Archive for outubro 18th, 2012

18/10/2012

Folha Universal terá de pagar R$ 150 mil à Xuxa e publicar desmentido


Folha Universal terá de pagar R$ 150 mil à Xuxa e publicar desmentidoFolha Universal terá de pagar R$ 150 mil à Xuxa e publicar desmentido

A apresentadora e cantora Xuxa venceu o processo contra o jornal Folha Universal. A 6ª Vara Cível da Barra, no Rio de Janeiro, condenou a Igreja Universal do Reino de Deus, responsável pelo jornal a indenizá-la após publicar que Xuxa teria um “pacto com o demônio”.

Segundo a coluna de Anselmo Góis, na página 11 da edição de hoje do Diário de S.Paulo, a Igreja liderada pelo Bispo Edir Macedo terá de pagar R$ 150 mil reais. O processo corria na justiça desde agosto de 2008, quando a Folha Universal, publicou uma matéria onde citava as acusações do pastor Josué Yrion, o qual afirmava que a apresentadora vendeu sua alma para o diabo por U$ 100 milhões em troca de sucesso.

A capa da edição mostrava uma foto de Xuxa e a pergunta “Pacto com o Mal?”. Na matéria, havia a foto de um homem de costas representando o demônio, e o título “Contrato com o Diabo”. Yrion é citado no material, dizendo que ela doa sangue duas vezes por ano a Igreja de Satanás, em São Francisco, nos Estados Unidos.

No início do processo, a apresentadora da Rede Globo pedia R$ 3 milhões, por danos morais e retratação. Na época, Xuxa disse que “tem fé e amor a Deus e toda sua vida foi voltada para fazer o bem a exemplo do trabalho que desenvolve na fundação que leva o seu nome”. O jornal da IURD também precisará publicar um desmentido e afirmar que Xuxa tem “Profunda fé em Deus e respeita todas as religiões”.

No ano passado, a Folha Universal foi condenada a pagar os 150 mil, mas recorreu do processo. Desta vez não cabe mais recurso.

Fonte: Gospel Prime

18/10/2012

Rivaldo marca data de inauguração de sua igreja em Angola


Está marcado para hoje dia 18 de outubro a inauguração da Comunidade Evangélica Shammah, igreja liderada pelo jogador Rivaldo. O templo está sendo construído em Angola, na África, e o brasileiro está bastante orgulhoso por completar esta missão.

Aos 40 anos de idade o pentacampeão com a seleção brasileira está na África defendendo o time angolano Kabuscorp. O atleta já havia informado sobre o desejo de construir um templo naquele país e agora comenta sobre o término das obras.

“A nossa Igreja aqui em Angola esta quase pronta. A inauguração será no dia 18. Quero compartilhar algo com vocês. Deus já tinha preparado este meu templo. O bispo Victor é quem vai comandar a igreja”, disse ele para o site local “Platina Line”.

O terreno onde a igreja foi construída foi comprado pelo jogador meses antes dele assinar contrato com o time local. Desde o início ele sabia que não estava indo apenas para ser jogador, mas também para cooperar com a igreja.

Na ocasião de sua mudança ele chegou a afirmar que sua ida à Angola iria além do futebol. “Estou muito feliz, hoje fui visitar o nosso terreno, igreja Shammah ‘Deus esta aqui’”, escreveu ele em seuTwitter assim que chegou ao país africano.

18/10/2012

Valdemiro Santiago é personagem de reality sobre milagres


Valdemiro Santiago é personagem de reality sobre milagresA emissora The History Channel acompanhou o apóstolo Valdemiro Santiago por três meses para abordar o tema de curas espirituais no novo programa, “Desvendando Milagres”, um reality que vai mostrar também outras grandes concentrações de fé na América Latina.

O fundador da Igreja Mundial do Poder de Deus foi escolhido por conseguir mobilizar uma multidão de fiéis todos os dias. “Ele mobiliza milhares de pessoas de um dia para o outro. É incrível”, disse o produtor do programa Ignacio Oruezabala.

O programa vai mostrar em diversos pontos de vista o que acontece por trás da fé e dos milagres. “Não vamos criar revolta, mas talvez uma certa polêmica. O público vai perceber que abordamos os assuntos com total seriedade. Nosso papel é apresentar pontos de vista sobre milagres, para que cada espectador tire sua própria conclusão”, explica o produtor argentino.

Além de Santiago, o programa que terá oito episódios, também acompanhou o professor Hirota que é guru espiritual e curandeiro que mora em Atibaia (SP), o médium João de Deus de Abadiânia (GO) e ainda filmou a concentração de fiéis da basílica de Nossa Senhora Aparecida (SP) e a Igreja do Cristo Monserrante, que fica na Colômbia.

“Podemos utilizar a fé como ferramenta de cura. A fé representa esperança. O sistema imunológico de um doente responde melhor quando ele crê numa força maior”, disse a psicoterapeuta Francesca Carregnato, que participa do programa.

A produção do programa também esteve no México, um país onde mais de 90% da população se declara católica. Ali eles buscaram por casos emblemáticos que envolvem a religião, o mais chamativo é sobre um homem que afirmar curar as pessoas com as chagas que possui em suas mãos. As informações são do jornal O Dia.

18/10/2012

Uso da palavra “vagina” faz livraria evangélica recusar livro


Uso da palavra “vagina” faz livraria evangélica recusar livroUma autora evangélica acredita que seu livro de memórias está sendo boicotado por uma grande cadeia de livrarias cristãs dos EUA, porque inclui a palavra “vagina”.

O segundo livro de Evans, A Year of Biblical Womanhood [Vivendo um ano pelos princípios da Bíblia para as mulheres], relata como ela viveu durante um ano inteiro seguindo as instruções da Bíblia do modo mais literal possível. Isso incluía chamar o seu marido de “senhor” e acampar no jardim durante os períodos de menstruação.

Ao longo do livro, ela usa a palavra “vagina” duas vezes: ao descrever o estupro de uma adolescente do Congo, e quando lembra a decisão de assinar um compromisso de abstinência quando tinha 15 anos.

“Eu usei a parte de trás da minha cadeira de metal para escrever meu nome naquela linha pontilhada antes de marchar até a frente da sala e prender em um quadro de cortiça gigante onde todos podiam ver a minha promessa a Deus e à minha vagina”.

Ela disse que só percebeu que poderia ser um problema usar essa palavra no início do ano, quando foi informada pela sua editora, Thomas Nelson, que ela não devia usá-la no segundo relato, pois as livrarias cristãs “aparentemente têm alguma coisa contra a vagina”.

“Eu dei um piti ao ouvir isso e disse que, se as livrarias cristãs ficarem presas aos seus próprios padrões ridículos, não poderiam sequer vender a Bíblia”, escreveu ela em seu blog.

“Eu digo a todos que eu vou lutar por meus princípios, mas vou ceder dentro de alguns dias, porque eu quero que as livrarias cristãs vendam uma versão censurada do meu livro… porque eu quero ganhar um monte de dinheiro… porque precisamos, a quatro anos, de um telhado novo em nossa casa e porque eu realmente quero ter um Mac, assim serei aceita pelas megaigrejas. Eu me sinto uma fraude… O mais frustrante disso, é claro, é que posso usar a palavra ‘vagina’ quando envolve estupro, mas eu não posso falar sobre ‘vagina’ quando o contexto envolve certo grau de propriedade e poder sobre meu próprio corpo”.

Alguns partidários reuniram-se para defender a sua causa, fizeram inclusive uma petição ao site Amazon. Camisetas com os dizeres “Equipe da Vagina” foram feitas. Até que Evans decidiu pedir que seu editor colocasse o termo “vagina” de novo em seu livro de memórias. “Achei que era mais importante ouvir as vozes de um público apaixonado do que as objeções da indústria cristã”, disse ela no blog.

O lançamento do livro será dia 30 de outubro, mas Evans já sabe que a empresa LifeWay, que tem 160 livrarias cristãs espalhadas pelos EUA não venderá o livro.

“Recebi recentemente um aviso que a LifeWay decidiu não vender meu livro em suas lojas, presumivelmente, por causa da controvérsia sobre o uso do termo “vagina”, escreveu Evans em sua página.

“Estou decepcionada, é claro, não apenas porque eu vou deixar de vender. A LifeWay certamente tem todo o direito de escolher os títulos que deseja vender, mas eu acho que essa ideia que os cristãos devem tomar cuidado ao pensar sobre a realidade, que devemos usar eufemismos e só contar histórias confortáveis e higienizadas, é uma percepção destrutiva que afeta profundamente a cultura evangélica como um todo”.

Em entrevista ao site da revista eletrônica Slate, nesta terça-feira, Evans mostrou-se contrariada pela decisão da LifeWay: “Eu não sei se eles ficaram mais ofendidos pela minha vagina ou pelo meu cérebro”.

Um porta-voz da LifeWay disse a Slate: “Nós selecionamos recursos que suprem as expectativas de nossos clientes usando como base várias questões, incluindo o alinhamento do conteúdo com as crenças evangélicas, os valores e a visão da LifeWay. Também consideramos as vendas passadas de um autor”, enfatizando que o primeiro livro de Evans, Evolving in Monkey Town [Evoluindo na Cidade dos Macacos], não vendeu bem.

Fonte: Gospel Prime

18/10/2012

Edir Macedo lança biografia em presídio de São Paulo


Edir Macedo lança biografia em presídio de São Paulobispo Edir Macedo esteve na manhã desta terça-feira (16) no Centro de Detenção Provisória de Pinheiros (CDP III), em São Paulo, para acompanhar a distribuição de 3 mil exemplares da sua biografia “Nada a Perder” aos detentos.

O livro escrito em coautoria com Douglas Tavolaro, vice-presidente de jornalismo da Rede Record, tem sido vendido em todo Brasil mostrando relatos da vida de Macedo, um dos líderes religiosos de maior importância no país.

Ao detentos que acompanharam sua visita o bispo deixou uma palavra de motivação. “Alguns que estavam condenados por muitos crimes, hoje, estão pregando o Evangelho. Deus muda a situação de quem crê.”

Em seu blog, o líder da Igreja Universal do Reino de Deus divulgou o relato de um detento que ficou emocionado ao vê-lo de perto, pois não estava acreditando que ele de fato iria até o presídio.

Mas não foram só os encarcerados que se emocionaram, Macedo também comentou sua visita para o site Arca Universal dizendo que foi um prazer estar no meio daquelas pessoas.

“Eu não posso dizer que é um prazer entrar num lugar onde há sofrimento e dor. Paradoxalmente, é um prazer porque a gente chega às pessoas mais aflitas e é como Jesus disse: ‘Os sãos não precisam de médicos, mas os doentes.’ Então, o trabalho da Igreja Universal do Reino de Deus foca justamente nos doentes, nos necessitados, nos aflitos, independentemente da condição econômica deles. Nós estamos prontos para ajudá-los. Essa é a fé viva que nós temos tido.”

“Nada a Perder” é o primeiro livro de uma trilogia que será lançada pelo fundador da IURD. Em poucos meses de lançamento a obra já aparece na lista dos mais vendidos no país, liderando a lista da categoria de não ficção já há seis semanas.

Fonte: Gospel Prime

18/10/2012

Cerca de um quarto dos evangélicos não casaram nem no civil nem no religioso


Cerca de um quarto dos evangélicos não casaram nem no civil nem no religiosoAs mudanças no perfil da família brasileira percebida nas últimas décadas se confirmam com a divulgação dos estudos de dados do Censo 2010 do IBGE. Percebe-se que na última década houve grande aumento na proporção de casais que vivem em união consensual. Por outro lado, o percentual dos casados formalmente apresentou uma significativa queda. Embora as igrejas reprovem esse tipo de união conjugal, os casamentos informais são crescentes inclusive entre os religiosos.

Segundo o IBGE, a proporção de pessoas que vivem em união consensual no Brasil é de 36,4%, enquanto em 2000 era de 28,6%. A percentagem de casados no civil e no religioso caiu de 49,4% para 42,9% na última década.

Não houve mudança significativa entre o número de pessoas que fizeram apenas o casamento civil, passando de 17,5% em 2000 para 17,2% em 2010. Enquanto isso, os casados apenas no religioso diminuíram de 4,4% em 2000 para 3,4% no último Censo.

Entre os católicos que moram juntos, 37,5% declararam viver em união consensual. Em comparação, 44,7% fizeram cerimônias civil e religiosa.

Nota-se um aumento significativo em relação a 2000, quando 28,7% dos católicos tinham uniões informais e 51,8% eram casados tanto no civil quanto no religioso. Já entre os evangélicos casados, 26,5% vivem em união consensual.

Das pessoas que declararam ser “sem religião”, 60% vivem em união consensual e apenas 18,4% são casados no civil e no religioso. Nota-se, ainda, que a união consensual é mais frequente entre os mais jovens e de renda mais baixa.

A proporção de divorciados no Brasil quase dobrou em dez anos. Em 2000, 1,7% da população brasileira era divorciada, número que chegou a 3,1% em 2010. Na contramão, os casados caíram de 37% para 34,8%.

Segundo os técnicos do IBGE, os dados indicam uma mudança no perfil da família brasileira. O padrão “casal com filhos” ainda é o mais comum, mas ocorre em menos da metade das famílias em 2010: 49,4%. Em 2000, casais com filhos totalizavam 56,4% das famílias. Nota-se um crescimento dos casais sem filhos, de 13% para 17,7%. O terceiro arranjo familiar mais frequente é de mulheres sozinhas com filhos, que cresceram de 11,6% para 12,2% nos últimos anos.

O Censo 2010 encontrou 60 mil casais homossexuais que vivem juntos. Desse total, 53,8% eram de mulheres. Entre as pessoas que declararam ter cônjuges do mesmo sexo, 47,4% são católicos e 20,4% “sem religião”. A grande maioria desses casais (52,6%) vive no Sudeste. Para o IBGE, as cidades com mais casais gays são São Paulo (7.532), Rio de Janeiro (5.612), Salvador (1.595) e Fortaleza (1.559). As informações são do Yahoo.

%d blogueiros gostam disto: