Archive for junho 17th, 2011

17/06/2011

Jovens cristãos participam de programa de liderança política da ONU


Jovens cristãos participam de programa de liderança política da ONU Nesta semana, um grupo de cristãos estava celebrando a formatura em um premiado programa de desenvolvimento de liderança da ONU.

Hazel Blears, Iain Duncan Smith e Margaret Hodge estavam entre os deputados que orientaram os alunos do Fórum Religioso de Graduação por Mentores do Parlamento (Undergraduate ParliaMentors -UP).

O programa UP foi lançado em 2007 para ajudar a construir melhores relações entre pessoas de diferentes credos e construir uma rede de novos líderes que possam trabalhar juntos em questões políticas e sociais.

Os alunos aprenderam sobre o funcionamento interno da política, participando de debates e reuniões, bem como em rede de responsáveis políticos a eventos exclusivos no Parlamento.

Eles também trabalharam juntos utilizando a fé para desenvolver ação social e serem capacitados para criação de projetos solucionadores de questões como tráfico de seres humanos e a pobreza educacional.

John Bercow MP, presidente da Câmara, disse que o objetivo do programa é incentivar os jovens de todas as crenças a aprenderem sobre liderança e boa cidadania.

“Tenho certeza que muitos dos jovens que participam desse projeto irão para uma grande carreira na política e em outros lugares, fazendo um excelente uso dos valores e habilidades que este esquema tem ajudado a desenvolver”, disse ele.

O cristão Andrei Constantin foi um dos formandos na cerimônia da última terça-feira (14) na Câmara. Ele disse que tinha feito uma boa amizade com pessoas de diferentes crenças através do trabalho conjunto nos vários projetos.

Ruth Grayston, formada também na UP e estudante na Universidade de Manchester, disse que o programa tinha lhe dado a oportunidade de trabalhar com pessoas de diferentes crenças em um ambiente onde “fazer perguntas sobre as nossas diferenças era bem-vindo”.

“Um trio dentre os meus colegas no programa veio à minha igreja no domingo. Este projeto realmente constrói pontes”, disse ela.

“Isso prova que religião e política podem se unir para promover harmonia social e compreensão ao fazer uma contribuição positiva à sociedade”, completa a estudante.

Fonte: Christian Today / CPAD News
Foto: Richard Eaton

17/06/2011

Marcha RJ: Banda faz duras críticas à Rádio 93FM e ao Dep. Arolde de Oliveira


Marcha RJ: Banda faz duras críticas à Rádio 93FM e ao Dep. Arolde de OliveiraEra dia 02 de Junho de 2011 quando a Rádio Gospel FM (empresa do Apóstolo Estevão Hernandes) anunciava a NS4 como a ganhadora da promoção da banda escolhida pelo público para se apresentar na Marcha Para Jesus 2011, no Rio de Janeiro. Para nós da Banda NS4, alegria. Começamos os preparativos, faltando dois dias para o evento, que aconteceu no dia 4 de junho.

Da Rádio Gospel FM recebemos a informação que estaríamos tocando logo depois do cantor Fernandinho. A Banda se dirigiu para a Cinelândia exatamente às 14hr. Fomos identificados como uma das atrações da Marcha para Jesus, recebemos as pulseiras e fomos  encaminhados para o camarim aonde se encontravam outras bandas aguardando a hora de subirem ao palco.

Uma multidão se formou em frente e ao redor do palco, na Cinelândia,  totalizando cerca de 200 mil pessoas, entre elas algumas carregando faixas da NS4 esperando para cantar os louvores da banda.

Ás 16:00H Fernandinho, que  atrasou por algumas complicações sobe ao palco, e a NS4 continuava aguardando sua vez de louvar. Mais 2 horas se passaram e aproximadamente as 18:00H o Pastor Silas Malafaia toma a palavra começa seu discurso.

Em entrevista exclusiva Carlos Semeão (arranjador e guitarrista da NS4) conta como foi aquele Sábado: ” A princípio estava tudo bem apesar do atraso, ficamos pacientemente esperando Fernandinho tocar, porém logo após não fomos chamados ao palco, tocaram outras bandas da Gospel FM e da 93 FM (empresa do Deputado Arolde de Oliveira) e em seguida o Pastor Silas Malafaia começou a pregar”, comentou Carlos.

Após esse incidente lamentável, a Banda NS4 , seu Staf e familiares esperaram mais 2 horas . O Carlos Semão, que naquele momento respondia por toda a banda, foi ao palco saber se realmente a Banda Ns4 iria tocar.

“ Conversei com o diretor de palco ( Pastor Eduardo Esquerdo) e ele me disse que estava tudo bem e que iríamos tocar e me pediu para falar com Júnior, da Gospel Night, programa  da Rádio Gospel FM”, acrescentou Carlos Semeão.

Ao procurar o Júnior, responsável pela entrada da Banda NS4 no palco, o representante da Banda ouviu que em alguns minutos eles subiriam para louvar ao Senhor, depois de 5 horas de atraso e espera.  “ Eles nos falaram que em 20 minutos estaríamos subindo para ministrar a palavra de Deus através da nossa música”, falou o Carlos.

Alguns minutos depois, um assistente de palco convocou o representante da Banda NS4 para uma conversa. Exatamente às 20:25, ficamos sabendo que não tocaríamos mais na Marcha Para Jesus.

De acordo com a informação a Banda NS4 não tocaria na marcha pois  a direção do evento  (  Dep Arolde de Oliveira e Ap Estevão Hernandes) precisariam entregar o lugar até as 21:00H.

“Perguntei se poderíamos tocar apenas um louvor, mas, fomos vetados com a promessa de sermos “presenteados” com outros eventos gospel para divulgação do nosso trabalho. Fiquei perplexo, afinal não tínhamos ganho o concurso eleitos pelo público e não iríamos tocar?”, comentou Carlos Semeão, guitarrista da Banda NS4.

Vendo que a situação estava vergonhosa Júnior, diretor de palco, então chamou o Pastor Marcus Gregório, que se apresentou como líder do Ministério Apascentar, se desculpando com a Banda .

Confira como Carlos Semeão, que esteve diretamente com o Pr. Marcus Gregório, relatou o caso.  “Pr. Marcus  disse que era um homem que estava trabalhando muito em novos eventos gospel, que estava a base de remédios para dores no corpo e que me prometia uma bela divulgação para compensar minha perda, e para não ficar somente em palavras disse: ” Irmão, vou fazer uma coisa contigo, para não ficar somente em palavras vamos fazer um contrato aqui e agora, espero que ninguém saiba, pois pode trazer vergonha para mim e minha família”, disse Carlos.

“ Então o Pastor Marcus Gregório pegou um guardanapo e começou escrevendo:”  Eu Pastor Marcus Gregório assumo que….”  Não acreditei no que meus olhos estavam vendo, que piada de mal gosto, aquele homem estava fazendo um contrato comigo num guardanapo. Na mesma hora me aproximei do Júnior e disse ao seu ouvido o que o Espírito Santo mandou: ” A NS4 não tem mais ligação nenhuma contigo.” Me aproximei do Pastor Marcus Gregório e disse ao seu ouvido o que o Espírito Santo mandou: ” A NS4 nunca teve, não tem e nunca terá ligação nenhuma contigo.”

Um dia depois, A Banda NS4 teve o conhecimento, por meio Pastor Victor, diretor da Gospel FM RJ,  que o Dep. Arolde de Oliveira tentou expulsar todo o staff da Radio Gospel FM do palco e que ali somente tocaria o casting da 93 FM.

Inclusive na apresentação do Ministério Renascer Praise (banda ligada à Igreja Renascer) o sinal da guitarra foi cortado a mando de alguém da 93 FM.

O Renascer Praise, um dos principais ministérios de Louvor e Adoração do Brasil, por pouco não tocou na Marcha para Jesus do Rio de Janeiro. De acordo com as informações,  Dep. Arolde de Oliveira e sua equipe teriam proibido a Banda da Renascer de subir no palco. O Renascer Praise só veio a tocar por conta de uma ligação do Ap. Estevam Ernandes, ao Pr. Marcus Gregório, que conseguiu com que o RP tocasse três músicas.

“ Graças a bom Deus a Banda NS4 não participou disso. Foi livramento, esse pecado não levamos. O que aconteceu na Marcha Para Jesus RJ foi um algo que vai de encontro com os preceitos cristãos. Dep. Arolde e suas empresas querendo totalidade da música evangélica do Brasil. Olhando para o Louvor e Adoração apenas como fonte rentável , apenas interessados pela venda.  Isso nunca pode ser chamada de Marcha para Jesus, mas sim “Marcha pelo poder”, finalizou.

Fonte: Gospel Prime

17/06/2011

Arqueólogos descobrem ruínas de uma igreja cristã em Israel


 Uma igreja cristã do início do período bizantino foi achada por arqueólogos na cidade de Acre, ao norte de Israel. Segundo a Autoridade de Antiguidades, o prédio é do período entre os anos 324 a 638 depois de Cristo, com características bizantinas (o Império Bizantino sucedeu o Romano em poderio no mundo conhecido da época), com cerca de 1.500 anos.

A igreja foi encontrada pela Autoridade de Antiguidades de Israel, órgão governamental responsável pelo patrimônio histórico no que concerne a artefatos e imóveis, que estava investigando uma escavação não autorizada para a construção de um shopping center na área. Diante dos resquícios significantes de ruínas, o órgão resolveu continuar a exploração.

A igreja remete ao início do cristianismo, com indícios palpáveis que comprovam a informação. Na região algumas residências de cristãos já foram encontradas, mas essa é a primeira vez que um prédio público foi encontrado em Acre.

Em uma das salas da antiga igreja foi achado um piso em mosaico. Na área externa, foi encontrado um poço, que abastecia o complexo de água fresca. O prédio é feito de pedra com enfeites em mármore, com partes forradas de azulejos decorados, ornados com vasos de cerâmica. Também foram encontradas no local moedas e telhas da época.

Fonte:  Arca Universal

17/06/2011

Festival Pentecostal em Londres mostra o melhor da Igreja


 Festival Pentecostal em Londres mostra o melhor da IgrejaNesta última semana Londres viu uma eclética mistura de acontecimentos desde danças, músicas, ensino, tratamento de beleza, diversão, etc. Tudo visando celebrar e propagar ‘o melhor da igreja’ – Jesus e a comunhão entre os irmãos.

Milhares de pessoas participaram do Festival de Pentecostes, uma iniciativa internacional que se tornou um dos eventos cristãos favoritos no calendário britânico.

Dez dias de festa culminou, no último final de semana, em uma celebração maciça na O2 Arena com adoração conduzida pela Holy Trinity Brompton, Hillsong e Jesus House.

A programação deste ano do Festival de Pentecostes incluiu workshops sobre a Bíblia em Mangá, desfiles de moda ética, exibições de filmes, exposições sobre a situação dos “dalits” na Índia, muita adoração e seminários de ensino.

As mulheres foram tratadas com terapia de beleza e mimos bem ao estilo cristão, no Centro de Ação Social Waterloo, enquanto turistas e moradores nas ruas próximas ficaram agradavelmente surpresos com flash mobs dançados e orquestrados pelo Dance Christian Fellowship.

A União Bíblica ofereceu aos transeuntes orações e um ouvido atento na sua tenda de cura, enquanto as crianças, jovens e idosos – obtinham divertimento à moda antiga com jogos e brincadeiras atemporais.

Para quem procurava um entendimento rápido sobre questões importantes sob uma perspectiva bíblica, seminários sobre criacionismo, Jesus no cinema, e crescimento da igreja no Reino Unido foram oferecidos e ficaram completamente lotados.

Fonte: Christian Today / Redação CPAD News

17/06/2011

Pastoras lésbicas, Lanna Holder e sua companheira farão evangelismo na Parada Gay em SP


 Pastoras lésbicas, Lanna Holder e sua companheira farão evangelismo na Parada Gay em SP Depois de inaugurar em São Paulo a igreja Cidade Refúgio, um ministério inclusivo que buscar a evangelização de homossexuais, as pastoras Lanna Holder e Rosania Rocha estarão evangelizando na Parada Gay que acontecerá no dia 26 de junho.

O casal de pastoras, juntas há nove anos, diz em uma reportagem ao portal G1 que pretendem fazer o trabalho de evangelismo no começo do evento, pois os participantes usam drogas e álcool e isso impediria o recebimento da Palavra de Deus.

“Durante [a parada] e no final, por causa das bebidas e drogas, as pessoas não têm condição de serem evangelizadas, então temos o intuito de evangelizar no início para que essas pessoas sejam alcançadas”, diz.

É por essas atitudes que elas dizem que a Parada perdeu o motivo principal que seria a reivindicação pelos direitos humanos. “A maior concepção dos homossexuais que estão fora da igreja é que, se Deus não me aceita, já estou no inferno e vou acabar com minha vida. Então ele cheira, se prostitui, se droga porque já se sente perdido. A gente quer mostrar o contrário, que eles têm algo maravilhoso para fazer da vida deles. Ser gay não é ser promíscuo.” São as palavras de Lanna Holder.

De acordo com a reportagem elas chegaram a participar de sessões de descarrego e de regressão por causa das inclinações sexuais de ambas. “Tudo que a igreja evangélica poderia fazer para mudar a minha orientação sexual foi feito”, afirma Lanna. “E nós tentamos mudar de verdade, mergulhamos na ideia”, diz Rosania. As duas eram casadas na época em que se envolveram pela primeira vez.

Hoje elas acreditam que a homossexualidade não é uma opção, mas algo intrínseco na pessoa. “Conforme fomos passando por essas curas das quais não víamos resultado, das quais esperávamos e ansiávamos por um resultado, percebemos que isso não é opção, é definitivamente uma orientação. Está intrínseco em nós, faz parte da nossa natureza.”

Fonte: Gospel Prime / G1

17/06/2011

Maior denominação evangélica dos EUA elege primeiro líder negro


 Maior denominação evangélica dos EUA elege primeiro líder negroA Convenção Batista do Sul dos Estados Unidos (Southern Baptist Convention – SBC) é a maior denominação evangélica daquele país, e uma das maiores organizações denominacionais protestantes de todo o mundo, com cerca de 16 milhões de membros nominalmente afiliados às igrejas sob sua jurisdição. Sua influência no Brasil foi enorme, já que foram seus missionários que trouxeram a fé batista para cá no século XIX e se mantiveram ativos e relevantes durante praticamente todo o século XX.

A única notícia boa antes do congresso anual, que começou na última segunda-feira em Phoenix (Arizona), era que houve um aumento no número de igrejas no último ano. Entretanto, os delegados chegaram ao evento já sabendo de alguns dados preocupantes sobre a situação que enfrentam:

1) o número anual de batismo caiu em 5% chegando ao menor nível em 60 anos, e é a 8ª vez nos últimos 10 anos que este número cai;
2) o número total de membros caiu pelo quarto ano seguido;
3) a frequência aos cultos diminuiu em 2%;
4) dízimos e ofertas despencaram para US$ 153 mil
5) o número de missionários mantidos pela Junta de Missões Internacionais teve uma redução drástica de 12%;
6) embora o número total de membros seja de aproximadamente 16 milhões, atualmente a frequência real às igrejas aos domingos mal chega aos 6 milhões

Ontem foi um dia histórico para os batistas do Sul, já que foi eleito para o cargo de vice-presidente da SBC o pastor Fred Luter, que está em New Orleans desde 1986, segundo informa o News Observer. É uma decisão que tem um valor simbólico extremamente importante porque a dolorosa divisão entre batistas do Norte e do Sul dos EUA se deu em 1845, justamente por causa de divergências incontornáveis em relação à escravidão naquele país, o que provocou a Guerra Civil em 1861 até 1865, também chamada de Guerra da Secessão, justamente dividindo nortistas e sulistas sobre a abolição da escravatura.

Significa também o rompimento definitivo com um passado que machucou muito os batistas do Sul dos EUA ao longo das décadas. Quem teve a oportunidade de conversar com eles ali pelos anos 1980, como eu tive, sabe como eles faziam de tudo para não se referir a essa parte triste de sua história. Agora se espera que este trauma seja superado, e a igreja toda se mobilize para recuperar o terreno perdido. O único sinal de alerta, entretanto, é uma palavra que ecoou pelo congresso nos últimos dias: “diversidade”. Muitos convencionais entendem que a “diversidade” é a palavra-chave para ser trabalhada a fim de evangelizar mais pessoas, mas o exemplo das outras denominações norteamericanas quanto a esta tal “diversidade” não é exatamente um bom modelo a ser seguido, já que boa parte delas descambou para o liberalismo desenfreado e a apostasia. Seria ótimo que os batistas do Sul percebessem que “diversidade” não é necessariamente antônimo de “unidade” e “coerência” com o que a Bíblia ensina. Queira Deus que os batistas do Sul tenham melhor sorte.

Fonte: Guia-me

17/06/2011

Inauguração do Centro de Convenções do Centenário reúne mais de 18 mil fiéis em Belém


 

Inauguração do Centro de Convenções do Centenário reúne mais de 18 mil fiéis em Belém Cerca de 18 mil pessoas participaram da inauguração do Centenário Centro de Convenções em Belém do Pará durante essa quinta-feira, 16, para comemorar os 100 anos da Assembleia de Deus no Brasil.

O centro possui 13 mil metros quadrados de área climatizada, foi erguida ao longo de um ano e sua inauguração marca um século do maior movimento pentecostal do mundo, uma referência para a comunidade evangélica.

A obra está localizada na Rodovia Augusto Montenegro, próximo ao Estádio Olímpico do Mangueirão, onde serão realizadas outras grandes celebrações alusivas ao Centenário que acontecem até o dia 18 de junho.

A reunião começou com uma oração do pastor presidente da AD de Belém, o pastor Samuel Câmara que agradeceu a Deus pelos 100 anos da igreja, pelas vitórias e pela história da maior denominação evangélica do país.

Várias autoridades políticas estiveram presentes na inauguração como o governador do Estado do Pará, Simão Jatene; a primeira dama Ana Jatene; o prefeito de Belém, Duciomar Costa; o prefeito de Ananindeua, Helder Barbalho, além de senadores, deputados e vereadores.

Os cantores Alessandra Prado, Cristina Mel, Gabriel Lima e o grupo Celebrai, entre outros, foram os responsáveis pelo louvor da noite.

Um pastor da Suécia também esteve presente na reunião, ele relembrou a importância da vinda de seus compatriotas Daniel Berg e Gunnar Vingren para a criação do movimento pentecostal, que atualmente congrega cerca de 700 mil pessoas, somente no Estado do Pará, em seus mais de 4 mil templos.

Muitos participantes vieram de outras regiões do Brasil só para participar das festividades que comemoram o Centenário das ADs. As comemorações acontecem até o dia 18.

Fonte: Gospel Prime

17/06/2011

Centenário da Assembleia de Deus é destaque no Jornal Nacional


 Centenário da Assembleia de Deus é destaque no Jornal Nacional A capital do Pará está recebendo a visita de milhares de pessoas para um aniversário. No sábado, a Igreja Assembleia de Deus completará 100 anos de existência e foi em Belém que ela surgiu.

Era 1910 quando os suecos Daniel Berg e Gunar Vingren receberam a missão de pregar o evangelho em um lugar chamado Pará. Foram 14 dias de barco dos Estados Unidos, onde moravam, até chegar a Belém pelas margens da Baía do Guajará.

Um grupo da igreja batista recebeu os missionários. No ano seguinte, os dois fundaram a Assembleia de Deus. A capital paraense foi o ponto de partida de um processo de evangelização que se espalhou rapidamente pelo interior.

Hoje são 110 mil igrejas no Brasil, frequentadas por 12 milhões de fiéis, segundo a Assembleia, e inúmeras obras sociais.

Em casa de apoio em Belém, a igreja mantém uma creche para 200 crianças, oferece assistência a quem está em tratamento médico e também às vitimas de violência sexual. Todo cuidado e carinho que esses pequenos recebem dependem da dedicação de 30 voluntários.

“Eles estão carentes de amor, carinho, atenção. E eu procuro dar de tudo um pouquinho”, conta a professora voluntária Elaine Costa.

As celebrações pelo centenário começaram nesta quinta-feira (16). Foram inaugurados, em Belém, o Museu Nacional da Assembleia de Deus e um centro de convenções com capacidade para 20 mil pessoas.

“Nós estamos realmente felizes, em receber o Brasil todo nesse lugar e todo mundo vai conhecer o espírito do Amazônida e, sobretudo de uma igreja extremamente feliz”, afirma Samuel Câmara, líder da Assembleia de Deus no Pará.

“Sentimento de prazer, felicidade por ver nós chegarmos ao centenário”, vibra uma mulher.

Fonte JN

17/06/2011

Morre, aos 95 anos, pastor Francisco Pacheco


 Morre, aos 95 anos, pastor Francisco PachecoFaleceu hoje, dia 16 de junho, o pastor Francisco Pacheco de Brito, aos 95 anos de idade. Ele era o pastor da Igreja Assembleia de Deus em Campina Grande (PB) e presidente da Convenção das Igrejas Assembleias de Deus de Campina Grande e Estado da Paraíba.

O corpo do ministro está sendo velado no templo-central da AD em Capina Grande, na Avenida Antenor Navarro, 693, bairro Prata. O sepultamento ocorrerá neste sábado, dia 18 de junho, às 15h. Familiares, amigos e obreiros estão prestando as últimas homenagens ao pastor e as condolências para família.

O pastor Francisco Pacheco de Brito nasceu em 16 de maio de 1916 no município de São João do Cariri, filho de Inácio Jerônimo de Brito e Maria de Jesus. Ainda jovem, adotou Campina Grande como sua terra natal, onde trabalhou na construção civil. Ele sempre disse ter orgulho da cidade que viu crescer. Casou com Albertina Barbosa de Lima (já falecida), com quem constituiu uma família composta de 10 filhos, netos e bisnetos. Sua carreira ministerial começou cedo. O pastor Francisco Pacheco foi consagrado diácono em novembro de 1943 e presbítero, em outubro de 1949. Em janeiro de 1948, foi ordenado ao ministério como pastor. Já liderava a AD em Campina Grande havia algumas décadas e sempre se destacou pela seriedade e amor à obra de Deus, sendo um dos mais prezados líderes das Assembleias de Deus no Nordeste e no Brasil.

Mais informações na próxima edição do jornal Mensageiro da Paz.

Fonte: CPAD News

17/06/2011

Centenário AD: Milhares de fiéis lotam o estádio do Mangueirão em Belém do Pará


Centenário AD: Milhares de fiéis lotam o estádio do Mangueirão em Belém do Pará

Na noite desta quinta-feira, 16, mais de 45 mil pessoas lotaram o estádio do Estádio Olímpico do Mangueirão em Belém do Pará para festejar os 100 anos da igreja Assembleia de Deus.

O louvor ficou por conta de Elaine de Jesus, Dedos de Davi, Mara Lima, Quarteto Gileade, Marco Feliciano, Roberto Marinho, Cristina Mel entre outros e a ministração principal da noite foi feita pela Missionária Helena Raquel.

Vários pastores de diversos ministérios estiveram juntos para comemorar esta preciosa data para os evangélicos brasileiros. Entre eles estavam o pastor e deputado Marco Feliciano, o apóstolo René Terra Nova e até o pastor José Wellington Bezerra, presidente da Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil (CGADB) que organizou outras comemorações na semana passada.

A participação do presidente da CGADB foi comemorada por todos que acreditavam que a Celebração do Centenário poderia unir os líderes das ADs. Inclusive o pastor Marco Feliciano comemorou a presença do pastor no culto; “Que festa linda! Pr.Samuel Camara de parabéns! Emocionante ver o Pr. José Wellington na festa dando uma palavra viva! O diabo foi derrotado!” escreveu Feliciano em seu twitter.

Nesta sexta-feira, 17, terá outras comemorações, as festividades do Centenário em Belém acontecerão até o dia 18 de junho.

Confira fotos da Celebração do Centenário:

Centenário Mangueirão 1Centenário Mangueirão 6Centenário Mangueirão 8

Centenário Mangueirão 5Centenário Mangueirão 7
 

Fonte: Gospel Prime

%d blogueiros gostam disto: