Archive for maio 4th, 2012

04/05/2012

“Rei Davi” conquista a vice-liderança em seu último capítulo


Leonardo Brício deu vida a Davi na produção dirigida por Edson Spinello

A minissérie deixou a tela da Record com 11 de média e picos de 12 pontos. A trama que narra a história bíblica de Rei Davi conquistou ainda 25% de participação e 35 minutos na liderança. Com um investimento de R$ 25.000.000 (25 milhões), a emissora da Barra Funda já está trabalhando na produção da próxima minissérie religiosa José do Egito. Cada capítulo de Rei Davi custava R$ 850.000 (Oitocentos e Cinquenta Mil).

RelembreRei Davi movimentou mais de 300 pessoas entre criações de cenários a confecções dos figurinos dos personagens e dos figurantes.

Em tempo: Apesar do segundo lugar, Rei Davi deixou a desejar em seu último capítulo. A minissérie já chegou a ter 16 pontos de média com picos de 18 (21/02) e aparecer na liderança no PNT (Painel Nacional de Televisão) no dia 26 de Janeiro, com 15 pontos de média.

Fonte: Tvfoco

04/05/2012

Centenário da Assembleia de Deus no Pacaembu pode render multa de R$ 50 milhões


O promotor de Justiça Mauricio Antonio Riebiro Lopes, da Promotoria de Justiça de Habitação e Urbanismo da cidade de São Paulo entrou com uma ação civil pública contra o Município, o prefeito Gilbero Kassab (PSD) e contra o pastor José Wellington Bezerra da Costa.

Para o MP a prefeitura utilizou o Estádio do Pacaembu indevidamente ao oferecer o espaço para que as Assembleias de Deus realizassem a festa de comemoração aos 100 anos da denominação. O evento aconteceu no dia 15 de novembro e reuniu milhares de fiéis, causando incomodo aos moradores da região em volta do Estádio.

Pela lei o Pacaembu só pode ser usado para eventos esportivos, sendo assim o prefeito teria agido contra a Lei ao ceder o local para uma comemoração religiosa.

Por esse motivo o prefeito está sendo acusado de improbidade administrativa e o Município poderá ser condenado a pagar uma multa por dano moral coletivo causado aos moradores do bairro do Pacaembu.

Já o pastor da Assembleia de Deus Ministério Belém, que também é presidente da Convenção Geral das Assembleias do Brasil (CGADB) também entrará nesse processo de improbidade e poderá ter que ressarcir o Estado em R$50 milhões juntamente com Kassab.

Com informações do Ministério Público de SP

Fonte: Fonte Gospel Prime

04/05/2012

Brasileiro recria Bíblia em quadrinhos ao estilo de HQs de super-heróis


O pernambucano Sérgio Cariello lançará esta semana no Brasil a adaptação da Bíblia em histórias de quadrinhos. Sérgio, que vive nos Estados Unidos desde 1985  e desenha para editoras como Marvel e DC, grandes nomes na indústria dos quadrinhos, recriou as histórias do livro sagrado na obra “Bíblia em Ação”.

A volumosa HQ (752 páginas), publicada nos EUA em 2010 e com mais de 350 mil exemplares vendidos, segundo o desenhista, usa o estilo visual e narrativo dos gibis de super-heróis para contar a história da humanidade, a partir de textos bíblicos.

“A ‘Bíblia em Ação’ entretém, mostra a ação como uma HQ normal faria”, diz Sérgio Cariello que começou a desenhar ainda na infância, no boletim da Igreja Presbiteriana que frequentava no Recife.

Tendo desenhado personagens célebres como Batman, Wolverine e o Cavaleiro Solitário (“Lone Ranger”, pelo qual foi indicado ao prêmio Eisner, o Oscar das HQs, em 2007), o brasileiro diz ter levado para sua adaptação bíblica o “dinamismo no jeito de desenhar, nos ângulos”.

“Ilustrei Jesus de forma mais rude, mais apto para as tarefas do dia a dia, como ser carpinteiro. Ele tem as mãos grossas, músculos, parece mais um herói do que uma figura angelical, delicada”, afirmou o artista.

Cariello lembra que não faltam boas histórias de heroísmo e personagens com poderes sobrenaturais na bíblia e que, com certa licença poética, é possível fazer paralelos com ícones das HQs. “O Sansão, por exemplo, está mais para o Wolverine, porque pecou, errou. Mas foi usado por Deus de uma maneira bem significante”.

Seu livro, porém, não tem a violência ou a sexualidade das HQs e é “para a família”.

Cariello autografa a “Bíblia em Ação” neste sábado, 5, às 17h, na Feira Literária Internacional Cristã (Flic) e dará aulas em São Paulo no dia 4; e no Rio no dia 6, na Impacto Quadrinhos.

Fonte: Folha

04/05/2012

Governo israelense e oposição concordam em dissolver Parlamento e eleições poderão ser antecipadas


A oposição e os partidos da coalizão que apoiam o governo do primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, chegaram nesta quarta-feira a um acordo para dissolver o Parlamento na próxima segunda-feira e convocar eleições antecipadas neste ano. O acordo foi respaldado por quase todos os partidos da Câmara, informou o jornal Jerusalem Post. Os partidos Trabalhista e Meretz, ambos de centro-esquerda, serão os encarregados de levar a proposta para votação na segunda-feira.

A dissolução do Parlamento significa que num prazo de três a cinco meses serão realizadas eleições gerais, segundo a publicação, uma situação que foi debatida pelos líderes do governo e a oposição nos últimos dias. Há várias semanas a imprensa local assegurava que o governo de Netanyahu não conseguiria chegar ao fim de seu mandato por causa de dois projetos controversos que provavelmente iriam fragmentar a coalizão. O primeiro deles é uma lei que obrigará os judeus ultraortodoxos a servir no Exército. O segundo será o orçamento geral do estado para 2013.

A intenção é marcar as eleições para antes das festas pelo Ano Novo judaico, celebrado entre 28 de agosto e 4 de setembro. O jornal Yedioth Ahronoth informou nesta quarta-feira que a data definitiva será conhecida após o primeiro-ministro encerrar, no próximo domingo, uma semana de luto devido à morte de seu pai. O chefe da oposição, Shaul Mofaz, propôs que a votação ocorra em 14 de outubro, após as festas de Ano Novo. A data original das eleições foi fixada em 2009 para 22 de outubro de 2013.

Fonte Veja com agência EFE

04/05/2012

Vaticano teria recebido mais de R$ 1 milhão para enterrar mafioso em basílica


Uma fonte da Santa Sé revelou para a agência de notícias italiana Ansa que o Vaticano teria recebido cerca de um bilhão de libras(mais de R$ 1,245 milhão), a antiga moeda italiana, da viúva de Enrico De Pedis para que o corpo de seu marido fosse enterrado em uma basílica a 22 anos atrás.

Essa testemunha garante que o então vigário-geral de Roma, o cardeal Ugo Poletti, acabou aceitando a proposta e deu seu aval para que o mafioso italiano fosse sepultado ao lado de antigos papas.

Ele teria usado esse dinheiro para missões e para a restauração da Basílica de São Apolinário, onde De Pedis fora enterrado. O Vaticano ainda não comentou essas novas informações.

Eurico De Pedis foi assassinado em 1990 e até hoje o caso não foi solucionado. “Há pessoas que ainda estão vivas, e ainda estão dentro do Vaticano, que sabem a verdade”, disse o procurador Giancarlo Capaldo.

A história é longa e traz outro assassinado, o de Emanuela Orlandi, que morreu em 1983, aos 15 anos. Ela era filha de um funcionário do Vaticano que supostamente tinha provas que ligava o Banco do Vaticano, Istituo per le Opere di Religione, ao crime organizado. Ao que parece De Pedis teria organizado o sequestro que terminou na execução da jovem.

O irmão de Emanuela, Pietro Orlandi, pede para o túmulo do criminoso seja aberto para que se comprove, ou não, que os restos mortais de sua irmã foram sepultados ao lado do corpo de seu assassino.

Diante das especulações, o porta-voz do Vaticano, Federico Lombardi, negou as acusações e se comprometeu a ajudar nas investigações. “Parece que nada foi escondido e não há segredos do Vaticano a serem revelados”, disse ele.

Com informações O Globo
Fonte: Gospel Prime

04/05/2012

juiz encerra ação contra Pr. Silas Malafaia por homofobia


De maneira sensacional e espetacular, o juiz federal da 24ª Vara Cível, Victorio Giuzio Neto, dando um show de conhecimento de leis e de maneira justa e inequívoca, extinguiu o processo em que o pastor Silas Malafaia era acusado de homofobia, naquela “armação” dos ativistas gays para incriminá-lo. Verdade Gospeldisponibiliza alguns trechos da sentença para a sua análise:

“… não se poder tolher o direito à crítica na medida que esta compõe exatamente o conteúdo da liberdade de manifestação e expressão.”

“…Daí considerarmos que, sob o aspecto ‘policial’ ou de ‘censura’ a questão envolve problemas práticos e jurídicos mas, neste tema, o constituinte brasileiro teve o inegável desejo de sepultar definitivamente a censura conforme se vê na redação das seguintes disposições constitucionais:

Art. 5º – Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:

…”

II – ninguém será obrigado a fazer ou deixar de fazer alguma coisa senão em virtude da lei;

IX – é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença.

…”

Art. 220 – A manifestação do pensamento, a criação, a expressão e a informação, sob qualquer forma, processo ou veículo não sofrerão qualquer restrição, observado o disposto nesta Constituição.

§1º………… (omíssis)

§2º – É vedada toda e qualquer censura de natureza política, ideológica e artística”. (grifo nosso)

E não comportam exceção: a censura foi banida.

“… Através da pretensão dos autos, na medida em que requer a proibição de comentários contra homossexuais em veiculação de programa, sem dúvida que se busca dar um primeiro passo a um retorno à censura, de triste memória, existente até a promulgação da Constituição de 1988, sob sofismático entendimento de ter sido relegado ao Judiciário o papel antes atribuído à Polícia Federal, de riscar palavras ou de impedir comentários e programas televisivos sobre determinado assunto.”

“… Diante disto, não pode ser considerado como homofóbico na extensão que se lhe pretende atribuir esta ação, no campo dos discursos de ódio e de incentivo à violência, pois possível extrair do contexto uma condenação dirigida mais à organização do evento – pelo maltrato do emprego de imagens de santos da igreja católica – do que aos homossexuais.”

“… De fato não se pode valorar as expressões dissociadas de seu contexto. E no contexto apresentado pode ser observado que as expressões ‘entrar de pau’ e ‘baixar o porrete’ se referem claramente à necessidade de providências acerca da Parada Gay, por entender o pastor apresentador do programa, constituir uma ofensa à Igreja Católica reclamando providências daquela.”

“… É cediço que se a população em geral utiliza tais expressões, principalmente, na esfera trabalhista, para se referirem ao próprio ajuizamento de reclamação trabalhista ao empregarem a expressão que ‘vão meter a empresa no pau’. Outros empregam a expressão ‘cair de pau’ como mera condenação social; ‘entrar de pau’ ou ‘meter o pau’, por outro lado, estaria relacionado a falar mal de alguém ou mesmo a contrariar argumentos ou posicionamentos filosóficos.

Enfim, as expressões empregadas pelo pastor réu não se destinaram a incentivar comportamentos como pode indicar a literalidade das palavras no sentido de violência ou de ódio implicando na infração penal, como pretende a interpretação do autor desta ação.”

“… Neste caso, considerar presente dano apto a ensejar a concessão de liminar contra o pastor apresentador do programa, da emissora e da União não deixaria de coexistir uma odiosa forma de censura, cumprindo lembrar sob a espécie que a própria Lei de Imprensa foi considerada inconstitucional pelo STF: Art.30.”

“… Ante o exposto, por reconhecer a impossibilidade jurídica do pedido, INDEFIRO A INICIAL E JULGO EXTINTO o processo sem resolução do mérito, com fulcro no artigo 267, inciso VI, do Código de Processo Civil.”

São mais de vinte páginas o despacho do juiz encerrando a ação. Colocamos aqui apenas alguns dos comentários brilhantes deste documento.

Pr. Silas Malafaia comenta:

A Deus seja a glória! Obrigado por milhares de irmãos que intercederam por mim e minha gratidão a Deus em fazer com que este caso fosse parar nas mãos de um juiz justo.

Foi uma “lambada” nos ativistas gays que pensam que estão acima da lei e acima de todos, mas que agora vão ter que responder na justiça por me chamarem de homofóbico. Se eu, como cidadão, não tomar as providências que tenho direito, eles vão se achar no direito de ficarem me acusando e me denunciando como homofóbico. A partir de agora vão pensar duas vezes antes de tentar me denegrir.

Como tenho dito, não os homossexuais, mas sim os ativistas gays, são o grupo social mais intolerante da pós-modernidade.

Peço a vocês para acessarem o comentário de Reinaldo Azevedo, colunista do site da “Veja”, sobre a sentença do juiz. Mais uma vez, simplesmente, sensacional!

Fonte: Verdade Gospel

%d blogueiros gostam disto: