Bienal do Livro aposta em “explosão” da literatura religiosa


Bienal do Livro aposta em “explosão” da literatura religiosa

A Bienal do Livro de 2010 foi marcada pela explosão das histórias de vampiros e das séries adolescentes (livros de Paula Pimenta e Thalita Rebouças) Mas a edição deste ano deve ser marcada pela quantidade de lançamentos com conteúdo religioso. Temas como a recente história política brasileira e obras relacionadas a negócios e carreiras também terão destaque.

Com investimento de mais de R$ 32 milhões, a Bienal de 2012 estará recheada de atrações culturais. O evento também terá um aumento expressivo no número de expositores. Serão 346 editoras nacionais e 134 representantes internacionais, respectivamente 22% e 100% maiores que a edição de 2010.

“O Brasil está no centro das atenções, apesar dos gargalos de infraestrutura”, afirma o diretor da 22ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo. Este ano, o evento acontece entre 9 e 19 de agosto, no Pavilhão de Exposições do Anhembi. São esperadas 800 mil pessoas nos dez dias

Mansur Bassit é o diretor executivo da Câmara Brasileira do Livro (CBL) e um dos organizadores da Bienal. Ele ressalta que “O segmento religioso, por exemplo, está entre os que mais crescem”. Talvez por isso o tema escolhido para 2012 é “Livros transformam o mundo, livros transformam pessoas”.

Entre o material religioso, as vendas de Bíblias não são consideradas, mas autores de best Sellers como Padre Marcelo Rossi e Augusto Cury encabeçam as listas de mais vendidos. Segundo o livreiro Mauricio Geraldo, o apelo da mídia influencia no número de vendas dos livros. “O padre Marcelo Rossi tem um programa diário de rádio em que ele sempre cita o livro dele. As pessoas que escutam o programa acabam comprando o livro por conta da indicação que ele faz. São feitos levantamentos semanais sobre o número de livros vendidos e esse do Padre Marcelo chegou a liderar com 27 mil exemplares contra quatro mil do segundo colocado”.

No ultimo ano, com o lançamento de filmes sobre o médium Chico Xavier fizeram com que os livros que falam do tema espiritismo venham subindo no ranking dos mais vendidos. “O espiritismo está em alta, os filmes atraíram muitas pessoas ao cinema e despertou curiosidade, gerou debate e divulgou ainda mais o tema”, explica.

De acordo com Sinval Filho, coordenador da Associação de Editores Cristãos do Brasil (ASEC), o mercado editorial evangélico cresce cerca de 25% ao ano, acompanhando também o crescimento do número de evangélicos no país. “Há uma forte tendência de sensibilização espiritual e de leitores ávidos por livros que falem da fé cristã”, avaliou o executivo durante a Feira Literária Internacional Cristã, que ocorreu em maio.

Em 2011, o aumento nas vendas de livros no Brasil, de todas as áreas, foi 7,2% maior que em 2010, segundo pesquisa da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas da Universidade de São Paulo (Fipe), traz boas perspectivas para a Bienal. Além disso, estima-se que, no ano passado, os brasileiros compraram cerca de 470 milhões de livros, um recorde de vendas para o setor.

Além disso, o debate sobre a produção literária nos pais ganhou um espaço dedicado a palestras e debates sobre temas de interesse dos profissionais que atuam nas diversas atividades de todos os elos da cadeia do livro, e será coordenado pelo jornalista Quartim de Moraes durante a Bienal.

Com informações Último Segundo e Editores Cristãos

Fonte: Gospel Prime

Anúncios

Escreva Aqui seu Comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: