Projeto estimula cristãos a exigirem mais “arte bíblica” no cinema e na TV


Projeto estimula cristãos a exigirem mais “arte bíblica” no cinema e na TVUma nova organização deseja encorajar os cristãos a usarem a sua “influência e poder de compra coletivo” para influenciar a produção de filmes, música e programas de televisão.  ”O objetivo do AS1 é levar a Igreja de volta ao seu papel histórico de promotor das artes”, disse Jonathan Bock, fundador da AS1.

Bock disse em uma entrevista recente que há necessidade de os cristãos voltarem a ter “relação” com a comunidade artística. Ao invés da pintura e escultura dos séculos anteriores, a arte de hoje envolve o mundo do entretenimento, principalmente a produção de música, filmes e televisão, ele disse.

Houve um tempo em que o cristianismo era “parceiro e inspiração dos grandes artistas”, trabalhando com eles para criar grandes obras, lembra Bock. Hoje, no entanto, “temos praticamente abandonado as artes”, disse, explicando que as gerações atuais de cristãos decidiram se “afastar da cultura pop e criar sua própria subcultura”, a fim de promover os valores positivos e evitar a corrupção do mundo secular.

Embora essa mudança tenha sido “bem-intencionada”, a cultura pop continuou a prosperar e os cristãos ficaram para trás. Ao invés de classificar os artistas como inimigos, devemos encorajá-los a contar a nossa perspectiva cristã do mundo.

Curiosamente, o momento atual parece apontar para uma enorme oportunidade uma vez que vários projetos envolvendo a Bíblia estão sendo preparados.

Por exemplo, o renomado produtor Mark Burnett está filmando uma série de 10 horas sobre as histórias da Bíblia para o History Channel. Russell Crowe irá estrelar um novo filme sobre Noé  e Steven Spielberg vai dirigir um novo filme sobre Moisés.

Bock disse que a comunidade cristã sempre terá a oportunidade de direcionar e apoiar esses projetos bíblicos, transformá-los em sucessos, para que a indústria do entretenimento seja  incentivada a fazer mais obras do gênero.

Para ele, os fiéis não podem simplesmente esperar que a cultura seja criada para, então, reagir a ela, disse.  Os cristãos devem buscar parcerias durante o processo de criação. Bock espera que AS1 seja um caminho para a comunidade cristã a unir, a fim de construir essas parcerias.

O movimento da AS1 espera usar sua “vibrante comunidade online.” Em apenas uma semana o AS1 atraiu mais de 6.000 fãs no Facebook, e através das mídias sociais quer estimular um contínuo debate e compartilhar de ideias.  Em última análise, Bock espera que o esforço faça os cristãos mostrarem que tem interesse em promover e valorizar as manifestações artísticas.

“Precisamos mostrar que somos um público exigente, mas rentável para Hollywood”, finalizou.

Traduzido e adaptado de Christian Telegraph

Fonte: Gospel Prime

Escreva Aqui seu Comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: