Ônibus sem freio mata pastor da Assembléia Deus em Santa Bárbara d´Oeste.


 Ônibus sem freio mata pastor da ADDuas pessoas morreram, três ficaram feridas gravemente e outras três de forma leve em um acidente envolvendo um ônibus da Viba (Viação Barbarense), três carros e uma moto, ontem à tarde, em Santa Bárbara d’Oeste. O motorista e o cobrador nada sofreram. O veículo levava ainda mais três passageiros e o motivo do acidente foi que o ônibus teria perdido os freios. Ele chegou a percorrer uma distância aproximada de 1,5 quilômetros e provocou pânico entre as pessoas.

O coletivo que fazia a linha do Jardim Mollon em direção ao Terminal Urbano, no Centro, teria perdido os freios por volta das 16h30 na altura da Avenida Santa Bárbara, onde colidiu com um carro com três ocupantes, que ficaram gravemente feridos. O veículo foi lançado contra um poste que se partiu ao meio caindo em cima do automóvel. Os passageiros foram socorridos e encaminhados ao pronto-socorro em estado grave.

Após bater no carro, o ônibus continuou o trajeto pela Avenida Anhangüera e passou por cima do canteiro central da rotatória em frente ao Centro Social Urbano, colidindo com mais dois carros e a moto conduzida pelo presidente do Comusa (Conselho Municipal de Saúde), Rubens Ribeiro, que morreu no local. Os dois condutores dos outros carros nada sofreram. O coletivo continuou por mais 150 metros da Avenida de Cillo e só parou ao entrar no restaurante do hotel Nossotel. O pastor da igreja Assembléia de Deus, Armando de Souza Gonzaga, que estava na calçada em frente ao estabelecimento, foi atingido pelo ônibus e morreu no local enquanto recebia os primeiros-socorros.

No total, o trajeto percorrido pelo coletivo foi de 1,5 quilômetro. Os três passageiros tiveram ferimentos leves. O ônibus começou a ser retirado do local por volta das 19 horas. Devido ao acidente, o trânsito da região ficou parcialmente bloqueado. Muitas pessoas estiveram no local para acompanhar os trabalhos da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e Guarda Municipal, que prestaram o atendimento às vítimas.

Segundo o coordenador de Transportes, José Vladeir Truzzi, ainda não se sabe as causas reais do acidente, mas os motivos serão apurados rigorosamente. “Precisamos aguardar a perícia para saber o que de fato aconteceu e se houve algum problema com os freios. A orientação para todos os motoristas é que quando há identificação de falhas o veículo deve ser trocado”, explicou.

A Prefeitura emitiu uma nota oficial lamentando o fato e destacando que após 30 anos de operação na cidade o processo para contratação de uma nova empresa está aberto. A Viba está sob intervenção da Prefeitura desde dezembro de 2009. No ano passado, a intervenção foi prorrogada pelo prefeito Mário Heins (PDT), que se tornou alvo de uma ação por improbidade administrativa por não ter aberto outra concorrência.

Fonte: Notícias cristãs / O Liberal

Escreva Aqui seu Comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: