Archive for fevereiro 13th, 2011

13/02/2011

Padre quer usar multa de noiva atrasada para pagar dívidas de igreja


O padre Roberto Carrara, de 71 anos, que anunciou multa para as noivas que se atrasarem em Apucarana, no Norte do Paraná, disse que o dinheiro será usado para pagar dívidas da Catedral Nossa Senhora de Lourdes, onde celebra missas há mais de 27 anos.

Os noivos devem deixar um cheque caução de R$ 500. Caso eles cheguem no horário combinado, recebem o cheque de volta. Mas, se não forem pontuais, o dinheiro vai para a conta da igreja e também poderá ser usado para pagar hora extra de funcionários.

Irritado com noivos que não chegam no horário, o religioso já chegou a fazer casamento com duração de apenas 15 minutos, de acordo com funcionários da catedral.

A decisão virou polêmica na igreja, que tem a agenda disputada para os casamentos. Contudo, os fiés aprovaram a iniciativa que foi comunicada na missa do domingo (6), como mostra vídeo gravado durante a celebração. As imagens mostram o padre sendo aplaudido quando comunica a nova medida para atrasos.

O rigor preocupa Juliana Jonas, que vai se casar no próximo fim de semana. Caso se atrase, ela e o noivo esperam contar com a compreensão do padre. “Tenha piedade de nós”, diz Guilherme, noivo de Juliana.

Via: G1

13/02/2011

Alta nos preços deixa cristãos sem comida no Egito


Alta nos preços deixa cristãos sem comida no Egito Novos protestos estão sendo marcados após o anúncio do presidente do Egito Hosni Mubarak de que não deixaria o cargo até as eleições em setembro. Desde que as manifestações iniciaram, há duas semanas, o preço do arroz, batatas e lentilha dobraram.
O Fundo Barnabé, que apoia os cristãos perseguidos em todo o mundo, disse que a comida é a necessidade mais importante para muitas famílias cristãs atualmente.
O diretor internacional do Fundo Barnabé, Dr. Patrick Sookhdeo pede para que outras pessoas ajudem os irmãos egípcios neste momento de grande incerteza e turbulência. “A maioria dos cristãos egípcios já vivia em extrema pobreza e a crise atual fez com que a situação lamentável piorasse muito”.

O ministério disse que os cristãos sofrem grande discriminação no país de maioria muçulmana, e que estão “extremamente vulneráveis” a ataques.

Em janeiro, mais de 20 cristãos foram mortos em um ataque com carro-bomba em uma igreja em Alexandria. Uma semana depois um cristão foi morto a tiros em um trem com destino a Cairo. Na semana passada, duas famílias cristãs foram mortas por militantes islâmicos.

Apesar da violência, muitos cristãos têm saído às ruas para protestar lado a lado com os muçulmanos. Alguns cristãos têm sido fotografados segurando a cruz em uma mão e o braço de um muçulmano segurando o alcorão na outra.

No entanto Fundo Barnabé advertiu que os cristãos enfrentam um futuro incerto. Enquanto vice-presidente Omar Suleiman tem estado em conversações com a Irmandade Muçulmana sobre a liderança do país pós-Mubarak, o grupo diz que os cristãos estão sendo excluídos do diálogo.

Igrejas no país desejam uma nova Constituição que defenda os princípios democráticos, que atualmente trata os cristãos como cidadãos de segunda classe.

O Fundo Barnabé disse que já está planeja dar assistência, a longo prazo, para os cristãos, cujos negócios foram severamente danificados.

Fonte: Christian Today / Redação CPAD News

13/02/2011

Igreja Batista de Montes Claros completa 93 anos


Igreja Batista de Montes Claros completa 93 anos O trabalho Batista teve seu início no Norte de Minas na localidade de Malhada Grande, Juramento e em Buritizal no município de Bocaiuva.

A Primeira Igreja Batista de Montes Claros foi organizada com o nome de Igreja Evangélica Batista em Juramento, em 17 de fevereiro de 1918, pela Primeira Igreja Batista de Belo Horizonte, num trabalho iniciado pelo evangelista Domingos de Novais Neves , que fez os primeiros contatos com as pessoas em Juramento, Buritizal e Malhada Grande no ano de 1914. 

As primeiras pessoas a ouvir o Evangelho foram Benedito Rodrigues Sobrinho e família, e José Custódio de Almeida e família, sendo que este por último.

Nos dias 18, 19 e 20 de fevereiro os batistas norte-mineiros celebrarão 93 anos. E para comemorar o aniversário traz a Montes Claros o articulista do Jornal Batista, na seção Bilhetes de Sorocaba, para uma série de conferências. 

Informações pelo telefone (38) 3221-8706 

Fonte: O Norte

13/02/2011

Hotel diferente


Hotel diferenteAo listar as opções de hospedagem para uma viagem à Europa, você cogitaria ficar dentro de uma igreja? Saiba que isso é possível. A rede Martin transformou uma catedral antiga na Bélgica em um hotel-boutique diferente.

Localizada na cidade de Mechelen, a construção neogótica do final do século 19 integrava um monastério franciscano. No final da década de 80, a ordem religiosa colocou o prédio à venda. Depois de ser desconsagrado, o edifício da igreja teve parte da área externa e do claustro transformada em um complexo residencial, que ganhou o nome de Patershof.

Em 2009, a rede de hotéis inaugurou a unidade, em que as diárias custam a partir de 159 euros. Além da fachada imponente, os mosaicos, vitrais e colunas foram restaurados e são os grandes atrativos do local.

Fonte: PavaBlog

13/02/2011

Assembléia de Deus lança Rede Social


Assembléia de Deus lança Rede SocialNo próximo dia 21, acontecerá o lançamento do site “Comunidade AD”; a rede social da Assembléia de Deus Ministério do Belém.

“Um site interativo com as principais ferramentas onde se terá acesso as informações de todas as congregações, como horário de cultos e eventos, sendo que o usuário poderá interagir diretamente com os irmãos“ afirma Pedro Hungria, sócio da Com Viver empresa que idealizou o site.

A intenção dos idealizadores é “basicamente formar uma grande comunidade na rede social, transformando o real em virtual” afirma o empresário.

Na  segunda, 7, eles estiveram no Belenzinho e fizeram uma demonstração do que será a nova rede social dos assembleianos.

No próximo domingo, 13, pela manhã o site será apresentado aos jovens no Belenzinho e á tarde aos obreiros no templo sede da AD Campinas.

Para o presidente do ministério pastor José Wellington Bezerra da Costa a intenção é “evangelizar, principalmente os jovens”.

Explicando o projeto aos milhares de obreiros que participavam da reunião de obreiros no Belenzinho na última segunda, 7, o pastor presidente da AD Campinas, Paulo Freire disse que “é importante nós termos um canal de comunicação entre nós”, ele alegou que as redes sociais que estão em alta “oferecem muitos perigos á nossa juventude e aos usuários em geral” e mostrou a necessidade de ter um veículo  com conteúdo cristão.

Os interessados em conhecer o novo site poderão acessar http://www.comunidadead.com.br e preencher um pré-cadastro.

“Para usar os serviços, os usuários terão algumas facilidades, desde que se cadastrem, acessarão gratuitamente com algumas limitações, quem optar pelos planos oferecidos pela Comunidade AD terá acesso a outras ferramentas que o produto oferece. Pastores estão isentos de custos” explicou Pedro Hungria.

 

Com informações de Juarez Lima
Redação CPAD News

13/02/2011

Para cristãos, independência do Sudão do Sul teria sido revelada nas Escrituras


Para cristãos, independência do Sudão do Sul teria sido revelada nas EscriturasPara os cristãos do recém-formado Sudão do Sul, a  oportunidade de tornar-se independente da maioria muçulmana do norte é mais que um dos termos do acordo de paz de 2005, que encerrou uma guerra civil de duas décadas. Trata-se da vontade de Deus para cumprir uma profecia do capítulo 18 do livro do profeta Isaías.

A independência de sua nação teria sido anunciada na Bíblia mais de 2.000 anos atrás, em uma das várias passagens que se refere à terra de Cuche, e os descreve como pessoas de estatura elevada e pele lisa, cuja terra os rios dividem.

“Lemos muitas vezes esse texto bíblico no domingo”, disse Ngor Kur Mayol, imigrante sudanês residente nos EUA que votou no referendo realizado no início deste mês para decidir a independência. ”O texto menciona muito a maneira como estávamos sofrendo durante tantos anos e como esse sofrimento irá terminar depois que votamos pela independência.”

A interpretação não é de todo inverosímil, defende o professor Ellen Davis, da Escola Teológica de Duke, que tem colaborado desde 2004 com a Igreja Episcopal do Sudão a fim de reforçar a educação teológica naquele país .

“Não há dúvidas que Isaías 18 fala sobre o povo do Alto Nilo. Realmente está falando sobre o povo sudanês”, explica Davis. Segundo ele, a crença na profecia é quase unanimidade entre os cristãos daquele país.

“De modo geral, os cristãos sudaneses  creem muito mais que a maioria dos cristãos norte-americanos que a Bíblia fala de acontecimentos atuais. Em especial dos acontecimentos políticos”, disse o professor.

Líder de uma Igreja Presbiteriana de imigrantes sudaneses em Nashville, o pastor Jock Paleak explica como Isaías 18 tem sido interpretada como uma referência para a independência.

“A Bíblia diz que quando eles levantarem a bandeira sobre os montes, o mundo inteiro vai ver.” Para ele, os olhos do mundo todo estão agora sobre o  Sudão do Sul.

Os resultados divulgados na semana passada mostram que a separação  foi aprovada por quase 99% dos eleitores. Os sudaneses que moram em outros países também puderam votar.

Para Paleak, Isaías 18 termina com uma indicação que aponta o fim do regime  muçulmano do norte. O versículo 7 diz: “Eles levarão seus presentes para a monte Sião”. “Significa que serão livres para louvar a Deus do seu jeito em sua própria terra”, explica ele.

Mesmo assim, Paleak não afirma estar “100% seguro” de que a profecia realmente se refere à independência do Sudão do Sul. Já o pastor Malok Deng, da Igreja Bíblica Sudanesa de Nashville, não tem dúvidas disso.

Ele viu o sofrimento dos sudaneses do Sul durante a guerra civil que deixou dois milhões de mortos e a fuga de muitas pessoas que saíram do país durante o conflito como parte de um plano divino descrito no capítulo dois de Sofonias, entre outras passagens.

“O texto diz que Deus enviaria inimigos para nos castigar, assim poderemos nos arrepender de nossos pecados e voltar para Deus”, disse o pastor. ”É por isso que tudo isso está acontecendo.” Deng conta que a guerra provocou sua conversão.

“Quando era adolescente, fui para o norte de Darfur por causa da guerra. Foi então que conheci o Senhor e fui salvo. Se não fosse isso, teria morrido no paganismo.”

Martin Drani, pastor Igreja Comunitária Sudanesa, em Nashville, não tem dúvidas de que Deus é a verdadeira força por trás do referendo. Ele afirma: ”É uma profecia. Se você acredita na Bíblia, então sabe que toda profecia deve se cumprir. Os israelitas também tinham profecias sobre eles que foram cumpridas.”

Outros estudiosos também veem a possibilidade de que o norte muçulmano estará envolvido no ataque a Israel profetizado em Ezequiel 38, onde afirma-se que a terra de Cuche fará aliança com a Pérsia (Irã) e Pute (Líbia) no fim dos tempos. Assim, apenas países muçulmanos atacariam Israel segundo o profeta Ezequiel. O Sudão do Sul será majoritariamente cristão, pois após a decisão pela independência muitos moradores do norte que seguem a fé cristã estão mudando para o sul.

Mesmo assim, nem todos os sudaneses veem a situação da mesma maneira. Ayak Duot, por exemplo, discorda que trate-se de uma profecia cumprida. ”Ouvi falar disso, mas não acredito. Quando o sul do Sudão se tornar um país novo,  será porque muitas pessoas, inclusive meu pai, lutaram e morreram por esta causa”, afirma.

Depois do anúncio oficial do resultado do referendo, países ligados à ONU devem reconhecer a independência, que só deve ser formalizada em 9 de julho. Ainda há disputas bilaterais sobre a demarcação definitiva da fronteira, por conta da divisão dos preciosos recursos hídricos do Nilo e das reservas de petróleo do país.

Fonte: Pavanews, com informações de G1, Sudanese Online e Prophecy Newswatch

%d blogueiros gostam disto: