Guerra civil na Síria: cristãos são alvo de violência


Syrian girl.jpg“De um tempo para cá, certos elementos passaram a atingir os cristãos na Síria. Eu vejo isso como um ponto de mudança no conflito sírio. Porque, até agora, crentes sofreram acidentalmente com a violência, eles não eram o alvo propriamente dito. Mas, de repente, parece que os cristãos tornaram-se um objetivo específico dos ataques”, disse o colaborador da Portas Abertas, em contato com muitos cristãos sírios.

Ele listou alguns dos incidentes ocorridos nas últimas semanas: “A explosão de uma bomba no bairro Jaramana, em Damasco, causou muitas vítimas, a maioria cristãos. Outra bomba foi encontrada antes de explodir, no bairro cristão de Bab Touma, na capital da Síria, ao lado de duas igrejas. Soubemos também de casos de sequestros e assassinatos de crentes”, completou.

Fontes da Portas Abertas na Síria, disseram que, agora, a situação instalou-se por todo o país. Este seria um quadro novo e preocupante no conflito que já acontece há 20 meses. Desde que a crise começou, em março de 2011, mais de 30 mil sírios foram mortos e muitos foram feridos, entre eles vários cristãos. “Nas últimas semanas vimos um aumento repentino de ataques direcionados, especialmente, à minoria cristã no país”, informou o porta-voz da Portas Abertas. Sua afirmação é baseada nos relatos de várias Igrejas.

O ataque à bomba ao bairro de Jaramana, em 29 de outubro, foi diferente dos demais. Até então, o alvo de explosões foram, sobretudo, prédios do governo ou outros locais estratégicos. Em Jaramana, porém, não havia nenhum prédio do governo nas proximidades. “A área onde ocorreu o ataque não tem edifícios com vínculos políticos”, de acordo com uma fonte da Portas Abertas. “Exceto por uma pessoa, todos os mortos e feridos são cristãos: 11 morreram e 69 ficaram feridos, sendo que 20 deles em estado crítico”, relatou.

O porta-voz da Portas Abertas está preocupado, assim como muitos irmãos na Síria também estão. Segundo ele, é impossível afirmar quem são os responsáveis pelos sequestros e atentados. “Mas parece que, entre os combatentes da oposição, há extremistas religiosos que podem, muito bem, tirar proveito da atual situação caótica do país para atacar os cristãos.”

“Tudo isso que está acontecendo é muito triste”, disse ele. “Por outro lado, já era esperado que a situação para os cristãos se tornasse cada vez pior.” O colaborador da Portas Abertas conversou com crentes locais: “Todo o tipo de elementos radicais vindo de países estrangeiros tem espaço na guerra síria. Semana passada, eu vi um vídeo perturbador no YouTube, e que poderia ter sido motivado pela pregação de imãs, carregada de ódio e que, constantemente, incentiva ataques contra cristãos e outros não-muçulmanos.”

O estado de guerra civil no país já levou um fluxo de refugiados para áreas mais seguras na Síria, mas também para os países vizinhos. “Nós não temos o número exato de refugiados cristãos, mas ouvimos que mais irmãos têm saído ou estão dispostos a sair agora”, disse o porta-voz.

O trabalho da Portas Abertas no país também foi afetado pela violência dos ataques: “A distribuição de Bíblias e livros cristãos está se tornando muito difícil e a organização de treinamentos no país é praticamente impossível. Nós apoiamos várias Igrejas no trabalho de assistência aos refugiados na Síria, mas até essa tarefa está se tornando cada vez mais complicada”, narrou nosso colaborador no país.

Pedidos de oração

    • Peça a Deus por força para os líderes e pastores. Eles estão ficando muito cansados. Esforçam-se para dar o seu melhor e encontrar energia para lidar com a situação e as histórias que ouvem diariamente.

    • Ore por segurança e ousadia para os cristãos que vivem na Síria.

    • Clame por paz na região.

Fonte: Portas Abertas

Anúncios

Escreva Aqui seu Comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: