Archive for janeiro 29th, 2011

29/01/2011

Descoberta em Israel coloca em xeque a teoria evolucionista


Descoberta em Israel coloca em xeque a teoria evolucionistaUma equipe de cientistas da Universidade de Telaviv descobriu numa gruta em Israel fósseis que parecem ser do homem moderno, mas que estão em camadas de terra com idade entre os 400 e 200 mil anos – mais antigas do que o nascimento dos antepassados diretos do Homem. A descoberta deixou a comunidade científica em alvoroço.

O que é que esta gente estava fazendo lá? Essa é a pergunta que arqueólogos pelo mundo inteiro estão fazendo agora, pois o assunto foi parar na na revista Science e a descoberta vai mudar o mapa da ocupação do planeta pela espécie humana. O que aconteceu – arqueólogos encontrar artefatos humanos fora da África muito antes de os humanos terem saído da África – muda muita coisa na ciência. Eles não precisaram se esforçar muito para perceber que isso não fazia muito sentido. A descoberta muda todo o quadro do processo evolutivo aceito até hoje pela comunidade científica.

É consenso há décadas que o homo sapiens (classificação do homem segundo a teoria evolucionista) surgiu na África há 200 mil anos e saiu do continente para ocupar todos os cantos do mundo há 60 mil. Mas as ferramentas humanas de cortar, furar e raspar (especialmente coisas parecidas com machados) encontradas nos Emirados Árabes têm 125 mil anos. Os donos dos machados poderiam, de fato, ter atravessado o Mar Vermelho com certa facilidade, molhando apenas as canelas. O mar estava, dizem os climatologistas, bem mais seco na época, tendo várias regiões rasas.

Os livros didáticos, então, terão de alterar seus números nas próximas edições. “O estudo levanta muito mais perguntas que respostas”, diz Jeffrey Rose, arqueólogo da Universidade de Birmingham (Reino Unido). Ele fala isso porque ninguém sabe se essa expedição humana pioneira teve sucesso (e então seria razoável imaginar que eles acabaram chegando em regiões como a Índia e até a Austrália) ou se estamos falando apenas de uma meia dúzia de perdidos que se afastaram da África e acabaram morrendo, sem deixar descendentes.

Se a última hipótese for a verdadeira, a resposta para a pergunta que inicia este texto é simples: estavam, sim, desbravando a região, mas acabaram fracassando e não são nossos ancestrais, honra que fica reservada mesmo para grupos que saíram da África milhares de anos depois, como já se imaginava.

Mas é difícil cravar essa conclusão. Primeiro porque o clima da península Arábica, na época, não era desértico: esses pioneiros devem ter encontrado grandes savanas, repletas de grandes animais como gazelas, para a alegria dos bons caçadores. Se a comida era farta, por que eles teriam morrido fácil? A hipótese de guerra também não convence muito: não existem evidências de que outras espécies de hominídeos pudessem oferecer risco.

Os neandertais, por exemplo, viviam bem longe, perto da Europa. Justamente por ser uma região então mais úmida, é difícil acreditar que fósseis humanos de então possam ser encontrados hoje na região, trazendo mais informações sobre o que aconteceu com esse grupo. A umidade do solo não favorece a conservação dos ossos – por isso é difícil encontrar fósseis na Amazônia, por exemplo. Existe uma chance, então, de simplesmente não ser possível saber qual foi o destino daquelas pessoas.


Fonte: AD de Alagoas

29/01/2011

Após ação secreta movida pelo governador do Rio, Supremo Tribunal irá decidir legalização do aborto e casamento gay


Após ação secreta movida pelo governador do Rio, Supremo Tribunal irá decidir legalização do aborto e casamento gay

Ao retornar das férias, em fevereiro, os ministros do Supremo Tribunal Federal vão se debruçar sobre um lote de processos polêmicos. No gozo dos últimos dias de descanso, o decano do Supremo, Celso de Mello, falou à CRTV -uma ‘WebTV’ que opera em Tatuí (SP), cidade natal do ministro.

A certa altura, Celso de Mello listou os três temas que considera mais espinhosos: união civil entre homossexuais, aborto e cotas universitárias. Segundo ele, “um dos primeiros casos a ser julgados é o da união civil homossexual, a união civil gay”.

O caso teve origem numa ação movida pelo governador do Rio, Sérgio Cabral (PMDB). Deu entrada no STF em março de 2008. No texto, Cabral anota que o Código Civil brasileiro reconhece como legítima a união estável entre casais heterossexuais. Pede ao Supremo que estenda o mesmo regime jurídico aos servidores do Estado que vivem em “união homoafetiva”.

O relator do processo é o ministro Carlos Ayres Britto. Prevê-se que dará razão a Cabral, igualando heterossexuais e homessexuais em direitos. Chamado a opinar, o Ministério Público manifestou-se em julho de 2009. O parecer leva a assinatura da vice-procuradora-geral Deborah Duprat. Ela dá razão a Cabral: “A negativa do caráter familiar à união entre parceiros do mesmo sexo representa uma violência simbólica contra os homossexuais…”

Duprat pede que a decisão do STF não se restrinja ao âmbito do Rio, reivindica que o tribunal dê ao pedido “caráter nacional”, pede que os ministros declarem a “obrigatoriedade do reconhecimento, como entidade familiar, da união entre pessoas do mesmo sexo… Desde que atendidos os mesmos requisitos exigidos para a constituição da união estável entre homem e mulher”.

Por precaução, a Procuradoria da República ajuizou, ela própria, uma ação sobre o mesmo tema apenas para “assegurar que a eventual conclusão de procedência do pedido [de Cabral] assuma foro nacional”.

Vai à pauta também, segundo Celso de Mello, “outro tema talvez mais delicado ainda, que envolve a questão do aborto”. O processo trata do “problema da antecipação terapêutica do parto”. Celso de Mello esmiuçou: “Nós vamos dizer se a mulher tem ou não o direito de praticar esta antecipação terapêutica de parto, que nada mais é do que eufemismo para aborto… Na hipótese de um feto ser portador de anencefalia, vale dizer não ter cérebro ou ter desenvolvimento muito rudimentar do tecido cerebral”.

Neste caso, o relator é o ministro Marco Aurélio de Mello. A autora da ação é a CNTS (Confederação Nacional dos Trabalhadores na Saúde). Foi ajuizada em 2004.

Fonte: Tudo Agora

29/01/2011

Sexo oral é pecado? E ir a um motel? Pastor afirma: “Não existe base bíblica que diga que sexo oral é pecado”


O Pastor carioca Cláudio Duarte lidera a Igreja Batista de Campo Grande, no Rio de Janeiro, e é conferencista especializado em relacionamento entre casais cristãos. Falando sobre sexo ele afirma que sexo oral não é pecado, mas ir a um motel sim.

Ir a motel é pecado?

Falar sobre sexo na igreja sempre é um tabu e sinônimo de muita polêmica, a dúvida é sempre a mesma para quase todos os casais cristãos, afinal, ir ao motel com meu cônjuge é pecado?

Apesar de alguns pastores afirmarem não existir problema algum em freqüentar esses lugares com seus companheiros, o pastor Cláudio discorda. Para Duarte o pecado não está no local em si, mas sim, no ambiente pecaminoso que o motel estaria carregando: “Imagina você deitar sua esposa na mesma cama na qual duas horas atrás um casal homossexual teve relações? Isso é errado.” Afirma ele.

O pastor diz também que motéis carregam um simbolismo pesado demais para o relacionamento: “Geralmente são nestes locais que acontecem a prática do adultério, da pedofilia e Deus jamais se agradaria de ver seus filhos em um ambiente como este” finaliza Duarte.

Ele aconselha aos casais que troquem motéis por hotéis ou pousadas. “Talvez o custo seja maior, porém, o ambiente é agradável e tornará o momento mais especial” diz o pastor.

Sexo e a igreja

Confira abaixo uma entrevista falando sobre o assunto com o Pastor Claudio Duarte:

O assunto sexo nas igrejas continua sendo evitado? Ainda é um tabu tratar sobre isso?
Com certeza. Alguns pastores ainda não tem habilidade para falar sobre o assunto e ficam preocupados com sua própria imagem, mas o maior problema está no gabinete. É lá que acontecem as confidências de alguns casais e os pastores ficam com medo de usar alguns exemplos e acabar ofendendo o casal, isso amarra um pouco os pastores. Infelizmente sexo ainda é um grande tabu dentro das igrejas, essa visão de pecado, comportamento, a juventude, o excesso de informação que os adolescentes e jovens recebem do meio secular sobre sensualidade e sexo ainda são assuntos que infelizmente os pastores não sabem lidar. Quando um pastor fala sobre sexo na igreja ele se intimida ao pensar que os membros acreditam que ele faça sexo com a esposa dele, mas é claro que ele faz. Para evitar isso acabam por evitar tratar o assunto dentro da igreja, transformando o sexo em um monstro.

Para quem tem ministério itinerante tratar o assunto fica mais fácil, já que você não tem um compromisso com as pessoas daquele lugar, o pastor somente passa e deixa sua mensagem. Eu nas minhas palestras para casais trabalho com esses assuntos delicados, por exemplo, sexo oral, eu não posso dizer que é pecado, não existe base bíblica que afirme isso. Em relação a este assunto cabe ao casal decidir se quer fazer ou não.

Como as igrejas e ministérios devem tratar o tema sexo com a juventude?
O primeiro ponto a ter atenção na pessoa que vai abordar o assunto para os jovens, ela tem que ter noção exata do que é certo ou errado, evitando passar uma informação sem embasamento bíblico. Não adiante simplesmente dizer que sexo é pecado e declarar a sentença aos jovens e esse tipo de informação não satisfaz a juventude.

É preciso utilizar um linguajar adequado, ter um posicionamento sério e não ser superficial. Se o líder decide falar sobre sexo antes do casamento ele tem que falar que a relação é gostosa, é prazerosa, que foi criado para ser feito, mas no momento propicio e na situação adequada. Falando desta forma aberta e com seriedade as pessoas que ouvem absorvem aquilo de forma correta.

Precisa-se ter o dom para falar de sexo, por ser um assunto delicado ele corre para a malícia, vulgaridade, então, precisa ter muito cuidado. Hoje é difícil você ver alguém preparando líderes para trabalhar somente com assuntos sobre sexualidade, porque você se expõe quando falar sobre sexo oral, sexo anal, sexo antes do casamento, a liberdade do casal, o é permitido e o que não pode. Acredito que mais do que jeito para tratar o assunto é preciso ser um modelo.

Você acredita que o fácil acesso a pornografia na internet tem sido o motivo de desgaste de alguns relacionamentos entre casais e famílias?
A pornografia acaba alimentando um sentimento humano: o desejo. Para os casais isso tem sido prejudicial porque existe o cônjuge ao seu lado, mas não existe intimidade entre eles para ter uma vida sexual sadia e o casal não sabe trabalhar com isso. Uma mulher deve dizer para o homem: Querido, você tem impulsos mais motivadores que eu para o sexo, então, vamos fazer o seguinte, faremos o “a dois por um”. Dois dias faremos sexo para te satisfazer e um dia você me dará carinho, beijo, romance. Esse diálogo entre o casal é importante.

A internet passa uma informação distorcida de um prazer inapropriado e indevido e existem poucas pessoas prontas para desfazer isso. Se você quer tratar a homossexualidade na igreja chame seus membros para reuniões menores, fale sobre o assunto usando a bíblia, mas não fuja e cale-se.

Como os pais devem falar de sexo com seus filhos?
Uma criança de dois ou três anos já manifesta um desejo sexual grande, atualmente as crianças não tem mais a inocência de acreditar na cegonha e os pais precisam estar atentos desde o início. A bíblia diz que se ensina o menino quando ele ainda é pequeno e esse é o dever dos pais.

As crianças precisam de um referencial do seu lado e eu aconselho que o assunto seja tratado de forma aberta e que as mães conversem com as meninas e os pais com os meninos para que eles se sintam mais a vontade. Eu tenho dois filhos adolescentes que são virgens e eu estou ali acompanhando cada passo. Falo das conseqüências do pecado caso eles façam sexo antes do casamento, explico que o ato seria desobediência a Deus de uma forma clara e especifica.

Por Gospel+

29/01/2011

Igreja Universal inaugura novo templo na Angola


Em Angola, no município de Cacuaco, na província de Luanda, no último domingo (23), a Igreja Universal do Reino de Deus inaugurou um novo templo, que acomoda mil pessoas sentadas e contém salas de reuniões, escritórios, sala destinada à Escola Bíblica Infantil e um estacionamento para aproximadamente 100 carros.

Segundo a equipe responsável pela construção do templo, as obras tiveram duração de, aproximadamente, doze meses e envolveu 50 trabalhadores, sendo a maioria deles angolanos.

Mais de 2 mil pessoas acompanharam a cerimônia de inauguração ministrada pelo bispo Augusto Dias, responsável pelo trabalho evangelístico no país, que realizou uma oração para consagrar o novo templo, baseado no trecho bíblico que diz: “Ouvi a tua oração e escolhi para mim este lugar para sacrifício, os meus olhos e meus ouvidos estarão atentos para toda petição que for feita neste local, todos que vierem de longe ou de perto” (1 Reis 8)

Para o bispo, o templo inaugurado servirá como pronto-socorro espiritual, para acolher os indivíduos desesperados e aflitos e a todos que estão a procura da ajuda divina.

Ajuda que veio para Marlene que sofria com epilepsia e por causa das crises constantes, teve que interromper os estudos na 6ª série. “Os médicos diziam que a única solução era continuar com as massagens terapêuticas, o que resolveria o problema físico, mas as sequelas no cérebro seriam irreversíveis”, conta a mãe Elisabeth.

Desenganadas, Elisabeth e a filha resolveram aceitar o convite de um tio para participarem de uma reunião na Igreja Universal. “O pastor orou a Deus e pediu que o copo com água que estava em nossas mãos fosse consagrado. Ao beber daquela água, senti um fogo queimar meu corpo e tive a certeza que estava liberta”, conta Marlene, que hoje está livre da doença e feliz na presença de Deus.

Fonte: Arca Universal

29/01/2011

“Vovó” missionária de 65 anos participa do maior evento de tecnologia do Brasil


“Vovó” missionária de 65 anos participa do maior evento de tecnologia do BrasilCampuseira de primeira viagem, Ivonilde Araújo, 65, destoa da massa de jovens com quem acampa em São Paulo em um dos maiores eventos de tecnologia do país. Mas a Campus Party não é uma das únicas descobertas recentes de Dona “Nilde”, como costuma ser chamada.

Por conta de uma alergia respiratória há cinco anos, Nilde não podia sair de casa e respirava com a ajuda de um balão de oxigênio. “Comprar um notebook foi ideia da minha filha, porque ela não queria que eu ficasse sozinha e acabasse deprimida”, relembra. Conectada à internet, tinha companhia, lia notícias e fazia pesquisas.

Após a filha ser transferida de Macapá (onde até hoje Nilde mora) para Minas Gerais (de onde Nilde partiu para a Campus Party com a caravana de Uberlândia), Nilde foi descobrindo outros recursos online. “Foi minha filha que criou meu MSN e minha conta no Skype e até hoje nos falamos muito pela internet.” Foi também por intermédio da filha que ela foi parar na Campus Party. “Fui passar férias em Minas e ela me contou que iria participar do evento aqui em São Paulo e achei que seria interessante vir também.”

Orkut, blog e Twitter

Como missionária evangélica, Nilde explica que queria continuar o trabalho de aconselhamento – que já não podia fazer presencialmente por conta de sua doença – pelo Orkut. “Aconselhava as pessoas pela página de recado e acabei criando uma comunidade no Orkut”, conta. A Mensagens Evangélicas para Orkut, com cerca de 4 mil membros, levou Nilde a conquistar várias amizades “virtuais”. “Tenho muitos amigos confidentes, que só conheço na internet.”

Agora, ela espera a filha chegar ao evento, na noite desta quarta (19), para que juntas criem um perfil no Twitter e um blog.

Fonte: UOL

29/01/2011

Marina de Oliveira grava participação para Programa da Eliana – SBT


Ser uma das primeiras cantoras gospel do país – utilizando este termo, propriamente dito – e ser a ganhadora do mais recente Grammy Latino, construindo uma história de sucesso no segmento. Fatos como este renderam a Marina de Oliveira, diversas matérias, não somente em veículos de comunicação cristãos, mas também seculares.

A prova mais atual desses bons frutos é que hoje mesmo, Marina está gravando, no Rio de Janeiro, uma matéria para o programa da apresentadora Eliana, do SBT, que será transmitida durante um quadro que abordará o sucesso da música gospel no Brasil.

Em seu microblog (Twitter), a dona e diretora da MK Music, Yvelise de Oliveira não escondeu a alegria e o orgulho de ver que a filha foi escolhida para representar a música gospel em um programa secular.

“@MarinaMkMusic gravando para oprograma da eliana no s.b.t. Vai fazer a abertura do quadro gospel. Deus é com ela”, postou.

Na matéria, Marina falará sobre a a evolução de sua carreira, as premiações alcançadas e a alegria de cantar músicas cristãs. A data de exibição do quadro ainda não foi confirmada, mas já é possível adiantar que durante duas semanas do mês de fevereiro, a cantora e sua equipe estarão nos estúdios do SBT, em São Paulo (SP) para gravar mais uma participação da cantora, que será exibida junto à matéria gravada no RJ.

Durante o dia de hoje, fotos do making of e mais detalhes sobre a gravação desta matéria serão postados no perfil oficial da MK Music no Twitter ( @MKMusicBrasil ).

Fonte: Guia-me

29/01/2011

Muçulmanos aumentarão o dobro de vezes mais rápido, diz estudo


Muçulmanos aumentarão o dobro de vezes mais rápido, diz estudoA população muçulmana vai crescer duas vezes mais rápido que as outras, durante os próximos vinte anos, tempo em que constituirá mais de um quarto dos habitantes do planeta, revelou um estudo norte-americano publicado nesta quinta-feira (27).

Segundo o estudo intitulado ‘The Future of the Global Muslim Population’ (O Futuro da população muçulmana), em 2030 os muçulmanos vão constituir 26,4 por cento da população mundial, contando então com 8,3 milhões de pessoas.

Fonte: O Galileo / Diário Digital / Lusa

29/01/2011

Igreja evangélica é furtada em Campo Grande (MS)


Igreja evangélica é furtada em Campo Grande (MS) A Igreja Missionária Caminho para Cristo, no Jardim Aeroporto, em Campo Grande (MS) teve diversos aparelhos furtados na noite da última terça-feira. O caso foi comunicado ao 7º Distrito Policial de Campo Grande pelo pastor F. S. M., de 52 anos.

Conforme informações do boletim de ocorrência, quando não havia ninguém no local, o autor pulou o muro dos fundos, arrombou duas portas e levou aparelho de DVD, caixa de som e equalizador. O local não possui sistema de segurança.

A polícia investiga o caso.

Fonte: MidiaMax / Guia-me

29/01/2011

Projeto Mensageiro da Paz Centenário


Projeto MP Centenário Em comemoração ao Centenário das Assembleias de Deus, no mês de junho, será confeccionada uma edição especial do jornal Mensageiro da Paz.

Neste projeto especial, todas as igrejas poderão ter uma página (página 28 com a inclusão do anúncio CPAD) exclusiva para contar um pouco mais de sua trajetória, além de um artigo na lateral com 1.500 caracteres na capa do jornal. Nesta edição, teremos ainda a História das Assembleias de Deus, artigos e testemunhos de pioneiros.

Para ter essa edição comemorativa personalizada, a igreja terá que adquirir o mínimo de 5 mil jornais com desconto de 20%. O valor pode ser parcelado em até três vezes.

De acordo com os responsáveis pelo projeto, é necessário que as igrejas interessadas enviem o mais rápido possível as informações. O prazo para inclusão das igrejas será encerrado em março.

Segundo eles, serão centenas de participantes, por isso a importância da agilidade na produção dessas edições personalizadas. Toda estrutura para realização do trabalho já esta montada.

Mais informações

Contato com Marcela Fernandes
Supervisão de Assinaturas e Periódicos
marcela.silva@cpad.com.br

Fonte: CPADNEWS

%d blogueiros gostam disto: