Posts tagged ‘Diverso’

15/06/2011

Igreja Universal pagou R$ 480 milhões por seus programas na Rede Record em 2010


Igreja Universal pagou R$ 480 milhões por seus programas na Rede Record em 2010

De acordo com o programa Ooops! a Igreja Universal do Reino de Deus colocou R$480 milhões nos cofres da Rede Record em 2010. Esse valor representa cerca de R$40 milhões por mês para quitar os programas religiosos que ocupam a programação da madrugada.

A reportagem usou um estudo inédito e sigiloso que mostra as operações financeiras da emissora de Edir Macedo. Mas apesar desse montante que entra todos os meses, a Record fechou o ano de 2010 com um prejuízo de R$1,7 milhão, segundo informações do Diário Oficial Empresarial publicado em 31 de maio.

O faturamento total da emissora foi de R$1,9 bilhão, ou seja, quase 1/4 (um quarto) do que a Record fatura vem da IURD.

É importante dizer que essa relação entre a emissora e a igreja não apresenta nenhum transação financeira ilegal, qualquer instituição religiosa pode alugar espaço em redes de televisão. Tanto que a própria IURD mantém programas na TV Gazeta e até tentou negociar a programação do SBT.

Fonte: Gospel Prime

07/06/2011

Marcha para Jesus em Manaus reúne mais de meio milhão de pessoas


Marcha para Jesus em Manaus reúne mais de meio milhão de pessoasA Marcha para Jesus da cidade de Manaus (AM) superou a expectativa de 500 mil pessoas e levou cerca de 600 mil para as ruas da cidade neste sábado, 4 de junho, segundo dados da Policia Militar.

O evento organizado pelas igrejas evangélicas da cidade já está em sua 18º edição. Neste ano a Marcha deu início na Praça da Saudade, no Centro, e seguiu em direção ao Sambódromo, localizado na zona centro-oeste.

Foram sete quilômetros de caminhada, os participantes seguiam os trios elétricos com estilos musicais variados, tinha funk, axé, música eletrônica e até sertanejo.

Na concentração que aconteceu no Centro de Convenções muitos cantores evangélicos se apresentaram entre eles o cantor Chris Duran que foi a apresentação especial da noite.

Para que a manifestação de fé não atrapalhasse o trânsito da cidade o Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito (Manaustrans) fez uma operação especial com 63 agentes de trânsito que conduziam os motoristas para pontos estratégicos do itinerário da marcha.

Mobilização contra o PL 122/2006

Cerca de 200 voluntários estavam recolhendo assinaturas para um abaixo assinado contra o Projeto de Lei 122/2006 que criminaliza toda opinião contrária ao homossexualismo.

O documento é uma iniciativa da Ordem dos Ministros Evangélicos do Amazonas (Omeam), que tem como presidente o pastor Valdiberto Rocha. Cada voluntário tinha a meta de conseguir em média 450 assinaturas.

Fonte: Gospel Prime

07/06/2011

Hell-leaks: Site utiliza paródia para denunciar obras de satanás no meio evangélico


Hell-leaks: Site utiliza paródia para denunciar obras de satanás no meio evangélicoUm grupo de cristãos lançou o site Hell-leaks para denunciar a ação do “império das trevas”. O site traz cartas expondo pontos da sociedade onde há inversão de valores, onde podemos ver que o diabo está trabalhando para roubar vidas.

Uma das cartas publicadas pelo Hell-leaks fala sobre a pesquisa sobre “O Crente e Sexo” que mostra que não há diferença entre os cristãos e os não cristãos quando o assunto é traição e pornografia.

De uma forma bem inteligente os escritores do site falam de situações corriqueiras dentro das igrejas que fogem daquilo que a Bíblia prega, como por exemplo, o sacrifício com sangue que a Igreja Universal do Reino de Deus está realizando.

O site foi lançado a menos de um mês e promete alertar os cristãos sobre estas questões.

Confira uma das “cartas”:

“Regiões Infernais, 6º Éon, D.Q. (vii.vi.xi do Inimigo).

De: Lúcifer, Príncipe das Trevas

Para: Todos os servos, colaboradores, agregados, simpatizantes e comensais das hostes infernais.

Atenção! O Serviço de Inteligência dos Baixios constatou o vazamento de um Comunicado Interno entre o Chefe do SIB, Nosferato, e o Gabinete do Principado Tenebroso. Conquanto, por hora, o vazamento se limite a poucos documentos, obviamente nossas comunicações intestinas estão fragilizadas. O pior aspecto e maior ameaça são que mais documentos vejam a luz do dia. Como medida cautelar, determino a condição “laranja” de ameaça para todas as comunicações e procedimentos, segundo Protocolo Sujo 666×77, com observância das seguintes Normas Operacionais:

De agora em diante toda comunicação deverá ser considerada sob risco de vazamento.
Qualquer referência a agentes e operadores, especialmente a nossos infiltrados e a outros que fazem parte da “Operação Undercover”, deverá ser editada. Quando estritamente for necessária a identificação de um agente ou operador, será usado exclusivamente o codinome.

Todas as medidas e ações possíveis deverão ser tomadas e todos os esforços envidados no sentido de desacreditar a autenticidade de qualquer documento nosso que seja objeto de exposição.
A presente comunicação tem também o efeito de “Salve Geral”, autorizando e determinando toda ação possível de ataque ao blog usado pelo exército da luz nesse mister, http://hellleaks.wordpress.com. O Salve Geral se estende também a quaisquer agentes da luz que estejam por trás desse ataque à nossa sombria obscuridade.

No intento de desacreditar os ataques e de preservar a secrecia da nossa ação recomendamos o uso de adjetivos tais quais, religiosos, moralistas, intolerantes, fundamentalistas, teoristas da conspiração e outros parecidos. Essa tática tem o duplo benefício de desacreditar aqueles que nos atacam e, ao mesmo tempo, distrair o foco quanto à nossa ação.
Finalmente informo que os agentes do SIB ainda não foram capazes de descobrir se esse foi um ataque de hackers, uma infiltração em nossas vias de comunicação ou se temos em nosso meio um traidor congruente, um “garganta profunda” infernal.

É crucial (de “ponta cabeça”, é claro) que não haja dúvida – entre nenhum de nossos servos, colaboradores, agregados, simpatizantes e comensais das hostes infernais – de que a maior ameaça aos nossos propósitos e estratégias é exatamente quando os mesmos são expostos à luz do dia (luz, ah! essa maldita luz!) Não sabemos ainda a extensão do dano causado por este ataque, mas todo cuidado é pouco. Enquanto nossas ações ocorrerem nos subterrâneos, e o Reino Torto for ignorado, nossos propósitos serão servidos; quando, porém, forem reveladas, perderemos grande parte de seu efeito manipulador.

Maldições generalizadas.

Seu Príncipe”

Acesse: hellleaks.wordpress.com

Fonte: Gospel Prime

Tags: ,
06/06/2011

A IMPRENSA BRASILEIRA A SERVIÇO DA CAUSA GAY


“Art. 1º O Código de Ética dos Jornalistas Brasileiros tem como base o direito fundamental do cidadão à informação, que abrange direito de informar, de ser informado e de ter acesso à informação. Art. 2º Como o acesso à informação de relevante interesse público é um direito fundamental, os jornalistas não podem admitir que ele seja impedido por nenhum tipo de interesse, razão por que: I – a divulgação da informação precisa e correta é dever dos meios de comunicação e deve ser cumprida independentemente da linha política de seus proprietários e/ou diretores ou da natureza econômica de suas empresas; II – a produção e a divulgação da informação devem se pautar pela veracidade dos fatos e ter por finalidade o interesse público; III – a liberdade de imprensa, direito e pressuposto do exercício do jornalismo, implica compromisso com a responsabilidade social inerente à profissão; IV – a prestação de informações pelas organizações públicas e privadas, incluindo as não-governamentais, deve ser considerada uma obrigação social; V – a obstrução direta ou indireta à livre divulgação da informação, a aplicação de censura e a indução à autocensura são delitos contra a sociedade, devendo ser denunciadas à comissão de ética competente, garantido o sigilo do denunciante. Capítulo II – Da conduta profissional do jornalista. Art. 3º O exercício da profissão de jornalista é uma atividade de natureza social, estando sempre subordinado ao presente Código de Ética. Art. 4º O compromisso fundamental do jornalista é com a verdade no relato dos fatos, deve pautar seu trabalho na precisa apuração dos acontecimentos e na sua correta divulgação. Art. 6º É dever do jornalista: I – opor-se ao arbítrio, ao autoritarismo e à opressão, bem como defender os princípios expressos na Declaração Universal dos Direitos Humanos; II – divulgar os fatos e as informações de interesse público; III – lutar pela liberdade de pensamento e de expressão”.

O texto acima faz parte do Código de Ética dos jornalistas brasileiros, um documento que está em vigor desde 1987 e que serve para fixar “as normas a que deverá subordinar-se a atuação do profissional, nas suas relações com a comunidade, com as fontes de informação, e entre jornalistas”, e se refere à conduta que se espera dos profissionais da área.Uma imprensa isenta é o sonho de qualquer sociedade, a fim de se conhecer a verdade e de se formar uma opinião própria sobre os acontecimentos à sua volta. Infelizmente, em certos casos, jornalismo e manipulação têm caminhado de mãos dadas, quando determinados interesses estão em jogo, contrariando completamente o Código de Ética da profissão. É o que se pôde observar nesta semana no Brasil.

Na quarta-feira, 01 de junho, uma multidão de mais de trinta mil pessoas foi a Brasília, capital Federal, para protestar contra a aprovação de leis que criminalizam a chamada “homofobia”. A manifestação contou com representantes de igrejas evangélicas e católicas que buscavam pressionar as autoridades a não aprovar o Projeto de Lei Complementar 122/2006 que torna crime qualquer manifestação contrária à prática homossexual no país, sujeitando os críticos dessa prática, inclusive, a penas de reclusão.
O dito Projeto de Lei é um assalto à democracia e à liberdade de expressão, além de uma afronta à Constituição Federal. Reclamar contra a sua aprovação é um dever, não só dos movimentos religiosos, mas de todos os cidadãos brasileiros, que podem ser tolhidos do bem mais precioso da democracia que é a liberdade.
Pois bem, a manifestação ocorreu conforme planejada. Eu não estava lá, mas creio que foi um grande marco nessa luta contra a aprovação de um Projeto de Lei descaradamente inconstitucional. Mas a tristeza que senti foi que, ao procurar nos principais sites de notícias do país, informações sobre o evento, não encontrei praticamente nada, quase nenhuma cobertura da mídia sobre o evento.
Jornal Nacional da Rede Globo divulgou uma pequena reportagem de pouco mais de 2min30seg. Mesmo assim, ocupou boa parte da reportagem com informações sobre o que prevê o PLC-122/2006, e deu considerável espaço para uma declaração do deputado federal Jean Wyllys, homossexual e grande defensor da causa gay no país. A Band dedicou míseros 49 segundos de um de seus telejornais para falar sobre o evento, tratado como uma manifestação meramente religiosa, desconsiderando completamente o aspecto político-social do evento.
Aquela não foi apenas uma passeata religiosa. Foi um movimento em defesa da Constituição, da liberdade e dos rumos da própria sociedade brasileira. Não se tratava apenas de uma defesa de padrões religiosos, mas de se abrir os olhos das autoridades para o respeito à Carta Magna e aos direitos fundamentais da democracia nacional.
Nos principais sites de notícias do país a manifestação não recebeu nenhuma cobertura. Globo.com, G1, UOL, IG, Terra, Folha.com, O Globo não publicaram absolutamente nada a respeito da passeata. Nem mesmo o R7.com, portal de noticias da Rede Record, emissora ligada à Igreja Universal fez qualquer menção da manifestação. Todos esses veículos de informação preferiram silenciar sobre o assunto, e gastar tempo com trivialidades e futilidades. Além de coincidirem em notícias sobre o assassinato de um ex-participante de reality show, a convocação de Palocci para dar explicações na Câmara Federal e sobre o futebol, as notícias variavam do inútil ao sem importância nenhuma. Bife seco e duro? Veja como resolver erros comuns na cozinha”, era uma das matérias do Terra; Sombra marrom é a grande dica para uma maquiagem chique; veja passo a passo”, anunciava o Globo.com. O UOL dedicou tempo para noticiar queValeska Popozuda será uma das participantes de ‘A Fazenda 4’”. O portal IG dedicou um longo espaço para ensinar “Como preparar e oferecer a papinha para o bebê corretamente”. No R7.com, portal ligado à Rede Record, uma das notícias era que Fiuk divulga vídeo de Sou Eu e diz que está louco para lançar CD”. Como se vê, a grande imprensa nacional está mesmo interessada é naquilo que não faz ninguém pensar.
É uma vergonha a maneira como a imprensa brasileira se comporta diante de um tema tão sério. Há uma declarada manifestação da imprensa a favor da causa gay. Não há isenção nas informações. Marcelo Salles escreveu no site Observatório da Imprensa no ano 2007 que “Jornalista tem lado”, afirmando que a imparcialidade jornalística é uma falácia. Guilherme Scalzilli, escrevendo no mesmo site em 2006 disse que “Já não persistem dúvidas de que a imprensa brasileira vive uma crise inédita de credibilidade”. E esta crise fica nitidamente estampada neste episódio em particular.
Não há como confiar em uma imprensa que está a serviço de uma minoria da sociedade, como se suas reivindicações fossem absolutas e inquestionáveis. Não há como aceitar que a imprensa se curve com tamanha submissão à causa gay e não dê aos críticos do comportamento homossexual o mesmo espaço para exposição de suas idéias. Por que quando se trata de manifestações em favor da causa gay há intensa cobertura da imprensa como se isto interessasse a toda a sociedade mais do que a crítica a esse comportamento? Por que a imprensa deu ampla cobertura quando míseros 150 ativistasgays que promoveram um ato desrespeitoso na escadaria de uma Igreja Católica em Florianópolis, e vergonhosa e covardemente, ignorou o protesto de mais de trinta mil pessoas na capital do país em defesa da liberdade e do direito? Por que a notícia de que um marmanjo homossexual chamado Leonardo (vulgo Léa T) desfilando de biquiniem um evento de moda do Rio de Janeiro chama mais atenção da imprensa do que 30 mil vozes pedindo respeito à Constituição Federal e à liberdade de expressão? Por quanto será que a imprensa brasileira se vendeu a esta causa gay?
Pelo visto, as palavras do Código de Ética dos Jornalistas Brasileiros são só um enfeite hipócrita para uma classe subalternizada aos interesses de quem paga mais ou de quem não quer levar a sociedade a pensar. A imprensa brasileira está a serviço da mentira, do engodo e da manipulação. Confesso que sempre admirei o Jornalismo, não apenas como profissão, mas também como missão. Não sou jornalista, mas se pudesse escolher, seria uma das minhas profissões. Mas sinto profunda alegria neste momento por não fazer parte de uma categoria tão comprometida com a parcialidade, com a hipocrisia e com a manipulação, como se vê em nossos dias. Que as exceções se manifestem, se é que elas existem.
Fonte: Creio e Confesso
02/06/2011

“Leio a Bíblia de manhã e à noite. E dou aulas de cristianismo, às vezes”, diz estrela do rock


Em uma entrevista recente ao Jornal da Tarde, Alice Cooper, músico de 63 anos falou sobre drogas, música e hobbys. Mas o cantor também revelou que ora duas vezes ao dia e que eventualmente dá aulas de cristianismo.

Tudo isso seria normal se o rock star não cantasse canções que contrariam os ensinamentos bíblicos, em algumas delas ele fala até de necrofilia (excitação sexual decorrente da visão ou do contato com um cadáver), mas para ele “não tem nada na Bíblia que proíba alguém de ser um rock star.”

Sempre que o cantor sobe ao palco ele se transforma em um personagem, suas performances no palco inspiraram grandes artistas como a banda Kiss e Marilyn Mayson.

Apesar de sua aparência e letras liberais ele afirma ao jornal que não contrata músicos que usam drogas. “Eu não vou contratar alguém que usa drogas. Porque quando formos entrar em turnê, ele vai ser um problema. Não estou falando de beber uma cerveja. Isso não é problema para ninguém. Mas se você está numa banda grande, estar bêbado sempre não funciona no show. Não dá.”

O músico que não bebe há 30 anos conta que tomou a decisão de abandonar o vício quando viu seus amigos morrendo, Jim Morrison e Jimmy Hendrix. Nessa hora o repórter pergunta como ele é fora dos palcos e a resposta é surpreendente.

“Sou um cristão normal. Quando eu for para São Paulo, você vai ver. Vou fazer compras, jogar uma partida de golfe. O que acontece é que, quando eu viro Alice Cooper, preciso me tornar um vilão. Sou como o Darth Vadder, do Guerra nas Estrelas, ou como o Hannibal Lecter, de O Silêncio dos Inocentes. Eles são vilões. Eu adoro fazer essa transformação.”

Interessado nessa história o repórter pergunta se dá para ser um rock star e ter uma religião. “Dá, sim. Sou protestante. Não existe nada na Bíblia que diga que você não pode ser um cantor de rock’n’roll. Entendo que Deus me deu um talento e espera que eu o use. O meu show não tem nada de anticristo. Muito pelo contrário, acho até bem cristão.”

Alice Cooper revela que na igreja tem pessoas que não gostam de suas atitudes, mas a maioria o enxerga como mais um cristão. “Existem advogados cristãos, médicos cristãos. Sou um cantor de rock cristão. Sempre oro antes dos shows. Oro todos os dias. Leio a Bíblia de manhã e à noite. E dou aulas de cristianismo, às vezes. Meu pai era pastor, meu avô também. Isso é algo de família.”

Fonte: Gospel Prime / Jornal da Tarde

31/05/2011

Convenção Batista Brasileira fala sobre a decisão do STF; “Iniquidade Institucionalizada”


A Convenção Batista Brasileira escreveu uma nota alertando seus fieis sobre a decisão do Supre Tribunal Federal que aprovou a união estável entre pessoas do mesmo sexo e o reconhecimento dessa união como família.

O documento assinado pelo presidente da CBB, pastor Paschoal Piragine Júnior, tem o objetivo de alertar a Igreja sobre o perigo dessa decisão. Um desses perigos, diz o texto, é destruir o conceito de família (que não é só cristão, mas universal e multicultural) para reconstruí-lo sob a égide somente da afetividade e não em toda a dimensão de suas funcionalidades como base da sociedade.

A nota da CBB caracteriza a atitude do STF como “a iniqüidade institucionalizada”.

“Assim, conclamamos a sociedade brasileira a continuar mostrando que existem opiniões divergentes. Sem discriminação e com respeito a cada indivíduo, tais manifestações visam a defesa de valores pessoais e sociais, com integridade,” diz um trecho da carta.

Leia na íntegra:

“Um dos papeis da Igreja na sociedade é ser uma consciência profética capaz de ajudar a cada ser humano (entendido como um indivíduo livre e competente diante de Deus e dos homens, vivendo em uma sociedade pluralista) a discernir valores essenciais que norteiam os relacionamentos em todas as suas dimensões.

É nesse contexto que os batistas – integrantes de uma denominação cristã que, ao longo de toda a sua história, defende a liberdade religiosa, de consciência e de expressão – se manifestam para alertar sobre os perigos que a sociedade brasileira corre diante das novas conjunturas sociais aprovadas pelo Supremo Tribunal Federal (STF) e que estão sendo propaladas por leis que tramitam no Congresso Nacional e por ações promovidas pelo Executivo.

Assim, alertamos para o perigo:

• De construir uma sociedade em que a legalidade pode ser estabelecida pelos interesses políticos e inclinações pessoais, como ocorreu no caso da releitura contraditória feita pelo STF do artigo 226 da Constituição Federal. O artigo diz:

“Art 226 – A família, base da sociedade, tem especial proteção do Estado.
(…)
§3o – Para efeito da proteção do Estado, é reconhecida a união estável entre o homem e a mulher como entidade familiar, devendo a lei facilitar sua conversão em casamento.
§4o – Entende-se, também, como entidade familiar a comunidade formada por qualquer dos pais e seus descendentes.
§5o – Os direitos e deveres referentes à sociedade conjugal são exercidos igualmente pelo homem e pela mulher.

Quando uma casa que tem como principal missão defender a Constituição a rasga, corremos o perigo de viver um Estado jurídico de exceção, ao qual a nação brasileira não deseja retroceder.

De destruir o conceito de família (que não é só cristão, mas universal e multicultural) para reconstruí-lo sob a égide somente da afetividade e não em toda a dimensão de suas funcionalidades como base da sociedade.
De criar uma sociedade em que os valores essenciais são relativizados, pois onde tudo é relativo nada sobra para apoiar os alicerces do nosso futuro.
De viver em uma sociedade que abandona os valores divinos revelados nas Escrituras Sagradas, pois a História, desde os tempos bíblicos, têm demonstrado que sociedades que abandonaram os valores mais elementares implodiram por perderem os seus pilares sustentadores – ainda que tenham sido, em algum momento, grandes potências no contexto universal.

Tais atitudes nada mais são do que a iniqüidade institucionalizada. Assim, conclamamos a sociedade brasileira a continuar mostrando que existem opiniões divergentes. Sem discriminação e com respeito a cada indivíduo, tais manifestações visam a defesa de valores pessoais e sociais, com integridade. Somente quando todos os segmentos da sociedade se expressam é que as forças políticas de nossa nação se sensibilizam para obviedade dos valores essenciais, como no caso recente da decisão de nossa presidente, Dilma Rousseff, ao impedir a distribuição do chamado “kit contra a homofobia ” nas escolas públicas.

Curitiba, 27 de maio de 2011

Pr. Paschoal Piragine Jr.
Presidente da Convenção Batista Brasileira.”

Texto extraído da Convenção Batista Brasileira

Fonte: Gospel Prime

31/05/2011

Cristão, dono de lojas de brinquedos se nega a vender produtos de Harry Potter


Cristão, dono de lojas de brinquedos se nega a vender produtos de Harry PotterGary Grant é cristão e dono de uma grande rede de lojas de brinquedos no Reino Unido. Sua loja tem chamado atenção da mídia local porque ele se nega a vender produtos do bruxo Harry Potter.

Apesar da reclamação de seus clientes, Grant disse que nunca vendeu, nem venderá qualquer produto dos filmes em seus estabelecimentos e que não se tornará responsável por “atrair crianças ao ocultismo”.

Ao jornal Daily Mail a cliente Jennifer Gledhill declarou que não gostou da posição da empresa quando chegou à loja com seu filho de oito anos e ficou sabendo que eles não vendiam o Lego do bruxo.

“Pedi ajuda ao gerente para encontrar o Lego do Harry Potter e ele disse: ‘Somos uma loja cristã e não queremos ensinar esse mal para as crianças’. Me senti insultada, como se eu estivesse querendo ensinar maldades ao meu filho.”

Grant se defende dizendo que não quer “empurrar” seus valores cristãos para seus clientes, mas não abrirá mão deles para satisfazê-los.

Além dos produtos do bruxo mais famoso do mundo o dono da Entertainer também não vende produtos do Trolls (personagens com poderes místicos e mágicos) e nem produtos de Halloween.

Fonte: Gospel Prime /CPAD News

30/05/2011

Tatuagem de Jesus de Justin Bieber É Símbolo Poderoso, Diz Ministro da Igreja


O cantor Justin Bieber, 16 anos, uma das grandes sensações da música internacional, lançará no Brasil pela Paramount Filmes um documentário intitulado “Justin Bieber: Never Say Never”

Justin Bieber foi pego recentemente com uma tatuagem com o nome de Jesus em hebraico debaixo do seu braço. Mas pode um garoto de 17 anos e estrela cristã com orgulho ter uma tatuagem? Não vai isso em contra da fé de Bieber?

Um pastor acha que a tatuagem de Bieber não somente é OK como também é uma poderosa maneira de falar ao mundo “Eu sigo Jesus.”

Durante as férias recentes de Bieber com a namorada Selena Gomez no Hawaii, fotos do jovem casal apareceram na Web, revelando a mais nova tatuagem de Bieber de uma inscrição em hebraico que se lê “Yeshua,” que significa Jesus, verticalmente feita na porção superior de sua caixa torácica ao lado esquerdo.

Com a sensação pop sendo um cristão declarado, suas tatoos tem gerado debate sobre se pintar o corpo não seria contra as Escrituras. O Pastor Kyle Steven Bonenberger da City Church em Anaheim, Califórnia, não vê nenhum problema nisso.

Bonenberger, que fez a sua primeira tatuagem do logo de sua Igreja, reconheceu que o principal argumento cristão é o versículo popular de Levíticos que diz que as pessoas não podem marcar seus corpos. Mas o pastor de 27 anos disse ao The Christian Post, “Levíticos não se trata sobre não marcar o corpo, mas isso é mais sobre fazer coisas relacionadas à práticas de seita de hoje.”

No ano passado, como um memorial para a City Church, frouxamente afiliada à Igreja Reformada da América, ele disse aos seus fiéis que se a Igreja dobrasse o número de atendentes naquele aniversário de um ano, ele iria fazer uma tatoo de logo.

Depois de chegar ao seu objetivo ele fez a tatuagem e seis outros congregantes foram na fila para fazer uma também.

Tatuagens para o pastor se trata de um memorial, disse ele ao CP.

“Eu trato isso como um memorial. No livro de Joshua mais e mais pessoas de Deus fazem memoriais para se lembrarem de algo que Deus fez em suas vidas, então para mim; uma que eu tenho no meu braço agora mesmo, é o logo da Igreja. Esse é um memorial que Deus me deu.”

Ele planeja fazer mais uma com o nome de sua esposa em seu dedo anular porque “algumas vezes eu não gosto de usar anel de casamento,” disse ele rindo. Ele acrescentou, “é também um memorial de meu amor por ela.”

Fora isso, ele não pretende ter mais porque isso não é ele, e também dói.

Ele enfatizou que antes dos adolescentes fazerem tatuagens, eles devem perguntar aos seus pais primeiro e se eles não derem permissão, da mesma maneira que eles querem proclamar sua fé, é melhor obedecer seus pais, acima de tudo.

Ele assumiu hipoteticamente que a mãe de Bieber aprovou sua tatoo e se esse é o caso, ele é bem favorável de sua decisão, especialmente considerando que Bieber é uma das maiores celebridades no mundo.

“Justin Bieber, ele é provavelmente indiscutivelmente uma das maiores celebridades do mundo neste momento. Eu penso em seu caso, é uma maneira poderosa de dizer ‘eu sigo Jesus.’”

No ano passado, o nativo do Canadá foi pego com sua primeira tatoo de um pássaro em seu quadril. Segundo as informações, fazer uma tatuagem foi uma tradição familiar comemorando o 16° aniversário de Bieber.

De acordo com a MTV, o tatuador é amigo de longa data do pai de Bieber.

Especula-se que o vencedor de seis Prêmios de Música do Billboard fez sua tatuagem em uma recente viagem à Israel durante seu tour “My World” em abril, mas nada foi confirmado.

“é fantástico se os jovens cristãos tem tatoos cristãs, mas eles têm que ter o OK de seus pais primeiro,” enfatizou Bonenberger.

Fonte: The Christian Post

26/05/2011

Igreja associada à Hillsong Church promove “Escola Sobrenatural” onde ensina a ressuscitar mortos


Igreja associada à Hillsong Church promove “Escola Sobrenatural” onde ensina a ressuscitar mortos A igreja Hillsong tem chamado a atenção para outro ministério além da música, a chamada Escola do Sobrenatural tem gerado polêmica por oferecer cursos para ensinar como curar o câncer, restaurar mulheres estéreis e trazer os mortos de volta à vida.

Esse curso é oferecido por igreja associada, a Igreja Westlife, localizada em Brisbane, Austrália, setenta pessoas já se matricularam querendo aprender a curar pessoas pela fé.

O curso é baseado nos ensinamentos da Igreja Betel, com sede nos EUA e liderada por Bill Johnson, que ensinará os alunos através de uma série de DVDs.

No site da igreja há um texto explicando o objetivo do curso: O site da igreja diz: “A Escola do Sobrenatural foi projetada para capacitar os alunos a viver e mover no sobrenatural, através do ensino bíblico e aplicação prática – buscando ver o reino de Deus manifestado na terra. É um ambiente no qual as pessoas podem correr riscos de aprender a operar no sobrenatural, sem medo da rejeição ou do fracasso”.

Questionados se estavam oferecendo promessas irreais aos interessados pelos cursos, um porta-voz da Igreja Westlife respondeu dizendo que as convicções da igreja são as mesmas de todas as igrejas cristãs. “Deus pode responder à oração e intercedemos pelos que estão com necessidades físicas, emocionais e espirituais… Nosso ensino sobre este assunto é idêntico à maioria das igrejas cristãs”.

Fonte: Gospel Prime /Pavablog

12/05/2011

Homem invade igreja, destrói imagens católicas e morre


Homem invade igreja, destrói imagens católicas e morreUm homem invadiu uma igreja na cidade de Catingueira, no Sertão da Paraíba, destruiu as imagens sacras e depois teve um infarto e morreu.

Durante a invasão à igreja, Edmílson Jovino ainda agrediu o padre.
Segundo informações do padre Fabrício Dias Timóteo, o Círio Pascal e as imagens sacras do Cristo Crucificado e de Nossa Senhora de Fátima foram destruídas após a novena.

– Ele estraçalhou logo de imediato um ventilador de pé. Ele pegou a haste desse ventilador, veio em minha direção para agredir. Eu me defendi, mas ele ainda conseguiu me dar um soco – disse o padre.

Após invadir e destruir imagens sacras, Edmílson foi até a Praça da Matriz, onde foi capturado por populares e, em seguida, entregue à Polícia. Logo em seguida, ele começou a passar mal e morreu.

– Segundo o parecer de alguns médicos, houve um infarto, um problema cardíaco fulminante – disse o padre Fabrício Dias.

Por enquanto, a igreja permanece fechada. Ainda não se sabe se as imagens sacras vão ser restauradas ou substituídas.

Fonte: O Globo / Folha Gospel

%d blogueiros gostam disto: