Archive for maio, 2012

30/05/2012

Bíblia para Celular Click na Imagem


Anúncios
24/05/2012

MTV desiste de reality show de virgens buscando ‘Primeira Transa’


O convite aberto da MTV para os telespectadores supostamente atraiu a condenação rápida de pais preocupados.

MTV desistiu uma idéia aparentemente mal concebida para um reality show de jovens de cerca de 18 anos de idade, dispostos a terem a rede documentando sua jornada de perda da virgindade – um conceito de “fama pelo sexo” que muitos viram como preocupante.

“A idade adulta jovem é um momento para a exploração. Novos relacionamentos, novas experiências e estreias sexuais”, diz a chamada de elenco publicada on-line no início deste mês pela MTV, a mesma rede que levou o público a “Jersey Shore” e “Mãe Adolescente”.

O convite aberto da MTV para os participantes dispostos a compartilharem a busca de seu primeiro “sexo” com os telespectadores supostamente atraiu a condenação rápida de pais preocupados e outros membros do público, levando a rede popular a reconsiderar os seus planos.

“Este foi um aviso preliminar do elenco, e não estamos a avançar com um piloto”, disse segunda-feira, um representante da rede Music Television, de acordo com a Fox News, que descreveu o anúncio como “uma chamada de elenco para fama pelo sexo.”

Jim Daly, presidente e CEO da Focus on the Family, uma organização sem fins lucrativos voltado para a família, acha que a notícias relativas à MTV tipificam o tipo de tensão que os cristãos enfrentam em função da cultura popular.

“Como alguém vê esta história também pode falar como alguém vê o mundo”, escreve Daly sobre a organização sem fins lucrativos do website Communities. “O cínico vai rebaixar as motivações hedonistas e gananciosas dos executivos da MTV em geral. Eles cancelarem o show fará pouco para aplacar. O otimista vai vê-lo como uma vitória pela decência e um aceno para valores mais elevados. ”

O executivo da Focus on the Família vê conceito do reality show da MTV, como “um grande exemplo da permanente tensão, da luta que nunca cessou desde o primeiro homem que pecou.” Apesar de insistir que os cristãos não devem esperar menos de uma “visão de mundo que vê vida de modo diferente”, Daly lembra aos leitores que transformar a cultura é em última análise, o trabalho de Deus.

“Como crentes, somos chamados a fazer o nosso melhor para reformar nossa cultura”, escreveu ele, finalmente, acrescentando: “Claro que estou contente que a MTV mudou de rumo no programa. O design de Deus para a sexualidade é sagrada e bela e não deve ser jamais explorada.”

A chamada do elenco da MTV foi publicada no início deste mês e levou muitos usuários on-line a criticarem a rede pelo seu conceito controverso. Outros que haviam acabado de descobrir na segunda-feira a notícia também foram ao Twitter para darem a sua opinião sobre o programa da MTV, que parece ter tentado os títulos “Minha Primeira Vez” ou “Perdendo”.

“Gallup: 73% dos americanos dizem que os valores morais da nação estão piorando”, escreveu o colunista do Boston Globe Jeff Jacoby, usando a frase “A evidência fresca” para mostrar aos seguidores do Twitter um relatório sobre o “Losing It” da MTV.

“A MTV quer virgens que estejam dispostas a perder a virgindade para novo programa de TV …> Um sinal do apocalipse. Isso é tão perturbador”, escreveu o analista de esportes Stephen Howard.

John Nolte, escrevendo para o website conservador Breitbart, disse ele, literalmente, engasgou quando leu anúncio do “mal” da MTV para jovens virgens.

“A MTV pode e, sem dúvida, irá se esconder por trás do fato de que pessoas de 18 anos são adultos legais, mas você pode se aproveitar de adultos tão facilmente quanto você pode se aproveitar de crianças, especialmente adultos jovens condicionados pela cultura pop como a MTV a acreditarem que celebridade e narcisismo são virtudes”, escreveu Nolte em seu relatório publicado na semana passada, antes da MTV provocar a reviravolta.

“O que a MTV está fazendo pode ser legal, mas ainda é uma exploração desprezível de alguns dos nossos cidadãos mais vulneráveis.”

Ele acrescentou: “Se você quiser rebaixar-se, é um país livre. Atrair os outros, no entanto, é um ato de maldade.”

A chamada de elenco original de “Losing It” foi retirada do site realitywanted.com onde ele foi publicado, mas Breitbart.com compartilhou um trecho do seu conteúdo:

VOCÊ QUER levar as coisas para o próximo nível? TIPO, VOCÊ ESTÁ PRONTA PARA ENTREGAR SEU CARTÃO V? Ou você tem um amigo que está pronto para perder?

Adulto jovem é um momento para a exploração. Novos relacionamentos, experiências e novas estreias sexuais …

Agora a MTV está buscando capturar francamente essa jornada em uma nova série chamada Minha Primeira Vez… Estamos à procura de adultos que estejam prontos para percorrer todo o caminho. Deixe a MTV ir junto em sua viagem … à medida que você tenta perder a virgindade! (Nota : Estaremos filmando se você alcançar ou não esse objetivo … mas não o ato em si. Duh)..

Se você tem 18 anos ou mais e está disposto a permitir que candidamente a MTV te acompanhe na jornada de “perdê-la”, envie-nos um e-mail.

Embora o anúncio original tenha sido retirado antes da data de vencimento de 28 de maio, a postagem no realitywanted.com mostra que pelo menos três homens na faixa etária de 20-26 tinham aplicado.

A MTV também publicou uma chamada de elenco para “cupidos homens” e “cupidos mulheres”, amigos que fossem virgens e quem tivesse “conselho e experiência para prepará-los para a sua primeira vez” ou quem soubesse de “pessoa perfeita para ser a primeira.”

A MTV é propriedade da Viacom, que também é proprietária da BET, Comedy Central, Nickelodeon e várias marcas de outras redes.

Fonte: The Christian Post

24/05/2012

TJ-RS mantém decisão de retirar crucifixos das salas do Judiciário


O Conselho da Magistratura do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul (TJ-RS) decidiu que os prédios do Judiciário gaúcho continuarão sem crucifixos nos seus espaços públicos.

A decisão foi tomada na tarde desta terça-feira pelos membros do conselho.

Eles não atenderam a um pedido da Associação de Juristas Católicos no sentido de que os crucifixos voltassem a ornamentar as salas do Judiciário, como acontecia até fevereiro.

Foi naquele mês que, pela primeira vez, o Conselho da Magistratura tomou decisão administrativa, no sentido de remover os símbolos religiosos dos espaços onde ocorrem julgamentos. Isso ocorreu em atendimento a um pedido da Liga Brasileira de Lésbicas e também de outras entidades, que argumentam que a Constituição Brasileira considera o Estado brasileiro laico — portanto, sem religião oficial.

Na decisão, o conselho considerou que não cabe reformulação a uma decisão anterior de um presidente do TJ-RS, Marcelo Bandeira Pereira, que já optara pela remoção dos crucifixos.

Fonte: Jornal Zero Hora – RS

24/05/2012

Pastores são queimados vivos no Quênia


A polícia prendeu cinco suspeitos de participar do linchamento de dois pastores em Jomvu, na região de Mombasa, depois de serem confundidos com ladrões na terça-feira 08 de maio

Otieno Awour, comandante da Divisão de Polícia de Mombasa, disse que os cinco suspeitos serão indiciados em tribunal, assim que as investigações forem concluídas.

Os dois pastores, Benjamin Juma da Igreja Batista Nyali e Kioko Jackson da Igreja Melchidizek, estavam planejando fazer uma cruzada evangelística na região de Jomvu, cidade de Mombasa , quando uma multidão os acusou de roubo e tocou fogo nos corpos dos dois pastores, queimando-os até à morte. Um membro da igreja fugiu, conseguindo escapar ileso da multidão, depois de tentar convencê-la da inocência dos pastores.

A viúva de Juma, Sra. Gladys Juma, disse aos jornalistas do Quênia : “um amigo do meu marido recebeu uma ligação sobre o incidente, mas num primeiro momento o ignorou, achou que fosse uma brincadeira ou engano. Mas depois de procurar Benjamin e não o encontrar, ele ficou preocupado e chamou alguns amigos na tentativa de localizá-lo. Depois vieram à minha casa para verificar se ele estava, mas eu lhes disse que ainda não havia chegado”.
“Eles diziam às pessoas que não eram ladrões, mas ninguém os ouviu. A multidão tinha todas as informações necessárias sobre eles. Ninguém sequer se preocupou em verificar se eles eram ou não de fato os ladrões. Eles poderiam ter perguntado! Eles não se incomodaram em queimá-los vivos”, continuou a Sra. Gladys Juma.

A Sra. Juma caiu em lágrimas quando tentou descrever a cena traumatizante, “Eu não sei o que eles usaram, se era gasolina ou qualquer outra coisa, mas (após o incêndio), não dava pra ver nada (as partes do corpo ) – havia apenas pedaços de carvão”!

Um cristão irritado, Emma Mbura exigiu: “Já que a multidão os abordou e acusou de serem ladrões com tanta convicção, o que será que eles alegam que os pastores supostamente roubaram? Queremos saber! ”

Até o momento os relatos indicam que aparentementeo incidente foi um erro trágico de identidade, ou seja, a multidão os teria confundido com outras pessoas.

A Portas Abertas fornecerá mais informações sobre o desenrolar do caso.

Fonte: Missão Portas Abertas

24/05/2012

Comissão indeniza vítima da ditadura delatada por pastores


Anivaldo Padilha, 72, foi denunciado às forças da repressão pelo pastor e bispo da igreja metodista que ele frequentava.

A Comissão de Anistia concedeu indenização a Anivaldo Padilha (foto), 72, por ter sido vítima da ditadura militar (1964-1985). Na época, ele foi denunciado às forças da repressão pelo pastor José Sucasas Jr. e bispo Isaías Fernando Sucasas, da igreja metodista que ele frequentava. Os dois religiosos já morreram.

Open in new windowPadilha foi torturado por 20 dias no DOI-Codi (Destacamento de Operações de Informações – Centro de Operações de Defesa Interna) de São Paulo entre fevereiro e março de 1970. Ele fazia oposição ao regime como estudante de ciências sociais na USP. Após a tortura, Padilha saiu do país.

Ele vai receber mensalmente R$ 2.484, valor que corresponde ao salário que recebia na época como redator de um jornal, e cerca de R$ 230 mil referente ao que deixou de ganhar no período. Padilha é pai do ministro da Saúde, Alexandre.

Diferentemente da Igreja Católica, que de início apoiou os militares, mas depois se tornou uma opositora, alguns pastores evangélicos deram apoio à ditadura. Há o caso do pastor batista e capelão Roberto Pontuschka. De acordo com relatos de vítimas, ele de dia lia a Bíblia aos presos políticos e à noite os colocava no pau-de-arara.

Fonte: Paulopes

24/05/2012

Igreja digitaliza livro de Martinho Lutero e disponibiliza a fiéis


A Igreja Evangélica Luterana Unida da Argentina e do Uruguai (IELU) disponibilizou aos fiéis da denominação uma versão digital do livro “De servo arbítrio”, escrito por Martinho Lutero.

Lutero foi o líder da reforma protestante, que originou as denominações evangélicas e o livro disponibilizado é considerado parte central da teologia apregoada por ele.

De acordo com informações do site ALC, o livro “De servo arbítrio” é a porta de entrada para compreender a teologia implementada na reforma protestante e também os ideais de Lutero. “É o marco teórico que ajuda a vislumbrar as possibilidades da teologia nos albores do século XXI e desafia os teólogos a contextualizá-la na realidade latino-americana”, diz nota da assessoria de imprensa da IELU.

A versão utilizada como base para a digitalização do livro foi a edição publicada em 1976 pela editora Publicações O Escudo. O projeto teve colaboração da Federação Luterana Mundial na elaboração e implementação.

Fonte: Gospel+

23/05/2012

Revista Veja destaca o crescimento da música evangélica no mercado brasileiro


Revista Veja destaca o crescimento da música evangélica no mercado brasileiro

“Deus é Pop” anuncia a extensa matéria da edição daRevista Veja desta semana, destacando o crescimento da música evangélica no mercado brasileiro. Alguns meses atrás, a revista já havia dado capa ao sucesso de vendas de livros com temática espiritual.

Assinada pelo jornalista Sérgio Martins, aponta alguns números que revelam a força do “fenômeno da música gospel” atual. Afinal, eles são convidados a participar dos programas de TV como Raul Gil, Eliana, Luciano Huck e Xuxa. Também já ganharam, em dezembro do ano passado, um especial na Globo: Promessas. A Som Livre, gravadora da emissora, e a Sony Music tem contratado vários deles, entrando na onda do que hoje é o segundo gênero mais consumido no país, perdendo apenas para o sertanejo.

Mas tem uma vantagem por sofrer menos com a pirataria, afinal seu público consumidor entende que é pecado lograr o artista do qual é fã. Estima-se que somente em 2010, o mercado gospel faturou 1,5 bilhão de reais.

Embora a Som Livre tenha medalhões como Diante do Trono, a Sony já conta com quinze nomes em seu catálogo gospel, incluindo a paranaense Damares. Seu álbum Diamante ficou em nono entre os mais vendidos no Brasil em 2011, vendendo 400.000 cópias. É um número semelhante ao que vendem Roberto Carlos e Victor & Leo.

Segundo Veja, o compositor mais requisitado do meio gospel é Anderson Freire, 31 anos, de Cachoeira de Itapemirim, no Espírito Santo, e Aline Barros, Cassiane e Bruna Karla já gravaram músicas suas.

A revista também deu espaço aos cantores que hoje fazem sucesso no meio gospel, mas que no passado tinham uma carreira secular, como Regis Danese (Ex-Só pra Contriar) e Pierre Onassis (Ex-Olodum).

De acordo com a pesquisa publicada pela revista:

66% do publico que consome música gospel é do sexo feminino.

56% pertencem à classe C.

A faixa etária que concentra a maioria dos fãs do gênero é de 25 a 44 anos.

600 rádios transmitem programação gospel no país.

128 são as gravadoras gospel do país.

8% é o índice de crescimento anual do segmento.

23/05/2012

Casal cristão paquistanês é absolvido de prisão perpétua


Chaudhry Naeem Shakir disse ao Compass que a juíza Mazhar Ali Akbar Naqvi da Alta Corte de Lahore aceitou o recurso do casal porque os promotores não conseguiram provar as acusações de que Munir Masih (32) e sua esposa Ruqayya profanaram o Alcorão ou tenham insultado o profeta Maomé em 8 de dezembro de 2008.

As acusações feitas por Muhammad Nawaz, em Mustafabad, no distrito de Kasur, foram baseadas nas seções 295-B e 295-C, respectivamente, das leis de blasfêmia do Paquistão, que são rotineiramente empregadas para se vingar de cristãos em disputas de ordem pessoal; neste caso, os filhos do casal cristão tinham brigado com a família de Muhammad, que apresentou as acusações de blasfêmia.

Shakir disse que no Primeiro Relatório de Informações (FIR) indicava que Nawaz, inicialmente, havia acusado Ruqayya Masih de usar o Alcorão para exorcismo. Ele a acusou de tocar o Alcorão sem ablução* e disse que seu marido era igualmente culpado já que ele aceitou a atitude da mulher. Nawaz alegou ainda que o casal insultara a Maomé.

Um tribunal retirou a acusações de blasfêmia feita contra eles em 2010, mas os condenou à prisão perpétua, por supostamente profanarem o Alcorão. O casal entrou com um recurso na Alta Corte de Lahore, alegando serem inocentes.

“Durante o julgamento, nenhuma testemunha depôs contra o casal sobre as acusações de blasfêmia”, disse Shakir. “Diante disso, em 2 de março de 2010 o juiz Muhammad Hussain Ajmal absolveu o casal da acusação da seção 295-C, mas lhes atribuiu prisão perpétua sob a Seção 295-B”.

Shakir disse ao tribunal que o motivo por trás deste movimento foi uma luta entre os filhos do casal cristão e da família de Muhammad.

Quando o procurador argumentou que ninguém podia tocar o Alcorão sem ablução, Shakir disse: “Juíza Naqvi, ninguém se preocupa em fazer isso antes de ler o Alcorão ou a Bíblia em bibliotecas ao redor do mundo”.

Ele disse que a Alta Corte de Lahore havia liberado sob fiança Munir Masih, porque as acusações contra ele não tinham fundamento.

“Testemunhas afirmaram que Munir estava sentado fora de sua casa quando Ruqayya supostamente teria profanado o Alcorão”, disse ele, acrescentando que ela adoeceu na cadeia de Sahiwal e que provavelmente só serão liberados hoje (21). O casal tem seis filhos (4 meninas e 2 meninos).

Shakir disse que a polícia Mustafabad havia convocado oito testemunhas para o FIR, dos quais três foram nomeados como testemunhas, enquanto os demais foram classificados como “testemunhas de recuperação” – aquelas supostamente presentes quando a polícia encontrou o Alcorão na casa do casal.

“Das cinco” testemunhas de recuperação, ‘dois negaram estar na cena do suposto crime “, disse Shakir. “Um disse ao tribunal que ele tinha chegado ao local depois que a polícia havia achado o Alcorão, enquanto o outro disse que ele havia testemunhado sob pressão, o que ajudou a esclarecer o caso”.

O advogado do casal disse que Ruqayya Masih admitiu ter um Alcorão em casa.
“Ela me disse que ganhou o Alcorão de um vizinho muçulmano chamado Muhammad Faisal, e que o havia guardado em segurança consigo, embora ela disse não saber porquê”, disse ele, acrescentando que a polícia havia informado ao tribunal que tinham encontrado o Alcorão envolto em um pedaço de pano em um armário.

*ablução – s.f. Lavagem do corpo ou de parte dele. Em certos cultos orientais, purificação religiosa que consiste nessa lavagem.

Envolva sua igreja no Domingo da Igreja Perseguida, veja o vídeo abaixo e saiba como participar.

FonteCompass Direct
TraduçãoMarcelo Peixoto
Fonte: Portas abertas
23/05/2012

Acidente em show gospel deixa cerca de 15 feridos na Bahia


Acidente em  evento gospel Canta Salvador que aconteceu  no último sábado (19) na capital baiana, acabou sendo marcado pela queda de um alambrado, deixando aproximadamente 15 pessoas feridas. Quando a cantora Bruna Karla foi anunciada, o público eufórico se apoiou na estrutura que não suportou e acabou caindo.

A reportagem do site de notícias SRZD falou com a produção do evento que confirmou o fato, informando, no entanto, que as pessoas atingidas tiveram ferimentos leves, a exemplo de luxação e escoriações.

“Uma pessoa chegou a ser internada na emergência, mas antes do show terminar já havia sido liberada”, declarou um membro da produção que preferiu não ter nome divulgado.

Apesar do ocorrido, o evento que aconteceu no Wet’n Wild seguiu até o final com shows de Aline Barros, Thalles Roberto e Davi Sacer que encerrou o Canta Salvador.

Informações: SRZD

Fonte: NOTICIAS CRISTÃS

23/05/2012

Mais de 40 denominações se juntam para realizar a Marcha para Jesus em Milão


A segunda Marcha para Jesus em Milão, na Itálica, aconteceu no dia 12 de maio reunindo centenas de pessoas que percorreram 2,5 km para declarar a senhorio de Jesus.

O evento foi organizado por que 43 denominações evangélicas que levaram faixas, cartazes, músicas, coreografias e frases de impacto que chamaram a atenção de quem passava nas redondezas.

A marcha começou na Praça San Babila, segundo para a Duomo, Corso Dante, Castelo Sforzeco até que entraram no parque Sempione. A concentração aconteceu no Arco da Pace.

Para o pastor Fernando Pasi, missionário da Junta de Missões Mundiais, essa segunda Marcha para Jesus em Milão, superou as expectativas dos organizadores. “Tivemos algumas paradas programadas e, nestas paradas, foi pregada a Palavra de Deus através de testemunhos e pequenas mensagens”, disse ele.

O missionário teve a oportunidade de evangelizar um jovem da cidade de Mântova que estava acompanhando o concerto no Arco da Pace. “pude fazer o apelo e ele aceitou a Jesus como Salvador e Senhor de sua vida. Foi um momento maravilhoso e indescritível”, lembra o pastor.

Muitas pessoas aderiram a marcha ao longo do percurso, por verem que a manifestação era pacífica e tinha o objetivo de glorificar ao nome do Senhor. E assim a multidão foi se formando, fazendo com que muitos cristãos se juntassem nessa festa para declarar que Jesus é o Senhor de Milão e da Itália.

Com informações JM

Fonte: Gospel Prime

%d blogueiros gostam disto: