Archive for outubro 8th, 2015

08/10/2015

Cristãos refugiados não se sentem seguros na Alemanha


Cristãos refugiados não se sentem seguros na Alemanha

Cristãos refugiados não se sentem seguros na Alemanha

De acordo com o jornal alemão Die Welt, cristãos que buscam albergues para refugiados, na Alemanha, estão sendo ameaçados por muçulmanos conservadores. Segundo o líder religioso conhecido como Martens, que atende a estes refugiados: “Os muçulmanos estão dominando estes locais e impondo a sharia, que é a lei islâmica”.

Analistas da Portas Abertas disseram que cristãos são proibidos de frequentar a cozinha e alguns locais dos albergues: “Mas esta é apenas a ponta do iceberg, pois há ameaças de morte e atos de violência contra os cristãos de várias denominações, mas em especial aos muçulmanos convertidos ao cristianismo, que são considerados traidores por eles”, explica um dos analistas.

Turíngia, um dos 16 estados federais da Alemanha, introduziu um sistema de separação das religiões, mas a maioria das autoridades alemãs locais são contra isso. “É difícil ver como os refugiados são atacados por todos os lados: precisam respeitar os muçulmanos radicais, mas eles estão dentro da Alemanha. Por outro lado, eles estão ali porque fugiram da perseguição religiosa de seus países, mas as ameaças continuam mesmo na Europa”, comenta o líder cristão.

“Esses refugiados não podem contar com uma vida segura, independente de onde estejam. Estes são fatos que nos remetem a alertar sobre o sério desafio que as igrejas da Alemanha e da Europa vão enfrentar daqui para a frente”, conclui o líder.

Fonte: Portas Abertas Internacional

08/10/2015

Cassiane fala de processo que recebeu da MK Music


Cassiane voltou para a gravadora MK Music, decisão que deixou muitos surpresos, pois em 2010 ela foi processada pela empresa por ter rompido o contrato antes de entregar a quantidade acordada de CDs.

O processo virou notícia quando Cassiane participou do Programa Raul Gil e não “tirou o chapéu” para a empresa. Em lágrimas, a cantora falou sobre o processo e disse que foi até acusada por formação de quadrilha.

Em entrevista ao MK News, a interprete pentecostal afirmou que a questão do processo já foi resolvida e superada. “Todo o processo, toda aquela situação que nós passamos, já foi resolvido a cinco anos atrás”, disse.

Ela só não retornou antes para a gravadora porque “não era o tempo” e hoje ela percebe que tanto ela quanto os diretores da MK estão mais maduros. “Deus trabalha com o tempo”, acredita.

A cantora Cassiane está feliz por voltar para a gravadora onde lançou a maioria de seus CD. “Eu até cheguei a pensar em voltar antes, mas depois eu pensei que não era para ser. Deus fez com que tudo fosse se encaixando”.

Ao lado de seu esposo, Jairo Manhães, Cassiane lidera a Assembleia de Deus do Brás em Alphaville (AD Alpha), na Grande São Paulo, um templo que em menos de dois anos conseguiu atrair mil membros.

Como cristã – e pastora- afirma que vive o Evangelho e por isso sabe perdoar, algo que muitas pessoas não conseguem entender. “Eu tenho uma forma de ver: o perdão não é aminézia”, explica. Cassiane faz uma explicação sobre uma mágoa que machuca e deixa cicatrizes, para ela perdoar e olhar para essas marcas que ficaram sem sentir dor e é isso que ele fez em relação ao que aconteceu com a gravadora.

Fonte: Gospel Prime

08/10/2015

Pichação racista aparece na Universidade Presbiteriana Mackenzie


racismomackUma pichação de cunho racista foi encontrada no final da tarde desta terça-feira (6), no banheiro da faculdade de Direito da Universidade Presbiteriana Mackenzie, em São Paulo, uma das mais tradicionais do país. Quem denunciou o caso foram os próprios estudantes que, através das redes sociais, compartilharam a foto da parede com a inscrição “Lugar de negro não é no Mackenzie. É no presídio”.

“É difícil pra mim, como estudante negra, desse mesmo prédio, escrever sobre essa imagem, por que ela é a representação do pensamento racista que eu sei que passa na cabeça de muitos que permeiam pelo Mack (…) Volto a dizer: podem chorar e escrever nas paredes quantas vezes quiser elite, branca, racista, MAS vai ter preto na universidade SIM”, se manifestou em sua página do Facebook a estudante Tamires Gomes Sampaio, primeira diretora negra do Centro Acadêmico do curso de Direito da universidade e segunda vice-presidenta da União Nacional dos Estudantes.

Por meio de nota, a diretoria da faculdade também se posicionou contra o ocorrido, dizendo que “repudia todo ou qualquer ato, ação ou manifestação de cunho racista”, garantindo ainda que “já foi feita a denúncia aos órgãos e instâncias responsáveis pela apuração” e que também foi instaurado um procedimento interno.

Essa não é a primeira vez que mensagens racistas aparecem na universidade. A última vez aconteceu em agosto deste ano quando, também em um banheiro, foi encontrada a pichação: “O Mack não deveria aceitar nem negros e nem nordestinos”.

Fonte: iG

08/10/2015

Magno Malta anuncia criação de partido e quer ser presidente da república


MAGNO_MALTAO senador Magno Malta (PR-ES) não esconde que pretende disputar a presidência da República. Ano passado, lançou sua pré-candidatura, mas não teve apoio do seu partido, que seguiu na base de apoio a Dilma.

Em um encontro com líderes cristãos neste final de semana, o senador anunciou que está trabalhando para criar uma nova legenda. Ela atenderá pelo nome de Partido da Valorização da Vida.

Malta dará início esta semana a uma campanha nacional para recolher assinaturas. Já foi feito o registo do partido em um cartório de Brasília. No ano que vem deve apresentar todos documentos necessários para o Tribunal Superior Eleitoral.

O nome reflete a postura que sempre pautou a atuação política do pastor que trabalhou anos com a recuperação de drogados. Seu discurso será “conservador e cristão”. As pautas são as mesmas que marcaram seus discursos: contra aborto, eutanásia, armas e legalização das drogas. É a favor da redução da maioridade penal.

Em um de seus discursos no Senado, deixou claro sua postura: “Se a família vai bem, a sociedade vai bem; se a família vai bem, a escola vai bem; se a família vai bem, a Forças Armadas vai bem (…) se a família vai mal a sociedade vai mal. Nosso grande drama foi ter excluído a família de tudo”.

Com as mudanças na lei eleitoral, a legenda poderá atrair até março de 2016 políticos de outros partidos para concorreram a cargos nas próximas eleições. O projeto é lançar candidatura própria ao Planalto em 2018.  Nas últimas eleições, ele apoiou pastor Everaldo, que concorreu pelo PSC. Com informações UOL

08/10/2015

Ben Carson lança campanha “Eu sou um cristão”


ben-carsonO ataque à Faculdade Comunitária Umpqua (Umpqua Community College), no estado norte-americano do Oregon, na semana passada, deixou o mundo mais uma vez estarrecido. Ao todo, o atirador Chris Mercer matou nove pessoas e feriu treze.

Este foi o 45º ataque com este perfil nos EUA apenas em 2015, novamente numa “gun free zone” (área onde não é liberado o porte de armas para nenhum cidadão).  Um elemento novo, porém, deu contornos religiosos a tragédia. Segundo testemunhas, Mercer perguntava a religião de suas vítimas e atirava na cabeça somente daqueles que se diziam cristãos – os demais alvejados receberam tiros nas pernas.

Um dos principais candidatos nas prévias do Partido Republicano para a eleição presidencial de 2016, Dr. Ben Carson prestou solidariedade às famílias das vítimas em seu Facebook, e aproveitou o momento adverso para reafirmar publicamente sua fé em Cristo. Na sexta-feira (2) ele postou uma foto segurando um cartaz que dizia: “Yes, I Am A Christian” (Sim, eu sou Cristão).
Em seguida, Carson convocou seus seguidores e eleitores a fazerem o mesmo, lançando em suas redes sociais a campanha “I Am A Christian”, em que pede para que considerem substituir a foto de perfil no Facebook por uma imagem com a hashtag “#IamAChristian”.

A ação seria uma maneira de honrar as vítimas e seus familiares. Na página do candidato é possível notar à adesão de muitas pessoas, inclusive de brasileiros.

Dando sequência a campanha, já esta semana, Carson pediu que enviassem para o e-mail pics@bencarson.com fotos segurando um cartaz como o seu, escrito “Yes, I Am A Christian”. Ele já publicou algumas fotos que recebeu.

Membro da Igreja Adventista do Sétimo Dia americana, Ben Carson ficou mundialmente conhecido quando em 1987 tornou-se o primeiro neurocirurgião a separar gêmeos siameses unidos pelo crânio, história contada posteriormente em filme sobre sua vida: “Mãos Talentosas: A história de Benjamin Carson”.

Fonte: Gospel Prime

08/10/2015

Anderson Freire e Bruna Karla estão entre os indicados ao Grammy


Academia Latina de Gravação, responsável pelo “Grammy Latino” divulgou na semana passada a lista dos finalistas indicados a concorrer a dezena de categorias da premiação.

Entre os cantores evangélicos brasileiros temos uma lista de cinco nomes, eles concorrerão ao prêmio de “Melhor álbum de música cristã em língua portuguesa”.

Os indicados para o prêmio foram: Anderson Freire com o CD “Ao Vivo”; Bruna Karla com “Como Águia”; Fernanda Brum com o disco “Da Eternidade”; Jane Gomes com “Posso Tudo nEle” e Willian Nascimento com “Não Vou Desistir”.

A divulgação dos finalistas foi comemorada pelos cantores através das redes sociais. Anderson Freire aproveitou para agradecer a Deus. “Obrigado, Senhor, por mais esse presente!!!”.

Já Bruna Karla não deixou de agradecer ao Senhor e também ao seu esposo que assinou a produção do disco. “Obrigado, Senhor, por mais esse presente!!!”.

Pelo Instagram a cantora Jane Gomes comentou a novidade: “Não tenho palavras pra agradecer tua bondade, dia após dia me cercas com fidelidade, nunca me deixes esquecer que tudo o que tenho, tudo o que sou e o que vier a ser, vem de Ti, Senhor! Lágrimas e mais lágrimas. Como começar? Obrigada Deus”.

Além da categoria de Melhor álbum cristão em língua portuguesa, o Grammy Latino também oferece o prêmio de “Melhor álbum de música cristã em língua espanhola”. Eles são: Alex Campos, com “Derroche de amor”; Emmanuel y Linda com o disco “Voy tras de ti con todo”; Marco Barrientos, com “Amanece”; Son By 4 com o CD “Mujer frente A la cruz” e Tercer Cielo com “Irreversible”.

Fonte: Gospel Prime

08/10/2015

Cristãos são isolados e excluídos da sociedade por causa da sua fé


mulheres na igrejaDe acordo com os relatórios da ONU (Organização das Nações Unidas), Bangladesh apresentou um resultado misto, conforme as especificações da Liberdade de Religião e Crença no país. A declaração diz que o Estado é secular, mas ao mesmo tempo afirma que o islã é a religião oficial da nação.

Embora pareça uma declaração positiva para os cristãos, na prática não há o que comemorar, porque a questão da conversão ao cristianismo continua a ser um grande problema. O relator da ONU chegou a mencionar o “ostracismo social”, um termo político que caracteriza a realidade dos cristãos, que são isolados e até mesmo excluídos da sociedade, por não seguirem as regras das autoridades.

O analista da Portas Abertas afirma que isto realmente ocorre no Bangladesh, logo após uma conversão à fé cristã, e que além do ostracismo ainda existe a perseguição religiosa, já que os cristãos são agredidos fisicamente e tratados com certa violência.

Pedidos de oração

• Clame ao Senhor pelos nossos irmãos em Bangladesh, que eles possam ser bem tratados e acharem conforto em Deus.
• Peça pelas autoridades de Bangladesh, que Deus abra os olhos deles.
• Interceda por igualdade para todos no país.

Fonte: Portas Abertas Internacional

%d blogueiros gostam disto: