Pr. Youcef Nadarkhani está preso há mais de 1000 dias no Irã


Neste domingo (8) completam-se 1.000 dias que o pastor iraniano Youcef Nadarkhani está preso, desde 2009, por defender a sua fé em Jesus Cristo. Grupos de defesa a liberdade religiosa e de apoio ao pastor Youcef estão se reunindo e convocando todos os cristãos ao redor do mundo a se unirem neste dia em oração, clamor e intercessão pela vida desse ministro do Evangelho.

Pastor Youcef foi acusado, condenado e sentenciado à morte por apostasia, ou seja, por se tornar um cristão num país em que a religião oficial é a muçulmana. Na época da prisão, quando os oficiais iranianos exigiram que ele negasse sua fé em Cristo ou então morreria, a resposta dele foi: “Não!”. O pastor foi preso ilegalmente e separado de sua esposa e de seus dois filhos.

Cristãos de todo o mundo estão orando e lutando para salvar a vida desse homem de Deus.

Recentemente, o pastor Silas Malafaia promoveu uma manifestação durante a Rio+20, em frente ao hotel do presidente do Irã exigindo a libertação do pastor Youcef.

Contato com o mundo exterior

O último contato que se tem registro de que o pastor Youcef Nadarkhani está vivo e bem foi uma carta aberta escrita por ele em que agradece e pede orações a “todos aqueles que estão preocupados” com sua situação. Leia a carta na íntegra:

7 de maio de 2012 

Pastor Youcef é casado e pai de dois filhos

Saudações do seu servo e irmão em Cristo, Youcef Nadarkhani. 

Para todos aqueles que se preocupam com minha situação atual.

Primeiramente, eu gostaria de informar a todos os meus irmãos e irmãs que estou em perfeita saúde em carne e em espírito. Estes dias estou tendo uma abordagem um pouco diferente dos outros e considero como o dia do julgamento da minha fé. E nesses dias tão difíceis para provar lealdade e sinceridade a Deus, estou tentando fazer o melhor que esta ao meu alcance para estar bem com tudo que aprendi com os mandamentos de Deus.

Eu preciso lembrar aos meus amados, que apesar do meu julgamento durar tanto tempo, como homem de carne e osso meu desejo é que esses dias acabem, mesmo que eu tenha rendido a vontade de Deus.

Eu não sou uma pessoa política nem sei sobre a cumplicidade política, mas sei que há muitas coisas em comum entre culturas diferentes. Há também diferenças entre essas culturas ao redor do mundo que pode resultar em criticas que a maioria das vezes a resposta sobre este tipo de críticas são duras, e como resultado nossos problemas aumentam.

De vez em quando eu sou informado sobre as noticias que estão se espalhando na mídia sobre minha situação atual. Por exemplo, sei que estou sendo apoiado por várias igrejas e grandes políticos que pediram minha libertação, ou estão fazendo campanhas defendendo os direitos humanos contra as cargas que estão sendo aplicadas a mim. Eu acredito que este tipo de atividades podem ser muito uteis, a fim de alcançar minha liberdade, e respeitando os direitos humanos de uma maneira correta poderá trazer grandes resultados imediatos.

Eu quero agradecer e apreciar todos àqueles que estão tentando chegar a este objetivo. Mas, por outro lado, eu gostaria de anunciar meu desagrado a palavras insultuosas ou as atividades que causam problemas e estresse, que infelizmente é feito de desculpas a defesa dos direitos humanos e da liberdade, e que é tão óbvio e claro para mim quanto ao resultado final. Insultando a crença do povo de outras nações, sejam eles a maioria ou a minoria, isso é inaceitável e tão pouco um ato digno, especificamente para aqueles que foram ensinados a amar e respeitar os outros mais do que a si mesmo e também tratar a todos da mesma forma que desejamos ser tratados.

Em seguida, queimando e insultando não são comportamentos reverentes para um cristão, e sim a obediência à palavra de Deus e se humilhar para que Deus seja glorificado, isso sim é dignidade.

Eu tento ser humilde e obediente àqueles que estão no poder, obedecer às autoridades do meu país que Deus concedeu, e orar para que eles governem o país segundo a vontade de Deus e serem bem sucedido ao fazerem isso. Porque eu sei que dessa forma estarei obedecendo à palavra de Deus. Eu tento obedecer, juntamente com aqueles que eu vejo que estão em uma situação parecida com a minha. Eles nunca se queixam de nada, apenas deixam o poder de Deus se manifestar em suas vidas, embora lessem que eles às vezes têm usado esse direito de se defender, pois eles têm esse direito, eu também não sou uma exceção e com isso tenho usado todas as possibilidades possíveis e assim continuo esperando o resultado final.

Então peço a todos amados que orem por mim como a palavra santa diz. No final espero que este esteja preparado o mais rápido possível, como as autoridades do meu país vão lhe dar com o livre arbítrio de acordo com a lei e os mandamentos nos quais serão respondidos.

Que a graças e a misericórdia de Deus sejam sobre você agora e para sempre. Amém.

Youcef Nadarkhani

(Traduzido para o português por Filipe Coelho do BCLJ, Diretor de Operações da ACLJ no Brasil)

Assista ao vídeo da campanha pela libertação do pastor Youcef:

//

//

Anúncios

Escreva Aqui seu Comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: