Archive for ‘Literatura’

14/09/2013

Filha de Edir Macedo está fazendo mais sucesso que o pai


Filha de Edir Macedo está fazendo mais sucesso que o pai Livro Casamento Blindado escrito por Renato e Cristiane Cardoso.

Renato e Cristiane Cardoso ultrapassaram o marco de 1 milhão de exemplares de cópias vendidas do seu livro Casamento Blindado. Para celebrar, a editora Thomas Nelson Brasil criou um novo projeto visual e lançou uma versão comemorativa, mudando a capa.

O livro de autoajuda para casais está há mais de um ano entre os mais vendidos do Brasil, segundo o ranking semanal da revista Veja. Atualmente, vende mais que o “Nada a Perder”, autobiografia do bispo Edir Macedo.

Casados há 21 anos, Renato e Cristiane apresentam juntos o programa The Love School, na Rede Record.  O objetivo do programa e do livro é tentar ajudar casais que enfrentam problemas na vida conjugal e querem evitar o divórcio.

A autora de programas televisivos Margareth Boury foi chamada pela Rede Record para escrever um dos especiais de fim de ano da emissora. A atração será uma comédia romântica, baseada no conteúdo do livro e seu título será justamente “Casamento Blindado”.

Mas o sucesso não é só no Brasil. Com versões em outras línguas, atualmente “Casamento Blindado” foi lançado mês passado no México, onde já é o segundo livro cristão mais vendido no país. Segundo o portal R7, perde em vendas apenas para “Nada a Perder”, de Edir Macedo.

Renato é pastor da IURD além de conselheiro familiar e matrimonial, formado pelo National Marriage Centers em Nova York. Cristiane é filha do Bispo Edir Macedo, e autora dos também best-sellers Melhor Do Que Comprar Sapatos e A Mulher V.

Informações de R7 e Radar On-line.

10/09/2013

Universidade da Bíblia oferece cursos a distância com preços promocionais


Universidade da Bíblia oferece cursos a distância com preços promocionais Quem busca conhecer mais sobre a Bíblia e fazer cursos relacionados a teologia e ensino da Palavra de Deus pode contar com a Universidade da Bíblia para ter acesso a materiais exclusivos desenvolvidos com muita qualidade e fácil absorção. O melhor de tudo é que os cursos são online e você poderá acessar as aulas de acordo com os seus horários, o que é a melhor parte dessa modalidade do ensino a distância.

A Universidade da Bíblia está com uma promoção para quem pretende se aprofundar nos estudos teológicos, oferecendo um “pacotão” com todos os produtos, isso é, cursos e DVDs de todo o seu catálogo. Para se ter uma ideia, entre os itens oferecidos pela instituição de ensino temos o “Memo Bible 3000®”, que é um Curso de Memorização Bíblica. Com ele você aprender a guardar versículos palavra por palavra, capítulos, todos os Salmos, a vida de Jesus e muito mais.

Essa lista de materiais exclusivos com preços promocionais também inclui kits de estudo como o “Kit Arsenal Teológico”, que é tido como a maior ferramenta de estudos cristãos e teológicos da atualidade. Para quem precisa de uma Bíblia em áudio é possível encontrar o “Kit Bíblias em Áudio” contendo áudios em português, inglês e espanhol.

A Universidade da Bíblia também oferece curso de hebraico com auxílio de um áudio para que você aprenda a ler, escrever e falar a língua dos hebreus. Sendo este apenas um dos cursos específicos para quem quer aprimorar seus conhecimentos e desenvolver seu ministério.

Há também o “Kit Ilustrações, Esboços e Sermões + Kit Curso Pregador”, “Kit Bíblia para Celular”, “Kit Mega Bíblias do Mundo Inteiro” e muitos outros que te auxiliarão a compreender mais sobre Deus, os personagens da Bíblia e a história do cristianismo.

Para conhecer mais sobre a Universidade da Bíblia e aproveitar essa promoção acesse o site: acesse: universidadedabiblia.com.br.

26/11/2012

Segundo Edir Macedo, Igreja Católica e Globo são os maiores inimigos da Igreja Universal


Segundo Edir Macedo, Igreja Católica e Globo são os maiores inimigos da Igreja Universal Segundo Edir Macedo, Igreja Católica e Globo são os maiores inimigos da Igreja Universal

O primeiro volume da biografia de Edir MacedoNada a Perder, tem sido considerada o maior sucesso editorial de 2012. Após ser lançado em eventos concorridos em 28 cidades no Brasil, o livro vendeu 350 mil exemplares em dois meses. Também lançado na versão em espanhol em diversos países da América Latina, já alcançou mais de 94 mil cópias vendidas.

Nada a Perder chegará em breve à Europa, com lançamento programado para Madrid, (8/12) e Lisboa (15/12) Uma versão em francês deve ser lançada em Paris, no começo de 2013.

A entrevista concedida à revista Istoé desta semana, onde é matéria de capa, o bispo Edir Macedo concede a primeira entrevista em sete anos. Além de comentar o sucesso do seu novo livro, o líder religioso fala sobre a perseguição sofrida pela Igreja Universal, o monopólio da Rede Globo e os investimentos na Rede Record.

“O nome do meu livro não é uma mera expressão literária. Não tenho nada a perder. E isso é um recado claro e direto a quem interessar”, resume.

Macedo conta também como serão os grandes investimentos no próximo ano para consolidar a busca pela liderança da Rede Record. “Construímos um departamento de jornalismo sólido e com credibilidade, uma fábrica de novelas própria com milhares de funcionários e um projeto comercial que conquistou a confiança dos anunciantes. Nossa meta é a liderança, não importa o tempo que isso demore para acontecer”.

Ele lamenta o que chama de “monopólio” da Rede Globo nas telecomunicações do país.  “No último encontro que tive com a presidenta Dilma, em Londres, durante os Jogos Olímpicos, procurei mostrar a ela e aos demais ministros que a democracia nos meios de comunicação, principalmente na televisão, é o melhor caminho para o Brasil. Alertei a presidenta que o monopólio é um caminho perigoso”.

Macedo ressalta que seu principal objetivo de vida não é esse, mas sim a expansão da Igreja Universal. Mesmo já possuindo centenas de templos espalhados pelo Brasil e por 182 países, com cerca de 5.800 pastores, bispos e outros funcionários remunerados, a IURD quer continuar ajudando o maior número possível de pessoas a encontrarem um novo caminho para suas vidas através da fé.

Ao longo dos 35 anos que lidera sua denominação evangélica, Macedo já enfrentou acusações de charlatanismo, curandeirismo e enriquecimento pela exploração da fé alheia. Mesmo assim, a Igreja Universal pode ser considerado um dos maiores fenômenos religiosos das últimas décadas.

“A Igreja Universal foi e continua sendo atacada. Isso não acabou. Somos sempre alvo de certos setores da sociedade incomodados com a perda de espaço e privilégios, como a Globo e o Vaticano. Há um claro preconceito por trás disso. Uma postura agressiva velada. Ou alguém duvida que a Globo só me ataca e ataca a Igreja Universal por causa da Record? Para eles, a Record é uma ameaça”, ressalta.

Macedo deixa claro que um dos segredos da Universal é a sua capacidade de auxiliar na reinserção social, especialmente na recuperação de criminosos e no atendimento à saúde. “A Igreja Universal permite ao Estado economizar bilhões em tratamento hospitalar e na ressocialização de presos”, descreve o bispo. Ele é enfático: “A Igreja Universal é um pronto-socorro espiritual. Ela recebe gente que sofre com os mais variados males, entre eles dificuldades financeiras”.

Mas não é só isso. “Vivemos em uma sociedade que gera tristeza e depressão. Com isso, as pessoas buscam falas confortantes como as que são feitas por Edir Macedo”, acredita João Batista Libanio, da Faculdade Jesuíta de Filosofia e Teologia de Belo Horizonte (MG).

O líder da IURD reafirma na entrevista que “a sina da Universal é barrar a Igreja Católica”. Para ele, sua prisão em 1992 foi uma tentativa dos católicos de interromper o crescimento da IURD. Os 11 dias em que passou numa cela naquele ano foi conseqüência do que chama de “perseguição do Clero Romano”. “Eram políticos de prestígio, empresários da elite econômica e social, intelectuais, juízes, desembargadores e outras autoridades do Poder Judiciário que tomavam decisões sob a influência do alto comando católico”, acredita.

Tudo teria começado, segundo ele, quando Edir ainda era bem jovem e ocupava um emprego público na Loteria do Rio de Janeiro. Certo dia, seguindo ordens, impediu a entrada de um monsenhor, enviado pelo arcebispo para recolher dinheiro que   algumas sociedades católicas recebiam das loterias.

“Eu barrei a Igreja Católica naquele dia… E, simbolicamente, seria um prenúncio do que se tornaria a sina da Igreja Universal ao longo dos anos”, acredita.

Perseguição, aliás, é algo o bispo conhece desde a infância. Ele lembra que sofreu bullying. O motivo seria um problema físico nas mãos: seus dedos indicadores são tortos, os polegares finos e todos se movem pouco. “Muitas vezes senti um certo complexo de inferioridade, me considerava o patinho feio da escola e até da família. Sempre fui motivo de zombaria. Muitos adultos e meninos da minha idade me chamavam de dedinho.”

Fonte: Gospel prime

24/11/2012

Livro de Edir Macedo faz sucesso na América Latina


Livro de Edir Macedo faz sucesso na América LatinaO bispo Edir Macedo esteve nos últimos dias lançando sua autobiografia “Nada a Perder” na Argentina e na Colômbia repetindo o sucesso de vendas que a obra tem feito no Brasil.

No sábado (17) o fundador da Igreja Universal do Reino de Deus atraiu mais de 45 mil pessoas até a livraria El Ateneu Grand Esplendid onde esteve autografando alguns exemplares e divulgado o lançamento.

Naquele dia foram vendidos 56.300 exemplares do primeiro livro de uma trilogia que narra as principais etapas da vida do religioso que hoje coordena uma das maiores igrejas do mundo.

No dia 20 foi a vez do público colombiano ter este contato direto com Edir Macedo que também autografou alguns exemplares para os fiéis que lotaram a Livraria Nacional, localizada na capital Bogotá.

Na Colômbia foram vendidos 16.200 exemplares do livro em apenas quatro horas, a livraria ficou pequena diante de 15 mil fiéis que queriam conhecer a história do bispo e vê-lo pessoalmente.

Nos dois países o lançamento do livro, que traduzido para o espanhol ganhou o nome de “Nada que perder”, chamou a atenção da imprensa que esteve acompanhando e noticiando a passagem do religioso brasileiro por estes países.

O livro também será lançado na Venezuela e no México.

As informações são do Arca Universal.

17/09/2012

MPF abre inquérito civil sobre livro editado por Silas Malafaia


O Ministério Público Federal solicitou inquérito civil público sobre o livro “A Estratégia – O plano dos homossexuais para transformar a sociedade”, de autoria de Louis P. Sheldon, editado no Brasil pela editora do pastor Silas Malafaia (foto), a Central Gospel.

O parecer do procurador da República Sergio Gardenghi Suiama acata pedido da Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (ABGLT) que alega que a obra “perpetra uma inegável incitação ao ódio, ao preconceito e à discriminação com os homossexuais”.

“The Agenda” é, há anos, a cartilha da estratégia política de igrejas evangélicas fundamentalistas nos EUA. No Brasil, lideranças políticas religiosas têm adotado, recentemente, a estratégia de considerar o segmento LGBT como alvo preferencial de ataque. Para eles, os homossexuais são a principal ameaça ao estilo de vida em suas igrejas, desde que se tornaram mais organizados, realizam paradas gays e fazem advocacy em governos e parlamentos.

Lógica neonazista

No ofício, a entidade cita especificamente trechos do livro nos quais constam as afirmações: “Os promotores da estratégia, do plano homossexual, são pessoas cheias de ressentimento e ódio, misturados com autorrejeição e vergonha, e não desistirão até que tenham erradicado cada traço de moralidade e autocontenção” e “O problema não é simplesmente o tipo de sexo preferido pelos homossexuais, mas o estilo de vida que abraçam. Doenças, infecções, vícios em drogas e álcool, e ferimentos são comuns. Além disso, a evidência de disfunções sociais e emocionais é igualmente aterrorizante”.

Open in new windowO procurador afirma em sua representação, que os trechos destacados evidenciam que a obra em questão não está voltada somente à defesa de uma posição política. O autor qualifica o que chama de “estilo de vida gay” como “repugnante”, “perigoso”, “vulgar” e “assassino”, e afirma textualmente que homossexuais são “sexualmente imaturos”, moralmente irresponsáveis e emocionalmente instáveis”. São também, segundo sugere o autor, responsáveis pela transmissão de doenças e molestadores sexuais de crianças inocentes.

“Vê-se, desse modo, que a manifestação atingiu o âmbito de proteção dos direitos fundamentais à honra e à dignidade de um número indeterminado de pessoas homossexuais, já que as ofensas contidas no livro não estão voltadas a esta ou aquela pessoa, mas sim a toda a coletividade de homossexuais masculinos e femininos”, diz Suiama.

Toni Reis, presidente da ABGLT, considera o presuposto do título, – de uma conspiração homossexual -, uma postura tão nefasta quanto aquela que inventou os também inexistentes, mas difamatórios, “Protocolos dos Sábios de Sião”, inventados para difamar os judeus até meados do século XX para aterrorizar os não-judeus sobre um suposto (e inexistente) “plano” dos mesmos para dominar o mundo – a analogia nos parece evidente pelo próprio título do livro falar de um absurdo “plano” dos homossexuais para transformar a sociedade…

A Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão considerou cabível análise do material com vistas à tutela coletiva dos direitos fundamentais à honra e à dignidade das pessoas homossexuais. O MPF pediu ainda que a publicação de resposta coletiva dos homossexuais proporcional ao agravo encartada no próprio livro ou em jornal de grande circulação e indenização decorrente do dano moral causado à coletividade.

O livro foi lançado em março deste ano e trata-se, segundo a editora, de uma publicação de 288 páginas de análise de 33 anos do escritor sobre o tema.

A Central Gospel ainda não se manifestou sobre a decisão do MPF-SP. Contudo, o pastor Malafaia negou em outra oportunidade que a sua editora tenha livro que promova ódio e preconceito.

O site da editora informa que “A Estratégia” encontra-se esgotado. Com 288 páginas, ele estava sendo vendido a R$ 32,21. Uma resenha informa que o livro trata da família que está sendo implodida não só pelo divórcio, mas também pela “estratégia gay, que visa erradicar a estrutura moral da sociedade e promover relações promíscuas”.

A decisão do MPF é polêmica porque poderá ser interpretada como uma tentativa de impor a censura a um livro, contra a Constituição, que garante a liberdade de expressão.

Fonte: Spresso SP e Paulopes

29/07/2012

Grupo quer publicar versão mais precisa do Antigo Testamento


O professor Menachem Cohen, da Universidade Bar Ilan está próximo de completar um projeto que tem a ambição de produzir o que espera ser a versão mais precisa do Antigo Testamento de todos os tempos.

O projeto, desenvolvido há mais de 30 anos, foi chamado de “Mikraot Gdolot-Haketer”, ou em uma tradução livre, “as grandes escrituras”, e pretende ser a versão mais precisa e completa das Bíblias rabínicas. Ele é realizado por Cohen e uma equipe de cerca de 12 pesquisadores do departamento da Bíblia da universidade israelense.

Este projeto une um modelo de Antigo Testamento, chamado de Tanakh a outros três elementos: a Masora, tradução do aramaico e a interpretação de rabinos, segundo a explicação de Cohen em seu escritório da universidade.

O judaísmo rabínico é o nome dado ao judaísmo tradicional, que aceita o Tanakh como revelação divina e a Torá Oral também como fonte de autoridade. O nome vem pelo fato de os ensinamentos rabínicos terem grande valor; tais ensinamentos foram codificados principalmente no Talmud, livro sagrado dos judeus que reúne comentários dos rabinos, ou sacerdotes da religião judaica.

O projeto inclui um processo de digitalização por um programa de computador para definir o texto a partir de ângulos diferentes.

Até o momento foram publicados 21 volumes e faltam quatro livros para a coleção ficar completa. A Bíblia será distribuída gratuitamente em escolas.

Cohen conclui sobre a missão do trabalho: “queremos garantir a versão completa e precisa do Antigo Testamento para as gerações futuras”.

Primeira versão

A primeira versão de uma Bíblia desse tipo data do século XVI, 50 anos após a invenção da imprensa por Gutemberg.

Foi feita por Jacob Bem Haim, é baseada em manuscritos e fontes rabínicas.

Segundo Cohen, apesar de ser um dos textos mais reproduzidos e estudados no mundo, as edições do Velho Testamento e as anotações e explicações que muitas vezes o acompanham estão repletos de imprecisões.

“Pesquisei os manuscritos da Idade Média e descobri que os textos anteriores utilizados para a publicação da primeira versão compilada de Ben Haim não eram totalmente precisos e decidi tentar resolver esse problema”, explica o estudioso.

O projeto “Mikraot Gdolot-Haketer” prevê sua conclusão para 2013.

Traduzido de eluniversal.com.mx

19/12/2011

Cristãos leem a Bíblia em 80 horas ininterruptas em maratona


Cristãos leem a Bíblia em 80 horas ininterruptas em maratona

Cristãos de Fernandópolis, em São Paulo, fizeram uma grande homenagem à Bíblia no último final de semana. Cerca de 100 pessoas se uniram para a leitura completa do Livro Sagrado, que durou 80 horas. Eles se revezaram de 2 em 2 horas, não importava se era dia, noite ou até de madrugada.

Este foi o segundo ano que a igreja Presbiteriana realiza esta maratona, com o objetivo de promover a intimidade dos cristãos com a Palavra de Deus.

A data do evento foi escolhida devido ao “Dia da Bíblia”, comemorado no segundo domingo de dezembro.

Dia da Bíblia

O Dia da Bíblia foi criado em 1549, na Grã-Bretanha pelo Bispo Cranmer, que incluiu a data no livro de orações do Rei Eduardo VI.

Os brasileiros passaram a celebrar este dia em 1850, quando os primeiros missionários evangélicos chegaram da Europa e EUA. Porém, a primeira manifestação pública aconteceu quando foi fundada a Sociedade Bíblica do Brasil, em 1948, no Monumento do Ipiranga, em São Paulo.

Desde dezembro de 2001, a Lei Federal 10.335 instituiu a celebração do Dia da Bíblia em todo o território nacional, o que facilitou as manifestações públicas de fé neste dia para os fiéis, que passaram a realizar cultos, carreatas e shows especiais para celebrar.

Esta importante data para os religiosos vem ganhando cada vez mais importância e reconhecimento.
Fonte: The Christian Post/Folha Gospel

06/05/2011

Vitória recebe Seminário de Ciências Bíblicas


Vitória recebe Seminário de Ciências Bíblicas A cidade de Vitória (ES) será palco de mais uma edição do Seminário de Ciências Bíblicas. Realizada há mais de uma década, a iniciativa visa contribuir para a ampliação do conhecimento sobre o Livro Sagrado. Para isso, reúne palestras que abordam aspectos sobre tradução da Bíblia e sua história, bem como a aplicação dos ensinamentos do Livro Sagrado em diferentes setores sociais, na igreja, na família e na escola, entre outros. Promovido pela Sociedade Bíblica do Brasil (SBB), o evento será realizado nos dias 20 e 21 de maio, na Faculdade Unida de Vitória.

Organizados desde o ano 2000, esses encontros já alcançaram milhares de pastores, líderes cristãos, obreiros, professores de escola bíblica e seminaristas. A edição da capital capixaba terá cinco painéis, além de espaço para uma sessão de perguntas e respostas. O investimento é de R$ 20,00. Mais informações pelos telefones: (27) 3325-2071 (Faculdade Unida de Vitória) e 0800-727-8888 (SBB).

Confira, a seguir, a programação completa do evento:

20 de maio – Das 19h30 às 22h30

– A função da Bíblia na igreja local – Erní Walter Seibert: Partindo do pressuposto de que o conhecimento que as pessoas têm sobre a Palavra de Deus ainda é insuficiente, esse painel destaca a importância de as igrejas cristãs utilizarem a Bíblia Sagrada em seu dia a dia. Para isso, explora, entre outros aspectos, a vasta gama de literatura bíblica disponível para o desenvolvimento de atividades de evangelização.

– Interpretação da Bíblia para o homem de hoje – Lécio Domas: Esta palestra mostra como estudar e compreender a Bíblia Sagrada, a partir do contexto cronológico, geográfico e cultural que o texto está inserido. Além disso, destaca a importância de o leitor crer que a Bíblia é a Palavra de Deus.

21 de maio – Das 8h30 às 17h00

– História da Bíblia: dos manuscritos aos formatos digitais (Erní Walter Seibert): Esta palestra traz dados atuais sobre a tradução e distribuição da Bíblia e, ao mesmo, faz uma resenha histórica de como o Livro Sagrado foi transmitido de geração a geração até chegar aos dias de hoje. Além disso, são apresentados os pontos altos da história da tradução das Escrituras Sagradas.

– A prática da leitura bíblica (Éber Cocarelli): A palestra aborda os desafios da leitura bíblica pessoal, entre os quais, o desafio da credibilidade, da banalização, da terceirização e da relevância. Com exemplos extraídos da Bíblia Sagrada, o palestrante apresenta soluções àquele que não tem acesso fácil a comentários bíblicos ou a obras apologéticas.

– O trabalho da SBB (Erní Seibert): Nesta palestra, serão destacados os vários esforços da organização para difundir a Bíblia e a sua mensagem. Entre os destaques está a apresentação dos programas sociais da entidade, voltados especialmente para as populações em situação de risco social, e o programa sócio evangelizador, mantido pela SBB há mais de 30 anos.

 Seminário de Ciências Bíblicas de Vitória

Data:                          20 e 21 de maio de 2011
Local:                         Faculdade Unida de Vitória
Endereço:                 Rua Engenheiro Fábio Ruschi, 161 – Bento Ferreira – Vitória – ES
Horário:                    20/05 – Das 19h30 às 22h30
21/05 – Das 08h30 às 17h00

Investimento:           R$ 20,00
Informações:           (27) 3325-2071 (Faculdade Unida) e 0800-727-8888 (SBB)
Inscrições:               (27) 3325-2071 e fax (27) 3345-1344 (Faculdade Unida)

Inscrições online:     www.sbb.org.br/seminarios


Fonte: SBB

04/05/2011

Livro brasileiro defende tese que Jesus Cristo era um extraterrestre


Livro brasileiro defende tese que Jesus Cristo era um extraterrestre Leo Mark, autor brasileiro, lançou no Domingo de Páscoa um livro que promete gerar muita polêmica. Na obra ele afirma que Jesus Cristo na verdade é um extraterrestre, que tenta salvar a humanidade do plano de outros ETs que pretendem dominar os humanos e fazê-los de escravos.

O autor afirma que “Jesus Extraterrestre – A Origem” é o resultado de mais de dez anos de pesquisas e estudos feitos por ele e tudo o que ele diz é baseado em fatos reais.

A obra mostra interpretações atualizadas de passagens bíblicas, confrontadas com documentos de povos como os sumérios e pesquisas sobre eventos paranormais e ufológicos.

Os milagres feitos por Cristo e as experiências vividas por seus seguidores são retratados como contatos imediatos com extraterrestres. Outra situação relatada no livro é que Maria Madalena estava grávida quando Cristo foi morto e depois da ressurreição, ele volta para a nave. Maria Madalena, então, parte com José de Arimatéia para a França e lá dá a luz a uma menina.

Dessa parte, a história salta para o ano de 1992 quando Jesus renasce sob nome de David, que passa a ser perseguido por um grupo de extraterrestres, conhecido como Iluminati, que pretende matá-lo. Dessa luta entre Jesus e os Iluminati poderá sair a Terceira Guerra Mundial.

“Jesus Extraterrestre” também foi lançado nos Estados Unidos.

Fonte: Gospel Prime / Divirta-se

27/04/2011

Google oferece tradução automática do latim


%d blogueiros gostam disto: