Archive for maio 11th, 2012

11/05/2012

Bíblia Digital x Impressa: a tecnologia sendo usada para expandir a mensagem de Deus


 Bíblia Digital x Impressa: a tecnologia sendo usada para expandir a mensagem de Deus

A tecnologia tem mudado todos os tipos de relacionamentos, até mesmo em assuntos religiosos. Hoje é possível assistir cultos pela internet, ouvir rádios e canções gospel pelo celular e até mesmo ler a Bíblia sem precisar levar O Livro Sagrado com você.

A Bíblia é um dos poucos objetos que tiveram seu significado relacionado ao seu conteúdo e exatamente por esse motivo é que a forma digital das Sagradas Escrituras ainda gera controvérsia entre cristãos.

Foi para explicar esse dilema que a Sociedade Bíblica do Brasil realizou durante a Flic 2012 (Feira Literária Internacional Cristã) uma palestra sobre “A Bíblia no Mundo Digital”, ministrada por Elismar Vilvock, editor-assistente de Publicações Eletrônicas.

Brevemente, Vilvock falou de como o computador se tornou um aliado na fabricação e impressão de Bíblias até que a tecnologia passou a usar os textos Sagrados digitalizados através da Bíblia Online que era um CD que precisava ser instalado nos computadores.

A cada novo passo do mundo da informática novos modelos digitais foram surgindo até que hoje a SBB possui dois projetos que são a Biblioteca Digital da Bíblia (Libronix) e a Bíblia Digital Glow que são produtos para leitura e estudo das Escrituras.

Mas esses não são os únicos programas disponíveis, encontramos diversos programas digitais onde é possível acessar os livros bíblicos de qualquer lugar com acesso a internet ou até mesmo em arquivos off-line.

Usuários de tablets e smartphones já podem encontrar aplicativos gratuitos contendo a Bíblia Digital, de forma prática e rápida você poderá meditar na Palavra de Deus de qualquer lugar.

Muitos pastores já estão usando essa nova tecnologia nos cultos, deixando em casa o livro impresso e levando consigo o modelo digital para usar nas pregações. Enquanto muitos aderem a essa novidade, outros relutam dizendo que a Bíblia (objeto) é insubstituível.

No que diz respeito ao conteúdo não há diferenças, o que muda é apenas a praticidade de locomoção e a modernidade usada para produzir esses arquivos digitais. Mas o leitor poderá escolher se deseja ou não usar o modelo digital, pois no que depender da SBB as Bíblias impressas continuarão a ser fabricas.

Fonte:  Gospel Prime

11/05/2012

Muçulmanos lançam rede social religiosa para concorrer com ‘Facebook’


Um grupo de empresários mulçumanos lançará, em julho, uma rede social para competir com o Facebook. Ela terá o mesmo estilo da concorrente, porém será voltada para os jovens que seguem a religião mulçumana.

A nova rede social se chamará Salam World. A principal diferença entre ela e o Facebook é que no Salam World será censurado todo conteúdo considerado incompatível com o Islã, como propagandas de bebida alcoólica, pornografia e jogos de azar. Para garantir isso, será utilizada tecnologia e especialistas mulçumanos decidirão o que pode e o que não pode ser publicado.

Redes sociais como o Facebook e o Twitter têm se tornado muito populares entre os jovens mulçumanos, mas alguns líderes religiosos consideram que essas redes não são as mais adequadas aos valores da religião. Por isso será criado o Salam World. A nova rede social é considerada segura para os mulçumanos.

“O coração do projeto é criar uma rede sem conteúdos proibidos pela religião. Para conseguir isso, vamos contar com uma grande equipe de moderadores para filtrar os conteúdos difundidos”, disse um dos criadores, em entrevista ao G1.

O site terá sede em Istambul (Turquia), com filiais em Moscou (Rússia) e no Cairo (Egito). Mas seu conselho executivo possui representantes de 17 países muçulmanos e especialistas de 12 países. Segundo esse conselho o objetivo é tornar a rede social popular em todos os países mulçumanos. A Malásia, uma sociedade conservadora, mas com muitos jovens, é citada como um exemplo de país onde o Salam World pode ter sucesso.

A expectativa e que o Salam World alcance 50 milhões de usuários em três anos. O desafio será concorrer com redes como o Facebook e o Twitter, que, além de já serem muito populares no mundo muçulmano, não possuem censura.

O Facebook está entre os cinco sites mais vistos em todo o mundo mulçumano.

Fonte: The Christian Post

11/05/2012

Conflito entre ‘TV Record’ e revista ‘Veja’: Leia o artigo de Reinaldo Azevedo


O jornalismo da Rede Record teve acesso às gravações de telefonemas entre o bicheiro Carlinhos Cachoeira, preso acusado por 15 delitos, e o diretor da revista Veja em Brasília, Policarpo Júnior, que mostrou o esquema em que o contraventor controlava o que seria publicado na principal revista da Editora Abril.

Os documentos que o ‘Domingo Espetacular’ teve acesso com exclusividade trazem provas de que as informações trocadas entre Cachoeira e o diretor da Veja resultaram ao menos em cinco capas da revista de maior circulação do país.

As gravações registram ainda que a influência esbarra em outras esferas do poder, como na pressão para demissão da cúpula do Ministério dos Transportes, que havia se desentendido com um dos aliados do contraventor, a construtora Delta. Por meio do que Cachoeira passava para ser publicado na Veja, vários funcionários do ministério foram afastados.

Carlinhos Cachoeira é acusado por 15 delitos

Cachoeira se orgulha de “plantar” notícias na Veja em benefício próprio e sabe até quando determinadas matérias sairão.

A revista ainda não se manifestou abertamente em relação ao caso. O diretor de redação da Veja, Eurípedes Alcântara, publicou na internet artigo sem citar nomes em que afirma que “ter um corrupto como informante não nos corrompe”.

A reportagem do Domingo Espetacular ouviu especialistas, que registraram grave problema ético no tipo de jornalismo praticado pela Veja diante de tantas ligações criminosas.

“Ter um corrupto como informante não nos corrompe”, disse o diretor de redação da Veja, Eurípedes Alcântara

O professor Laurindo Leal Filho, da USP, avalia que o controle da publicação não pode ser da fonte. “O jornalista pode e deve falar com qualquer tipo de fonte desde que tenha o controle sobre a publicação e a matéria que ele está fazendo. Quando ele oferece à fonte o controle (…), ele rompe os limites éticos”, disse.

O presidente da Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj), Celso Schroder, critica o envolvimento da Veja no escândalo do Cachoeira. “Nesse caso, houve uma relação promíscua muito intensa, unilateral”.

O deputado federal Fernando Ferro (PT-PE) acredita que a CPI do Cachoeira, que começou os trabalhos na semana passada em Brasília, deve convocar não apenas o jornalista Policarpo Júnior, mas também o responsável pela editora que publica a Veja, Roberto Civita. “Na minha opinião, ele é o principal responsável. Ele é o dono dessa revista, e ele operou com vontade”.

O colunista Reinaldo Azevedo, do site da revista Veja, fala sobre o assunto em seu artigo: “Edir Macedo, que frauda o sentido da Bíblia ela-mesma, não será o autor de uma bíblia do jornalismo ético”. Confira!

Fonte: Verdade Gospel:

Veja:

11/05/2012

Obama trai princípios cristãos e se declara a favor de casamento gay


O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, trai suas convicções religiosas e se declara a favor do casamento entre pessoas do mesmo sexo. A confissão aconteceu em entrevista nesta quarta-feira, 9, à rede de TV “ABC”.

Segundo divulgado pela emissora, Obama afirmou que o casamento entre pessoas do mesmo sexo deveria ser permitido, ressaltando que sua opinião é pessoal e que os Estados devem decidir a respeito. Obama é o primeiro presidente americano a expressar publicamente seu apoio ao casamento gay.

Obama, que sempre se declarou evangélico, tentou explicar o motivo de sua “mudança de ideia” dizendo que hesitou em apoiar totalmente o casamento gay por achar que a união civil seria suficiente. Mas disse ter conversado sobre a questão com sua equipe, sua mulher e filhas, que têm amigos cujos pais são casais homossexuais. O presidente citou integrantes de sua própria equipe que “estão totalmente comprometidos em relações homossexuais monogâmicas, e estão criando filhos juntos”.

Mencionou também sobre a política conhecida como “Don’t Ask Don’t Tell” (Não pergunte, não conte), que não permitia a manifestação de gays assumidos no serviço militar e que foi extinta no ano passado. E concluiu, segundo trecho transcrito pela emissora, dizendo: “É importante para mim ir adiante e afirmar que acho que casais de mesmo sexo devem poder se casar”.

Obama disse ainda acreditar que “todos os americanos devem ser tratados com igualdade e de forma justa”. A entrevista completa deverá ser veiculada nesta quinta-feira, 10, nos Estados Unidos.

Antes da entrevista, o presidente havia se limitado a indicar que estava “avaliando” sua opinião a respeito do assunto, que se tornou uma das principais discussões da campanha eleitoral nos Estados Unidos nos últimos dias.

No último domingo, 6, o vice-presidente, Joe Biden, disse em entrevista à “NBC”, que se sentia confortável com a ideia do casamento gay. Depois disso, aumentou a pressão para que Obama anunciasse sua posição sobre o tema. O ex-governador de Massachusets Mitt Romney, provável candidato republicano para a disputa presidencial com Obama, já declarou ser contra o casamento gay.

Uma pesquisa divulgada nesta terça-feira, 8, apontou uma divisão do eleitorado americano sobre o tema, com 50% dos entrevistados declarando-se a favor do casamento gay e 48% dizendo-se contrários.

As uniões civis entre pessoas do mesmo sexo são legais em apenas seis dos 50 Estados americanos, além da capital, Washington.

Na última terça-feira, 8, a Carolina do Norte, Estado onde o Partido Democrata realizará sua convenção em novembro, aprovou uma legislação que proíbe o casamento entre pessoas do mesmo sexo. Com a decisão, tornou-se o 31º Estado a ter a proibição.

Grupos de defesa dos homossexuais comemoraram a declaração de Obama. O “Human Rights Campaign” considerou que o presidente americano “fez história”. Representantes do “Centro para o Progresso Americano” disseram que o apoio do presidente é “um grande passo” em direção à igualdade nos EUA.

Fonte: UOL

11/05/2012

Imagem de santo em uniforme escolar gera polêmica em MT


Os pais de duas alunas evangélicos de Pontal do Araguaia, MT, estão em pé de guerra com o colégio em que seus filhos estudam. O motivo é o uniforme da Escola Municipal São Jorge, que, como o nome, indica, tem no brasão umaimagem do santo.

Como o uso do uniforme é obrigatório, o casal buscou orientação jurídica e o caso chegou à Defensoria Pública do município. A igreja que a família frequenta não aprova o uso de símbolos religiosos e a família não quer que as meninas usem uma roupa com a imagem do santo.

Para tentar solucionar o impasse, a mãe das garotas se dispôs a confeccionar o uniforme das filhas igual ao usado na escola, mas sem a estampa do santo. A tentativa foi recusada pela escola em uma avaliação no Conselho de Classe. O pastor da igreja os orientou a procurarem a Defensoria Pública, a qual notificou a prefeitura que o caso seria enviado para a Justiça.

O prefeito de Pontal do Araguaia foi informado do caso pela Defensoria. Imediatamente ele determinou à direção da escola que admitisse normalmente as crianças com o uniforme padrão, mesmo sem o emblema. Somente assim a escola permitiu a exclusão da imagem de São Jorge no uniforme das meninas.

O defensor público Milton Martini determinou que a direção escolar aceitasse as novas vestimentas, usando como justificativa o artigo 5º da Constituição Federal. “[Ele] assegura a igualdade perante a lei, sem distinção de qualquer natureza. Inclusive garante a liberdade de consciência e de crença”, escreveu Martini.

O assunto tem sido debatido na pequena cidade, com 5 mil habitantes que fica a 512 Km ao sul de Cuiabá. Porém, está incluído em uma série de debates em voga no Brasil sobre a laicidade do Estado, que envolve a legalidade ou não de orações e leitura da Bíblia feita no espaço escolar.

Com informações Gospel Prime

11/05/2012

Fernandinho convida para a gravação do seu novo CD


Nos dias 29 e 30 de maio, às 19 horas, você não poder perder a gravação de “Teus Sonhos” o novo CD do Fernandinho. Será em Campos dos Goytacazes/RJ, no Batistão, novo templo da Segunda Igreja Batista de Campos, na Rua Conselheiro José Fernandes, Centro (o Batistão fica atrás do Colégio Batista Fluminense).

Não fique de fora! Venha participar conosco desse momento especial. A entrada é gratuita e limitada. Orem pelo Ministério Faz Chover, pelo Fernandinho, por Paula, seus filhos e toda a equipe que está envolvida direta e indiretamente no trabalho. Interceda por isso.

Evento: Gravação do novo CD de Fernandinho
Dias: 29 e 30/05/2012
Local: Batistão (novo Templo da Segunda Igreja Batista de Campos)
Endereço: Rua Conselheiro José Fernandes, Centro (atrás do Colégio Batista Fluminense)
Informações: Tel.: (22) 27247861 / (27) 81902727 – www.fazchover.com.br
Entrada franca e limitada

%d blogueiros gostam disto: