Igreja na Indonésia é impedida de realizar culto


Cristãos da Igreja de Yasmin em Bogor, Indonésia, foram impedidos de realizarem o culto de domingo por forças de seguranças e por extremistas muçulmanos. Para não deixar de se reunirem, os cristãos passaram a se reunir na casa de um dos membros.

Diante do caso, o líder do Partido Democrático da Indonésia (PDIP) e líder da Comissão de Assuntos Religiosos disse que o prefeito da cidade está violando a Constituição do país e está abusando do seu poder ao impedir que os membros dessa igreja se reúnam.

Quem também se manifestou a respeito foi o presidente da Fundação de Ajuda Legal Indonesiana que enviou uma carta ao presidente do país, pedindo que a lei seja cumprida.  Até mesmo mulçumanos como o r Ayuardi Azra, reitor da Universidade Islâmica de Ciputat, condenou a inércia do governo para com as atitudes do prefeito de Borgo, Diani Burdiato.

Além dessas personalidade, o partido de Burdiato também está fazendo pressão para que ele impeça que novos ataques como esse aconteçam. Caso contrário será banido do cargo.

Com informações Portas Abertas

Anúncios

Escreva Aqui seu Comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: