Archive for julho 16th, 2012

16/07/2012

Vânia Love agora é evangélica: ‘Estou fora do carnaval’


Vânia é irmã do jogador de futebol Vagner Love

A modelo Vânia Love, irmã do jogador Vagner Love, fez uma revelação na quinta-feira (12), em suas redes sociais que deixou muita gente de boca aberta. Ela revelou que há um ano vem frequentando uma igreja evangélica e que naquele dia havia decidido se converter de vez.

“Faz um ano e meio que comecei a frequentar uma igreja evangélica, e Deus tem feito maravilhas na minha vida. Decidi traçar novos rumos! Vou me dedicar a minha vida profissional, minha família, meus amigos e não amigos, e fazer o que for significante para Deus. Gostaria de agradecer todo o carinho que vocês tiveram comigo no decorrer desse tempo, e que vocês continuem me acompanhando nessa nova etapa da minha vida. Irei continuar a compartilhar aqui as coisas boas que irão acontecer. Afinal, as notícias boas de Deus nós devemos espalhar para edificação da fé, honra e glória Dele!”, escreveu ela afirmando para muitos dos seguidores que estava bem, não havia acontecido nenhum fato grave para que ela tomasse a decisão, e que estava bastante feliz.

Fora do carnaval

Procurada pelo EGO (coluna do site globo.com), Vânia falou brevemente sobre sua nova opção de vida e disse que isso inclui não desfilar mais no Carnaval.

“Tudo o que escrevi no Twitter é verdade. É aquilo mesmo. Estou indo à igreja já há um ano, mas agora me converti e estou bem feliz. Não fico mais no carnaval. Estou fora”, disse.

Vânia Love já foi rainha de bateria da escola de samba Império Serrano e, em 2012, desfilou como musa da Portela.

16/07/2012

R.R. Soares e Ana Paula Valadão estão entre ‘o maior brasileiro de todos’


Estreou nesta quarta-feira (11) o programa “O Maior Brasileiro de Todos os Tempos”, nova atração do SBT, que vai contar com a votação popular para definir qual é a personalidade mais influente na história do país. Aparecem na lista nomes como R.R. Soares e Ana Paula Valadão.

Até o momento, apenas os 60 últimos colocados da lista de 100 finalistas foram divulgados, exceto o 79º, que será divulgado após as Eleições 2012, já que se trata de um candidato ao pleito deste ano.

No ranking aparecem nomes da música popular brasileira, apresentadores de TV, políticos e até líderes evangélicos. O missionário R.R. Soares está no 54º lugar e a cantora e pastora Ana Paula Valadão, está na posição 97.

A líder do ministério de louvor Diante do Trono participou do programa apresentando uma canção. No site do programa aparece uma pequena informação sobre ela, que foi citada como “brasileira inspiradora”.

O fundador da Igreja Internacional da Graça de Deus aparece na frente de personalidades como Hebe Camargo, Monteiro Lobato, Roberto Marinho, o goleiro Marcos do Palmeiras e padre Marcelo Rossi.

Vale lembrar que a lista de 100 nomes foi formada de acordo com votação popular. A primeira parte do programa recebeu a indicação de nomes que podem ser considerados como ‘O Maior Brasileiro de Todos os Tempos’, diante dos mais indicados a produção organizou essa lista.

Os demais nomes indicados devem ser divulgados no site em breve, assim como o vídeo desse primeiro episódio. A descrição de cada um dos participantes também está disponível para que os telespectadores possam escolher qual deles merece ser considerado como a maior personalidade da história do país.

16/07/2012

Igreja Evangélica Indígena comemora 100 anos de trabalho


Igreja Evangélica Indígena comemora 100 anos de trabalhoOs 100 anos de trabalho serão comemorados no 7º Congresso Nacional do CONPLEI (Conselho Nacional de Pastores e Líderes Evangélicos Indígenas), em Chapada dos Guimarães-MT, de 18 a 22 de julho.

As palestras, devocionais, músicas e testemunhos do evento serão conduzidos pelos próprios indígenas.

A chamada ‘primeira onda missionária’ aconteceu com o registro dos primeiros frutos da ação missionária entre os indígenas no Brasil em 1912.

‘Terceira onda’, o movimento mais recente, marca a valorização dos indígenas como atores na evangelização.

Ricardo Poquiviqui Terena, pastor e secretário executivo da Missão Indígena UNIEDAS, diz que as igrejas indígenas têm contribuído na evangelização dos próprios parentes, graças ao esforço das ondas anteriores.

“Nos últimos dez anos testemunhamos um crescimento inédito em termos de evangelização dos povos indígenas no Brasil. Este avanço foi alavancado por vários movimentos missionários entre as agências que trabalham em muitos campos indígenas, sejam elas de acesso fácil ou não”, afirmam Henrique Terena e Joshua H. Chang, no prefácio do livro comemorativo “CONPLEI — Movimento da 3ª onda missionária”.

Fonte: Guia-me com informações da Ultimato

16/07/2012

Cristãos e muçulmanos se unem para proteger igrejas


 Cristãos e muçulmanos se unem para proteger igrejasDepois do ataque contra duas igrejas no norte do país, muçulmanos prometem se unir aos cristãos para proteger suas igrejas na província Nordeste do país.

A atitude vem contradizer a opinião de analistas políticos, que acreditavam que os ataques tinham o objetivo de incentivar a violência entre cristãos e muçulmanos.

A polícia ainda investiga o incidente.

Muitos culpam o grupo al-Shabab pelo ataque. Al-Shabab (os jovens, em árabe) é um grupo militante da Somália ligado à rede terrorista al-Qaeda. Uma das justificativas é que Garissa, cidade em que ocorreu o atentado, fica a apenas 200 quilômetros  da fronteira entre o Quênia e a Somália.

No ataque, 17 pessoas foram mortas e mais de 40 foram feridas.

Fonte: Christian Broadcasting Network com tradução Portas Abertas Brasil

16/07/2012

Por que orar pelos muçulmanos? Igrejas se antecipam ao Ramadã; Ore você também


Por que orar pelos muçulmanos?  Igrejas se antecipam ao Ramadã; Ore você também

Muçulmanos pensam que Jesus foi apenas um profeta que pregou uma forma primária do islã. Baseados nos textos do Alcorão, seu livro sagrado, eles normalmente não têm ideia de que Jesus Cristo é o Rei e Salvador de Deus para toda a humanidade.

Precisamos orar para que eles percebam que Jesus Cristo deve ser obedecido e só Ele tem o poder para perdoar pecados, pois foi o Filho de Deus quem conquistou a morte através de sua ressurreição.

Eles creem que Alá é o criador do Universo e o único deus. Para os muçulmanos, Maomé é o profeta mais importante do islamismo e foi ele que recebeu os ensinamentos para a fé em Alá.

Como seguidores do islamismo, seu estilo de vida é moldado por cinco pilares: professar e aceitar o credo (chadada), orar cinco vezes ao longo do dia (salat), pagar dádivas rituais (zakat), observar as obrigações do Ramadã (saum) e fazer a peregrinação à cidade de Meca (hajj).

 

Os muçulmanos acreditam que jejuar durante o Ramadã traz perdão de pecados, ao contrário do que a Bíblia diz que “só o sangue de Jesus purifica de todo o pecado” (1João 1.7).

Normalmente eles crêem que podem alcançar o favor de Deus através de ações de religiosidade (orações, jejuns e caridades). Os muçulmanos não acham que é possível conhecer a Deus; apenas saber sobre Ele.

O trabalho missionário

Missões Mundiais se antecipou ao Ramadã (20/07 a 18/08) e está em plena campanha pela libertação e salvação dos muçulmanos. Até o dia 18 de agosto, reserve momentos do seu dia para orar e/ou jejuar por esta causa. Você pode fazer isso em grupo ou individualmente. Compartilhe esta ideia. Assim como nós, os muçulmanos também precisam de Cristo, a paz que liberta. “Através das nossas orações podemos chegar até os confins da Terra e alcançarmos povos com o amor e a graça do Pai”, afirma um integrante da Junta.

 

Fonte: Junta de Missões Mundiais

16/07/2012

Youcef Nadarkhani: acusação de apostasia continua, diz ACLJ


Vamos orar pelos nossos irmãos que sofrem perseguição em todo o mundo.

O Centro Americano para Lei e Justiça (ACLJ) está refutando um relatório recente de que o Irã possivelmente mudou sua sentença de morte por apostasia para o cristão evangélico Youcef Nadarkhani, que foi preso em outubro de 2009 por sua fé.

O ACLJ, que tem estado fortemente envolvido no caso do pastor, diz que, embora um novo relatório do Ministério Present Truth indica que talvez os encargos de Nadarkhani terem sido alterados de apostasia para crimes contra a segurança nacional, a comunidade internacional deve estar consciente de possível desonestidade do Irã.

“Não temos informação de que o regime tenha absolvido o Pastor Youcef da acusação de apostasia para o qual ele foi condenado à morte. O regime iraniano tem sido desonesto repetidamente no passado. Até que vejamos o Pastor Youcef andar livremente, não podemos confiar em nada que o regime possa dizer ou fazer,” Jordan Sekulow, do conselho executivo para o ACLJ, disse ao The Christian Post via e-mail sexta-feira.

A confusão começou quando o Ministério Present Truth, que também tem acompanhado de perto o caso de Nadarkhani, recebeu a notícia que novo julgamento Nadarkhani foi marcado para 08 de setembro, e que ele, presumivelmente, será julgado por crimes contra a segurança nacional.

“Assumimos implicitamente que isso significa que as acusações de apostasia foram abandonados desde que as novas acusações foram emitidas, mas não temos confirmação disso”, disse o ministro quinta-feira.

O ACLJ continua a argumentar, no entanto, que nenhuma evidência de uma mudança nas acusações ocorreu e que a comunidade internacional deve ainda reconhecer a sentença de morte de Nadarkhani.

Curta-nos no Facebook

“Queremos afastar qualquer rumor de que a acusação de apostasia [de Nadarkhani] atual, pelo qual ele foi condenado à morte, foi removida. Até que o regime incondicionalmente exonere e libere o Pastor Youcef, sua pena é a apostasia”, disse Sekulow CP na sexta-feira.

“Ssempre houve uma possibilidade de que o regime pudesse trazer acusações novas ou adicionais contra Youcef Pastor para justificar suas ações. Mas especular as novas acusações não confirmadas que também significa que o regime removeu a ameaça de morte cria um perigo que o mundo pare de prestar atenção”, acrescentou.

Nadarkhani, um pastor doméstico, foi preso em outubro de 2009 e acusado de apostasia por tentar evangelizar muçulmanos.

Em setembro 2011, a agência iraniana de notícias semi-oficial, a Fars News, informou que Nadarkhani estava sendo julgado por acusações de estupro, extorsão e sionismo, relatou o The Christian Post anteriormente.

Documentos do tribunal que vazaram mais tarde esclareceram que Nadarkhani estava de fato a ser julgado por apostasia, e os críticos suspeitam que o relatório de notícias do incorreto Fars News seria uma tentativa de aliviar a pressão internacional sobre acusações baseadas religião de Nadarkhani.

Nadarkhani continua a aguardar a sua data da corte de setembro 8 na prisão, enquanto sua esposa, Fatema Pasindedih, e seus dois filhos, esperam por mais notícias.

Seu advogado, Mohammad Ali Dadkhah, também espera por mais notícias sobre o seu destino legal, porque um juiz notificou-o em maio que estava sendo condenado a nove anos de prisão por crimes contra a segurança nacional.

Dadkhah ainda tem que ser preso, e críticos especulam que esta era uma ameaça em nome do governo iraniano para intimidar Dadkhah e talvez impedir seu desejo de representar legalmente Nadarkhani.

Fonte: Christian Post

16/07/2012

Massacre em igreja na Nigéria deixa mais de 50 mulheres e crianças mortas


Pelo menos 104 pessoas morreram em vários ataques supostamente cometidos por muçulmanos armados da etnia fulani no fim de semana na Nigéria, informa o jornal Nation.

Segundo a publicação, o número de mortos, que em uma primeira contagem era de cerca de 30, disparou depois que foram descobertos mais de 50 corpos, em sua maioria de mulheres e crianças, na Igreja de Cristo na Nigéria (COCIN, na sigla em inglês), para onde elas haviam fugido em busca de refúgio durante o ataque.

“Os criminosos, mais ou menos 100 homens que estavam fortemente armados com fuzis e usavam roupas camufladas e coletes à prova de balas, mataram vários moradores da região e queimaram muitas casas”, diz um comunicado das Forças Especiais de Intervenção (STF). “Soldados das STF foram ao local para tentar controlar a situação, mas trocaram tiros com os homens armados em uma ação que durou várias horas”, acrescenta o texto, no qual é admitido que as autoridades tinham subestimado a importância do ataque.

“No confronto, os criminosos mataram dois de nossos soldados, mas acabamos com 21 deles. Detivemos outro e confiscamos armas e munição”, encerra a nota. O grupo de homens armados invadiu as cidades de Berom, Kakuruk, Kuzen, Ngyo, Kogoduk, Ruk, Dogo, Kufang, Kpapkpiduk e Kai no sábado, mas os enfrentamentos se intensificaram no domingo, com outro ataque durante o funeral das pessoas que tinham morrido no dia anterior.
Nesse último incidente, novamente muçulmanos da etnia fulani abriram fogo contra os presentes ao funeral e mataram dois legisladores nigerianos – o senador por Plateau Norte, Gyang Daylop Dantong, e um membro do parlamento estatal de Plateau, Gyang Filani. Após os casos de violência, o presidente da Nigéria, Goodluck Jonathan, deu ordens para que as agências de segurança se assegurem de que os assassinos de Dantong e Filani sejam capturados e levados à justiça.

16/07/2012

Marcha para Jesus reúne multidão de evangélicos em São Paulo


A 20ª edição da Marcha para Jesus de São Paulo reuniu uma multidão na Zona Norte da cidade no início da tarde deste sábado (14). A Polícia Militar ainda não divulgou quantas pessoas participaram do evento, mas os organizadores da marcha estimam a presença de 6 milhões.

Nesta edição, 12 trios elétricos participaram do evento, que contaram com apresentação de mais de 30 cantores, bandas e grupos gospel. Entre eles Jotta A, Aline Barros, Thalles Roberto, Fernanda Brum entre outros.

A concetração começou pela manhã, na Praça da Luz, no Centro. Por volta das 10h30, os evangélicos seguiram em caminhada em direção a Santana, na Zona Norte. Na Praça Heróis da Força Expedicionária Brasileira aconteceram shows de cantores e bandas gospel.

“O Brasil será o maior país evangélico do planeta”, declarou o presidente da 20ª Marcha para Jesus, Estevam Hernandes, na abertura do evento. Segundo ele, os religiosos já chegam a 42,3 milhões no país, “aumento de 66%”, disse. De acordo com última medição do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o aumento foi notado nos últimos 10 anos.

Segundo Hernandes, o crescimento se deve à pregação e à evangelização das igrejas. “E ao fato de que os  estereótipos têm caído por terra”, afirmou. Por isso, “nós declaramos que, de Norte a Sul, este país se renderá aos pés de Jesus Cristo”, disse Hernandes.

Autoridades

O prefeito da cidade, Gilberto Kassab, marcou uma rápida presença, junto com o ministro da Pesca Marcelo Crivella. Representando a presidente Dilma Rousseff, o ministro disse que ela tem um “carinho especial” pelos evangélicos. “Dilma pediu para transmitir votos de que seja uma marcha que celebre a liberdade, a fé e a democracia no Brasil”, afirmou o ministro.

O senador Magno Malta também esteve presente e segundo site oficial do evento, ele é participante do evento há 18 anos. “A Marcha deveria acontecer todos os dias, mas, infelizmente, sabemos que isso não é possível”, disse ele. Sobre a importância de sua participação como homem público no evento, Malta foi enfático: “É aqui que eu me habilito”.

Data alterada

 

Pela primeira vez, a marcha não ocorreu no feriado de Corpus Christi, em junho. A mudança foi um acordo entre a prefeitura e os organizadores para que o evento não coincidisse com a Parada Gay e para que ocorresse durante as férias escolares. Segundo a prefeitura, a nova data gera um impacto menor no trânsito na cidade.

Organizada desde 1993, a Marcha para Jesus passou a fazer parte do calendário oficial do país após lei federal promulgada em 2009. O evento é organizado pela Igreja Renascer em Cristo e é apoiado por diversas denominações evangélicas.

Camisetas customizadas

A professora Ângela, de 22 anos, começou a personalizar a sua camiseta na terça-feira (10) e terminou só no sábado (14). Ela e as amigas bordaram lantejoulas nas roupas.

A analista de qualidade Solange Machado, de 34 anos, trouxe as três filhas e o marido de Piracaia, interior de SP, para participar do evento. Ela participa desde 19994. “A marcha é algo profético, vem para abençoar a nossa cidade. Tenho história de pedidos feitos na marcha que foram atendidos”.

A estudante Amanda Martins, de 19 anos, também vem para a marcha desde pequena. “A marcha representa a exaltação do nome de Jesus”. Ela costuma ficar até o final do evento e conta que sempre conhece pessoas novas durante a marcha.

Fonte: G1, Folha e Estadão

%d blogueiros gostam disto: