Menina paquistanesa acusada de blasfêmia recebe liberdade


Menina paquistanesa acusada de blasfêmia recebe liberdade

Depois de três semanas presa em sela de segurança máxima, Ramsha Masih foi solta após o pagamento de uma fiança. Um juiz paquistanês assinou a soltura da garota de 11 anos que foi presa sob acusação de blasfêmia.

Rimsha, que é cristã, foi acusada pelos vizinhos de estar carregando páginas do Corão queimadas. Enfurecida, a vizinhança da periferia próxima a Islamabad chamou a polícia e a garota que tem problemas mentais foi levada para a cadeia.

Os cristãos daquela vila, incluindo os pais da garota, abandonaram suas casas com medo de represálias já que a maioria da população paquistanesa é muçulmana.

O caso passou a ser investigado e a polícia acabou prendendo o clérigo muçulmano Khalid Chishti, pois testemunhas disseram que ele na autoridade imã teria colocado as páginas queimadas no saco que a garota levava só para acusá-la e tirar os cristãos do bairro.

Agora Chishti está preso e responderá pelo crime de blasfêmia.

Fonte: Gospel Prime com informações BBC

Anúncios

Escreva Aqui seu Comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: