Archive for outubro 24th, 2015

24/10/2015

Escolas de comunidades cristãs estão sendo fechadas na Turquia


Escolas de comunidades cristãs estão sendo fechadas na Turquia

Esse ano, até o mês passado, pelo menos 24 escolas ligadas às comunidades cristãs e de outras minorias religiosas na Turquia, foram fechadas. O motivo do fechamento se deu principalmente por causa do pequeno número de alunos que podem se inscrever, em função da nova legislação em vigor.

Um analista de perseguição da Portas Abertas comenta: “É um momento bem difícil para a comunidade cristã na Turquia. Desta vez, não é o nacionalismo desenfreado que está ameaçando, também não são os atentados, mas a redução da presença de cristãos em seu próprio meio”.

Conforme a legislação atual, não há quem proteja os cristãos contra as leis definitivas que proíbem a liberdade de religião. “Além da violência, existe o forte preconceito contra os cristãos, que faz com que eles sejam afastados da sociedade. Pais de crianças cristãs podem até dizer que não querem que a educação islâmica seja ensinada em escolas públicas, mas eles definitivamente não terão a oportunidade de aprenderem a educação cristã, pois se trata de um tema proibido no país”, conclui o analista.

Fonte: Portas Abertas

24/10/2015

Intolerância religiosa pode prejudicar os cristãos em Camarões


CameroonMovimentos fundamentalistas muçulmanos estão mudando rapidamente a paisagem do país e abrindo caminho para a intolerância religiosa nos Camarões. De acordo com declarações do ICG (Grupo de Crise Internacional): “A intolerância religiosa é um risco crescente, mas muito subestimada por aqui”, referindo-se às crescentes tensões entre cristãos e seguidores do islã.

Um analista da Portas Abertas comenta: “Investigações feitas ao longo dos últimos anos confirmam as tendências sinalizadas pelo ICG. Os ataques do Boko Haram preocupam, mas o que também preocupa é a radicalização religiosa que está ocorrendo atualmente”.

Relatórios mostram que o país nunca experimentou uma violência tão significativa: “A ascensão da ideologia islâmica está mais rigorosa e é promovida principalmente por jovens muçulmanos camaroneses do Sul, que são rebeldes”.

As iniciativas de diálogo inter-religioso são fracas, dispersas e atingem apenas uma pequena parte da população. As mudanças religiosas não são percebidas pelas autoridades políticas. Especialistas dizem que falta uma estratégia mais abrangente através da criação de organismos representativos para as comunidades mais frágeis. Mas tudo isso depende da iniciativa do governo que parece não estar muito preocupado com o assunto. Não deixe de orar por eles.

Fonte: Missão Portas Abertas

%d blogueiros gostam disto: