Archive for agosto 25th, 2012

25/08/2012

Mensagem de Fé


Não temas, porque eu sou contigo; não te assombres, porque eu sou teu Deus; eu te fortaleço, e te ajudo, e te sustento com a destra da minha justiça.Eis que, envergonhados e confundidos serão todos os que se indignaram contra ti; tornar-se-ão em nada, e os que contenderem contigo, perecerão.Buscá-los-ás, porém não os acharás; os que pelejarem contigo, tornar-se-ão em nada, e como coisa que não é nada, os que guerrearem contigo.Porque eu, o SENHOR teu Deus, te tomo pela tua mão direita; e te digo: Não temas, eu te ajudo.

Não temas, tu verme de Jacó, povozinho de Israel; eu te ajudo, diz o SENHOR, e o teu redentor é o Santo de Israel.
Isaías 41:10-14

25/08/2012

Mulheres cristãs têm mais problemas com desorganização do que luxúria ou inveja


Uma nova pesquisa do Grupo Barna revela que as mulheres cristãs nos Estados Unidos reivindicam lutar menos com pecados “tradicionais” que do que com maus comportamentos mais modernos.

Na terça-feira, o grupo de pesquisa revelou a terceira parte de seu estudo “Mulheres Cristãs Hoje “, que concluiu que as mulheres mais frequentemente indicaram desorganização (50 por cento) e ineficiência (42 por cento) como suas maiores lutas.

Mulheres cristãs eram muito menos propensas a citar pecados “tradicionais” como a inveja (13 por cento) e luxúria (8 por cento), como lutas em suas vidas. Outras questões que diziam enfrentar incluem raiva (36 por cento), o egoísmo (25 por cento), discutir excessivamente (19 por cento) e arrogância (16 por cento).

No que diz respeito às suas vidas espirituais, 73 por cento das mulheres disseram que são caracterizadas pela alegria. Uma percentagem semelhante (72 por cento) disseram que são caracterizadas por liberdade espiritual, e 67 por cento disseram que sentem muita realização espiritual. Em contraste, apenas três por cento afirmaram sentir-se com “muito” medo, dúvida ou confusão.

David Kinnaman, presidente do Barna Group, pergunta se uma auto-avaliação ou não de suas lutas é realmente precisa.

“Tão poucas mulheres realmente lutam com medo, dúvida e confusão? Elas realmente pensam que desorganização é o seu maior pecado? Ou as mulheres relutam em admitir suas falhas? Mesmo em uma pesquisa anônima?” Kinnaman disse, de acordo com o estudo.

Uma luta que poderia ter sido sub-relatada neste estudo é o da luxúria. Enquanto que menos de uma em cada dez mulheres disseram aos pesquisadores que lutam com a luxúria, estimados 25 por cento das mulheres cristãs são viciadas em pornografia e 70 por cento delas nunca vão confessar isso, de acordo com a fundadora do Dirty Girls Ministries, Crystal Renaud, no seu livro, Dirty Girls Come Clean.

Embora os inquéritos telefônicos usados para coletar os dados fossem anônimos, Kinnaman acredita que “há uma forte sensação de que a desejabilidade social afete os resultados.”

“Por exemplo, talvez as mulheres cristãs são relutantes em admitir suas lutas porque podem experimentam vergonha e culpa, dando uma resposta mais honesta”, acrescentou. “Talvez as mulheres precisam aprender a ter graça e compaixão por si mesmas e umas às outras.”

Outra possível explicação para as respostas dadas por mulheres, disse ele, é que os cristãos, em geral, sentem que são mais maduros espiritualmente do que provavelmente realmente são. Portanto, homens e mulheres cristãs ambos precisam aprender a avaliar melhor a sua própria espiritualidade.

O estudo, que foi realizado através do levantamento de 603 mulheres adultas cristãs nos EUA que foram a um culto da igreja regularmente nos últimos seis meses, e também examinou as coisas que mais provocaram decepção em suas vidas.

As mulheres disseram que as maiores decepções de suas vidas se relacionam com: a morte de um ente querido (29 por cento), a sua família ou crianças (20 por cento) ou um divórcio ou casamento ruim (nove por cento). Apenas nove por cento das mulheres disseram que não têm decepções.

Fonte: The Christian Post

25/08/2012

Condenado por liderar grupo de extermínio vira pastor e recebe liberdade


Open in new windowNa última quarta feira a Justiça de Taubaté concedeu a liberdade a Florisvaldo de Oliveira, 53, o cabo Bruno, condenado a 117 anos, quatro meses e três dias por ter comandado um grupo de extermínio na zona sul de São Paulo.

Oliveira foi preso em 1983, pelos crimes cometidos em 1980, e cumpria pena na penitenciária Dr. José Augusto Salgado, em Tremembé (SP). Na quarta feira a Justiça concedeu a ele o indulto pleno, o que significa que ele não precisará cumprir o restante da pena, que foi extinta.

De acordo com a Folha, o promotor Paulo José de Palma, explicou que o parecer foi dado com base em um decreto da Presidência da República de dezembro de 2011, que permite a libertação de presos que já tenham cumprido mais de 20 anos de prisão e que apresentem bom comportamento.

– Também pedi ao diretor [da penitenciária] uma declaração sobre a conduta prisional dele, e ele fez muitos elogios – destacou Palma.

Após ser preso em 1983, o ex-policial tentou fugir por três vezes, e foi recapturado pela última vez em 1991. Na penitenciária, ele tornou pastor, ajudou a construir uma capela e se casou com uma voluntária na evangelização dos presos.

O advogado Fábio Tondati Ferreira Jorge, que representa o ex-policial ressaltou a conversão do cabo Bruno como fator importante em sua recuperação.

– É lógico que ele tem algum receio [de que algo aconteça com ele devido aos crimes]. Mas ele é evangélico e acredita que essa situação é passado. Ele cometeu um erro e pagou pelo erro – afirmou o advogado que enfatiza que a decisão foi “completamente dentro da lei” e que um pedido anterior de indulto já havia sido feito em 2009, mas foi negado.

O advogado afirma ainda que o ex-policial é hoje um novo homem.

– É como ele diz: o cabo Bruno morreu faz anos. O que restou é o Florisvaldo – declarou.

Fonte: Gospel+

25/08/2012

Câmara de Jacareí veta lei que criava Corrida Atletas de Jesus


A Corrida Atletas de Jesus tinha por objetivo reunir, indistintamente da igreja a qual pertençam, atletas que reconhecem Jesus Cristo como filho de Deus.

Os vereadores da Câmara Municipal de Jacareí (SP) decidiram manter o veto total, aposto pelo Executivo aos autógrafos da Lei nº 5.681/2012, de autoria do presidente do Legislativo, vereador Itamar Alves (PDT), que institui no município a Corrida Atletas de Jesus.

Por 12 votos a um, os vereadores acataram a justificativa de veto da prefeitura, que alega razões impeditivas para a sanção da lei. De acordo com a administração municipal, a proposta é inconstitucional.

A Corrida Atletas de Jesus tinha por objetivo reunir, indistintamente da igreja a qual pertençam, atletas que reconhecem Jesus Cristo como filho de Deus, promovendo a integração entre as organizações cristãs, tendo como alvo, os esportistas de diversas classes sociais e grupos étnicos.

Fonte: Nossa Jacareí

25/08/2012

Marco Feliciano fala no Jornal Nacional contra proposta de descriminalização do uso de drogas


O deputado federal e pastor Marco Feliciano (PSC-SP), criticou no Jornal Nacional, da Rede Globo, a proposta apresentada na Câmara dos Deputados para uma mudança no tratamento legal dado aos usuários de drogas.

De acordo com a reportagem a proposta, que foi entregue nesta quarta-feira pela Comissão Brasileira sobre Drogas e Democracia (CBDD), visa classificar a posse de entorpecentes para uso pessoal como infração administrativa, alterando a legislação atual, que define que comprar, guardar e transportar droga, mesmo que para consumo pessoal é crime, passível de pena de 5 a 15 anos de prisão.

– Certamente é um caso de saúde pública. Quem pode dar as formas e os meios para esse tratamento é o pessoal da área da saúde, pessoal da área da educação, com a participação também muito importante das iniciativas do campo das religiões – afirmou presidente da CBDD, Paulo Gadelha.

Feliciano, que se posiciona contrário a opinião de Gadelha, afirmou ao jornal que tal proposta é inaceitável.

– É preciso políticas públicas que combatam a criminalidade das drogas e não emancipe os usuários para que possam cometer essas loucuras – afirmou Feliciano sobre a proposta.

Agora o anteprojeto ficará pelo menos 90 dias no site da Câmara dos Deputados, aberto a comentários, críticas e colaborações da sociedade. Depois desse prazo os deputados irão “vislumbrar qual encaminhamento dar a uma proposta dessa natureza”, conforme afirmou o presidente da Câmara, deputado Marco Maia (PT-SP).

A reportagem foi destacada no site do deputado, que ressaltou também os elogios feitos por Feliciano à presidente Dilma Rousseff na última quinta feira na tribuna do Plenário. Em seu discurso, Marco Feliciano parabenizou a presidente por sua atuação junto a empresários para fomentar o Programa de Investimentos em Logística do Governo Federal.

Fonte: Gospel+

25/08/2012

Filha do ministro Crivella sofre sequestro relâmpago após sair de culto


Déborah Crivella, filha do senador e atual ministro da Pesca e Agricultura, Marcelo Crivella, disse que o sequestrador chorou ao ouvir música do cantor Thalles Roberto.

Déborah Crivella, filha do senador e atual ministro da Pesca e Agricultura, Marcelo Crivella, sofreu um sequestro relâmpago após sair de um culto da Igreja Universal do Reino de Deus, nesta quarta-feira. Segundo ela, o sequestrador chorou ao ouvir música gospel.

De acordo com informações da Polícia Civil, o sequestro relâmpago começou por volta das 16 horas quando o criminoso obrigou Déborah Crivela a dirigir, da 408 Sul até a região de Chácaras da Ceilândia, cerca de 35 quilômetros de distância do local da abordagem. Segundo a delegada Mabel Faria “ela conseguiu fugir pulando do carro”.

A arquiteta de 30 anos ainda comentou em seu Twitter que o sequestrador chorou ao ouvir música evangélica, que ela pediu para deixar tocar enquanto ela dirigia o carro com o sequestrador do lado.

“Hoje durante o meu sequestro, pedi para o bandido para eu ligar suas músicas… ele foi ouvindo e chorando”, disse ela, em conversa com o cantor gospel Thalles Roberto.

“O cara apontou a arma para mim… e a única coisa que eu soube fazer na hora foi gritar: você tá amarrado em nome de Jesus! Na minha vida você não toca!” escreveu ela sobre os detalhes no microblog.

A filha do ministro foi socorrida por moradores da região e levada para a 1ª Delegacia de Polícia, onde prestou depoimento ainda na quarta-feira.

Segundo o marido dela, que não quis ter o nome divulgado, ela está bem apesar de ter saltado do carro.

“Agora já estou bem. Jesus me livrou de todo mal. O meu Deus é grande e poderoso”, confirmou Deborah pelo Twitter.

O carro, celular e outros pertences foram levados pelo criminoso, que continua foragido.

“Por enquanto estou sem o celular. Vão-se os anéis, mas ficam os dedos”, disse.

Segundo a Secretaria de Segurança, na semana passada aconteceram 16 sequestros-relâmpagos no DF.

Fonte: The Christian Post

%d blogueiros gostam disto: