Posts tagged ‘CRISTÃ’

04/01/2019

Damares esclarece questão sobre LGBTs e diz ser “terrivelmente cristã”


A ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, tomou posse nesta quarta-feira (2) na nova pasta criada pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL) e negou que a comunidade LGBT terá seu espaço diminuído durante o novo governo.

Damares disse que seu ministério será o “mais extraordinário e lindo da nova gestão” e afirmou que tudo que ela fala ou faz “vira ruído”.

A ministra tratou do tema sobre os direitos dos LGBTs em seu discurso após a repercussão da Medida Provisória n. 870/19, assinada nesta terça-feira, 2 de janeiro, pelo presidente Bolsonaro.

A MP não traz explicitamente em seu texto a disposição do Ministério em cuidar da questão LGBT. Entre as políticas e diretrizes da nova pasta constam: “Mulheres, crianças e adolescentes, juventude, idosos, pessoas com deficiência, população negra, minorias étnicas e sociais e índios.”

Segundo Damares, a imprensa errou ao noticiar que a as demandas da comunidade LGBT não estarão mais sob o Ministério dos Direitos Humanos, agora renomedo. Ela afirmou que questão nunca foi tratada por uma secretaria, e sim por uma diretoria, e disse que o tema vai ficar sob a tutela da secretaria nacional de proteção global.

“Tudo que essa ministra faz ou fala vira ruído”, ironizou Damares ao se explicar.

Damares pincelou o assunto do LGBT em outros momentos do discurso. Disse que é “uma mulher sozinha com uma filha e nada vai tirar de nós esse vínculo. Nós somos uma família. E todas as configurações familiares serão respeitadas”. E, num momento em que os convidados da posse bateram muitas palmas, declarou: “ninguém vai nos impedir de chamar nossas meninas de princesas e nossos meninos de príncipes”.

A nova ministra ainda destacou o papel da família no novo governo. “O governo Bolsonaro vem com outra perspectiva, todas as políticas públicas terão de ser construídas com base na família”, afirmou Damares. “Não dá mais para pensar em políticas públicas sem o fortalecimento da família.”

Em outro momento do seu discurso, a ministra afirmou: “O Estado é laico, mas esta ministra é terrivelmente cristã”.

Damares Alves citou também denúncias de violência contra a mulher e afirmou que, no governo de Jair Bolsonaro, nenhuma será ignorada.

Ela também afirmou que gostaria que o ministério se chamasse “Ministério da Vida e da Alegria”. “E por falar em vida, eu falo vida desde a concepção”, destacou.

Damares Alves é educadora, advogada e foi assessora parlamentar no gabinete do senador Magno Malta (ES), um dos principais aliados do presidente Jair Bolsonaro. Ela nasceu no Paraná, mas mudou-se aos seis anos para o Nordeste, onde morou em Alagoas e na Bahia.

O Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos foi criado por Bolsonaro. Caberá à pasta coordenar as políticas e as diretrizes destinadas à promoção dos direitos humanos.

Fonte: G1

02/10/2012

Cristã de 74 anos é vítima de violência policial


Cristã de 74 anos é vítima de violência policialSétima nação na Classificação da Portas Abertas de Países por Perseguição de Cristãos, o Uzbequistão sediou, recentemente, uma série de ofensas contra os cristãos, incluindo agressões policiais, espancamentos, e multas exorbitantes por conta de atividade religiosa. O site de notícias Forum 18 News Service relatou que duas mulheres idosas são as vítimas mais recentes.

A polícia invadiu a casa de Nina Cashina, uma cristã protestante, deficiente, de 74 anos de idade, e confiscou 25 livros cristãos, incluindo sete Bíblias e três Novos Testamentos russos; 25 DVDs e 20 fitas de áudio. Eles, então, invadiram a casa pertencente à  vizinha de Cashina, Gulya. O Forum 18 não conseguiu descobrir o nome completo de Gulya, mas soube, através de fontes, que ela está registrada como portadora de deficiência, em uma clínica local.

Após entrarem na casa de Gulya, os policiais algemaram a mulher e arrastaram-na para o carro, onde ela foi agredida por vários oficiais. As duas mulheres foram levadas para uma delegacia próxima, onde Gulya sofreu um ataque epilético. Ore pela recuperação dela.

Ainda segundo reportagem do Forum 18, médicos queriam levá-la a um hospital, mas a polícia não permitiu. Ao invés disso, “obrigaram-na a escrever uma declaração de que Cashina distribuía DVDs de filmes cristãos entre os muçulmanos.”

Ambas as mulheres foram liberadas e Cashina enfrenta, agora, acusações administrativas. O Forum 18 informou que milhares de crentes no Uzbequistão têm enfrentado perseguições como esta. Em alguns casos, as multas excedem quase 30 vezes o salário mínimo.

Na região leste do Uzbequistão, um irmão foi multado por cantar músicas cristãs

O Forum 18 também relatou as multas excessivas contra Viktor Kotov, no início de setembro. Em uma manhã de domingo, a casa de Kotov foi invadida por 15 policiais à paisana, que questionaram os moradores sem mostrar qualquer documentação. Em seguida, produziram registros oficiais e saíram. Mais tarde, Kotov foi multado em 314.600 sons do Uzbeque (moeda local); a soma de cinco vezes o salário mínimo mensal.

“Quando os policiais invadiram a residência, Kotov, sua esposa e filhos e uma mulher idosa, amiga da família, estavam simplesmente cantando músicas cristãs”, crentes locais relataram ao Forum 18.

“Este caso mostra, mais uma vez, que as autoridades do Uzbequistão estão decididas a liderar uma luta contra os cristãos do país.”

Ore pela paz no Uzbequistão. Peça a Deus pela proteção e livramento dos crentes que enfrentam perseguição nesta nação.

Fonte: Portas Abertas

25/05/2011

Aldeões espancam cristão por defender moças


Aldeões espancam cristão por defender moças Aldeões muçulmanos espancaram um jovem cristão de 22 anos, no mês passado, por ter defendido moças cristãs de assédios e intimidações constantes, disseram fontes.

Sipon Mondol foi espancado em 20 de abril, quando voltava para Nittanandapur, seu vilarejo natal, vindo de Gangni, distrito de Meherpur, a 200 quilômetros a oeste da capital, Dhaka, declarou seu pai. Em 15 de abril, em um evento cultural para celebrar o Ano Novo Bengali, Poresh Mondol disse que seu filho defendera moças cristãs das difamações de um grupo de homens muçulmanos, o que levou a uma briga entre os grupos.

“Eles estavam fazendo comentários sugestivos sobre nossas moças durante o programa,” disse Mondol. “Alguns rapazes cristãos, incluindo meu filho, protestaram contra isso. Uma briga entre os muçulmanos e os cristãos se seguiu ao protesto. Eles tentaram arrastar meu filho para o vilarejo deles, puxando-o pelo colarinho.”

A família Mondol informou os pais dos jovens muçulmanos, e anciãos do vilarejo asseguraram aos cristãos que iriam resolver esse antigo problema e esse tipo de assédio não aconteceria novamente.

“Depois da queixa, no entanto, aqueles jovens muçulmanos se tornaram mais violentos,” disse ele. “Eles bateram no meu filho no seu caminho de volta para casa, vindo da cidade de Gangni na noite de 20 de abril. Ele foi violentamente espancado. Foi tratado em um hospital durante um dia inteiro e liberado em 21 de abril.”

O pai do jovem disse à Compass  que os cristãos costumam ficar chocados com o linguajar de seus jovens vizinhos muçulmanos em eventos religiosos e culturais.

“Para importunar nossas moças, eles usam palavras obscenas, que nos deixam arrasados,” declarou o ancião Mondol. “Nós somos envergonhados diante de nossas famílias.”

Fonte: Portas Abertas

24/12/2010

Povo de Laos receberá Bíblias como presente de natal


Povo de Laos receberá Bíblias como presente de natal A missão Vision Beyond Borders (VBB) celebrará o natal no sudeste da Ásia. Enquanto você lê este artigo, voluntários VBB estão viajando para Laos e China para visitar algumas igrejas. A equipe vai trazer presentes para as igrejas, Bíblias, fundos para construção de um banheiro e para aquisição de uma guitarra.

No entanto, o presente mais importante que a equipe irá trazer é a mensagem do Evangelho. É claro que a mensagem de Jesus é sempre a notícia mais importante especialmente em uma circunstância como esta.

“Estamos tentando chegar a um grupo tribal que nunca foi alcançado com o Evangelho e nosso objetivo é alcançar”, explica Patrick Klein.

O ministério pretende atingir cerca de 90% do povo, ainda não alcançados em poucas semanas. O objetivo é ambicioso e perigoso, pois estão sob o olhar de um governo anticristão.

O governo do Laos não vê com bons olhos os cristãos. Há alguns anos, o líder disse que “a América já não é nosso inimigo número um: os cristãos são”. Patrick Klein afirma que os dias têm sido relativamente calmos, “mas parece que a perseguição aos cristãos está começando novamente”.

Há dois anos, a MNN relatou que muitos cristãos de Laos haviam sido obrigados a renunciar a fé por homens armados. Klein diz que recentemente muitas Bíblias têm sido queimadas em todo o país.

Patrick Klein pede oração para que a equipe permaneça em Laos, e que o governo não se importe com a sua presença. Ore para que eles sejam capazes de chegar a todo o grupo de pessoas com o Evangelho, e que muitos seriam sensíveis, apesar da perseguição.

Chegar a uma tribo que nunca ouviu falar do amor de Cristo é uma aventura emocionante. “Se as pessoas quiserem apoiar, seria é ótimo. As pessoas poderiam ir às viagens para nos ajudar a entregar Bíblias e entram nessas áreas remotas para levar o Evangelho a pessoas que nunca ouviram falar. Temos a maior responsabilidade em todo o mundo: somos embaixadores de Cristo”, finaliza Klein.


Fonte: MNN / CPAD News

11/12/2010

Organização cristã não aceita doações de brinquedos relacionados a Crepúsculo ou Harry Potter


A campanha Toy Montain começa na Sony Center for the Performing Arts em 25 de novembro de 2010 187x250 Organização cristã não aceita doações de brinquedos relacionados a Crepúsculo ou Harry PotterO Exército da Salvação no Canadá optou por não aceitar os itens doados relacionados ao Crepúsculo ou a série de fantasia Harry Potter para a sua unidade de brinquedo.
Embora se espera que os itens sejam populares nesta temporada de férias, eles foram considerados inadequados, porque promovem a coisas como o ocultismo, vampiros ou magia negra, como relatado pela CTV notícias de Calgary, no Canadá.

Todo Natal, milhares de novos brinquedos desembrulhados são recolhidos através da campanha da CTV Toy Mountain e distribuída pelo Exército de Salvação. Este é o 15º ano que a unidade do brinquedo está sendo executada.

De acordo com o capitão John Murray, do Exército de Salvação, os pedidos de assistência neste Natal são até 25 por cento em Toronto.

“É mais importante que nunca que Torontenses dêem generosamente para garantir que a manhã de Natal seja especial para cada criança,” disse ele em um comunicado.

No ano passado, mais de 141 mil brinquedos foram distribuídos às crianças.

Brinquedos doados que não são distribuídos através do Exército de Salvação são dados a outras agências de distribuição – isto é, se os pais os aprovam. Isso inclui todas as coisas de Crepúsculo e Harry Potter.

A Capitã Pam Goodyear, porta-voz do grupo cristão, disse ao The Calgary Herald que os pais pediram para não incluir determinados itens nos sacos do presente.

“Os itens que têm chegado ao meu conhecimento incluem a série “Crepúsculo” e também não dão armas de brinquedo,” explicou ela à publicação local.

O Crepúsculo é uma série de romance de vampiros com temática de fantasia, muito popular entre os adolescentes e adultos jovens. Mais de 100 milhões de cópias foram vendidas em todo o mundo e as adaptações cinematográficas têm liderado as bilheterias.

Harry Potter, centrado em um menino bruxo, também obteve imenso sucesso com o escritório de vendas de livros e caixa.

Alguns Cristãos têm denunciado as últimas manias, chamando-os perigosos. O Exército da Salvação é o último a revelar sua posição.

Goodyear disse simplesmente: “O Exército da Salvação não oferece suporte à feitiçaria, bruxaria e magia negra,” de acordo com o arauto de Calgary.

Fonte: The Christian Post

%d blogueiros gostam disto: