Archive for agosto 11th, 2012

11/08/2012

Pastor Silas Malafaia emite nota de repúdio ao Jornal A Critícia


Pastor Silas Malafaia emite nota de repúdio ao Jornal A Critícia O portal Gospel Prime sempre prezou pelo aspecto jornalístico das matérias que publica. Seguindo os padrões de transparência comuns a todos os órgãos de imprensa, preocupa-se em indicar as fontes usadas. Muitas vezes a pessoa mencionada nas matérias pode não concordar com o conteúdo nem com os fatos ou falas atribuídas a ela.

Por isso, damos aqui o mesmo espaço usado para veicular o material do jornal A Crítica, de Manaus, que fez a associação do evento promovido pelo ministério do pastor Silas Malafaia com as eleições municipais.

Procurados pelo ministério Vitória em Cristo, o Gospel Prime reproduz na íntegra a nota escrita pelo pastor Silas Malafaia.

A respeito da notícia “Evangélicos são orientados a votar em prefeituráveis em Manaus”, de autoria da jornalista Mariana Lima, publicada no dia 10 de agosto de 2012 no Jornal A Crítica, lamento profundamente que uma jornalista, que não estava participando da conversa, venha expor pessoas no afã de produzir notícia, mesmo que esta não tenha compromisso com a verdade. Gostaria de fazer alguns esclarecimentos, os quais também foram enviados ao Jornal A Crítica:

1-  Como disse diante de quase 1.200 pastores em Manaus, o evento Vida Vitoriosa para Você não tem nenhum tipo de compromisso político, com divulgação ou condenação de candidatos. O objetivo é exclusivamente evangelístico.

 2-  Para provar que a jornalista não entende nada do mundo evangélico, quem sou eu para dar orientações a líderes como Jônatas Câmara e Renê Terra Nova? Isso deve ser uma piada, pois eles são tremendamente soberanos em suas organizações e não estão em nenhum milímetro subjugados a qualquer orientação de minha parte. São idôneos e capazes para decidirem sobre assuntos que envolvam suas comunidades. Ao contrário do que foi divulgado, a minha conversa com eles foi indagando sobre a candidatura de Manaus, por eu não ter conhecimento total da situação política desses candidatos no estado do Amazonas.

3-  Quanto a querer insinuar que sou DÚBIO ao dizer uma coisa para a plateia e fazer outra nos bastidores, só posso definir como mau caratismo de quem escreveu. A minha conversa particular com Jônatas e Renê é pautada pela amizade que temos, e não abro mão do meu direito como cidadão, amparado pela Constituição do país, de ter privacidade. Expor uma conversa reservada entre amigos é uma afronta e uma tentativa de violar o meu direito de conversar o que quiser com qualquer pessoa. Não dou satisfação a ninguém de minhas conversas reservadas.

 4-  Reafirmo peremptoriamente que não me manifestei e nem me manifestarei sobre apoios ou condenação a candidaturas à Prefeitura de Manaus. Os líderes evangélicos dessa cidade têm autonomia para indicarem a seus membros aquele que melhor lhe convir.

Atenciosamente,

Silas Malafaia

Fonte: Gospel Prime

11/08/2012

Padre Paulo Ricardo elogia atuação da bancada evangélica


Padre Paulo Ricardo elogia atuação da bancada evangélica Depois de insultar os evangélicos chamando-os de “otários” por não acreditarem nos santos católicos, o padre Paulo Ricardo de Azevedo Júnior gravou um vídeo elogiando o trabalho da Bancada Evangélica que luta contra a liberação do aborto.

Assim como os líderes evangélicos, os católicos também estão na luta para não deixar que o aborto seja liberado pela lei brasileira. Nesse vídeo o padre comenta sobre o dinheiro dado para ONGs que apoiam o ato e ainda promovem a causa, recebendo do Governo Federal 1,5 milhão de dólares.

O elogiou foi feito porque os deputados federais evangélicos se uniram e apresentaram um requerimento para questionar porque o Governo tem apoiado financeiramente essas ONGs pró-aborto. Entre os deputados que fazer parte desta lista o padre elogia o trabalho do pastor e deputado federal Marco Feliciano.

O pároco também denuncia que a ONU Mulheres destinou outros 3 milhões de dólares para as ONGs que trabalham em prol das mulheres e que por isso lutam pela legalização do aborto, dizendo que decidir de ter ou não um filho é direito das mulheres.

“Essas organizações que estão recebendo [esse dinheiro] estão comprometidas com a legalização do aborto e o reconhecimento do aborto como direito das mulheres. E não somente isso, a própria ONU Mulheres já disse isso com toda clareza”, alerta o padre Paulo Ricardo.

O vídeo é um episódio do programa Parresía e o religioso critica a forma como a Organização das Nações Unidas tem tentado impor ao nosso país que não penalize mais as pessoas que realizam aborto e que passe a oferecer esse procedimento como um direito da mulher.

Fonte: Gospel Prime

11/08/2012

Igreja intercede e boxeadora é medalha de ouro nas Olimpíadas


Igreja intercede e boxeadora é medalha de ouro nas Olimpíadas A pugilista irlandesa Katie Taylor ficou com a medalha de ouro no boxe feminino de 60 kg dos Jogos Olímpicos em Londres. Tetracampeã mundial da categoria, ela garantiu o primeiro ouro olímpico para a Irlanda. Em segundo ficou a russa Sofya Ochigava e a medalha de bronze foi conquistada pela brasileira Adriana Araújo e por Mavzuna Chorieva, do Tajiquistão.

Além da medalha, Taylor se orgulhosa também de sua fé cristã. “Estou aqui por causa da graça de Deus”, disse ela aos jornalistas após a vitória contra a russa. “Obrigado Jesus”, acrescentou Taylor, que aproveita cada momento microfone para falar de sua fé.

Ela entra para história por que esta foi a estreia do esporte numa Olimpíada. Aos 26 anos de idade, ela conta que pratica boxe desde a infância. Também criança começou a frequentar uma congregação pentecostal em Dublin, ligada à Assembleia de Deus. Kimberley, cunhada de Katie, é a líder de adoração da igreja, que reúne cerca de 750 pessoas todo domingo.

Em Bray, cidade natal de Taylor, cerca de 10.000 fãs acompanharam a luta em um telão. Mais de 200 membros da igreja assistiram, torceram e oraram por Taylor na igreja durante a final.

“Katie Taylor levantou o espírito da nação”, disse o presidente da Irlanda, Michael D. Higgins. A família Taylor esteve na igreja antes da lutadora partir para Londres. O pastor Sean Mullarkey conta que a congregação intercedeu e abençoou a vida dela e da família.  “Ela lutou o bom combate de várias maneiras”, afirma, dizendo que sempre acreditou que Deus iria usar Katie como “um instrumento de esperança e boas novas”, numa Irlanda que vive uma forte recessão. E isso se tornou realidade, pois a vitória de Taylor parece ter um efeito explosivo sobre o público.

Um repórter da rádio RTE conta que, nas ruas do país, os homens choravam em casa, os motoristas tocavam as buzinas dos carros de Dublin e vizinhos gritavam de alegria. Alguns locais de trabalho fecharam mais cedo. A cidade de Dublin “parou” para a luta.

O pastor Mullarkey comemora de maneira especial. ”Foi um dia fantástico para a igreja”, disse ele ao site Charisma. ”Em um dia nós saímos da obscuridade e agora somos uma igreja de quem todo mundo na Irlanda já ouviu falar.”

Porém, a vida de Katie Taylor não é feita só de holofotes.  Ela treina seis horas por dia e chegou a lutar com pugilistas homens para se aperfeiçoar. Mas ela conta que não dispensa um período de oração diário e que no seu local de treinamento há um versículo escrito na parede: “Ele prepara minhas mãos para a batalha.”  [Salmo 144]

11/08/2012

‘Partícula de Deus’ tem traços exóticos que surpreendem físicos


Uma análise preliminar de dados coletados no LHC, maior acelerador de partículas do mundo, desmonstrou que ela está ‘malcomportada’. O trabalho, feito por Oscar Éboli, do Instituto de Física da USP, sugere que o chamado bóson de Higgs, que seria responsável por dar massa a tudo o que existe, não está se portando como deveria, a julgar pela teoria que previu sua existência, o Modelo Padrão.

Se confirmado, o comportamento anômalo da partícula seria a deixa para uma nova era da física. Essas informações forma divulgadas em matéria nesta sexta-feira (10), no site da Folha.

A descoberta do possível bóson, anunciada com estardalhaço no mês passado, foi comemorada como a finalização de uma etapa gloriosa no estudo das partículas fundamentais da matéria. Sua existência, em resumo, explicaria porque o Sol pode produzir sua energia e criaturas como nós podem existir.

Dada sua importância para a consistência do Universo (e fazendo uma analogia com a história bíblica da torre de Babel), o físico ganhador do Nobel Leon Lederman deu ao bóson o apelido de “partícula de Deus”.

Para analisar o bóson de Higgs, é preciso primeiro produzir uma colisão entre prótons em altíssima velocidade -função primordial do LHC. Então, do impacto de alta energia, surgem montes de novas partículas, dentre as quais o Higgs, que rapidamente decai, como se diz.

É que, por ser muito instável, o bóson se “decompõe” quando a energia da colisão diminui. Aparecem, no lugar dele, outras partículas. É esse subproduto que pode ser detectado e indicar a existência do bóson de Higgs.

Contudo, isso exige a realização de muitos impactos, até que as estatísticas comecem a sugerir a presença do procurado bóson.

Os dados coletados até aqui são suficientes para apontar a existência da partícula, mas suas características específicas ainda não puderam ser determinadas. ”Estamos ainda num estágio inicial da exploração das propriedades da dela”, diz Éboli. “Contudo, há uma indicação de que o Higgs decaia mais em dois fótons (partículas de luz) do que seria esperado no Modelo Padrão”.

Os resultados dessa análise preliminar foram divulgados no Arxiv.org, repositório de estudos de física na internet, e abordados na revista Pesquisa Fapesp.

Surpresa bem-vinda

A novidade anima os cientistas. “Para a maioria dos físicos, o Modelo Padrão é uma boa representação da natureza, mas não é a teoria final”, afirma Éboli. ”Se de fato for confirmado que o Higgs está decaindo mais que o esperado em dois fótons, isso pode significar que novas partículas podem estar dentro do alcance de descoberta do LHC”.

Poderia ser o primeiro vislumbre de um novo “zoológico” de tijolos elementares da matéria. Previa-se que essas partículas exóticas começassem a aparecer com as energias elevadas do LHC.

Tudo muito interessante, mas nada resolvido. ”É um trabalho muito sério, mas eu acho que ainda é muito cedo para se tirar qualquer conclusão se se trata ou não do Higgs padrão”, afirma Sérgio Novaes, pesquisador da Unesp que participa de um dos experimentos que detectaram o bóson de Higgs.

“Até o final do ano as coisas estarão um pouco mais claras”, avalia Sérgio.

Fonte: Folha

%d blogueiros gostam disto: