais selvagem, não tão ligado ao mundo espiritual, segundo o texto bíblico. Jacó era mais delicado de físico, corpo liso, e trabalhava com os rebanhos, mais próximo das tendas. O primeiro era o preferido de seu pai, enquanto Jacó era o mais querido de sua mãe.

Segundo a lei dos hebreus na época, como Esaú tinha sido o primeiro a sair do ventre de Rebeca, era ele o primogênito.

Tendo um dia chegado Esaú de uma longa caçada, estava faminto. Quando entrou na tenda da família, seu irmão Jacó terminava de fazer um saboroso cozido com lentilhas. Com muita fome, o caçador pediu um pouco da comida ao irmão. Jacó disse que daria, mas Esaú teria que abdicar de sua primogenitura. Não dando importância naquele momento ao direito de nascença, Esaú cedeu-o ao irmão, tamanha a sua fome. No universo hebreu, palavra dada tinha de ser cumprida, como nos contratos modernos.

Isaque envelheceu. Sentindo a morte próxima e já sem enxergar, chamou Esaú. Incumbiu o filho de caçar algum animal, preparar-lhe um saboroso prato e servi-lo, para depois abençoá-lo como o primogênito, a despeito do trato feito com o irmão em troca da refeição com lentilhas. Rebeca ouviu o marido às escondidas e chamou seu preferido, Jacó, e ordenou que pegasse dois cabritos do rebanho e os abatesse. Preparou um saboroso prato e mandou o filho vestir uma roupa de Esaú, além de cobrir o corpo liso com os pelos dos animais mortos.

Conforme as ordens da mãe (e convenientemente de acordo com seu interesse), Jacó fez-se de Esaú para o pai cego, que tocou os pelos dos cabritos e cheirou sua roupa. O pai abençoou o filho como seu seguidor oficial, o que faria que toda a família o servisse assim que o patriarca falecesse. O primogênito tinha a maior parte dos bens do pai, e seria o cabeça do clã.

Esaú voltou da caçada e, com o prato feito, foi ter com o pai. Ambos descobriram, atônitos, o engodo. Isaque não teve como voltar atrás à palavra dada a Jacó e nada pôde fazer. Esaú passou a odiar o irmão pelos dois golpes, prometendo matá-lo assim que Isaque morresse. Rebeca ouviu o filho e quis proteger seu predileto. Mandou Jacó para morar com o tio, Labão, irmão dela, com o consentimento e a bênção de Isaque, para que lá escolhesse uma esposa entre as primas.

Jacó empreendeu a fuga, indo em direção a Padã-Arã para encontrar os parentes da mãe. Numa noite, cansado da viagem, resolveu pernoitar no território de uma cidade chamada na época de Luz. Na terra nua pegou uma pedra, que fez de travesseiro. Adormeceu profundamente.

Segundo a Bíblia (Gênesis 28), naquela noite Jacó sonhou. No sonho, via uma longa escada que ia até o céu. Anjos subiam e desciam por ela. Perto dele estava Deus. O próprio Senhor disse que lhe daria a terra em que estava deitado, bem como à sua descendência, que seria incontável (aos hebreus era muito importante a continuidade de sua nação, ocupando o máximo de territórios possíveis). Deus disse que protegeria Jacó em sua viagem, e um dia o faria voltar em segurança até aquele lugar.

Os registros bíblicos mostram que Jacó, acordando naquela madrugada, pegou a pedra que lhe servira de encosto para a cabeça durante o sonho e ergueu com ela um altar, ungindo-o com azeite. Chamou o lugar que outrora era conhecido como Luz, Betel (Beit El, “Casa de Deus”), por ali ter encontrado o Senhor.

O avô de Jacó, Abraão, muito antes do nascimento de Isaque, já tinha erguido no local um altar, voltando ali sempre que podia para adorar a Deus. Como Abraão é um dos pilares do povo judeu, até hoje Betel atrai fiéis em oração. Mas não foi assim por um tempo. O povo de Betel voltou-se para a idolatria e o lugar foi muito malvisto por várias gerações. Somente no século 20, já com o estabelecimento do Estado de Israel pela Organização das Nações Unidas (ONU), o povo judeu restabeleceria Betel, até então usada como base militar, sobre as ruínas da antiga cidade, que foi palco de importantes passagens bíblicas.

Betel atual

Hoje a pequena, porém bem urbanizada e organizada cidade, fica a apenas 20 quilômetros ao norte de Jerusalém. Segundo dados oficiais do Escritório de Estatísticas de Israel divulgados em junho de 2010, há apenas 5,6 mil habitantes no município, a maioria judeus observantes (ortodoxos que se ocupam do estudo bíblico).

Entre os observantes locais, um pequeno grupo se destaca: os Filhos de Menassés, originários dos estados indianos de Manipur e Mizoran. Acredita-se que sejam descendentes perdidos da tribo de Menassés e, por isso, ganharam o direito de imigrar a Israel.

A Betel moderna começou a tomar forma em 1977. Comerciantes e alguns estudiosos da religião judaica resolveram reerguer a cidade bíblica. A ida de religiosos para a região resultou no famoso Centro de Estudos Bíblicos para os soldados da base, um lugar no qual eles conciliam a prática religiosa e os treinamentos militares.

Fonte: Arca Universal / Gospel Prime

12/01/2011

Igreja Adventista promove concurso sul-americano sobre a Bíblia só para universitários em 2011


Bom com a Bíblia 151x200 Igreja Adventista promove concurso sul americano sobre a Bíblia só para universitários em 2011Há quatro anos, os adventistas sul-americanos voltaram a um velho hábito: promover um grande concurso sobre conhecimentos bíblicos. O chamado Bom de Bíblia é realizado pelo Ministério Jovem da Igreja Adventista para oito países e, em 2011, tem um diferencial: será voltado exclusivamente aos universitários.

O pastor Areli Barbosa, coordenador geral, explica que um dos principais objetivos é o de exaltar a Bíblia como Palavra de Deus e um modelo a ser utilizado na condução da vida de jovens. “Queremos, também, que este concurso seja um poderoso instrumento de incentivo à leitura diária e sistemática do livro sagrado e promova a comunhão com Deus e a integração social dos universitários”, acrescenta.

As inscrições para a quarta etapa do concurso estão abertas e podem ser feitas nas congregações locais até o dia 28 de fevereiro. O procedimento é simples. O universitário deve pegar a assinatura do seu pastor distrital na ficha de inscrição e informar o diretor jovem de sua igreja. As fichas e comprovantes deverão permanecer com quem fez a inscrição para serem apresentadas no dias das provas. As provas do concurso foram elaboradas pelo pastor e especialista em arqueologia, doutor Rodrigo Silva, profundo pesquisador.

A base de estudo é o Guia de Ano Bíblico Universitário, fornecido pelo Ministério Jovem neste ano, e a versão bíblica é a tradução em português de João Ferreira de Almeida – Revista e Atualizada e, em espanhol, Reina Valera, 2000. Etapas – O Bom de Bíblia 2011 prevê nove etapas: a primeira a partir de 26 de março e  a última dia 3 de dezembro, com uma grande programação que será realizada na capital do Peru, Lima. As quatro primeiras etapas são no âmbito da igreja local, a quinta no distrito pastoral, a sexta e sétima em regiões geográficas maiores e as duas últimas em nível de regiões maiores. Inclusive, a última, é a final entre os representantes de cada um dos países que compõem o território da Divisão Sul-Americana da Igreja Adventista do Sétimo Dia. Os participantes da final estarão reunidos na Universidade Adventista Peruana Unión, com transmissão, ao vivo, pela Rede Novo Tempo de Rádio e TV.

Quem pode participar?

Somente os candidatos ao concurso que preencherem todos os requisitos abaixo:
1. Ser membro batizado da Igreja Adventista do Sétimo Dia e estar vivendo conforme os princípios regidos por esta;
2. Ter entre 16 e 35 anos de idade;
3. Ser membro regular da Escola Sabatina da Igreja;
3. Ser Pré-Universitário, Universitário, Graduado, Pós-Graduado, Mestrado ou Doutorado (Pré-Universitários são aqueles que estão cursando 3º ano do Ensino Médio ou fazendo um cursinho pré-vestibular ou ainda quem tentou algum vestibular nos últimos 3 anos);
4. Relação de Documentos que o Participante deverá providenciar e apresentar em todas as etapas do concurso:
– Carta de recomendação da Comissão da Igreja assinada pelo pastor Distrital;
– Comprovante de cadastramento na Associação Universitária de sua Associação/Missão
(Manual: Organizando uma Associação de Universitários – MJ/D.S.A.);
– Comprovante de inscrição para o concurso dentro do prazo.

Quem não pode participar?

1. Os pastores ou estudantes de teologia;
2. Obreiros e funcionários das Instituições Adventistas;
3. Graduados ou pós-graduados em teologia de um modo geral.

Fonte: Portal Adventista / Gospel Prime

12/01/2011

Tony Ricardo – CD Identidade


IDENTIDADE, esse é o novo trabalho do cantor e compositor Teixeirense Tony Ricardo. O lançamento desse mais novo trabalho aconteceu no dia 6 de setembro de 2010 às 19:00h no templo Central da Assembléia de Deus de Teixeira de Freitas-BA. A igreja estava repleta de cristãos que compareceram no evento para adorarem a Deus pela sua benção derramada sobre a vida de Tony.

Espiritualidade, emoção, unção, criatividade e muita alegria foram alguns dos elementos que fizeram parte do lançamento do mais novo trabalho do cantor. Tony iniciou sua participação agradecendo a Deus, irmãos e familiares por aquele momento tão especial, adorou a Deus com alguns louvores do seu novo CD, logo a após, a cantora Cassiane, através de uma gravação em vídeo, louvou a Deus pela vida de Tony e lhe deu os parabéns pelo lançamento do seu novo CD. Além dessas e muitas outras apresentações, o evento contou com a presença da Missionária Elenice Caldas (São Paulo-SP) a qual ministrou a Palavra de Deus mostrando que para termos uma vida vitoriosa e cheia da comunhão de Deus precisamos ter a Identidade de Cristo. Por fim o trabalho se encerrou com o cantor Tony Ricardo agradecendo a Deus e toda a Igreja pela sua demonstração de Amor e carinho para com ele.

Fonte:Revival Gospel News

 

12/01/2011

Editora da Igreja Universal terá de pagar R$ 150 mil a Xuxa por acusá-la de pacto com diabo


Xuxa tem pacto com o Diabo Editora da Igreja Universal terá de pagar R$ 150 mil a Xuxa por acusá la de pacto com diabo

A Justiça do Rio condenou a Editora Gráfica Universal, da igreja do bispo Edir Macedo, a pagar a Xuxa Meneghel R$ 150 mil de danos morais por associá-la ao satanismo. A Universal poderá recorrer da sentença.

Em agosto de 2008, a Folha Universal, de responsabilidade da editora da igreja, publicou um longo texto dando crédito a Josué Yrion, folclórico pastor brasileiro radicado nos Estados Unidos, segundo o qual a apresentadora da TV Globo vendeu sua alma para o diabo por U$ 100 milhões (R$ 168 milhões) para obter sucesso.

Na capa, o jornal abriu uma foto de Xuxa sob o título “Pacto com o Mal?”, conforme reprodução acima. Em uma página interna, publicou a foto de um homem de costas representando o demônio, com o título “Contrato com o Diabo”.

Em um vídeo postado no Youtube, e citado pela Folha Universal, Yrion diz coisas como a palavra Xuxa é composta por duas entidades do candombé (Exu e Orixa), que apresentadora doa sangue duas vezes por ano à Igreja do Satanás (em São Francisco, EUA) e que a boneca que leva o nome dela matou no Brasil uma menina.

A publicação da Igreja Universal ressalta que “Yrion parece conhecer do que fala”.

Para reforçar o tal pacto com o diabo, ela recorreu a outro vídeo em que a apresentadora canta “Cãozinho Xuxo”, música que, tocada de trás para frente, seria uma invocação ao diabo. Legendas induzem a essa interpretação.

Ela cita outros exemplos – como o escritor Paulo Coelho – que também, segunda a publicação, se vendeu para o diabo em troca de fama e dinheiro.

A Folha Universal, “um jornal a serviço de Deus”, é distribuída aos fiéis. Ela diz ter uma tiragem de mais de 2 milhões de exemplares.

Fonte: Paulopes / Gospel Prime

12/01/2011

Perseguição aos cristãos: Por que a Coreia do Norte é o número um?


im Tae Jin desertor norte coreano que vive em Seul Perseguição aos cristãos: Por que a Coreia do Norte é o número um?Seria necessário criar uma nova linguagem para traduzir em palavras as crueldades do regime norte-coreano. Em nenhum outro país a perseguição aos cristãos é tão severa. Dezenas de milhares de pessoas vivem e (no final das contas) morrem em campos de concentração. Mesmo a posse de uma Bíblia é motivo suficiente para ser morto ou preso junto com sua família para o resto de sua vida. Por que cerca de 400.000 cristãos são caçados como animais?

Imagine um país onde o Estado decide onde você mora, que profissão escolher, qual esporte você pratica, o alimento que você come e se você come. Imagine um país sem nenhuma cor na roupa das pessoas e nas edificações, exceto para as imagens de propaganda que decoram apartamentos de concreto, casas e monumentos. Imagine um país onde o Grande Líder foi morto há 16 anos, mas ainda é presidente e seus seguidores famintos devem adorá-lo como um deus. Esta é a realidade sombria da Coreia do Norte.

Este país comunista ocupa o primeiro lugar na Classificação de países por perseguição 2011 da Portas Abertas. Ele é o primeiro há nove anos. Por décadas, ninguém sabia exatamente como a Igreja estava depois da Guerra da Coreia. Nos anos noventa, a Portas Abertas encontrou uma maneira de manter contato com os cristãos clandestinos e descobriu que a Igreja estava muito viva. Mas também estava  ferida, sangrando. Cooperadores da Portas Abertas esclareceram os planos extraordinários que o Estado fazia para caçar, capturar e até matar os cristãos.

Na Classificação, a Coreia do Norte teve quase a pontuação máxima do relatório de pesquisa (90,5 de 100 pontos possíveis). A única razão pela qual a Coreia do Norte não obtém a pontuação máxima é por causa de sua constituição. Oficialmente há liberdade religiosa na Coreia do Norte. Na prática, os civis não têm quaisquer direitos. A atitude do Estado em relação aos cristãos é extremamente hostil: eles não deveriam sequer existir. Não há liberdade para construir igrejas ou casas de culto. A posse de material cristão é ilegal e punível com a morte.

Abominável campo de trabalho

Em maio de 2010, um grupo de 23 cristãos foi descoberto. A polícia encontrou Bíblias e outros impressos cristãos. Três pessoas foram publicamente executadas, e as outras desapareceram dentro do terrível campo de Yodok.

Este vasto campo de trabalho está na província do sul de Hamkyung, e sua localização nas montanhas torna a fuga quase impossível. Nos lugares onde um prisioneiro poderia ter uma chance de escapar, altas cercas com arame farpado foram erguidas. Algumas seções são eletrificadas. Além disso, existem campos minados e outras armadilhas mortais.

A cada dois quilômetros há uma torre de vigia de sete metros de altura. Qualquer tentativa de fuga é frustrada. “Os presos são tratados pior do que gado. Eu vi pessoas morrendo de fome e de doença. Eu vi as execuções. Os que estão vivos parecem fantasmas ambulantes. Tivemos nossas identidades tiradas. Todo o sistema me fez entrar em desespero”, diz um ex-prisioneiro.

Centenas de cristãos foram presos em 2010 e vários foram interpostos à morte. A Portas Abertas não pode revelar quaisquer detalhes sobre estes casos, porque isso aumentaria os riscos dos cristãos presos que ainda estão vivos. Estima-se que entre 50.000 e 70.000 cristãos sofrem nos campos. Lá é o único lugar onde eles têm algum valor para a “República Popular Democrática da Coreia”.

Exposição dos cristãos

A Coreia do Norte faz tudo que está ao seu alcance para expor os cristãos. As crianças são um instrumento importante para descobrir a atividade cristã secreta. Seus professores os instruem na escola a investigar se os pais leem um livro preto. A Portas Abertas conversou com as crianças, que disseram ao professor que seus pais e mães de fato liam um livro assim. Eles foram elogiados por sua contribuição à pátria. Orgulhosas, as crianças voltaram para casa, apenas para encontrá-la vazia. Seus pais tinham sido levados, e elas foram condenadas a uma vida amarga e difícil nas ruas.

Outra forma de expor o “negócio criminoso” é através das sessões semanais de críticas, em que as crianças e os adultos têm de participar. Os norte-coreanos devem relatar o próprio mau comportamento e o de outras pessoas. “Nós todos nos sentimos muito mal e culpados por ter de dizer essas coisas uns dos  outros”, diz o refugiado Park Joo-Chan. “Mas não tínhamos escolha. E isso ainda causou uma ruptura em nossa amizade. Alguns relacionamentos foram quebrados para sempre. Mesmo com o sistema tão destrutivo, não tínhamos dúvida da sua utilidade. Esta foi a nossa forma de vida.”

Além disso, existem as buscas aleatórias nos lares para detectar se as pessoas estão ouvindo as rádios corretas, se os retratos dos líderes são mantidos limpos e se há alguma literatura proibida na casa ou apartamento. Provavelmente em nenhum outro lugar do mundo tantas Bíblias são escondidas no subsolo. A Palavra de Deus coberta de sujeira. Ela faz os cristãos se sentirem culpados, mas que escolha eles têm?

Fonte: Portas Abertas

%d blogueiros gostam disto: