Posts tagged ‘Deus é o autor da vida e da morte’

12/10/2020

“Você está pronto pra morrer por Mim?”


Mateus 10.16; v17-18; João 16, 1-3

Nestes dias em que estamos vivendo, esta é uma pergunta que nos leva a uma reflexão; Pregamos, falamos, ensinamos a palavra de Deus, mas há uma pergunta de nosso Senhor Jesus Cristo que nos questiona; “você esta pronto pra morrer por Mim”? seja sincero e responda.

voce esta pronto pra morrer pormim

Enquanto não estivermos pronto pra morrer, não viveremos plenamente pra Deus.

Quando lemos sobre Avivamento e a real manifestação do Espirito Santo, veremos que pessoas se entregaram plenamente a Deus, e não coxearam em dois pensamento (1Reis 18:21).

A pergunta é, será mesmo que estamos pronto pra morrer, por cristo? seja sincero.

  1. Enquanto não estivermos pronto pra morrer, não veremos os sinais de Deus. (Mt 10. 16, Lucas 22. 33. 34, Mt .26, 33. 34). Leia Mateus capitulo 10 e Lucas capitulo 14 ver 26-35, com atenção. 

Nada mudara a nossa volta, nossa vida espiritual se tornara em fracassos, cansaço, fatiga espiritual, sentiremos raiva, rancor e ódio uns dos outros, sentiremos como desviados, perderemos o gozo a alegria, o prazer nas coisa de Deus. é preciso morrer!

SE NÃO ESTIVERMOS PRONTOS PRA MORRER:

  • Não estaremos pronto para as perdas, por causa das perdas questionaremos a nossa fé. (Lucas 24.21; Mal 3. 13-15).
  • Pararemos de congregar, ficaremos olhando pros outros como empecilho para seguir Aquele que a Si entregou por nos.(1Reis 19. 9. 10. 14.18; Isaías 45, 22; Hebreus 10. 25).

SE NÃO ESTIVERMOS PRONTOS PRA MORRER:

  1. Não estaremos prontos pra abrirmos mão das coisas que para nós tem valor. (Mt 10. 37-39; Lc. 14. 25-28).

SE NÃO ESTIVERMOS PRONTOS PRA MORRER:

  1. Não abriremos mão daquilo que nos da prazer, e que nos afasta de Deus (Calatas 5.19-21), procuraremos os entretenimentos (Filmes, trabalho, tv, cinema, jogos diversos, entregar se aos desejos carnais), para ocupar o lugar de Deus e não teremos tempo, nem prazer na coisas de Deus. (Ecl 12. 1).

SE NÃO ESTIVERMOS PRONTOS PRA MORRER:

  1.  Voltaremos as antigas praticas ( Lucas 5. 2-6; Jo 21. 3-7; Lc 11. 24-26; Mt 12. 43-45; II Pe 2. 20-22) leia II Pedro capitulo 2, com Atenção.

SE NÃO ESTIVERMOS PRONTOS PRA MORRER:

  1. Não veremos e não faremos milagres, mas conformaremos com as migalhas

Os sinais não nos seguiram, rios de água viva  não fluirá , como filhos conformaremos com as migalhas quando quem deve conforma com as migalhas são as criaturas.(Mt. 15. 26-27; Mc 16. 17. 18; João 7.38).

  1. somente depois que estavam pronto para entregar suas  vidas por amor a Cristo os discípulos revolucionaram sua época, através deles, Deus curou enfermos, libertou oprimido pelos demônios, ressuscitou mortos, milagres aconteceu, suas vidas tiveram sentido e foram preenchidos pelo Espirito Santos e estavam cheio do poder de Deus. (João 12. 24-26; Atos 4. 29-31; 5. 12-16; 5. 39-42; 21. 13).
  2. A uma verdade que eu e você precisamos entender que precisamos do Espirito Santo, pois só Ele é quem nos capacitara a morrer por Cristo, e se já somos batizado com o Espirito Santo, precisamos ardentemente buscar pelo renovo espiritual, e uma vida de relacionamento com Deus. (Atos 1. 5-8)

Que nosso Senhor Jesus Cristo tenha misericórdia de nós e Manifeste teu poder em nossa vidas e nesta geração.

Por: Pr. Elianar Nunes

09/02/2011

Você é a favor da eutanásia? Pesquisa revela a opinião de líderes evangélicos brasileiros sobre o assunto


Você é a favor da eutanásia? Pesquisa revela a opinião de líderes evangélicos brasileiros sobre o assunto

Uma pesquisa de opinião da diretoria da Associação Nacional de Evangélicos (ANE) revelou uma unidade marcante de ponto de vista nas questões envolvendo assistência e tratamento de fim de vida.

A ANE inclui os presidentes e representantes de uma ampla variedade de organizações evangélicas, inclusive missões, universidades, editoras e igrejas.

A pesquisa de opinião apresentou a pergunta de suicídio assistido ou eutanásia [perguntado o que fariam] se os indivíduos se achassem enfrentando dor violenta numa doença terminal.

A pesquisa revelou: “Ao se deparar com dor violenta numa doença terminal, 94 por cento disseram que não dariam consentimento para a eliminação de suas vidas”, permanecendo firmes em seu compromisso de “deixar Deus ser Deus” no que se refere ao fim de suas vidas.

“Isso reafirma o que já sabemos sobre os evangélicos: Eles querem honrar a vida desde o ventre até a morte”, disse Leith Anderson, presidente da Associação Nacional de Evangélicos, num comunicado à imprensa.

“Como disse Billy Graham recentemente numa entrevista da revista Christianity Today, ‘Deus tem uma razão para nos manter aqui (ainda que nem sempre a compreendamos), e precisamos recuperar a compreensão da Bíblia acerca da vida e longevidade como presentes de Deus”.

“O que me surpreendeu sobre a pesquisa foi a grande abundância de comentários adicionais que recebemos sobre como lidar com medidas extremas para prolongar a vida”, disse Anderson.

Anderson explicou que embora aqueles que tivessem respondido à pesquisa não tivessem sido pressionados a comentar sua resposta de “sim” ou “não”, 63 por cento incluíram comentários adicionais, 59 dos quais mencionavam intervenções médicas fora do normal para prolongar a vida. Daqueles que comentaram sobre medidas extremas, 85 por cento disseram que não quereriam medidas extremas usadas para prolongar suas vidas. Os outros comentários sobre extremas intervenções médicas foram neutros.

Um dos entrevistados, Ron Boehme, diretor do programa Renovação da organização Jovens Com Uma Missão, comentou: “Deus é o autor da vida e da morte, e avanços estupendos na medicina podem dificultar essa decisão, mas não alterar seu princípio básico”.

Anderson observou que os comentários dos líderes evangélicos refletem resoluções anteriores da diretoria da ANE, tais como aquela sobre o Suicídio Assistido Médico de 1997, na qual a ANE declarou: “Cremos que há uma profunda diferença moral entre permitir que uma pessoa morra, por um lado, e matar por outro”, e a resolução de 1994 sobre o término de tratamento médico que declarou: “…cremos que o tratamento médico que serve só para prolongar o processo da morte tem pouco valor”.

A Pesquisa dos Líderes Evangélicos é uma pesquisa mensal de opinião da diretoria da Associação Nacional de Evangélicos que representa mais de 45.000 igrejas locais de mais de 40 denominações diferentes.

Fonte: Noticias Pro Familia

%d blogueiros gostam disto: