Archive for ‘Dia dê’

13/01/2017

Vamos Orar (mês Janeiro)


vamos-orar“Se vocês permanecerem firmes na minha palavra,

verdadeiramente serão meus discípulos.” João 8:31

1 | DOM INTERNACIONAL
No Dia da Confraternização Universal agradeça a Deus pela paz e liberdade que temos no Brasil e por podermos nos reunir com os irmãos na fé. Peça por um ano de crescimento espiritual para a igreja brasileira.

2 | SEG BUTÃO (38º)
Os pastores do Butão estão pagando valores de aluguel altíssimos e sendo acusados de usar suas casas como igrejas. Alguns chegam a pagar o dobro do valor de mercado quando são vistos realizando cultos nos lares. Ore para que Deus os oriente a lidar com isso.

3 | TER CHINA (33º)
Arthur (nome fictício) ficou cego recentemente e agora não consegue cuidar de si mesmo. Há 5 anos, ele foi expulso de casa por ter deixado o islã para seguir a Jesus. Ele dirige um pequeno grupo de ex-muçulmanos. Ore para Deus restaurar sua visão e pelo seu ministério.

4 | QUA COLÔMBIA (46º)
Julian (nome fictício) é um líder cristão indígena que foi convidado para um treinamento de direitos humanos. Ele já está envolvido nesse trabalho e abriu uma Casa de Refugiados para a comunidade cristã indígena de sua região. Ore pelo seu ministério.

5 | QUI ÍNDIA (17º)
No final do ano passado, cerca de 300 crianças participaram de um seminário sobre a vida missionária e a perseguição aos cristãos. Ore para que essa semente possa crescer em seus corações.

6 | SEX EGITO (22º)
As novas leis impedem a construção de igrejas no país. O controle do Estado é cada vez mais restritivo e violento. Ore pelas igrejas que nasceram em lares egípcios, que os cristãos continuem pregando o evangelho.

7 | SAB TAJIQUISTÃO (31º)
Sitora (nome fictício) é uma nova convertida que foi agredida por seu irmão muçulmano. Ela declarou que quer viver com Cristo e, por isso, o irmão a feriu e ela não consegue mais andar. Ore por um milagre na vida de Sitora e que seu irmão se converta.

8 | DOM SRI LANKA
Há vários parceiros da Portas Abertas nesse país a fim de alcançar os cristãos perseguidos e ajudá-los. Ore por proteção enquanto eles viajam e que os projetos que vão implantar sejam abençoados por Deus.

9 | SEG QUIRGUISTÃO
Ainagul (nome fictício), de 40 anos, e sua filha Raushana (nome fictício), de 14, fizeram de sua própria casa um lugar de distribuição de presentes para crianças e para pregar o evangelho. Por isso, foram agredidas e ameaçadas pelos vizinhos e estão escondidas. Ore por elas.

10 | TER ERITREIA (3º)
Mariam (nome fictício) viu seu marido ser preso enquanto realizava suas atividades cristãs. Ela estava grávida e passou por necessidades, mas Deus agiu mandando a provisão no tempo certo. Agora seu marido está livre e eles ajudam outros cristãos. Louve a Deus pela vida deles.

11 | QUA UZBEQUISTÃO (15º)
Gulnor (nome fictício) foi abandonada pelo marido e agora vive com seus filhos e sua mãe na casa de uma irmã. A casa virou ponto de encontro entre os cristãos, por isso, eles têm enfrentado grande perseguição. Ore para que Deus os proteja e lhes dê sabedoria.

12 | QUI MIANMAR (23º)
Louve a Deus pelos treinamentos que estão sendo realizados pelos professores de escola dominical no país. Ore para que eles continuem sendo fiéis e servindo ao Senhor e que Deus se revele às crianças, usando-as para engrandecer seu nome.

13 | SEX LAOS (29º)
Espiões do governo estão espalhados por todas as igrejas. Ore para que o Senhor proteja os cristãos e lhes dê sabedoria para continuar pregando o evangelho apesar de tantas restrições e perseguição.

14 | SAB VIETNÃ (20º)
Há algumas traduções de Bíblias sendo realizadas para cristãos tribais. Ore para que o Senhor dê sabedoria e discernimento aos tradutores e que as autoridades locais não interrompam suas atividades.

15 | DOM BRASIL
Hoje é aniversário do “Sem Fronteiras”, ministério de presença da Portas Abertas. Ore por toda equipe que dedica seu tempo organizando viagens de campo a fim de ser uma ponte entre a Igreja Perseguida e a igreja brasileira.

16 | SEG MALÁSIA (30º)
Depois da polêmica ocorrida em 2014 sobre a proibição do uso da palavra “Allah” pelos cristãos, uma revista, uma igreja e um cidadão estão enfrentando o tribunal. Ore pelos advogados envolvidos nesses casos e que a justiça seja feita.

17 | TER BRUNEI (25º)
A segunda fase da aplicação da sharia (lei islâmica) está em processo como planejado. Ore para Deus guiar os líderes de igrejas e os cristãos, para que eles continuem impactando suas comunidades com o evangelho de Jesus.

18 | QUA MALDIVAS (13º)
No ano passado, o governo maldívio assinou uma nova lei de difamação e liberdade de discurso que pode ser usada para ameaçar os meios de comunicação e grupos da sociedade civil, inclusive os cristãos. Interceda pela igreja no país.

19 | QUI INDONÉSIA (43º)
A Portas Abertas na Indonésia completou 20 anos. Ore por esse período de celebrações e conferências. Peça a Deus para continuar abençoando as viagens de campo e que todos os eventos sejam feitos com a proteção do Espírito Santo.

20 | SEX SUDÃO (8º)
Peter Yen e Michael Yat (nomes fictícios) são dois pastores que ficaram conhecidos, no ano passado por serem presos por seguir a Cristo. Os dois foram libertados e estão de volta às suas famílias. Agradeça a Deus por isso.

21 | SAB REP. CENTRO-AFRICANA (26º)
A crise no país tem deixado os centro-africanos divididos. Mas, em meio às turbulências, pequenos seminários mostram resultados positivos no relacionamento entre cristãos e muçulmanos. Agradeça a Deus pois seu imenso amor tem prevalecido.

22 | DOM NIGÉRIA (12º)
Yakubu (nome fictício) foi atacado por militantes do Boko Haram, que invadiram sua casa na tentativa de decapitá-lo. Milagrosamente ele sobreviveu e foi capaz de perdoar seus agressores e disse que quer continuar compartilhando a mensagem de Cristo. Agradeça a Deus pela vida dele.

23 | SEG FILIPINAS
Louve a Deus pela igreja liderada pelo pastor Joseph (nome fictício), reformada com a ajuda da Portas Abertas e que voltou a funcionar. Hoje, há 149 membros e a juventude tem sido muito ativa. Joseph agradece a todos os que oram por eles.

24 | TER ETIÓPIA (18º)
Guta (nome fictício) é um fazendeiro de 28 anos que vive numa região onde a maioria das pessoas seguem religiões tradicionais. Por ser cristão, ele e sua família são perseguidos e ameaçados. Sua casa foi queimada e ele já está construindo outra. Ore por eles.

25 | QUA SÍRIA (5º)
Muitas crianças e jovens estão voltando às escolas, mas os caminhos que eles percorrem ainda são perigosos. Aqueles que estão em campos cristãos são mais protegidos. Ore por proteção e que os anjos do Senhor estejam sempre ao redor deles.

26 | QUI KUWAIT (41º)
A igreja tem crescido rapidamente no país. Ore pelos cristãos que estão na frente dos trabalhos evangelísticos e peça ousadia para que falem corajosamente. Que o Senhor continue curando os corações dos muçulmanos e atuando no meio deles.

27 | SEX OMÃ (50º)
Omani (nome fictício) é um novo convertido que está muito feliz por ter reconhecido Jesus como seu Salvador. Ore a Deus por ele, para que a nova vida seja protegida e por aqueles que vão se responsabilizar pelos estudos bíblicos.

28 | SAB EMIR. ÁRABES UNIDOS (47º)
Ore pelos líderes cristãos para que sejam sábios e estratégicos nessa região enquanto pregam a palavra. O governo tem mantido a paz e a segurança dos cidadãos e essa é uma chance que eles têm de falar sobre o amor de Cristo. Ore por eles.

29 | DOM IRAQUE (2º)
Um dia a igreja foi considerada uma “torre forte” nesse país. Hoje, porém, o cenário é de luto e destruição. Ore para que o Espírito de Deus capacite os cristãos remanescentes e que tenham força e ousadia para o tempo de reconstrução.

30 | SEG LÍBANO
A igreja no país tem encarado mais problemas do que soluções. Ore pelos cristãos que trabalham evangelizando os refugiados e interceda pelos líderes que batalham para manter uma igreja perseverante.

31 | TER LÍBIA (10º)
Um cristão líbio está enfrentando sérios problemas de saúde. Ore pela sua total restauração e pelos médicos que estão cuidando dele, para que sejam capacitados e guiados por Deus.

* As posições dos países correspondem a Lista Mundial da Perseguição de 2016.

Por: Missões Portas Abertas.

Anúncios
01/12/2012

Dia Nacional do Evangélico é comemorado em Brasília


Dia Nacional do Evangélico é comemorado em BrasíliaO Dia Nacional do Evangélico, comemorado dia 30 de novembro, existe em todo o país. Porém, somente no Distrito Federal será feriado, seguindo uma lei distrital em 1995.

A proposta foi ideia do então deputado Carlos Xavier (PMDB), que teve aprovação na Câmara Legislativa do DF. A lei foi sancionada pelo então governador Cristovam Buarque (PDT), e passou a fazer parte do calendário oficial.

Com a repercussão, a data também foi adotada por outros estados e municípios, determinando as comemorações em 30 de novembro como Dia do Evangélico. O presidente Lula tornou a lei nacional em 15 de setembro de 2010, através do projeto de lei 3541/08, proposta pelo deputado federal Cléber Verde (PRB-MA).

Em alusão à data, a Secretaria de Cultura do DF realizará hoje e amanhã uma programação com shows de bandas gospel no gramado da Esplanada dos Ministérios. Serão 25 atrações, com destaque para Damares nesta sexta-feira (30) e Trazendo a Arca, no sábado (1/12).

Por ser um feriado distrital, os órgãos federais e algumas instituições do DF, como o Tribunal de Justiça, funcionarão normalmente.

Segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) o número de evangélicos aumentou mais de 60% nos últimos 10 anos. Um crescimento de 16 milhões de fieis evangélicos que mexeu com país, outrora conhecido como a maior nação católica do mundo. Segundo projeções, o número de evangélicos deve ultrapassar o de católicos nos próximos 30 anos.

Fonte: Gospel Prime

24/11/2012

Permanecendo Firme Através da Tempestade


Paul no VO.jpgSegundo o livro Operation World (Operação Mundial), pela primeira vez foi documentado que há uma “igreja adoradora” em cada país geopolítico do mundo. Essa foi a primeira informação compartilhada pelo correspondente canadense Paul Estabrooks no culto de abertura do Congresso Vamos Orar Juntos, da Portas Abertas.

Estabrooks é autor de diversos livros e é responsável, também, pelo conteúdo do treinamento Permanecendo Firme Através da Tempestade (PFAT). Esse treinamento é aplicado apenas nos projetos de campo da Portas Abertas, ou seja, em países onde ficam as bases de apoio que formam a linha de frente do trabalho de fortalecimento dos cristãos que sofrem perseguição, lugares onde há severa punição para aqueles que decidem seguir o Senhor Jesus.

Como parte da programação do Congresso, essa é a primeira vez que esse conteúdo é divulgado no Brasil. Já nos primeiros slides da apresentação de Estabrooks há uma afirmação muito interessante: “Os cristãos são como sachês de chá. É preciso colocá-los na água quente para saber o quanto eles são fortes!” Ele contou que aprendeu essa verdade com irmãos da Igreja perseguida.

Durante a manhã de hoje (23), o correspondente ministrou aos participantes do Vamos Orar Juntos duas partes do treinamento. Inicialmente, afirmou: “Há dois lados da vida cristã: o sofrimento e a glória. Quando nós participamos do sofrimento de Jesus, podemos ter certeza que também participaremos da sua glória.”

Para Estabrooks, “sofrimento, na vontade de Deus, tem significado e propósito: tornar o cristão alguém segundo a imagem de seu filho, Jesus”. Ele continuou: “Se não vale a pena morrer por Cristo, não vale a pena viver!”

Então, recontou a história que alguns irmãos na América Latina lhe falaram. Nessa região há diversos países em que a violência fala mais alto que a tolerância religiosa e o respeito aos direitos humanos. O tempo todo, cristãos enfrentam risco de morte. Acordam de manhã, beliscam a si mesmo e, ao perceberem que ainda estão vivos, glorificam ao Senhor por mais um dia em que podem servi-Lo e adorá-Lo na Terra. “Já estamos mortos em Cristo, só nos resta servimos ao Senhor dia após dia”, disseram eles a Estabrooks.

Paul acrescentou: “Às vezes as tempestades da vida vêm para nos mostrar que Deus está no controle. Ele não nos garante conforto, mas dá a certeza que a tempestade, um dia, vai acabar!”

*Congresso Vamos Orar Juntos

Fonte: Portas Abertas

18/09/2012

Metodistas realizam campanha de doação de sangue


Metodistas realizam campanha de doação de sangue Todos os anos a Igreja Metodista realiza no mês de setembro a campanha “Um doador de sangue salvou minha vida“. À luz da Palavra de Deus e da herança de seu fundador John Wesley, esse trabalho baseia-se em atos de piedade e atos de misericórdia. “Porque isto é o meu sangue, que é derramado em favor de muitos, para o perdão dos pecados.”  – Mateus 26.28

O ato solidário foi Lançado como uma das metas da Campanha Nacional de Evangelização da Igreja Metodista em 2008. Por meio de ações e parcerias com hemocentros muitas igrejas e comunidades têm aderido a esse chamado e vidas têm sido ajudadas.  Mas como participar?

A denominação estimula a mobilização das igrejas e da comunidade para uma campanha local de doação de sangue. E enfatiza a necessidade de se fazer uma parceria com algum hemocentro da sua região. Outra possibilidade é ir até algum hemocentro e doar.

Durante os dias de doação de sangue a Igreja Metodista lembra o sacrifício de Jesus, que doou sua vida para que todos tenham vida em abundância. E sugere que, antes da ida ao posto de doação, a igreja faça um momento devocional com os doadores.


Fonte: Creio com informações Portal Metodista

27/08/2012

Silas Malafaia reúne cerca de 200 mil pessoas em Manaus


Silas Malafaia reúne cerca de 200 mil pessoas em Manaus

O primeiro dia do evento Vida Vitoriosa para Você na cidade de Manaus reuniu, na noite do sábado (25) reuniu cerca de 200 mil pessoas na Praia Ponta Negra, no zona Oeste da cidade. A cruzada é organizada pela Associação Vitória em Cristo, organização presidida pelo pastor Silas Malafaia que esteve ministrando para os presentes.

O show inicia com a apresentação de cantores da Central Gospel Music, como Eyshila, Jozyanne, Raquel Mello, Marquinhos Menezes e Lilian, Danielle Cristina e outros. Além de mostrar sucessos de suas carreiras solo, os cantores da gravadora também mostram as canções que fazem parte do CD de comemoração aos 30 anos da AVEC.

Após o momento de louvor, o pastor Silas Malafaia subiu ao grande palco montado para ministrar a palavra de Deus. O que acontecia no palco era transmitido por vários telões de LED em alta definição que foram espalhados em pontos estratégicos.

Diversos nomes da música gospel se apresentaram para o público.

“A festa Vida Vitoriosa para Você é um evento para o público em geral, evangélicos e não evangélicos, que desejam escutar a palavra de Deus”, disse Malafaia ao portal G1 de Manaus.

O evento foi marcado há oito meses e teve a participação ativa dos líderes religiosos da capital amazonense e região.

Fonte: G 1

07/08/2012

Seminário Carisma completa dez anos de atividades


Seminário Carisma completa dez anos de atividadesSeminário Carisma completa dez anos de atividades

Nos últimos dez anos o Seminário Teológico Carisma já formou seis mil alunos, homens e mulheres de Deus que foram treinados para levar o evangelho de Cristo para todas as partes do Brasil e também do mundo.

O seminário é promovido pela Igreja Batista da Lagoinha, mas é interdenominacional, ou seja, ministros de quaisquer denominação pode participar desse curso que é realizado em Belo Horizonte e em Betim.

As aulas oferecem 100% de matérias bíblicas, tendo como um dos professores o pastor Márcio Valadão, que ministrar algumas disciplinas do seminário que é dirigido pelo pastor Leonardo Capochim.

“Nossa visão é treinar ministros na Palavra e no Espírito de forma a impactar a nossa pátria e o mundo com o evangelho de Jesus Cristo, e nossa missão é anunciar, advertir e ensinar a todo homem em toda a sabedoria, a fim de apresentar todo homem perfeito em Cristo, para o desempenho do seu serviço e para a edificação do Corpo de Cristo”, diz o pastor Capochim.

O nome do curso é baseado no capítulo 4 do livro de Efésios quando o apóstolo Paulo fala sobre os dons ministeriais, já que a palavra Carisma – em grego, khárisma, e em latim, Charisma – significa “dons do Espírito Santo”.

Interessados de diversas partes do país vão até Minas para participar desse preparo que não inclui apenas aulas teóricas, mas muitas atividades práticas que faz com que esses alunos participem de um dos quase 200 ministérios da Igreja Batista da Lagoinha. Para reforçar os ensinamentos recebidos ao longo do curso, os seminaristas participam de grupos de estudo, escola de oração, workshop, conferências e outras atividades.

Fonte: Gospel Prime

18/05/2012

Não perca: neste sábado Marcha para Jesus no Rio


Neste próximo sábado (19), o Rio de Janeiro receberá a edição 2012 da Marcha para Jesus. O evento que se consagrou como uma das maiores mobilizações na cidade promete nesse ano superar o público de 200 mil pessoas, alcançado em sua última edição.

Dirigida pelo COMERJ (Conselho de Ministros Evangélicos do Estado do Rio de Janeiro) a Marcha para Jesus 2012 será presidida pelo pastor Silas Malafaia e coordenada pelo pastor Alexandre Isquierdo. A Marcha para Jesus promete fazer história e levar uma mensagem em favor da vida e da família, neste ato de fé e mudança para o Brasil, que somente em Jesus se pode encontrar.

O evento

A Marcha para Jesus Rio 2012 iniciará às 14h do próximo sábado (19), com saída da Av. Presidente Vargas (Uruguaiana). No decorrer do caminho, vários trios elétricos embalarão o percurso com muita música até o final do trajeto na Praça da Cinelândia, em frente à Câmara dos Vereadores, onde um grande palco estará montado para receber o público e uma palavra de fé ministrada pelo Pr. Silas Malafaia aos moradores do Rio de Janeiro ao lado dos pastores Abner Ferreira, Marco Antônio e Marcus Gregório.

Além do público, vários convidados e participações musicais farão da Marcha para Jesus uma grande festa. Vários nomes foram confirmados, como o cantor Thalles Roberto, conhecido nacionalmente por sua musicalidade. Outra participação confirmada é a revelação da músicagospel, o cantor Jotta A. Ministro de louvor e dono de uma das vozes mais respeitadas no seguimento gospel, Davi Sacer estará presente. Três dos principais grupos de louvor do Brasil farão parte do evento, Renascer Praise diretamente de São Paulo, Ministério Apascentar e Comunidade Evangélica da Zona Sul. O roqueiro PG confirmou sua presença, assim como o grupo Quatro por Um, com repertório formado por músicas conhecidas em todo Brasil. Régis Danese fará sua primeira participação na Marcha do Rio. Outro estreante é o cantor e compositor Nani Azevedo. As mulheres serão muito bem representadas por Jozyanne, Eyshila e Léa Mendonça. O grupo Kainón traz para o palco um ritmo bem regional, e outra presença marcante será a linda voz de Gabriela Rocha, que, ao lado de Thalles Roberto, fará uma participação especial, além do Gospel Night com DJ Marcelo Araújo, que será o responsável por manter o ritmo nos intervalos dessa, que promete ser a maior Marcha para Jesus de toda a história do Rio de Janeiro.

Serviços:

Marcha Para Jesus – Rio 2012

Participações: Thalles Roberto, Jotta A, Davi Sacer, Renascer Praise, Ministério Apascentar, Comunidade Evangélica da Zona Sul, Régis Danese, Nani Azevedo, Jozyanne, Eyshila, Kainón, Gabriela Rocha, Ministério Gospel Night.

Preletor: Pastor Silas Malafaia, Pastor Abner Ferreira, Pastor Marco Antônio e Pastor Marcus Gregório.

Data: 19 de Maio de 2012

Local: Saída às 14h na Av. Presidente Vargas (Uruguaiana)

Evento Gratuito

E-mail: assessoria@gnproducoes.com.br

Informações: www.marchaparajesusrio.com.br

Fone: (21) 3738-1310 – (21) 3738-0310

Pr. Silas Malafaia fala sobre a importância da Marcha para Jesus

A Marcha para Jesus tem algumas finalidades importantíssimas no mundo espiritual. Primeiro, declarar que Cristo é o Senhor do Estado do Rio de Janeiro e do Brasil. Segundo, declarar profeticamente a bênção de Deus sobre o nosso estado e o nosso país. Terceiro, reafirmar princípios irrevogáveis da nossa fé. Por último, a Marcha representa a unidade da Igreja celebrada, pois o evento não é de denominação alguma, nem de pastor; é do povo de Deus. Tendo em vista esses atributos, o foco principal este ano é marchar em favor da liberdade de expressão e em favor da liberdade religiosa, da família tradicional e da vida.

Atualmente é fundamental percebermos que as paradas gays são realizadas a fim promulgar a sua agenda para o Brasil. O objetivo deles, já declarado em diversos documentos, é a desconstrução da heteronormatividade. Então, não se enganem! Pois o que eles realmente desejam é calar os pastores, por conseguinte, calar a igreja e rotular a Bíblia como livro homofóbico.

A Marcha para Jesus, portanto, tem de ser um contraponto. Declaro profeticamente, em nome de Jesus, que eles estão derrotados.

Querido colega, forme uma caravana na sua igreja. Vamos juntos declarar que o Estado do Rio de Janeiro e o Brasil são do Senhor Jesus.

Deus abençoe você.

Um forte abraço,

Silas Malafaia

 

18/05/2012

Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes


18 de maio é a data em que Araceli Cabrera Crespo, de nove anos incompletos, desapareceu da escola onde estudava para nunca mais ser vista com vida. A menina foi estupidamente martirizada. Araceli foi espancada, estuprada, drogada e morta numa orgia de drogas e sexo. Seu corpo, o rosto principalmente, foi desfigurado com ácido. Seis dias depois do massacre, o corpo foi encontrado num terreno baldio, próximo ao centro da cidade de Vitória, Espírito Santo. Seu martírio significou tanto que esta data se transformou no “Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes”.

18 de Maio

ARACELI: Símbolo da violência. Por Pedro Argemiro

Durante mais de três anos, na década de 70, pouca gente ousou abrir a gaveta do Instituto Médico-Legal de Vitória, no Espírito Santo, onde se encontrava o corpo de uma menina de nove anos incompletos. E havia motivos para isso. Além de o corpo estar barbaramente seviciado e desfigurado com ácido, se interessar pelo caso significava comprar briga com as mais poderosas famílias do estado, cujos filhos estavam sendo acusados do hediondo crime. Pelo menos duas pessoas já tinham morrido em circunstâncias misteriosas por se envolverem com o assunto.

Ainda assim, corajosos enfrentavam os poderosos exigindo justiça, tanto que o corpo permanecia insepulto na fria gaveta, como se fosse a última trincheira da resistência. O nome da menina era Araceli Cabrera Crespo e seu martírio significou tanto que o dia 18 de maio – data em que ela desapareceu da escola onde estudava para nunca mais ser vista com vida – se transformou no Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.

Por uma dessas cruéis ironias, Jardim dos Anjos era onde ficava um casarão, na Praia de Canto, usado por um grupo de viciados de Vitória (ES) para promover orgias regadas a LSD, cocaína e álcool, nas quais muitas vítimas eram crianças – anjos do sexo feminino. Entre a turma de toxicômanos, era conhecida a atração que Paulo Constanteen Helal, o Paulinho, e Dante de Brito Michelini, o Dantinho, líderes do grupo, sentiam por menininhas. Dizia-se, sempre a boca pequena, que eles drogavam e violentavam meninas e adolescentes no casarão e em apartamentos mantidos exclusivamente para festas de embalo. O comércio de drogas era, e é muito enraizado naquela cidade. O Bar Franciscano, da família Michelini, era apontado como um ponto conhecido de tráfico e consumo livres.

Araceli vivia com o pai Gabriel Sanches Crespo, eletricista do Porto de Vitória, a mãe Lola, boliviana radicada no país, e o irmão Carlinhos, alguns anos mais velho que ela. Na casa modesta, localizada na Rua São Paulo, bairro de Fátima, era mantido o viralata Radar, xodó da menina, que o criava desde pequenino. Segundo o escritor José Louzeiro que acompanhou o caso de perto e o transformou no livro “Araceli, Meu Amor” – o nome Radar foi escolhido pela garota “para que o animal sempre a encontrasse”. Araceli estudava perto de casa, no Colégio São Pedro, na Praia do Suá, e mantinha urna rotina dificilmente quebrada. Ela saía da escola, no fim da tarde, e ia para um ponto de ônibus ali perto, quase na porta de um bar, onde invariavelmente brincava com um gato que vivia por ali.

No dia 18 de maio de 1973, uma sexta-feira, a rotina de Araceli foi alterada. Ela não apareceu em casa e o pai, num velho Fusca, saiu a procurá-la pelas casas de amigos e conhecidos, até chegar ao centro de Vitória. Nada. A menina não estava em lugar algum. Só restou a Gabriel comunicar a Lola que a filha estava desaparecida e que tinha deixado seu retrato em redações de jornais, na esperança de que fosse, realmente, somente um desaparecimento. No dia seguinte, quando foi ao colégio para conseguir mais informações, Gabriel ficou sabendo que a menina tinha saído mais cedo da escola. De acordo com a professora Marlene Stefanon, Araceli tinha “ido embora para casa por volta das quatro e meia da tarde, como a mãe mandou pedir num bilhete”

Na véspera, Lola tivera uma reação aparentemente normal ao constatar a demora da filha em chegar em casa. Primeiro, ficou enervada; depois, preocupada. No sábado, tarde da noite, sofreu uma crise nervosa e precisou ser internada no Pronto Socorro da Santa Casa de Misericórdia. Ainda no início do processo, acabariam pesando sobre ela fortes suspeitas e graves acusações. Lola foi apontada como viciada e traficante de cocaína, fornecedora da droga para pessoas influentes da cidade e até amante de Jorge Michelini, tio de Dantinho. E mais: ela era irmã de traficantes de Santa Cruz de La Sierra, para onde se mudou tão logo o caso ganhou dimensão, deixando para trás o marido Gabriel e o outro filho, Carlinhos. Não se sabe até onde Lola facilitou ou estimulou a cobiça dos assassinos em relação a Araceli.

Menina era usada no tráfico de drogas

A respeito de Dantinho e de Paulinho Helal, dizia-se que uma de suas diversões durante o dia era rondar os colégios da cidade em busca de possíveis vítimas, apostando na impunidade que o dinheiro dos pais podia comprar. Dante Barros Michelini era rico exportador de café (tão ligado a Dantinho que chegou a ser preso, acusado de tumultuar o inquérito para livrar o filho). Constanteen Helal, pai de Paulinho, era comerciante riquíssimo e poderoso membro da maçonaria capixaba. Seus negócios também incluíam imóveis, hotéis, fazendas e casas comerciais. Já o eletricista Gabriel, seu maior tesouro era a filha. No domingo, ele foi à delegacia dar queixa, onde lhe foi dito que tudo seria feito para encontrar Araceli. Na Santa Casa, ele contou a Lola o resultado de sua busca e falou da garantia dos policiais de que tudo acabaria bem. Lola pareceu não acreditar – e chorou. O escritor José Louzeiro não tem dúvida:Lola foi, indiretamente, a causadora do hediondo crime de que sua filha foi vítima. “Na sexta-feira, a mando da mãe, Araceli tinha ido levar um envelope no edifício Apoio, no Centro de Vitória, ainda em construção, mas que já tinha uns três ou quatro apartamentos prontos, no 8º andar. A menina não sabia, mas o envelope continha drogas.

Num dos apartamentos, Paulinho Helal, Dantinho e outros se drogavam. Ela chegou, foi agarrada e não saiu mais com vida”, conta o escritor.

O que aconteceu realmente com Araceli Cabrera Crespo talvez nunca se saiba. E talvez, seja bom mesmo não conhecer os detalhes, tamanha é a brutalidade que o exame de corpo delito deixa entrever. A menina foi estupidamente martirizada. Araceli foi espancada, estuprada, drogada e morta puma orgia de drogas e sexo. Sua vagina, seu peito e sua barriga tinham marcas de dentes. Seu queixo foi deslocado com um golpe. Finalmente, seu corpo – o rosto, principalmente – foi desfigurado com ácido.

Corrupção e cumplicidade da polícia

Seis dias depois do massacre da menina, um moleque caçava passarinhos num terreno baldio atrás do Hospital Infantil Menino Jesus, na Praia Comprida, perto do Centro da capital. Mas o que ele encontrou foi o corpo despido e desfigurado de Araceli. Começou, então, a ser tecida uma rede de cumplicidade e corrupção, que envolveu a polícia e o judiciário e impediu a apuração do crime e o julgamento dos acusados por uma sociedade silenciada pelo medo e oprimida pelo abuso de poder. Dois meses após o aparecimento do corpo, num dia qualquer de julho de 1973, o superintendente de Polícia Civil do Espírito Santo, Gilberto Barros Faria, fez uma revelação bombástica. Ele afirmou que já sabia o nome dos criminosos, vários, e que a população de Vitória ficaria estarrecida quando fossem anunciados, no dia seguinte. Barros havia retirado cabelos de um pente usado por Araceli e do corpo encontrado e levado para exames em Brasília. Confirmando que eram iguais.

Por que a providência? Até então, havia dúvidas que era de Araceli o corpo que apareceu desfigurado no terreno baldio. Gabriel sabia que era o da filha – ele o reconheceu por um sinal de nascença, num dos dedos dos pés. Mas Lola disse o contrário. Assim que se recuperou, ela foi ao IML reconhecer o corpo e afirmou que não era de sua filha. Louzeiro recorda um outro fato a respeito disso, altamente elucidativo. Certo dia, Gabriel levou o cachorro Radar ao IML só para confirmar, ainda mais sua certeza. Não deu outra: mesmo com a gaveta fechada, animal agiu realmente como um radar, como Araceli premonizara, e foi direto à geladeira onde estava o corpo de sua dona.

Fonte:
Centro de Educação Sexual – CEDUS
Co-Representante ONG-Sudeste/CNAIDS-MS

18/05/2012

Marcha contra a homofobia é um fracasso de público


Cerca de 500 pessoas se reuniram nesta quarta-feira na praça dos Três Poderes para a 3ª Marcha Nacional contra a Homofobia, segundo Polícia Civil. Participaram representantes de partidos políticos, organizações não governamentais e entidades de classe.

Os organizadores esperavam cerca de 1,5 mil pessoas de todos os estados do país, mas a chuva que caia sobre Brasília desde ontem (15) atrapalhou o início da manifestação de manhã.

Uma bandeira com as cores do arco-íris, símbolo do movimento, foi estendida em frente ao Palácio do Planalto. Da praça, os manifestantes seguiram em caminhada até a frente do Congresso Nacional, onde o Senado promoveu ontem (15) uma audiência pública para debater projeto que criminaliza a homofobia.

Os manifestantes pediam que o governo federal defina um orçamento para financiar o Plano de Promoção dos Direitos Humanos e Cidadania LGBT, para a elaboração e a aplicação de políticas públicas voltadas a gays, lésbicas, travestis e transexuais.

PLC 122/2006

Os manifestantes também defenderam a aprovação do Projeto de Lei 122, que criminaliza a opinião contra a prática homossexual. Se aprovada, a norma deverá ser conhecida como Lei Alexandre Ivo, em homenagem ao adolescente de 14 anos assassinado em 2010, em São Gonçalo (região metropolitana do Rio de Janeiro), vítima de homofobia.

A Bancada Evangélica não concorda com pontos da lei, que atingem diretamente as igrejas.

%d blogueiros gostam disto: