Archive for setembro 13th, 2013

13/09/2013

Líder religioso não deveria virar político, diz pesquisa


Líder religioso não deveria virar político, diz pesquisaQuase 60% dos brasileiros são contra a candidatura de líderes religiosos a cargos políticos, segundo uma pesquisa realizada pela Confederação Nacional do Transporte (CNT) que divulgou o resultado do estudo nesta terça-feira (9).

Para esta amostragem a empresa ouviu duas mil pessoas em 135 cidades brasileiras entre os dias 31 de agosto e 4 de setembro. Destas, 57,8% disseram que não concordam com a participação de religiosos na política, contra 38,7% que são a favor.

Em outro ponto da pesquisa foi questionado se o entrevistado votaria em um candidato indicado pela igreja e apenas 28,5% disseram que sim, contra 66,2% não votariam no candidato indicado.

O resultado apresentado pela CNT não é muito diferente da pesquisa feita pelo Datafolha durante o período eleitoral em 2012, a pergunta foi direcionada para as igrejas católica e Universal e 70%, dos 1.799 entrevistados, disseram que não votariam nos indicados dessas denominações.

Ainda durante o período eleitoral do ano passado, o Datafolha ouviu participantes da Marcha para Jesus de São Paulo e nesta pesquisa 65% dos eleitores apontaram que seriam influenciados pelos líderes religiosos, 31% votariam ‘com certeza’ em quem a igreja indicasse e 34% ‘talvez’ votariam.

Sobre a participação de pastores em cargos políticos, só na cidade de São Paulo temos cinco pastores eleitos como vereadores, sendo três da Igreja Universal do Reino de Deus, um da Igreja Mundial do Poder de Deus e uma pastora da Comunidade da Graça. Há também outros três vereadores evangélicos ligados à Assembleia de Deus e à Igreja Internacional da Graça de Deus que não assumem a posição pastoral.

A Bancada evangélica no Congresso é formada por 78 deputados, sendo que muitos deles também atuam como pastores evangélicos. Entre eles podemos citar Marco Feliciano, pastor Eurico, Silas Câmara, Roberto de Lucena, Paulo Freire e outros.

Fonte: Gospel Prime

13/09/2013

Cristãos estão sendo decapitados na Síria


Cristãos estão sendo decapitados na SíriaApós a tomada da cidade de Maaloula, um novo capítulo tem sido escrito na situação de guerra que vive a Síria. De maneira intrigante, a grande mídia silencia sobre o massacre bárbaro e diário dos cristãos. Enquanto muçulmanos alauitas e sunitas brigam pelo poder, quem mais sofre são os cristãos.

Como em toda guerra, surgem muitas informações desencontradas, mas entre os relatos existe uma consistência. As tropas rebeldes, que lutam contra o governo de Bashar al-Assad, são treinadas pela Al Qaeda e financiadas indiretamente pelo governo dos EUA. Possivelmente por isso a “grande mídia” deixe a questão dos cristãos convenientemente de lado.

O fato é que milhares de pessoas têm morrido ao longo desses dois anos e meio de conflitos étnicos e religiosos. De maneira quase unânime, quando se fala ou mostra a morte de soldados leais ao presidente, elas ocorrem por fuzilamento. Quando são cristãos, a forma padrão parece ser decapitar e expor a cabeça em público.

A conquista de Maaloula pelos rebeldes foi marcante pois ali vivia uma das mais antigas comunidades cristãs do mundo, onde ainda se fala o aramaico,  língua usada por Jesus . Situada a 50 quilômetros da capital Damasco, a pequena cidade de 3 mil pessoas ficou quase deserta. Estima-se que 80% da população, a maioria de cristãos ortodoxos e católicos, refugiou-se em cidades vizinhas. Mas não sem ver antes a maioria de suas igrejas e casas serem saqueadas, queimadas e ouvirem a ameaça que todo aquele que não se converter ao Islã teria a cabeça cortada.

O avanço dos rebeldes na área foi liderado por Jabhat al-Nusra, ligado a grupos jihadistas islâmicos. A liderança da Frente de Libertação Qalamon se mudou para a aldeia, agora cerca de 1.500 soldados de grupos liderados pela Al-Qaeda estão na pequena Maaloula.

A tomada da aldeia enviou duas fortes mensagens ao mundo: os rebeldes estão mais próximos que nunca de tomarem a capital e os rebeldes extremistas muçulmanos tentarão eliminar os cristãos da Síria.

Muitos dos habitantes que ficaram estão experimentando o horror diariamente. Segundo o site Sky News, da Inglaterra, esta semana três cristãos foram mortos em praça pública e seu enterro se transformou em uma verdadeira passeata de protesto. A grande concentração foi na parte antiga da cidade, que segundo a tradição foi onde o apóstolo Paulo parava em suas viagens até Damasco. O cortejo foi até a igreja ortodoxa Zaytoun, onde fizeram o culto fúnebre. Enquanto os sinos badalavam, partiram para o cemitério.

Mulheres vestidas de negro jogavam grãos de arroz no ar, uma forma tradicional de demonstrar luto.  Um pequeno grupo tocava tambores e, em meio ao choro se ouviam gritos. Uma mulher perguntava: “É isso que vocês chamam de democracia… isso é o que o governo quer?”, enquanto um homem fazia gestos obscenos e gritava palavrões contra o presidente Obama e o premiê inglês David Cameron.

Hoje, outras imagens chocantes correram o mundo. São da cidade de Keferghan, onde quatro jovens cristãos foram decapitados publicamente. Um fotógrafo que não quer se identificar, fez imagens que foram publicados pelo site da revista Time. Embora a revista não confirme, outras fontes alegam que o que motivou a morte deles foi sua fé.

Ele fez uma narrativa breve, mas chocante, do que presenciou:

“Eu vi uma cena de crueldade absoluta: um ser humano sendo tratado de uma maneira que nenhum ser humano jamais deveria ser tratado… Eu não sei quantos anos a vítima tinha, mas era jovem. Eles o forçaram a ficar de joelhos. Os rebeldes ao seu redor liam os seus ‘crimes’ listados  em um pedaço de papel. Eles o cercaram. O jovem estava com as mãos atadas. Ele parecia congelado. Dois rebeldes sussurraram algo em seu ouvido e o jovem respondeu de uma forma inocente e triste, mas eu não conseguia entender o que ele disse… No momento da execução, os rebeldes agarraram sua garganta. O jovem reagiu, mas três ou quatro rebeldes conseguiram imobilizá-lo. Ele tentou proteger a garganta com as mãos, que ainda estavam amarradas. Tentou resistir, mas os rebeldes eram mais fortes e cortaram sua garganta. Depois, levantaram a cabeça. As pessoas aplaudiram. Todo mundo estava feliz porque a execução aconteceu”.

Muitos estudiosos das profecias cristãos e muçulmanos acreditam que a s segunda vinda de Jesus está ligada à cidade de Damasco, capital da Síria. A crescente ameaça de guerra dos sírios contra outros países gerou uma série de análises nesse sentido.

Em comum entre as previsões está o iminente retorno de Cristo. Da parte dos cristãos, alguns apontam para Isaías 17:1. Para alguns, pode ser um prenúncio do Armagedom, a batalha final.

Entre os sírios prevalece a tristeza pelos milhares de mortos e feridos, mas para milhares deles a esperança na vida eterna se fortalece. As agências cristãs têm oferecido ajuda material, emocional e, acima de tudo, espiritual para os refugiados nos países vizinhos. Milhares de muçulmanos estão ouvindo o evangelho livremente, alguns pela primeira vez na vida. Existem muitos testemunhos de conversões.  Com informações de Sky News e Time

Assista (imagens fortes):

 

13/09/2013

Thalles grava participação no Programa do Jô


 

Thalles grava participação no Programa do JôO cantor Thalles Roberto gravou nesta quinta-feira (11) uma participação no Programa do Jô, na TV Globo, e usou as redes sociais para comunicar seus fãs do que ele chamou de “realização de um sonho”.

Ao postar a foto da porta do Camarim 2, Thalles escreveu: “Deus hoje esta realizando um dos meus maiores sonhos… Estou gravando hoje o #ProgramadoJo. Oportunidade poderosa de levar o Evangelho do Reino com inteligência e verdade! Deus abriu essa porta! Orem por mim, todos os que me amam e acreditam no meu ministério! #sejamcheiosdoespiritosanto”.

A gravação do programa será realizada em duas etapas, a primeira foi a gravação da apresentação musical, Thalles terá menos de três minutos para cantar uma de suas canções. Já na segunda-feira (16) o cantor volta ao estúdio para ser entrevistado. Não há data confirmada para a apresentação do programa.

Essa não é a primeira vez que Thalles Roberto participa de um programa da TV Globo, meses atrás ele esteve participando do programa “Esquenta” apresentado por Regina Casé. O programa Altas Horas também convidou o cantor que lembrou de seu tempo como backvocal do Jota Quest e ainda mostrou seus sucessos no gospel.
Fonte: Gospel prime

13/09/2013

Teologia da Prosperidade está presente em dois terços das igrejas, diz estudo


Teologia da Prosperidade está presente em dois terços das igrejas, diz estudoEmbora Kate Bowler diga não escrever sobre um ponto de vista teológico, sua pesquisa inclui elementos de história, sociologia e até psicologia. Contudo, “Blessed: A History of the American Prosperity Gospel” [Abençoado: uma História do Evangelho da Prosperidade], é a adaptação da sua tese de doutorado em formato de livro. Lançado nos EUA recentemente, caiu como uma bomba no meio evangélico e foi matéria da edição de setembro da influente revista Christianity Today.

Embora inicie com uma breve história da chamada “teologia da prosperidade” a autora se dedicou mais a investigar a influência desse tipo de pregação nas igrejas evangélicas. Bowler entrevistou pastores, visitou megaigrejas, leu dezenas de livros e atreve-se a concluir: a pregação da prosperidade domina os púlpitos. Mas não só nos EUA, ela traça paralelos com diversos países, desde o Brasil até Cingapura, passando pela Nigéria.

Embora em alguns lugares seja apresentado como “pregação de saúde e riqueza”, “confissão positiva” ou “teologia da dominação”, o foco é o mesmo: riqueza e vida boa aqui e agora. A grande maioria dos pregadores tem seus próprios programas de TV, escrevem livros sobre o assunto e atraem multidões para suas megaigrejas. E as pessoas parecem gostar, cada vez mais.

Embora repudiado pelos teólogos, o movimento que oferece a prosperidade a todos os que tiverem fé, superou a velha pregação baseada no arrependimento e na mudança de vida. Bowler atualmente é professora da Duke Divinity School, Universidade fundada pela Igreja Metodista, mas que hoje forma acadêmicos no estudo de diversas religiões.

Para a pesquisadora, desde o final do século 19, os pregadores que ensinavam a “prosperidade vinda de Deus” absorveu e ajudou a espalhar vários aspectos culturais do chamado “sonho americano”. Ou seja, com determinação e perseverança todo mundo poderá ser rico um dia.

Com o passar dos anos, a pregação foi se modificando, até que nos anos 1970 consolidou um modelo que é usado até hoje. Fé = investimento + auto-ajuda. Cultos que enfatizavam curas e milagres também auxiliaram na formatação teológica. Por fim, em alguns lugares mais do que em outros, a ênfase na obra de demônios como o principal obstáculo a ser vencido pelo cristão.

Bowler vai listando uma série de pastores e igrejas do século passado até chegar aos dias de hoje. O mínimo denominador comum a todas as igrejas evangélicas é que a teologia da prosperidade continua crescendo por que a maioria dos fieis só quer ouvir isso. O movimento que varreu as igrejas americanas nos anos 60 e 70, deu condições para que seminários com esse enfoque fossem criados e com isso, a perpetuação dos ensinamentos e a expansão para todos os lugares do mundo. Ao mesmo tempo, as denominações mais tradicionais experimentavam uma crescente relativização, sem tomar posição firme sobre esses ensinamentos por décadas.

O movimento não tinha uma organização central, mas a proliferação dos televangelistas acabou gerando dois grupos principais. A base comum são dois elementos-chave: Deus quer abençoar e você precisa querer ser abençoado.

O que mais cresce é a chamada “prosperidade soft” cuja mensagem é centrada nos pregadores (sejam eles pastores, bispos ou apóstolos) e que oferecem uma mensagem com muitos elementos de psicologia (autoajuda) em que a vida cristã é um desfrutar contínuo de bênçãos. Desde que sigam os “passos certos”, todos poderão alcançar a “vitória”.

Do outro lado, a “prosperidade tradicional”: que enfatiza os “pontos de fé”, objetos distribuídos ou vendidos nos cultos e que colaboram com a vida cristã; além da luta constante contra os demônios, que causam todo tipo de problema na vida pessoal, familiar e profissional.

Citando estudos, Bowler afirma que 17% dos evangélicos americanos reconhecem fazer parte desse movimento, que todos os domingos atrai milhões de pessoas para as megaigrejas. Outro dado alarmante é que dois terços de todos os evangélicos do mundo estão em igrejas que pregam a “teologia da prosperidade”, embora a maioria sequer tenha ouvido falar dela.

Em sua investigação global, a autora lista as maiores igrejas do mundo e analisa suas bases teológicas. Destaque para a Igreja do Evangelho Pleno na Coreia do Sul, do pastor Young Choo e a Igreja Universal do Reino de Deus, fundada pelo bispo Edir Macedo no Brasil.

Na parte final de suas quase 400 páginas, Bowler demonstra com estatística na venda de livros, como ocorreu uma acentuada queda na preocupação dos evangélicos com temas como ação social nas igrejas, o arrebatamento e o final dos tempos.

Não há previsão de seu lançamento no Brasil, mas é possível ler alguns capítulos no Google Books ou no site da Amazon.

13/09/2013

Pastor americano é preso antes de queimar 3.000 exemplares do Alcorão


Pastor americano é preso antes de queimar 3.000 exemplares do Alcorão

Pastor americano é preso antes de queimar 3.000 exemplares do Alcorão

Terry Jones, de 61 anos, foi detido em Mulberry, perto de Tampa, Flórida, e enfrenta acusações de transporte ilegal de combustível e porte de arma de fogo, segundo o jornal Orlando Sentinel.

No momento da detenção, Jones dirigia uma caminhonete que transportava uma churrasqueira repleta de exemplares do Alcorão molhados com querosene.

Também transportava garrafas adicionais do combustível, destaca o jornal.

O plano de Jones era queimar em público o livro sagrado dos muçulmanos na data do aniversário dos atentados de 11/9 e em um momento de grande tensão no Oriente Médio pelo conflito na Síria.

Segundo o site do pastor, ele tinha planos de queimar na quarta-feira 2.998 exemplares do Alcorão em Tampa Bay, uma referência ao número de vítimas do 11/9.

Jones ameaçou em 2010 executar um ato similar, o que provocou muita indignação tanto dentro como fora dos Estados Unidos, mas depois desistiu do plano.

Em 2011, no entanto, o pastor queimou o Alcorão e no ano seguinte promoveu um filme anti-islâmico. Os três incidentes provocaram atos de violência no Oriente Médio e Afeganistão.

Informações AFP

13/09/2013

Renaly cantando ‘Creio Que Tu És a Cura’


Renaly cantando 'Creio Que Tu És a Cura'

Renaly cantando ‘Creio Que Tu És a Cura’

O crescimento da Igreja Evangélica no Brasil tem proporcionado oportunidades para muitos jovens, que em suas denominações encontram seus chamados, e entre tantos ministérios que compõem uma sólida estrutura congressional, o ministério de louvor inter-denominacional, acaba se tornando uma porta para muitos revelarem seus talentos.

Hoje, vemos muitos jovens que lá trás eram desconhecidos, más devido ao talento de louvar, se tornaram grandes ministros de louvores, que percorrem o país de norte a sul, levando suas canções em diversos estilos, e hoje estamos aqui, para revelar uma levita, dona de uma linda voz, com um talento promissor, interpretando um grande sucesso da cantora Grabriela Rocha, “Creio Que Tu És a Cura”, confira no vídeo o lindo cover de Renaly de Oliveira.

Renaly, e uma jovem de Campina Grande, Paraíba, canta desde os seus 5 anos, e sempre cantou em Igrejas, e seu objetivo maior, é seguir cantando, levando a palavra de Deus por meio da música com seu louvor.

O grande sonho da Jovem Renaly de Oliveira, é gravar um CD, e dedicar-se cada vez mais á música, confira abaixo um vídeo postado em seu canal no YouTube, produzido por W.Ferreira produções, áudio: CL Studios, “Creio que Tu és a cura” – Renaly Oliveira (cover).

Contatos:Facebook:Página: https://www.facebook.com/renalyoliveirac

Canal YouTube:

Renaly Oliveira

13/09/2013

Barco da Bíblia inicia nova viagem à região amazônica


Barco da Bíblia inicia nova viagem à região amazônica

Barco da Bíblia inicia nova viagem à região amazônica

O Barco conta atualmente, com uma nova área de livraria, mais ampla e moderna, que facilita o atendimento ao público, além de um espaço cultural, nomeado “Museu da Bíblia”.

A principal finalidade do Barco da Bíblia é oferecer Escrituras a um valor acessível, facilitando sua aquisição por pessoas que vivem nos diversos contextos geográficos da Amazônia, que, em geral, não têm acesso a outras livrarias. O espaço do Museu da Bíblia, que integra a embarcação, contribui para disseminar ainda mais a Palavra de Deus entre as comunidades da região, ao permitir que a população conheça curiosidades e objetos relacionados ao livro mais lido e distribuído de todos os tempos.

Confira a programação da passagem do Barco da Bíblia pelas cidades ribeirinhas da região amazônica:

Setembro
16: Saída de Belém (PA)

21 a 27: Itaituba (PA)
Outubro
6 a 12: Tefé (AM)
14 a 20: Coari (AM)
23 a 25: Codajás (AM)
Novembro
30/10 a 03/11: Itacoatiara (AM)
6 a 11: Parintins (AM)
14 e 19: Oriximiná (PA)
22 e 27: Santarém (PA)
Para saber mais sobre o Barco da Bíblia e o programa “Luz na Amazônia”, clique aqui (http://goo.gl/1zjcgM).

Com informações da Assessoria de Imprensa – Sociedade Bíblica do Brasil / Portal Guiame

13/09/2013

Pastor Batista na Síria diz que não abandona o país mesmo se acontecer uma guerra


Pastor Batista na Síria diz que não abandona o país mesmo se acontecer uma guerra

Desde o início do conflito, mais de 100 mil pessoas morreram no país em uma crise que, segundo o ministério Portas Abertas, se agravou com a denúncia de uso de armas químicas contra civis, inclusive mulheres e crianças. Essa situação tem levado milhões de pessoas aos campos de refugiados nos países vizinhos, como Turquia, Iraque, Líbano e Jordânia.

Mesmo diante dessa situação, um pastor batista que atua na Síria como missionário, afirma que não deixará o país por estar lá para realizar sua missão como cristão. Outros cristãos se organizam em países vizinhos para ajudar os refugiados, e discutir a situação da Síria.

Segundo o Baptist Press, o pastor escreveu uma carta à sua agência missionária explicando seus motivos para permanecer no país.

– Eu vou ficar. Eles me dizem para ir, para migrar, mas insisto e lhes digo que vou ficar – afirma o pastor, que teve sua identidade protegida por motivos de segurança.

– Eu estou na Igreja para levar a mensagem de Jesus como uma luz para os perdidos e sem esperança. Eu fico porque a colheita é abundante. Estou aqui para servir os mais necessitados – ressalta o líder cristão, que em sua carta ressalta que, apesar de estarem vivendo tempos difíceis, não devem “deixar de ser fiel ao Senhor”.

Em um campo de refugiados no Líbano, cristãos também revelaram o ambiente de terror e guerra que estão vivendo, e ressaltam a importância da ajuda oferecida aos refugiados.

– Nós estamos falando de crianças que viram assassinatos horríveis ouviram histórias de estupro e tortura. Estão tragicamente perdidas, mas ainda lhes restam um pingo de esperança. A maioria dessas crianças só quer ficar vivas, mas algumas delas nem ficar vivas querem – afirmou um voluntário cristão, em relato publicado pelo Baptist Press.

Don Alan, chefe de uma agência de missão no Oriente Médio, também comentou a situação dos refugiados, afirmando que, naquele lugar, “toda família tem uma história trágica para contar”.

– Podemos aprender a chorar com os que choram e ouvir com atenção e obediência ao chamado de Deus para fazermos missão – completou Alan.

Informações Gospel +

13/09/2013

Pastor Marcos Pereira é condenado 15 anos de prisão por estupro pela Justiça do RJ


Pastor Marcos Pereira é condenado a 15 anos de prisão pela Justiça do RJ

Pastor Marcos Pereira é condenado a 15 anos de prisão pela Justiça do RJ

Segundo os autos do processo, o crime foi cometido, no final de 2006, contra uma fiel nas dependências da igreja. “As testemunhas ouvidas relatam com firmeza como o acusado é uma pessoa manipuladora, fria, só pensa em si, utilizando-se das pessoas para satisfazer seus instintos mais primitivos e de forma promíscua, utiliza da boa fé das pessoas para enganá-las”, diz a juíza Ana Helena Mota Lima Vale na sentença.

Acusado de estuprar fiéis
Quatro testemunhas do caso do pastor Marcos Pereira afirmaram ter sofrido abuso sexual por parte do religioso em depoimento na 2ª Vara Criminal, em São João de Meriti, em julho. Uma fiel, em depoimento de 2h30, confirmou os fatos afirmados na denúncia e disse que tinha medo de deixar a igreja e ser morta a mando dele.

O pastor, que está preso desde o dia 8 de maio, é acusado pelo Ministério Público estadual por dois crimes de estupro e por coação. Ele está no Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu, na Zona Oeste.

O religioso teve a prisão preventiva decretada pelos dois juízos: no dia 2 de maio, pela 2ª Vara Criminal, e, no dia 8 de maio, pela 1ª Vara Criminal.

Envolvimento com tráfico
A Promotoria de Investigação Penal do Ministério Público do Rio de Janeiro denunciou o traficante Marcos dos Santos Nepomuceno, o Marcinho VP, e o pastor Marcos Pereira, da Igreja Assembleia de Deus dos Últimos Dias, por associação ao tráfico.

Segundo a denúncia, Marcinho VP e o pastor Marcos se associaram para a prática do tráfico e arquitetaram um plano criminoso no qual ambos se utilizariam da estrutura da igreja fundada pelo pastor. O texto diz ainda que em um primeiro momento o pastor Marcos agia como um simples “pombo-correio”, levando ordens dos chefes do tráfico que estavam presos para as comunidades onde estes atuavam.

Com informações: G1

%d blogueiros gostam disto: