Archive for setembro 19th, 2012

19/09/2012

Descoberto papiro do século 4º que menciona “mulher de Jesus”


Apelidado de “Evangelho da Mulher de Jesus”, o fragmento descoberto não traz informações confiáveis sobre a figura histórica de Cristo.

À primeira vista, parece que o enredo do best-seller “O Código da Vinci” virou fato: um fragmento de papiro que provavelmente data do ano 350 da Era Cristã retrata Jesus usando a expressão “minha mulher”. É bom ir devagar com o andor, contudo.

Segundo a historiadora da Universidade Harvard (EUA) responsável pela análise do texto antigo, que ela apelidou de “Evangelho da Mulher de Jesus”, o fragmento não traz informações confiáveis sobre a figura histórica de Cristo, já que a narrativa quase certamente teria sido composta séculos depois da morte dele.

Open in new windowO que o texto mostra, no entanto, é o intenso debate sobre os prós e contras do sexo e do casamento nos primeiros séculos do cristianismo -uma controvérsia que ainda deixa marcas em temas como o celibato dos padres ou a ordenação de mulheres, por exemplo.

O “Evangelho da Mulher de Jesus” vem a público com uma aura de mistério, além da inevitável polêmica que o tema do fragmento traz.

Sua procedência exata é desconhecida. Sabe-se apenas que, em 2010, um colecionador de antiguidades (cuja identidade, por enquanto, está sendo preservada) mandou um e-mail para Karen King, especialista em cristianismo antigo da Escola de Teologia de Harvard.

O colecionador queria ajuda para traduzir o fragmento -uma única folha de papiro, medindo 8 cm de largura por 4 cm de comprimento. O texto foi escrito em copta, idioma descendente da língua dos faraós que era falado pela maioria dos egípcios na época do Império Romano (e ainda é usado na liturgia dos cristãos do Egito).

No ano passado, o dono do papiro concordou em deixá-lo com King. A pesquisadora pediu a ajuda de outros especialistas em papiros e na língua copta e acabou por decifrar o que restou do texto (veja quadro acima). A descoberta foi anunciada pelo jornal “New York Times”.

Os fragmentos dizem, entre outras coisas, “Maria [Madalena?] é digna disso” e, logo depois da menção a “minha esposa”, “ela será capaz de ser minha discípula” e “eu habito com ela”.

Dá para esperar um debate acadêmico feroz em torno do manuscrito. Entre os especialistas que revisaram o artigo da revista especializada “The Harvard Theological Review” no qual está a análise do manuscrito, dois chegaram a questionar a autenticidade do material.

Outros especialistas em papiros, no entanto, ressaltaram que o padrão de manchas e fibras marcadas por tinta, já esmaecidas, seria difícil de forjar. A datação do texto, por ora, é indireta, baseada no estilo da escrita.

Já se sabe há tempos que o Egito foi palco de uma imensa diversidade de ideias nos primeiros séculos do cristianismo. Prova disso é a “biblioteca” de textos cristãos de Nag Hammadi, descoberta em 1945, na qual predominam os chamados textos gnósticos -corrente de pensamento para a qual o mundo físico é obra de divindades malévolas, e não de Deus.

Vem de Nag Hammadi o Evangelho de Filipe, também em fragmentos, mas que mencionaria Jesus beijando Maria Madalena, que a cultura pop atual vê como mulher de Cristo.

Durante os primeiros séculos depois de Jesus, os cristãos estavam divididos a respeito de como lidar com o sexo e o casamento. Uns, como o apóstolo Paulo, defendiam que o celibato era a melhor opção, embora não condenassem o casamento. Outros diziam que os melhores candidatos a líderes da igreja eram os homens casados. E havia ainda os que condenavam todo tipo de contato sexual. No caso de Jesus, o mais provável é que ele tenha mesmo sido solteiro.

Fonte: Folha de São Paulo

19/09/2012

Expocristã, um dos maiores eventos internacionais de produtos e serviços para cristãos


Faltam poucos dias para o evento internacional de produtos e serviços cristãos, considerado um dos maiores do mundo.

Entre os dia 25 e 30 de setembro, a Expocristã 2012 acontecerá, em São Paulo no Pavilhão de Exposições do Anhembi.

O evento, que espera reunir em sua 11º edição cerca de 200 mil pessoas, traz as novidades do mundo cristão em diversos segmentos como música, livros, roupas, artesanato, presentes, além de equipamentos para igrejas e material litúrgico.

A Expocristã 2012 terá também cursos e atividades de entretenimento para o público em geral.

Para quem gosta de música, poderá assistir apresentações das bandas e cantores solos como: Banda Resgate, Brenda, Shirley Carvalhaes, Marcus Salles, Leonardo Gonçalves, Daniela Araújo, Thalles Roberto, Nani Azevedo, Soraya Moraes, Arautos do Reis e muitos outros artistas do segmento gospel.

O Ministério Diante do Trono também estará presente, lançando os CDs “Creio” e o álbum infantil “Davi”. O ministro e pastor André Valadão confirma presença juntamente a Mariana Valadão.

Os três primeiros dias de evento serão abertos apenas pra lojistas e líderes previamente inscritos e a partir do dia 28 a Expocristã fica aberta para o publico em geral.

Os ingressos variam de R$15,00 a R$ 30,00.

Fonte: The Christian Post

19/09/2012

Brincadeira no Twitter gera protesto de muçulmanos


Brincadeira no Twitter gera protesto de muçulmanos

Milhares de muçulmanos estão sendo “vítimas” de um novo meme que está entre os assuntos mais comentados do momento no Twitter. A revista Newsweek desta semana publicou como matéria principal um longo artigo assinado por Ayaan Hirsi Ali, uma ex-muçulmana nascida na Somália escritora que se descreve como uma “combatente no choque de civilizações”.

Ela faz uma análise de como os protestos contra um filme online que zomba do profeta Maomé acabou resultando em várias mortes em todo o mundo, incluindo a do embaixador dos EUA na Líbia. Lembra ainda a reação dos islâmicos contra romance assinado por Salman Rushdie, “Os Versos Satânicos”, publicado em 1989. Na época uma recompensa foi oferecida por sua morte.

“Em 23 anos as coisas não mudaram muito”, argumenta Ali. ”Os homens e mulheres muçulmanos (e sim, há muitas mulheres) que apoiam a ideia de que os blasfemos merecem sofrer punição não são um punhado espalhados por aí. Pelo contrário, eles representam a grande parte do Islã contemporâneo”, argumenta.

O título da capa da Newsweek é “Muslim Rage” [raiva muçulmana] e tem como subtítulo: “Como eu sobrevivi, Como podemos acabar com isso”. Ela fez então uma crítica aguda da violência islâmica e como ela experimentou isso ao decidir abandonar a religião muçulmana.

Mas na manhã desta terça-feira, no Twitter, o que era pra ser uma reflexão séria sobre o assunto acabou transformando os muçulmanos em alvo de milhares de piadas.

O site da revista sugeriu que os leitores debatessem o tema, usando uma hashtag (#muslimrage) como é comum no microblog. Em pouco tempo ela se popularizou, com milhares de pessoas escrevendo sobre o assunto ao mesmo tempo.

Alguns dos tuites eram sérios e tratavam de problemas de discriminação sofridos pelos muçulmanos.  Muitos diziam que o que lhe deixava com raiva eram piadas no trabalho, as restrições islâmicas sobre comer carne de porco e beber vinho, ou o longo jejum durante o Ramadã.

Mas a maioria deles passou a ironizar os costumes islâmicos. As frases diziam coisas como:

Passar horas no cabeleireiro e ninguém poder ver porque é obrigada a usar um véu #muslimrage.

Colocar o nome do filho de Jihad [Guerra Santa]  e não poder gritar seu nome em público #muslimrage.

Nunca poder comer bacon no café da manhã #muslimrage.

Poder casar com várias mulheres mas não ter dinheiro pra sustentar nenhuma #muslimrage.

Obviamente a resposta das lideranças muçulmanas foi bastante negativa. Vários clérigos pediram que as pessoas que honravam a sua fé abandonassem a rede social.

Com informações The Daily Beast

19/09/2012

Evangélicos de Salvador entram com ação para garantir título à Silas Malafaia


Evangélicos de Salvador entram com ação para garantir título à Silas Malafaia Enquanto a comunidade gay se prepara para protestar contra o título de cidadão Soteropolitano que será concedido ao pastor Silas Malafaia pela Câmara Municipal de Salvador, lideranças religiosas de diversas denominações se levantaram para pedir que o título seja entregue a despeito das reclamações.

Na segunda-feira (17) uma ação foi protocolada na Câmara exigindo a manutenção da entrega do título ao pastor da Assembleia de Deus Vitória em Cristo. A expectativa era que o pastor recebesse o título no dia 27 de setembro, mas os protestos organizados pelo Grupo Gay da Bahia podem interferir nessa entrega.

“Sr. Silas Malafaia possui um acervo de obras literárias publicadas e amplamente adquiridas pela comunidade evangélica de Salvador e que seu pensamento e ideias se constituíram como patrimônio cultural imaterial para esta cidade por enriquecer a cultura evangélica em suas múltiplas dimensões sociais, culturais e simbólicas”, disse Gustavo Mercês que é um dos líderes da comunidade evangélica.

No texto entregue para os deputados há uma nota de repúdio em relação às afirmações contrárias ao líder religioso, citando que em outras cidades Malafaia já foi homenageado por prestar serviços relevantes para a sociedade.

A ação também condena os dizeres do GGB que afirmam que o pastor “empreende ações contra os direitos humanos das pessoas LGBT, inclusive incitaria ódio à comunidade”. Na defesa assinada por evangélicos da capital baiana há declarações de que os fiéis das igrejas evangélicas desconhecem tais práticas citadas pelo movimento gay.

“O intuito desta carta não é defender o Sr. Silas Malafaia, haja vista que tal tarefa caberá aos seus advogados. Nosso interesse é defender a manutenção da indicação para concessão do título de cidadão da Cidade do Salvador”, diz trecho do texto.

Com informações Metro1.com.br

19/09/2012

Mãe de Justin Bieber revela que fé a impediu de abortar o filho cantor


Mãe de Justin Bieber revela que fé a impediu de abortar o filho cantor

Pattie Mallette, 37,  ficou mundialmente conhecida por ser mãe do astro pop Justin Bieber.  Ela teve um passado muito triste. Entre os 5 e os 10 anos de idade, Pattie sofreu abuso sexual de seu padrasto. Ela nunca contou isso a ninguém. Anos mais tarde, começou a usar as drogas, o álcool e o sexo uma forma de esquecer sua dor.

Ela acabou saindo de casa quando tinha 15 anos. “Eu vivia uma vida de pecado, drogas, álcool e roubos”, lembra. Pattie só voltou a ter uma vida normal depois de tentar cometer um suicídio e ter se convertido.

Tinha apenas 17 anos quando engravidou de seu primeiro e único filho, Justin. Ela passou por uma depressão profunda, mas decidiu assumir os riscos de ser uma mãe solteira. “Como mãe solteira, às vezes eu dizia: ‘Não tenho ideia de como vou alimentar Justin’”, explicou.

Naquele período sombrio de sua vida, ela se agarrou a sua fé e decidiu ter o bebê. “Eu sabia que não podia fazer isso”, disse ela em entrevista ao programa Today with Kathie Lee. “Eu só sei que precisava tê-lo”, contou durante a viagem pelos EUA para promover o seu livro de memórias Nowhere But Up: The Story of Justin Bieber’s Mom.

A mensagem que deseja passar com o livro é simples: “Não importa onde você se encontra hoje. Quebrado, machucado, ferido, ou envergonhado. Se Deus pôde me ajudar a encontrar o caminho, eu sei que Ele pode fazer o mesmo por você”, explica.

Quando Justin tinha apenas 14 anos, seus vídeos no YouTube foram descobertos e ele quase imediatamente ficou famoso. Ela e o filho mudaram-se de Ontário, no Canadá, para Atlanta, nos Estados Unidos.

Hoje com 18 anos, Bieber é considerado pela revista Forbes como a terceira celebridade “mais poderosa do mundo”. Ele já vendeu mais de 12 milhões de álbuns desde 2009 e tem mais de 27 milhões de seguidores no Twitter.

Mas a fama do filho não mudou a postura de fé de Pattie Mallette. Ela fez uma declaração surpreendente no programa de entrevistas de Ellen Degeneres na TV americana, nesta terça-feira, 18.

Ela confessou estar há 15 anos sem fazer sexo por conta de um voto que fez quando tinha 21 anos, só voltaria a ter relações sexuais quando se casasse. “Honestamente, estou cumprindo esta promessa de forma séria”, disse Pattie. “Lembro-me bem quando a fiz. Escrevi num pedaço de papel e tenho uma testemunha. Isso é muito importante para mim. Não vou furar agora”.

Focada na carreira do filho, ela diz não se arrepender de suas decisões, tomadas com base em sua fé. Ao falar sobre seu filho, Pattie disse: “Ele tem um coração enorme. Eu não mereço nem um pouco disso, depois de tudo o que eu fiz. É apenas a bondade de Deus.”

Com informações Christian Post e EGO

19/09/2012

Cid Moreira fala sobre carreira e fé em evento da Igreja Adventista


Cid Moreira fala sobre carreira e fé em evento da Igreja AdventistaO ex-apresentador do Jornal Nacional, Cid Moreira, esteve na quarta-feira passada (12) participando de um evento na Igreja Adventista do Sétimo Dia, no Recife, onde leu alguns trechos da Bíblia para as mais de 2 mil pessoas que estavam presentes.

O programa recebeu o nome de “Cid Moreira e A Grande Esperança”, fazendo referência ao livro que é lido por Cid Moreira no final da apresentação. O livro “A Grande Esperança” é um best-seller que vendeu mais de 160 milhões de cópias em todo o mundo desde o mês de janeiro.

Durante sua participação no evento, o locutor falou sobre sua carreira e sua fé e ainda falou sobre este programa dirigido pelo jornalista Siloé Almeida. “Um grande parceiro. Foi através dele que cheguei ao empresário adventista Milton Afonso, que possibilitou a gravação da Bíblia na íntegra”, disse.

A participação de Cid Moreira no templo adventista atraiu amigos do apresentador, entre eles a diretora de jornalismo da Rede Globo Nordeste, Jô Mazzarolo, que comentou sobre o envolvimento de seu amigo na pregação do evangelho: “Quando ele gravou o primeiro trecho da Bíblia em áudio, que inclui o Sermão da Montanha e o Pai Nosso, ele pegou a primeira fita, fita cassete, autografou e me deu, o que guardo até hoje. Desde então, ele passou, além de ser um companheiro de trabalho, um irmão em Cristo”.

Por falar em Rede Globo o programa Bom Dia, esteve presente e entrevistou Cid Moreira que explicou mais sobre o programa “Cid Moreira e A Grande Esperança”, jornais como a Folha de Pernambuco também falaram sobre o evento e da quantidade de pessoas que se emocionaram com a leitura da Bíblia. Veja o Video

%d blogueiros gostam disto: