Archive for novembro 7th, 2011

07/11/2011

Missionários que evangelizaram nos jogos Pan-Americanos retornam ao Brasil


Missionários que evangelizaram nos jogos Pan-Americanos retornam ao BrasilOs 66 missionários da Junta de Missões Mundiais que fizeram uma caravana para o México para evangelizar durante os jogosPan-Americanos que aconteceram em Guadalajara já retornaram ao Brasil.

O grupo também passou pela Colômbia onde tiveram um breve treinamento de como seriam os trabalhos evangelísticos e nessas prévias conseguiram alcançar 100 vidas para Cristo. Chegando ao México eles se uniram aos jovens do Projeto Radical Latino-Americano e fizeram trabalhos direcionados aos atletas, na capelania na Vila do Pan e também nas comunidades locais.

Várias atividades evangelísticas foram realizadas, nos locais de competição, crianças foram atraídas com balões, pinturas no rosto e jogos de futebol, e foram apresentadas ao plano de salvação. Os missionários também visitaram escolas, presídios e o lixão de Guadalajara, onde foram usados por Deus para transmitir Sua Palavra.

O projeto foi chamado de Conexão México e os participantes voltaram agradecidos a Deus pelas experiências que tiveram durante esses dias. “Com o coração transbordante de gratidão e amor nos despedimos, certos de que Deus nos unirá em oração muitas outras vezes, em muitas outras viagens, cumprindo o Ide de Jesus”, disse o pastor Marcos Grava, coordenador geral do grupo.

Fonte: Gospel Prime /  JMM

07/11/2011

Produtor da Playboy se converte e viaja ensinando como superar o vício da pornografia


Donny Pauling

Donny Pauling trocou o mercado milionário da indústria pornô e resolveu fazer um curso de pastor para poder “reprogramar seu cérebro” que trabalhou por oito anos como produtor de filmes pornográficos, atividade que lhe rendeu muito sucesso, mas o fez perder o casamento.

Ele conta que foi se envolvendo com o mercado depois que passou a ter acesso à internet e em pouco tempo já estava viciado. Foi então que ele resolveu chamar mulheres para fotografar em seu escritório e assim passou a ser um dos produtores mais bem pagos da Playboy.

Um certo dia Pauling recebeu a proposta de ganhar 4 mil dólares por dia para produzir um reality show lésbico, quando saiu da reunião ele entrou em seu carro e fez uma oração. “Eu estava como que falando com Deus: não importa o que ele faça, abençoa”, disse ele para a LifeSiteNews.com.

Depois dessa oração ele disse que se sentiu como se fosse atingido por um raio de eletricidade e essa experiência mudou sua vida para sempre. Mesmo sendo filho de pastor pentecostal o produtor passou a ater ódio de cristãos e do próprio cristianismo, pois testemunhou a hipocrisia de muitos líderes que tinham contato com seu pai.

Mas nos últimos anos ele vinha sendo evangelizado pelos membros da XXX Church, que participavam de feiras do ramo para evangelizar pornógrafos, estrelas pornôs e prostitutas. “Em vez de  ficarem do lado de fora protestando e segurando cartazes dizendo às pessoas que Deus estava enviando-as ao inferno, os membros da XXX Church estavam dentro [das convenções] armando estandes e fazendo maquiagem nas moças”, lembra ele.

O discurso desses evangélicos não era de condenação. “Eles diziam que elas eram belas e que Deus as amava, e que não havia nada que eles pudessem fazer que poderia mudar isso, e que Ele queria mais para elas”. Depois de presenciar cenas como essa, Paulo disse que se tivesse de ser cristão, “esse é o tipo de cristão que eu queria ser”, até que em setembro de 2006 Donny Pauling decidiu entregar sua vida para Jesus e abandonar de vez esse trabalho.

Hoje ele não tem a intenção de comandar uma congregação e até montou uma empresa de marketing. Mas ele passou a viajar por diversos lugares do mundo falando sobre a realidade da indústria pornográfica e como superar esse vício.

“Muitas pessoas não pedem ajuda porque estão paradas se sentindo culpadas sobre suas ações, dizendo, ‘aí vou eu, fiz tudo de novo’”, diz ele que ensina aos viciados a procurarem uma pessoa de confiança para falar sobre esse vício.

“Penso que precisamos compreender que, embora o pecado realmente nos separe de Deus, Ele ainda os ama. Não importa o que eles estão fazendo. O amor dEle não muda. Não é condicional”.

Tradução de  Júlio Severo de Lifesitenews

Fonte: Júlio Severo

07/11/2011

Igreja no Facebook atrai 40 mil pessoas em seu primeiro culto virtual


Igreja no Facebook atrai 40 mil pessoas em seu primeiro culto virtual

Igreja no Facebook atrai 40 mil pessoas em seu primeiro culto virtual

A Liberty University realizou o primeiro culto do que está sendo chamado de “Igreja no Facebook”. Um número estimado de 40.000 pessoas participou, incluindo um soldado americano que está no Afeganistão e missionários em Uganda.

O culto, que foi criado para os estudantes da universidade cristã Liberty University, permitiu que todos os participantes que acompanhavam on-line pudessem comentar o que estava acontecendo e interagir através da página da universidade no Facebook.

A Igreja no Facebook aconteceu numa quarta-feira, em um período normalmente reservado para o culto que muitos alunos participam na Igreja Batista Thomas Road, próxima ao campus. A partir de um conflito de agenda e a impossibilidade de ir à igreja (que teria um evento especial naquela data), os alunos decidiram usar a oportunidade para levar a igreja até a comunidade através das redes sociais.

O vice-presidente de projetos executivos da Liberty, pastor Johnnie Moore, disse que essa primeira experiência serviu como teste para outros cultos regulares que serão realizados on-line durante a primavera. O primeiro culto foi transmitido do Estádio Williams, com um público de 200 estudantes selecionados aleatoriamente. O grupo de louvor Campus ministrou a adoração e o pastor Clayton King entregou a mensagem.

“O que tornou essa iniciativa única é que pudemos alcançar os alunos do curso a distancia e também os que moram aqui. Eles puderam interagir, já que a grande maioria não se conhece e participa apenas de pequenos grupos”, disse Moore. Entre os participantes do culto incluem-se alunos e ex-alunos que estavam em lugares como Afeganistão e Uganda.

“A Igreja no Facebook” é uma das muitas maneiras que a Universidade está tentando usar como recurso para servir aos que fazem seus cursos online. No ano passado o total passava de 61 mil.

“O que é o Facebook, afinal? É uma comunidade. O que é a igreja, afinal? É uma comunidade. Para nós, pensar numa igreja pelo Facebook não é algo inovador. É intuitivo”, escreveu Moore em seu blog.

O pastor comemora o sucesso da primeira experiência e explicou a iniciativa assim “Decidimos fazer um santuário dentro da rede social que já faz parte de nossa vida diária. Vamos convidar os nossos colegas para ficarem em seus dormitórios e apartamentos, reunirem-se com seus amigos na frente de um computador, e cultuar conosco.

É como uma congregação que está em centenas de lugares diferentes ao mesmo tempo. Afinal de contas, o apóstolo Paulo e os primeiros cristãos fizeram de sua meta ir onde as pessoas estão.

No século 21 elas estão no Facebook. São mais de 800 milhões de usuários… Afinal, somos a primeira geração digital nativa. Muitos de nós crescemos com a mamadeira na boca e o teclado no colo. Aprendemos o alfabeto através de programas de computador e pensando que o Google é a nossa biblioteca pessoal.

Todos nós já fizemos amizades através do clique de um mouse… Igreja e Facebook são lugares onde compartilhamos sobre a vida juntos, aprendemos mais uns sobre os outros, encorajamos uns aos outros, rimos juntos e vivemos nossas vidas em um tipo de harmonia. O Facebook pode ser um lugar de encontro com Deus e com os outros.

Pode ser um lugar onde ensinamos e aconselhamos, partilhamos experiências, e prestamos culto. Como Paulo disse aos coríntios, devemos fazer tudo para a glória de Deus”.

Traduzido e Adaptado por Gospel Prime de Charisma News e Religion CNN

Fonte: Gospel Prime

%d blogueiros gostam disto: