Archive for março 30th, 2011

30/03/2011

Brasil chora morte José Alencar, ex vice presidente evangélico recentemente convertido


José de alencar está sendo velado no Palácio do Planalto e será aberto ao público

José Alencar, ex vice presidente do Brasil durante os oito anos de governo Lula e um dos mais carismáticos políticos da nação, ganhando notoriedade por sua luta por juros mais baixos para a população.

Se hoje ainda há muitas dúvidas sobre qual era religião de José Alencar, as mesmas não parecem mais adiantar muito. O que é fato é a mudança de comportamento do ex vice presidente nos últimos dois anos e meio quando deixou de comparecer as missas da Igreja Católica perto de sua casa e começou a ser frequentemente visto em cultos de algumas igrejas evangélicas, principalmente na Igreja Universal do Reino de Deus onde subiu ao púlpito algumas vezes nesse período.

Em uma de suas mais famosas palestras na Igreja Universal, ganhando a mídia a exatamente um ano, o político subiu ao púlpito para dar seu testemunho para outros empresários. Contou sobre seus problemas e seu câncer que, embora a anos estivesse lhe atormentando, milagrosamente estava começado a regredir após então 12 anos de luta. O tempo da mudança coincidiu exatamente com o período que começou a frequentar a Igreja Universal, mas com suas frequentes internações não conseguiu ter uma frequência de visitas e estabilidade na religião evangélica.

Segundo o Senador Aécio Neves, mineiro como José Alencar, “Deus estava esperando pelo ex vice presidente”. Seu amigo Marcelo Crivella, Bispo licenciado da IURD, falou em carta aberta sobre a trajetória e conversão de José: “Sendo tão rico, de tudo se despoja, para buscar na fé em Deus a salvação da sua alma em Cristo”. Em seu twitter o Pastor Ricardo Gondim filosofou sobre a morte do político: “Passamos, somos uma leve poeira que o vento levanta. Eternizemos os instantes vividos com beleza, doçura e solidariedade”.

José Alencar morreu nesta terça, dia 29 de Março de 2011, aos 79 anos devido ao câncer e falência multipla dos órgãos. Sua luta contra os tumores começou 1997 e durante quase 14 anos teve 17 cirurgias, perdeu um rim, 2/3 do estômago e parte dos intestinos delgado e grosso, mas continuou vivo, lutando e com fé.

Fonte: Gospel+

30/03/2011

ExpoMusic Gospel abre as inscrições para o prêmio MR1 da música


 

Quem desejar participar do Prêmio MR1 de Música Gospel, já poderá fazer as inscrições à partir desta sexta-feira (01/04/2011). Para concorrer ao PRÊMIO, o artista ou banda deverá: Ter um produto musical lançado e disponibilizado no Brasil de 1º de Janeiro à 31 de Dezembro de 2010. No segmento ¨Melhor Canção¨, a mesma deverá ser inédita; no caso do artista ter disponibilizado a música somente na web, será necessário que o trabalho tenha em seu conjunto no mínimo 5 obras. Para concorrer ao segmento ¨Revelação¨, só serão considerados os artistas que tiverem lançado, no máximo, dois produtos musicais em toda a extensão de sua carreira até o momento de sua inscrição no Prêmio. O regulamento completo bem como as inscrições poderão ser feitas no site oficial da Expo Music Gospel: www.expomusicgospel.com.br .

O período de inscrição vai de 1º a 30 de Abril, em 10 de Maio serão anunciados os 3 finalistas de cada categoria, que serão julgados por um júri exclusivamente técnico, sem votação popular. “O grande diferencial do Prêmio MR1 de Música Gospel, além da questão da premiação técnica, é o fato de ser um prêmio totalmente independente, sem nenhum vínculo com nenhuma gravadora, entidade ou igreja, gerando maior credibilidade e cumprindo o seu papel social de motivar a melhoria contínua da Música Gospel.”, conclui Marcelo Rebello, idealizador da Expo Music Gospel.

Fonte: ExpoMusic Gospel

 

 

30/03/2011

Cristão afegão permanece preso e teme execução


 Cristão afegão permanece preso e teme execuçãoA agência de notícias International Christian Concern (ICC) foi informada de que um afegão que foi preso por ter se convertido ao cristianismo continua atrás das grades. Já faz um mês que Said Musa, outro prisioneiro cristão, foi solto e recebeu asilo na Europa após passar nove meses na prisão. Enquanto os Estados Unidos, Itália e outros países pressionaram o governo Karzai para que Musa fosse liberto, pouco progresso diplomático tem sido feito no caso do segundo cristão afegão, Shoaib Assadullah.

Shoaib Assadullah, 23, foi preso no dia 21 de outubro em Mazar-e-Sharif por presentear um amigo com uma Bíblia (leia mais). Durante seu tempo na prisão, Shoaib conta ter sido agredido e recebido ameaças de seus colegas de cela. Shoaib teme ter que enfrentar a pena de morte se for levado novamente a julgamento. A constituição afegã defende a liberdade religiosa, mas a apostasia é aplicada sob a sharia (lei islâmica) e é punível de morte.

“Estou sofrendo muitas pressões emocionais por estar preso. Além disso, existem ameaças de morte, insultos e acusações constantes, ameaças, ofensas. Sou forçado a trabalhar para os outros prisioneiros e para os guardas. Tudo por causa do preconceito com minha crença e etnia”, contou Shoaib em uma carta escrita no dia 11 de março. Em uma ligação telefônica para um amigo no dia 24 de março, Shoaib afirmou que não irá retornar para o islamismo em troca de sua liberdade. Ele está disposto a morrer por sua fé.


Fonte: International Christian Concern / Portas abertas / Mauro Sergio de Deus

 

30/03/2011

Fórum discute crescimento da igreja


 

 Fórum discute crescimento da igreja

Qual futuro da Igreja Brasileira e como o mercado está se preparando para receber este novo público? Esta é uma das inúmeras questões que serão debatidas no fórum ‘O Brasil de 2020 com mais de 100 milhões de evangélicos’ que a EBF COMUNICAÇÕES promove hoje, dia 29, a partir das 14h no Holiday Inn em São Paulo e é uma prévia da EXPOCRISTÃ, o maior evento de produtos e serviços para cristãos, que acontece entre os dias 20 a 25 de setembro, no Anhembi (SP).

Tendo como público alvo lideranças, empresários do segmento evangélico e expositores, o Fórum traz como pauta principal as demandas e ofertas para a Igreja e o consumidor cristão. Entre outras lideranças e profissionais do meio, nomes como: José Wellington Júnior – presidente do Conselho Administrativo da Casa Publicadora das Assembleias de Deus (CPAD) Rubens Muzio – missionário da Sepal e professor da Faculdade Teológica Sul Americana do Paraná; Mauricio Soares, diretor artístico da Sony Music, Alessandro Tostes – diretor da gravadora Novo Tempo, e José Paulo Fernandes Jr. – Diretor da Universidade Presbiteriana Mackenzie; Omar de Souza – jornalista e publisher da Thomas Nelson Brasil, e Adílson Ferreira dos Santos Jr. – Coordenador de mobilização de missionários da JMM, e Juanribe Pagliarin – diretor executivo da Rádio Vida FM.


Fonte: Creio

 

30/03/2011

Primeiro filme cristão em 3D será lançado na Páscoa


Leão da tribo de Judá é um longa de animação infantil com mensagem cristã

O último grande sucesso de público de um filme com temática cristã foi “A Paixão de Cristo”, de Mel Gibson, sete anos atrás. Desde então, Hollywood não produziu mais nada claramente religioso que tenha atraído multidões ao cinema. Nem mesmo as adaptações de As Crônicas de Nárnia são considerados filmes cristãos pela maioria dos fiéis, por conta das alterações que a produtora Disney fez no roteiro.

Mas, nesta Páscoa, isso poderá mudar. Desde 2008, a produtora de filmes Eternal Pictures vem preparando um longa de animação infantil com mensagem explicitamente cristã. The Lion of Judah [O Leão de Judá] será lançado em breve como o primeiro filme cristão em 3D da história. Não por acaso, tem sido chamado de “A Paixão de Cristo para crianças”.

Ambientado na Jerusalém de dois mil anos atrás, o filme é uma parábola sobre o sacrifício e o pagamento de pecados efetuados por Jesus, conforme registrado na Bíblia. O cordeiro Judá e seus amigos tentam evitar o tradicional sacrifício anual realizado pelos judeus para relembrar sua saída do Egito.

No que depender dos produtores, o porco afetuoso (Horácio), o cavalo pessimista (Monty), o rato arrogante (Slink), o galo brigão (Drake), a vaca maternal (Esmay) e o burro imaturo (Jack) poderão se tornar em breve tão populares quanto Shrek ou brinquedos de Toy Story. Usando os recursos da computação gráfica e um enredo bem-humorado, a aposta do estúdio é transmitir valores cristãos com uma mensagem otimista de fé.

A pessoa e obra de Jesus Cristo são apresentadas como um pano de fundo que guia os passos dos personagens principais. O cordeiro Judá está condenado a ser morto no dia de Páscoa e inicia com seus amigos uma tentativa ousada de salvar sua vida.

Na verdade, trata-se de uma continuação da animação independente “Once Upon a Stable” [Era uma vez num estábulo], que se passa nos dias do nascimento de Cristo em Belém, cerca de 30 anos antes da história que chega agora aos cinemas. Uma campanha já está em andamento na internet para que igrejas e comunidades de fé lotem os cinemas no final de semana de estreia, uma maneira de garantir o sucesso da animação que será distribuída internacionalmente pela Warner Brothers.

Fonte: Pavablog

30/03/2011

Ateu credita em evangélico esperança no tratamento contra o câncer


 

é uma relação bastante maravilhosa," disse Hitchens. "Não vou dizer que não ore por mim, porque eu acho que ele provavelmente ora, mas ele não discute isso comigo."

Ateu famoso mundialmente, Christopher Hitchens, fez uma revelação surpreendente recentemente que o seu ex-adversário de debate, o franco evangélico cientista Francis Collins, está por trás de um novo tratamento contra o câncer experimental que ele está usando.

Em entrevista ao UK Telegraph Magazine, Hitchens disse que Collins, que antigamente era o diretor do Centro Nacional para Pesquisa do Genoma Humano e agora atua como diretor dos Institutos Nacionais de Saúde, é parcialmente responsável pelo desenvolvimento de um novo tratamento contra o câncer que faz mapeamento genético do DNA do paciente e objetiva o DNA danificado.

Hitchens, autor de God Is not Great: How Religion Poisons Everything (Deus Não é Grande: Como a Religião Envenena Tudo), disse que foi solicitado algumas semanas depois que ele foi diagnosticado com câncer no ano passado para ser uma cobaia de um novo tratamento de câncer que sequencia o genoma que poderia curar o câncer.

Em junho de 2010, Hitchens foi diagnosticado com câncer de esôfago. O câncer está em estágio 4.

“E a coisa a notar sobre o estágio quatro é que não há na fase cinco,” comentou Hitchens durante a entrevista publicada na sexta-feira.

Embora lhe tenham dito que não tem nenhuma expectativa para o tratamento, descobriu-se no início deste ano que já havia medicamento para a mutação genética expressa através de seu tumor.

Antes de adoecer, Hitchens tinha debatido com Collins, autor de A Linguagem de Deus: um Cientista Apresenta Evidências para a Crença, sobre a existência de Deus. Hitchens disse que ele e Collins se tornaram bons amigos, apesar de suas diferenças religiosas.

“é uma relação bastante maravilhosa,” disse Hitchens. “Não vou dizer que não ore por mim, porque eu acho que ele provavelmente ora, mas ele não discute isso comigo.”

Ele acrescentou: “Ele concorda que a sua experiência médica não inclui qualquer coisa que poderia ser descrita como uma cura milagrosa – ele nunca se deparou com algo.”

Hitchens foi educado com a idéia de Cristãos orando por seu tratamento de câncer. Mas ele permaneceu firme em que sua luta contra o câncer não irá influenciar sua opinião religiosa sobre Deus.

No ano passado, escreveu Collins em uma peça especial para o Washington Post de “Todos Orem pelo Dia Hitchens.”: “Minha oração não é tanto de uma intervenção sobrenatural – como um médico eu não vi provas de milagre médico em minha própria experiência .

“Ao invés disso, ore por mim e por Christopher ao longo das linhas de Tiago 1:5”.

O versículo Tiago 1:5 diz: “Se algum de vós tem falta de sabedoria, peça a Deus que a todos dá liberalmente, sem censura, e será dado a ele.”

Hitchens disse que ele não vai converter no leito de morte, a menos que ele esteja “muito doente” ou “meio demente, ou pelas drogas ou a dor em que eu não teria controle sobre o que eu digo.”

Fonte: Christian Post / Guia Me

 

 

30/03/2011

Dois cristãos são assassinados na saída de uma Igreja no Paquistão


 Dois cristãos são assassinados na saída de uma Igreja no PaquistãoDois cristãos foram mortos a tiro e outros dois estão gravemente feridos após ataque de jovens muçulmanos na saída do prédio de uma igreja em Hyderabad, no dia 21 de março, segundo testemunhas.

Moradores de Hurr Camp, uma colônia de trabalhadores cristãos, em Hyderabad, na Província de Sindh, estavam comemorando a festa de aniversário de 30 anos da igreja do Exército da Salvação quando um grupo de jovens muçulmanos se reuniu fora do prédio e começou a colocar música em alto volume em seus celulares. De acordo com relatos, eles também começaram a provocar as mulheres cristãs que chegavam para a celebração.

Os cristãos Younis Masih, de 47 anos, Siddique Masih, de 45 anos, Jameel Masih, de 22 anos, e um identificado como Waseem, de 20 anos, saíram do prédio para impedir os jovens de provocar as irmãs, dizendo-os que respeitassem a santidade da igreja. Seguiu-se um conflito verbal, após o qual os muçulmanos saíram para voltar logo em seguida com revólveres.

Testemunhas disseram à agência de notícias Compass Direct News, por telefone, que os jovens muçulmanos abriram fogo contra os cristãos, matando Younis Masih e Jameel Masih instantaneamente, e ferindo gravemente Siddique Masih e Waseem. Os feridos foram transferidos para um hospital em Karachi, capital da Província de Sindh.

Younis Masih deixou uma esposa e quatro filhos, enquanto que Jameel Masih era casado há apenas um mês e sua morte súbita colocou a família em estado de choque.

“Meu filho tinha ido à igreja para participar das comemorações de aniversário de nossa família… Poucas horas depois, fomos avisados de sua morte”, disse Surraya Bibi à Compass Direct News, em prantos, por telefone, de Hyderabad. “Ele se casou há apenas um mês. Os assassinos de sangue frio destruíram minha família, mas nossa preocupação mais imediata é com a esposa de Jameel que está completamente em silêncio desde que a notícia arruinou com ela”.

Ela disse que a indiferença da polícia local em relação ao incidente brutal exacerbou a dor dos cristãos.

“A polícia estava agindo como se não fosse grande coisa”, disse ela. “Eles só registraram o caso tarde da noite, quando todos nós bloqueamos a rodovia principal de Hyderabad com os dois corpos por algumas horas”.

O tio paternal de Jameel Masih, Anwar Masih, disse à Compass que a polícia estava sendo preconceituosa contra os cristãos, pois “nenhum dos acusados foi preso até agora e eles estão perambulando pela região sem nenhum medo”.

Ele disse que a polícia tinha prendido alguns adolescentes que não tiveram nenhum envolvimento nas mortes.

“Eles fizeram isso somente para mostrar a seus superiores que ninguém está ocioso”, disse ele.

Anwar Masih disse que as famílias têm pouca esperança por justiça porque “se tivemos que desonrar os corpos colocando-os na rodovia para ter o caso registrado, o que deveríamos esperar quando começarem as investigações?”.

Ele disse que, durante o protesto, alguns líderes do Movimento Muttahida Qaumi, um partido político regional conhecido por sua frequente ideologia violenta, chegaram e sugeriram aos cristãos que retaliassem contra os muçulmanos.

“Nós lhes dissemos que, como cristãos, não iremos fazer justiça com as próprias mãos”, disse Anwar Masih.

Ele disse que o pai de Jameel Masih, Sardar Masih, e outros cristãos iriam à delegacia da Colônia de Baldia para ver se houve algum progresso nas investigações.

“Por favor, orem por nós”, disse ele.

A Compass Direct News se esforçou para fazer contato com o delegado da Polícia Distrital de Hyderabad, Munir Ahmed Sheikh, para perguntá-lo sobre o progresso do caso e se algum dos suspeitos tinha sido preso, mas as chamadas não foram atendidas.

O assassinato dos dois cristãos ocorreu uma semana após outro cristão, condenado a prisão perpétua por acusações de blasfêmia, ter morrido na Prisão Central de Karachi. A família de Qamar David alega que ele foi assassinado em 15 de março, enquanto relatos conflitantes da cadeia sugerem que ele tenha morrido de insuficiência cardíaca.

Se Qamar morreu por tortura, os assassinatos de Younis Masih e Jameel Masih aumentam o número de cristãos assassinados para quatro somente no mês de março, sendo o mais proeminente deles o do Ministro Federal para Assuntos da Minoria, Shahbaz Bhatti, morto no dia 2 de março, em Islamabad, por se opor às controversas leis de blasfêmia do país.


Fonte: Compass Direct / Portas abertas

 

30/03/2011

Mark Driscoll não aceita resposta de Bell na TV e afirma em sermão: Sem Jesus você vai para o inferno


Mark Driscoll não aceita resposta de Bell na TV e afirma em sermão: Sem Jesus você vai para o inferno

Pastor Mark Driscoll, da Igreja Mars Hill em Seattle (EUA), usou seu sermão de domingo para contestar as afirmações de Rob Bell na TV. Driscoll pregou sobre o capítulo 6 de livro de Lucas enfatizando para as milhares de pessoas presentes que “sem Jesus, você vai para o inferno”.

O autor de Love Wins: A Book About Heaven, Hell and the Fate of Every Person Who Ever Lived (O Amor Vence: Um Livro Sobre o Céu, Inferno e o Destino de Todas as Pessoas que Já Viveram) esteve recentemente na MSNBC, dando entrevista sobre seu livro, o apresentador Martin Bashir precisou fazer quatro perguntas sobre a questão de destino eterno pois as respostas de Bell foram insatisfatórias.

“É irrelevante sobre como se responde a Cristo nesta vida em termos de determinar o destino eterno de alguém?” perguntou Bashir, que também acusou o autor de alterar o Evangelho de modo que seja palatável.

“É extremamente relevante e muito importante. Agora, exatamente como isso funciona e como funciona exatamente isso no futuro, nós estamos agora, quando você morrer com firmeza no campo da especulação,” respondeu Bell.

Sem citar nomes, Driscoll expressou profunda preocupação com os falsos ensinamentos e mensagens que anunciam outra coisa senão a salvação através de Jesus Cristo.

“Isso me incomoda muito quando os pastores bem conhecidos e pregadores e autores são convidados para a televisão … quando o mundo os está ouvindo, o entrevitador os indaga ‘se você não acredita em Jesus, você está indo para o inferno?’ e eles se contorcem ou mudam de assunto ou apelam para as emoções ou contam uma história, eles fazem qualquer coisa, exceto dizer ‘sim, se você não conhece a Jesus você vai para o inferno’,” disse o pastor.

Para Driscoll, não há ambiguidade nos ensinamentos de Jesus sobre o céu e o inferno. Ele lembra que Jesus fala do inferno mais do que ninguém em toda a Bíblia. “Cerca de 13 por cento dos seus ensinamentos e metade de suas parábolas são referência para o inferno, julgamento ou punição”, observou Driscoll.

“Você já recebeu Jesus? Você confia em Jesus? Se não, você está no caminho da ira de Deus. Vocês estão indo para o consciente eterno tormento do inferno,” afirmou.

Citando as palavras de Jesus, Driscoll ressaltou: “Ninguém vem ao Pai senão por mim.” Ninguém. Ninguém. Budismo, não. Hinduísmo, não. Nova Era, não. Mormonismo, não. Testemunhas de Jeová, não. Boa gente, não. Povo Generoso, não. As pessoas religiosas, não.”

“Não há salvação sem ele (Jesus)!” exclamou o pastor.

Fonte:  Christian Post / Gospel Prime

30/03/2011

Família recebe profecia e sai de casa para ser arrebatada por Jesus


Família recebe profecia e sai de casa para ser arrebatada por Jesus

A família de quatro pessoas que estava desaparecida há 14 dias em Diadema, na Grande São Paulo, foi encontrada no início da tarde desta segunda-feira, dia 28, em Ourinhos, no interior de São Paulo.

O casal Pedro José Dias, 49, e Antônia Aparecida Gomes, 49, e os filhos Henrique, 22, e Thais, 18, saíram de casa no dia 14 de março juntamente com outros três homens para serem arrebatados por Jesus.  O pregador Roberto Carlos da Silva, com base em um calendário hebraico, calculou que Jesus voltaria à Terra por volta das 14h daquele dia.

O grupo saiu em direção à Rodovia Fernão Dias na expectativa de que fosse avisado por um anjo sobre a chegada de Jesus. Desde então não foram mais vistos e os familiares ficaram preocupados. Com a repercussão do caso os funcionários do albergue os reconheceram.

Segundo Márcia Moraes, assistente social, eles foram ao local para pedir alimentação e para pernoitar. Nesta segunda-feira, ela acionou a Polícia Militar para informar o paradeiro dos quatro. Não há informação sobre os três pregadores que teriam  saído a pé com eles.

30/03/2011

Teóloga e ateia, professora afirma que Deus tinha uma esposa


Conquistar um título de doutorado em Teologia na conceituada Universidade de Oxford, Inglaterra, não é algo fácil. Quando se é mulher e ateia, torna-se algo ainda mais complicado. Mas Francesca Stavrakopoulou (foto) chegou lá e hoje é professora do departamento de Teologia e Religião na Universidade de Exeter e apresenta semanalmente uma série produzida pela BBC chamada Os Segredos Escondidos da Bíblia.

No episódio que foi ao ar duas semanas atrás, ela divulgou a sua tese: os antigos israelitas pensavam que o seu Deus Yahweh [Jeová] foi casado. Ou seja, o politeísmo, adoração de muitos deuses, não foi uma corrupção de alguns israelitas do monoteísmo. Eles tinham, segundo ela, bons motivos para crer que havia mais de um deus.

Segundo a pesquisadora, as primeiras versões da Bíblia apresentavam uma deusa da fertilidade, Aserá, como a possível companheira de Deus. Mas essa não é uma ideia nova. Em 1967, o historiador Raphael Patai já defendia que os antigos israelitas adoraram tanto Yahweh quanto Asherah (Aserá, em português).

Para “provar” a existência dessa suposta “esposa de Deus” são citados indícios em textos antigos, amuletos e estatuetas encontradas por arqueólogos nas ruínas de uma cidade cananéia, na região de Kuntillet Ajrud, que hoje pertence à Síria. Inscrições em cerâmica encontrada no deserto do Sinai também mostrariam que Yahweh e Asherah eram adorados em conjunto. Também colaboraria para isso a passagem no Livro de 1 Reis que menciona uma imagem da deusa colocada no templo do Senhor e teria sido adulterada posteriormente.

Presidente do Centro de Estudos Judaicos do Arizona e do Instituto Albright de Pesquisas Arqueológicas, J. Edward Wright defende a tese de Stavrakopoulou, afirmando que várias inscrições hebraicas mencionam “Yahweh e sua Asherah”. Ele acrescenta que o nome de Asherah não foi inteiramente retirado da Bíblia por seu editores do sexo masculino.

Wright explica que ela era uma divindade importante, símbolo de fertilidade no antigo Oriente (foto), conhecida por sua força e cuidado. Afirma ainda que seu nome por vezes foi traduzido como “árvore sagrada”. Há relatos de que essa árvore foi “cortada e queimada fora do Templo, numa atitude de certos governantes que tentavam ‘purificar’ o culto e dedicar-se à adoração de um único Deus masculino, Yahweh”. ”Mas os vestígios dela permanecem e, com base nisso, podemos reconstruir o seu papel nas religiões do Levante do Sul”, conclui o estudioso.

Aaron Brody, diretor do Museu Bade e professor adjunto de Bíblia e Arqueologia na Pacific School of Religion, diz que os antigos israelitas eram politeístas e que só uma “pequena porção” adorava apenas a um Deus. Para ele, foi o exílio de uma comunidade de elite dentro da Judeia e após destruição do Templo de Jerusalém em 586 AC que os levaram a uma “visão universal do monoteísmo restrito.”

A popularidade de Stavrakopoulou com o programa de TV está gerando curiosidade sobre seus livros e artigos, que são a base da série da BBC. Tradicionalmente o material da emissora inglesa é exportado para o mundo todo, portanto essa questão logo deverá chegar a muitos países.

Fonte: Pavablog

 

%d blogueiros gostam disto: