Pastor candidato a Presidência no Equador é acusado de ter espancado seu filho 13 anos – Veja


O candidato indicado para sucessão presidencial no Equador, o pastor evangélico Nelson Zavala Avellan segundo agências tem sobre ele a acusação de agressão a seu filho em 2004, o menino então com 13 anos de idade e mais 16 sentenças cíveis e criminais entre diferentes tribunais. Confira e comente…

O Conselho Eleitoral do Equador aprovou o pedido de candidatura do pastor evangélico Nelson Zavala, inscrito no lugar do ex-presidente Abdalá Bucaram, somando ao todo oito candidatos que disputarão a Presidência nas eleições de fevereiro de 2013.

Zavala é membro da Associação de Pastores Evangélicos do Equador e, de acordo com a imprensa local, ele responde a diversas acusações, entre as quais por maus tratos a seu filho de 13 anos, o qual já deixou incapaz por três dias.

Ao saber da decisão do conselho, o ex-presidente Bucaram, cuja inscrição foi recusada, publicou uma mensagem em sua conta no Twitter atacando o presidente Rafael Correa e o evangélico.

“Deus começou a atuar. Satanás [Rafael] Correa não teve a consciência de desqualificar Zavala, mas desqualificou Abdalá”, disse.

E em matéria do site http://www.srradio.com no encerramento da cerimonia da indicação do pastor evangélico Nelson Zavala Avellan a concorrer a presidência do Equador, foi feito uma oração pela “unidade e respeito para a família.”  e em seguida dada a oportunidade de perguntas aos repórteres que cobriam o ato.

E uma das perguntas que foi feita ao então pastor candidato se referiu a agressão cometida por ele no seu filho de 13 anos, que o deixou o garoto 3 dias incapacitado. O pastor que é membro da Associação de Pastores Evangélicos do Equador, e se intitula, quando tem oportunidade, defensor dos direitos humanos, a liberdade civil, religiosa e das crianças, disse que no tempo certo o seu próprio filho responderá esta pergunta.

Na época da suposta agressão cometida no seu filho o menino Nelson Andres Zavala de 13 anos de idade, a sua mãe Cisneros Marlene Castro pediu proteção a vara da mulher e da família, devido ao ataque brutal e violento cometido pelo pastor.

E ainda segundo a matéria, o pastor candidato afirma ser um exemplo de honestidade, ética, humanidade e conduta exemplar, não só foi acusado de agressão, mas tem 16 sentenças cíveis e criminais entre diferentes tribunais desde 91 em diante.

Você pode ver as sentenças no site http://www.srradio.com, como também conferir a matéria do dia 21/11/12 na integra.-Clique aqui

Fonte: InforGospel

Anúncios

Escreva Aqui seu Comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: