Posts tagged ‘Câmara dos Deputados’

25/02/2011

Marcelo Aguiar agradece a evangélicos em primeiro discurso na Câmara


Deputado federal Marcelo Aguiar (PSC-SP)

´Em sua estréia na tribuna da Câmara dos Deputados o deputado federal Marcelo Aguiar (PSC-SP) – que é cantor gospel – agradeceu aos 98.842 eleitores de todo o Estado de São Paulo que garantiram sua eleição para a Câmara dos Deputados. Em sua fala, o parlamentar agradeceu os eleitores evangélicos e à Igreja Evangélica Renascer em Cristo, em especial, que teve participação fundamental em suas campanhas políticas.“Quando me elegi vereador por São Paulo, vinha de uma bem sucedida carreira como cantor sertanejo, como cantor gospel, e minha trajetória no meio político pareceu-me à época o caminho natural de alguém que se preocupava com o ser humano. O apoio dos eleitores evangélicos, da Igreja Evangélica Renascer em Cristo, em especial, que teve uma participação fundamental nas minhas campanhas, e o do meu partido, o PSC, fizeram-me ver que eu estava certo. Hoje agradeço pela confiança em mim depositada por 98.842 eleitores de todo o Estado de São Paulo, em especial, 53 mil eleitores só da capital de São Paulo”, agradeceu Marcelo.

O parlamentar falou do projeto que comandou na cidade de São Paulo para assegurar as edificações e a obtenção de alvarás que inclui igrejas e prédios comerciais. Marcelo Aguiar ainda discursava quando o plenário recebeu a visita do Apóstolo Valdemiro Santiago, líder da Igreja Mundial. Após cumprimentar o líder evangélico, Marcelo Aguiar quebrou o protocolo e cantou um trecho da música “Esse é meu Deus”. “Apóstolo Valdemiro, quero parabenizá-lo por ser hoje uma das maiores lideranças que nós temos em todo o Brasil, em todo o mundo – o senhor já foi ao Japão e viajou tantos lugares – Deus tem usado o senhor de forma sobrenatural. Nós reconhecemos essa autoridade espiritual, esse apostolado que está sobre a sua vida.

Quero aproveitar para falar-lhe algo: ‘Eu tenho um Deus que estava comigo enquanto eu chorava, e eu nem sabia o quanto ele me amava. Esse é o meu Deus’. Esse é o seu Deus”, concluiu.

Em seguida Marcelo concedeu aparte aos deputados Acelino Popó, Anthony Garotinho, João Campos, Inocêncio Oliveira, Berinho Bantim, Lincoln Portela, Antônia Lúcia, Pastor Marco Feliciano e Missionário José Olimpio que também cumprimentaram Valdemiro.

Além disso, falou do crescimento do PSC em todo o País. O partido passou de 8 para 17 deputados federais, elegeu um senador e 35 deputados estaduais. O colega de partido Filipe Pereira deu as boas-vindas para o parlamentar. “Nós do PSC temos a satisfação grande de ter não só um vereador de sucesso, como o senhor foi na Câmara Municipal de São Paulo, mas também de ter o reconhecimento da população paulista, que não só o elegeu deputado federal, mas aumentou sua votação para que o senhor pudesse estar hoje conosco, fazendo parte da bancada social cristã e fazendo com que todos os seus ideais sejam defendidos e arduamente batalhados nesta Casa”, afirmou Pereira. “Deputado Marcelo Aguiar, que Deus o abençoe.

Mais uma vez, bem-vindo a esta Casa e bem-vindo ao PSC, essa grande bancada da Câmara”, completou.

Antes de terminar seu discurso o deputado aproveitou para cumprimentar a colega de partido deputada Lauriete. “Quer aproveitar esse momento para parabenizar nossa querida missionária, serva de Deus, levita e deputada Lauriete, que hoje completa mais um ano de vida. Parabéns à deputada Lauriete pelo seu aniversário”, disse.

Fonte: Assessoria de Imprensa
11/02/2011

Pastor Deputado Marco Feliciano ministra Santa Ceia na Câmara dos Deputados


Segundo informações da Frente Parlamentar Evangélica, o deputado federal por São Paulo, pastor Marco Feliciano e a deputada e cantora gospel Lauriete foram os ministrantes do 1º culto de 2011, realizado nesta terça-feira, na Câmara Federal, em Brasília, após a posse dos 513 deputados federais. O culto contou com a presença de parlamentares evangélicos, que nesta legislatura somam 71, e do presidente eleito para os próximos dois anos, Marco Maia (PT-RS).

Entre famosos e anônimos, estiveram os parlamentares Pastor Pedro Ribeiro, Antony Gatorinho, Benedita da Silva, Heleno Silva, Pastor Eurico, Silas Câmara, Antonia Lúcia, Manato, Gilmar Machado, Erivelto Santana, Paulo Freire, Ronaldo Fonseca, Nilton Capixaba, Oziel de Oliveira, Leonardo Quintão, Zequinha Marinho, Fátima Pelaes, Pastor Takayama e o Senador Walter Pinheiro.

Informações dão conta que o culto ocorreu no ‘plenário 1’ da Casa, local onde geralmente ocorrem acaloradas discussões sobre pautas polêmicas em tramitação na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania. O deputado Feliciano pregou sobre a história de Moisés, líder do AT, e contou parte de seu testemunho e Lauriete cantou hinos de louvor.

Ainda durante o culto foi servido a Santa Ceia e o presidente da Frente Parlamentar Evangélica, deputado João Campos (PSDB-GO), abriu um espaço para um momento de gratidão a Deus pela eleição do Presidente Marco Maia.

Via: Gospel +

06/12/2010

Aprovação da Lei da Mordaça Gay será o último ato do Governo Lula?


Tentativas de manobrar o projeto anti-“homofobia” ocorrerão no Senado entre os dias 8 e 9 de dezembro de 2010.

Conforme depoimento de muitos parlamentares evangélicos e acontecimentos nos últimos dias no Senado Federal, venho a público com uma informação emergencial. Ativistas do movimento homossexual articularam com senadores que apoiam sua agenda um avanço, no Senado Federal entre os dias 8 e 9 de dezembro de 2010, do famoso PLC 122/06, que torna crime inafiançável a crítica ao comportamento homossexual, ou seja, imporá sobre o Brasil uma lei que tratará como criminosa toda pessoa que expressar uma opinião contrária ao homossexualismo.

No dia 08/12/2010 (quarta-feira) haverá Sessão Ordinária na Comissão de Direitos Humanos para discutir diversos assuntos já estabelecidos em pauta. Aproveitando a estação do Natal e a aparente desmobilização dos cristãos e dos políticos, parlamentares ligados à militância gay têm a intenção, conforme evidências a que tivemos acessos, de apresentar um requerimento extra-pauta pedindo a dispensa da realização das audiências públicas para que, em vez de se continuar discutindo o PLC 122, ele seja imediatamente votado.

Esta não é a primeira vez que os ativistas GLBT tentam esse tipo de manobra. Numa madrugada de dezembro de 2008 a Senadora Fátima Cleide, relatora do PLC 122/2006, tentou aprovar um requerimento de urgência ao PLC 122/2006 no Plenário do Senado durante as discussões do Orçamento da União. Para tal finalidade, Cleide já havia recolhido no requerimento a assinatura de vários líderes de partidos que assinaram enganados sem saber que se tratava do polêmico projeto anti-“homofobia”. Ela contava também com o apoio da então líder do governo, Senadora Ideli Savati. Mas naquela madrugada o Senador Magno Malta estava presente e não deixou que a votação acontecesse.

Então é possível que a relatora e outros senadores a tentem novamente pedir o regime de urgência. Essa é a última cartada da senadora, que está em seus últimos dias no Congresso, tendo sido impedida de continuar representando Rondônia no Senado, por ter sido rejeitada nas urnas pelo povo de seu estado.

Se conseguirem essa última cartada, a votação do PLC 122/06 (emendado) no plenário do Senado será de fácil aprovação, pois as emendas apresentadas e aprovadas pela Comissão de Direitos Humanos do Senado aparentam um projeto de lei sem “aparentes violações” ao direito de liberdade de expressão e consciência, o que o torna a sua aprovação pelos senadores uma possibilidade fácil.

Os meios de comunicação de massa também colaborarão para essa facilitação, mostrando cenas de violências contra homossexuais, com o propósito de passar uma imagem de “massacre” de homossexuais o Brasil, criando uma atmosfera favorável para aprovação do PLC 122 no Senado.

O pior não é essa estratégia de aprovação pelo Plenário do Senado, mas o que acontecerá na Câmara dos Deputados, pois depois de aprovado no Senado com as alterações propostas o PLC 122 voltará para a Câmara dos Deputados onde nasceu.

E ai é que está o perigo e a armadilha principal, pois existe uma forte mobilização para que na semana seguinte à aprovação do PLC 122 pelo Senado Federal, ele seja votado imediatamente no Plenário da Câmara, e é certeza que o movimento gay já está fazendo seu trabalho de pressão junto aos deputados para que eles DERRUBEM TODAS AS EMENDAS APROVADAS PELOS SENADORES, as quais suavizaram um pouco o projeto, ou seja, o texto do PLC 122 passa ser válido na sua forma brutal e ditatorial original como foi aprovado no ano de 2006 na Câmara, com todas as questões gravíssimas, ilegalidade e inconstitucionalidade já apontadas por diversos juristas e instituições, entre elas a Igreja Evangélica e a CNBB.

Os ativistas do movimento homossexual estão certos de que conseguirão derrubar na Câmara Federal todas as emendas dos senadores.

Em seguida o texto aprovado na Câmara na forma original que foi proposto será enviado para a sanção ou veto presidencial. Esse será o último grande ato do presidente Lula.

O que fazer?

Escreva para todos os senadores alertando-os e pedindo posição contrária ao PLC 122, o projeto de ditadura gay.

Para ter todos os e-mails dos senadores e uma mensagem, siga este link: http://juliosevero.blogspot.com/2009/04/cientista-medica-escreve-aos-senadores.html

Com informações do Blog Zenóbio Fonseca. Para uma explicação jurídica mais detalhada desta movimentação, consulte o Blog do Zenóbio Fonseca.

Fonte: O Verbo / http://www.juliosevero.com

%d blogueiros gostam disto: