Posts tagged ‘Doações’

12/11/2012

MCM Povos realiza a Oferta de Resgate 2012


gospelNesse domingo, 11 de novembro será realizada a Oferta Nacional de Resgate. O idealizador do evento, MCM Povos, é um dos maiores projetos missionários do Brasil. Fundado em 1996 por José Rodrigues, o ministério tem resgatado vidas ao redor do mundo.

Todo segundo domingo de novembro é realizada a Oferta Nacional de Resgate onde você pode colaborar financeiramente ou passando os vídeos do projeto em sua igreja e assim levantando uma oferta em grupo.

Um dos projetos do MCM é o “Meninas dos Olhos de Deus” que resgata meninas que são vendidas para prostituição em países com Brasil e Nepal. Há também projetos voltados aos órfãos de guerras e crianças em situações de riscos.

Mais informações: www.mcmpovos.com.br

Veja o Video:

18/09/2012

Metodistas realizam campanha de doação de sangue


Metodistas realizam campanha de doação de sangue Todos os anos a Igreja Metodista realiza no mês de setembro a campanha “Um doador de sangue salvou minha vida“. À luz da Palavra de Deus e da herança de seu fundador John Wesley, esse trabalho baseia-se em atos de piedade e atos de misericórdia. “Porque isto é o meu sangue, que é derramado em favor de muitos, para o perdão dos pecados.”  – Mateus 26.28

O ato solidário foi Lançado como uma das metas da Campanha Nacional de Evangelização da Igreja Metodista em 2008. Por meio de ações e parcerias com hemocentros muitas igrejas e comunidades têm aderido a esse chamado e vidas têm sido ajudadas.  Mas como participar?

A denominação estimula a mobilização das igrejas e da comunidade para uma campanha local de doação de sangue. E enfatiza a necessidade de se fazer uma parceria com algum hemocentro da sua região. Outra possibilidade é ir até algum hemocentro e doar.

Durante os dias de doação de sangue a Igreja Metodista lembra o sacrifício de Jesus, que doou sua vida para que todos tenham vida em abundância. E sugere que, antes da ida ao posto de doação, a igreja faça um momento devocional com os doadores.


Fonte: Creio com informações Portal Metodista

21/03/2011

Brasil bate recorde em doação de órgãos, segundo Ministério da Saúde


Dados do Ministério da Saúde apontam para novo recorde de doações de órgãos no Brasil: o crescimento foi de 14% em relação a 2009, totalizando 1.896 doadores. Com esse desempenho, o Brasil atingiu a marca de 9,9 doadores Por Milhão de Pessoas (pmp).

Segundo a pasta, o aumento é consequência de um melhor Sistema Nacional de Transplantes (SNT), além do maior repasse de recursos para o setor.

A média nacional de doações (9,9 pmp) também apresentou aumento de 13,8% em relação a 2009, quando o índice era de 8,7 pmp. Nos últimos sete anos, a média de crescimento anual tem sido de 7%.

Alguns Estados, como Santa Catariana e São Paulo, mantêm índices de doações próximos aos de países altamente desenvolvidos, como Espanha e Canadá, que mantêm médias acima de 20 doadores pmp. Os índices de doações de Santa Catarina e São Paulo são, respectivamente, de 17 pmp e 21 pmp.

O número de transplantes de órgãos sólidos (coração, fígado, pulmão, rim, pâncreas) cresceu 7% em apenas um ano. No último ano, foram realizados no Brasil 6.422 transplantes do tipo, enquanto que em 2009 foram 5.999. Comparadas as quantidades de transplantes de órgãos sólidos realizadas em 2003 e 2010, o crescimento foi de 53,12%. Em 2003, foram realizados 4.194 procedimentos deste tipo.

Já a totalidade de transplantes – considerando órgãos sólidos, tecidos (córneas) e células (medula) – saiu dos 20.253 em 2009 para 21.040 no ano passado.

O Ministério da Saúde informa que seus investimentos no setor mais do que triplicaram nos últimos oito anos. Em 2010, o valor chegou a R$ 1,198 bilhão. Já, em 2003 o investimento foi de R$ 327,85 milhões. O Sistema Único de Saúde (SUS) responde por 95% dos transplantes de órgãos sólidos.

Medula

O número de transplantes de medula óssea apresentou um expressivo aumento, saindo de 1.531 cirurgias em 2009 para 1.695 em 2010, um crescimento de 10,7% em um ano e de 74,38% desde 2003, quando foram registrados 972 transplantes. A grande expansão do Registro Brasileiro de Doadores Voluntários de Medula Óssea (Redome) é o principal motivo desse aumento no número de cirurgias do tipo.

Atualmente, o Brasil possui dois milhões de doadores cadastrados, sendo o terceiro maior banco de dados do gênero no mundo, ficando atrás apenas dos Estados Unidos (5 milhões de doadores) e da Alemanha (3 milhões de doadores). Em 2003, o cadastro brasileiro contava com apenas 49,5 mil voluntários.

Fonte: UOL

 

22/02/2011

Visão Mundial inaugura espaço para apoio a crianças de Nova Friburgo


Visão Mundial inaugura espaço para apoio a crianças de Nova Friburgo

Espaço vai reunir equipe multidisciplinar, formada por profissionais contratados e voluntários

Um mês após lançar uma campanha de arrecadação de fundos, a Visão Mundial inaugura, no próximo dia 21 de fevereiro, o Espaço Amigável para Crianças em Nova Friburgo (RJ), cidade que concentra quase a metade das vítimas registradas até o momento. Em parceria com a Igreja Metodista Central, o Espaço vai reunir uma equipe multidisciplinar, formada por profissionais contratados e voluntários, para atender a uma média de 100 crianças diariamente.
Espaços Amigáveis para Crianças são uma tecnologia desenvolvida pela Visão Mundial (World Vision) para oferecer respostas às necessidades surgidas em tragédias. São instalações por meio das quais oferece às crianças vítimas de tragédias, naturais ou não, atividades pedagógicas e lúdicas capazes de fazê-las expressar suas emoções enraizadas no desastre e reconstruir uma percepção positiva da vida frente desastre tão abrangente. Diariamente são desenvolvidos com as crianças dinâmicas, jogos, atividades recreativas e reforço escolar baseado na produção de textos, desenhos e resolução de problemas.

Para Emídio Bastos, Gerente de Assuntos Humanitários e Emergência da Visão Mundial, os Espaços Amigáveis para Crianças conseguem estabelecer uma rotina diária que dá a elas a estrutura necessária para enfrentar o estado caótico da sua vida atual e promover uma transição adequada entre o período de inatividade das crianças e o retorno às atividades cotidianas e a uma vida normal, com o passar do tempo.

Nos Espaços Amigáveis, as crianças têm, ainda, a oportunidade de dar continuidade às atividades escolares regulares. Com o apoio de equipes multidisciplinares, formadas por profissionais de saúde, os pais também recebem suporte emocional, orientação e informações relevantes para ajudá-los a conviver com a difícil situação e para melhor enfrentar os desafios futuros. “Ao sentirem que seus filhos estão em segurança, os pais sentem-se mais tranquilos para voltarem a cuidar de si e de suas tarefas diárias, como trabalhar e até mesmo reconstruir suas casas”, relata Emídio. “Trata-se, realmente, de um oásis em meio ao caos”, finaliza.

 

Fonte: Visão Mundial

02/02/2011

Caíque Oliveira promove campanha de doação para crianças angolanas


Caíque Oliveira promove campanha de doação para crianças angolanas

O Projeto Tenho Fome Angola, idealizado por integrantes da Cia. de Teatro Jeová Nissi tem conseguido transformar a realidade de centenas de crianças e suas respectivas famílias no país africano. Pessoas que tiveram suas vidas destruídas pela guerra e pela fome, hoje têm encontrado esperança em Jesus.

Na manhã desta terça-feira, 1º de fevereiro, o líder da Companhia e idealizador do projeto missionário, Caíque Oliveira expressou através de seu microblg (Twitter) a satisfação em ver que na próxima semana, as aulas da escola por eles construída já vão se iniciar.

“Bom dia, peregrinoss. Muito movimento aqui na Aldeia Nissi, em Angola. Estamos trabalhando a todo vapor p o inicio das aulas na proxima segunda. Uns pintam as salas, outros colocam adubo no milharal, outros rebocam, outros treinam professores. As crianças estão bem felizesss!”, festejou.

Em outra postagem, o líder já havia expressado sua alegria em ver os resultados da Missão Tenho Fome Angola e o espaço que as crianças atendidas pelo Projeto conquistaram em seu coração.

“Cá estou em Angola cada vez mais apaixonado pelas crianças. Elas estão cada vez mais parecidas com Jesus”, postou.

Doações
Ao falar sobre as principais necessidades da Missão, Caíque lembrou que ainda falta muito para que a escola da Aldeia Nissi esteja completa. Segundo o missionário e ator, uma campanha lançada por meio do Twitter e do blog oficial do Projeto teve bons resultados, mas ainda faltam 56 mil reais para conseguirem completar as obras.

“Conseguimos uns R$4 mil c o pedido q fiz aq. Faltam R$56 mil ainda. Preciso mto q me ajudem amados. São 500 crianças q começam a estudar… Não temos condições de colocar telhado na sala nova e no refeitório. Não temos como comprar carteiras… As crianças terão que sentar no chão para estudar? Não estou pedindo p mim, vasos”.

Para mais informações sobre a Missão Tenho Fome Angola e como ajuda-la, acesse: Cá estou em Angola cada vez mais apaixonado pelas crianças. Elas estão cada vez mais parecidas com Jesus. http://www.tenhofomeangola.blogspot.com/ .

Fonte CPAD NEWS

27/01/2011

Igreja Quadrangular recolhe doações para vítimas do Rio de Janeiro


A Igreja Quadrangular de Belém passou o domingo recebendo donativos para as vítimas das enchentes na região serrana do Rio de Janeiro. A ação, realizada em parceria com a Cruz Vermelha, contou com a participação de 450 membros da igreja e se concentrou no bairro do Tenoné II.

Com a ajuda de quatro carros-som, os voluntários da igreja percorreram as ruas do bairro para chamar a atenção dos moradores sobre a importância de doar alimentos não perecíveis, água mineral e material de higiene pessoal para as pessoas que perderam tudo no Rio de Janeiro. “O que queremos é mobilizar as pessoas do bairro. A maior evolução do ser humano é a possibilidade de estender a mão ao próximo”, explica o representante da Igreja Quadrangular, Mauro Roberto.

Segundo Mauro, a igreja costuma realizar ações que beneficiem a sociedade, porém, é a primeira vez que participam de uma campanha desse porte. “A gente se sente incomodado de ver as pessoas naquela situação e não fazer nada”. A Igreja pretende repetir a atividade na próxima quarta-feira, quando voltarão a percorrer o bairro nos carros-sons.

Via: Diário do Pará

23/01/2011

Campanha pró-desabrigados do Rio de Janeiro


Campanha pró-desabrigados do Rio de Janeiro As forças de mobilização em prol das pessoas afetadas pelas enchentes no Rio de Janeiro transcenderam as fronteiras brasileiras. Uma igreja norte-americana, a Primeira Igreja Batista Brasileira do Sul da Flórida (PIB), também lançou uma campanha de solidariedade: “SOS Rio – Mutirão da Solidariedade”.

Através da lavagem de carros e da venda de almoço, no dia 29 de janeiro, os integrantes da campanha esperam arrecadar uma quantia de dinheiro considerável para que possa ser convertido, aqui no Brasil, em doações que beneficiarão os desabrigados.

O pastor da igreja chama-se Silair, e já está no Brasil. Ele visitará a região, ao que tudo indica, na próxima semana. E no mês de fevereiro, uma equipe, sob direção da PIB, será enviada para a localidade afetada pelas chuvas.

“Queremos ver a necessidade e, de repente, comprar fogões, geladeiras, o que estiver precisando lá, e também montar um ponto de distribuição. O pastor estará em contato com as igrejas e através delas irá ajudar,” informou a secretária da congregação.


Fonte: Christian Post / Gospel Prime

18/01/2011

Igreja Universal arrecada 32 toneladas de donativos para vítimas da chuva na região serrana


 

Enchentes no Rio de Janeiro 250x187 Igreja Universal arrecada 32 toneladas de  donativos para vítimas da chuva na região serranaA Igreja Universal do Reino de Deus já arrecadou 32 toneladas de donativos para as vítimas da chuva que devastou a região serrana do Estado do Rio de Janeiro e deixou centenas de mortos.

Todas os templos estão recebendo doações de alimentos não-perecíveis, água mineral, colchões, roupas e calçados.

Um caminhão com parte do material arrecadado seguiu para Nova Friburgo na manhã deste sábado (15).

Tragédia

O forte temporal que atingiu o Estado do Rio de Janeiro na terça-feira (11) deixou centenas de mortos e milhares de sobreviventes desabrigados e desalojados, principalmente na região serrana.

As cidades de Nova Friburgo, Teresópolis, Petrópolis, Sumidouro e São José do Vale do Rio Preto foram as mais afetadas. Serviços como água, luz e telefone foram interrompidos, estradas foram interditadas, pontes caíram e bairros ficaram isolados. Equipes de resgates ainda enfrentam dificuldades para chegar a alguns locais.

No final da noite desta sexta-feira (14), a presidente Dilma Rousseff liberou R$ 100 milhões para ações de socorro e assistência às vítimas. Além disso, o governo federal anunciou a antecipação do Bolsa Família para os 20 mil inscritos no programa nas cidades de Nova Friburgo, Teresópolis e Petrópolis.

Empresas públicas e privadas, além de ONGs (Organizações Não Governamentais), também estão ajudando e recebem doações.

Os corpos identificados e liberados pelo IML (Instituto Médico Legal) começaram a ser enterrados quinta-feira (13), alguns deles sem identificação. Hospitais estão lotados de feridos. Médicos apelam por doação de sangue e remédios. Os próximos dias prometem ser de muito trabalho e expectativa pelo resgate de mais sobreviventes.

Em visita à região de Itaipava, em Petrópolis, o governador Sérgio Cabral (PMDB) disse que ricos e pobres ocupavam irregularmente áreas de risco e que o ambiente foi prejudicado.

– Está provado que houve ocupação irregular, tanto de baixa quanto de alta renda. Está provado também que houve dano da natureza. Isso não tem a ver com pobre ou rico.

Fonte: R7 / Gospel Prime

17/01/2011

Nívea Soares e Fernanda Brum fazem campanha para ajudar vítimas das enchentes no Rio


Tragédia causada pelas chuvas na região sudeste do Brasil, leva a artistas, pastores a clamarem por orações e doações.
“…Pr Max! Ajude em oração e doação! Estamos precisando! O Rio de Janeiro está uma calamidade,” clamou Fernanda Brum em seu twitter. E urgiu, “Vamos participar! Doando principalmente produtos de higiene pessoal, alimentos não perecíveis, água potável e outras necessidades básicas …”

As chuvas que vêm ocorrendo desde os princípios do ano, devastou nos últimos dias, principalmente, a região serrana do estado do Rio de Janeiro e partes do estado de São Paulo.

A cantora Nívea Soares pelo twitter pede orações para as vítimas da maior catástrofe do Rio de Janeiro, apresentando até o momento 381 mortos.

“Os noticiários nos fizeram chorar nesta manhã. Oremos pra que haja consolo, graça e livramento no estado do Rio de Janeiro,” escreveu a cantora Nívea Soares no microblog.

Elas urgem solidariedade dos milhões de cristãos brasileiros para com as cidades como Teresópolis, Petrópolis e Nova Friburgo no Rio de Janeiro e Atibaia, Bragança, São José dos Campos, Franco da Rocha, em São Paulo.

Nesta terça-feira, dia 12, Luiz Fernando Pezão, o vice-governador do Rio de Janeiro, percorreu de helicóptero os três municípios da região serrana atingidos pelas chuvas. Ele disse que nunca viu uma tragédia igual à ocorrida nos municípios dessa região.

“Nunca vi nada igual, nem mesmo nos deslizamentos de Angra dos Reis, no final de 2009. Este é o momento de ver o que pode ser feito para resolver a situação dessas pessoas, buscando, principalmente, desobstruir as estradas e garantir o acesso de serviços e apoio para se devolver à normalidade à população,” afirmou Pezão.

Ele vai passar a noite em Nova Friburgo, onde acompanhará pessoalmente as medidas que estão sendo adotadas para atenuar o sofrimento da população.

Em São Paulo, pelo menos 13 mortes foram contabilizadas pelo Corpo de Bombeiros na Grande São Paulo e interior do Estado por causa das chuvas que começaram a cair ainda na noite de segunda-feira. A madrugada de terça-feira foram mais de 10 horas de chuva e 53 pontos de alagamento por conta do transbordamento de vários córregos e de trechos do rio Tietê.

A presidente Dilma Rousseff telefonou nesta quarta-feira para o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, e colocou o governo federal “à disposição” para socorrer regiões atingidas pelas fortes chuvas do início do ano.

O governo federal, imediatamente, garantiu as atuações dos ministérios da Saúde, Integração, Defesa, Desenvolvimento Social, Transportes e Meio Ambiente, além do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) para auxiliar as regiões atingidas pelas chuvas com vacinas e medicamentos, hospitais de campanha, reconstrução e desobstrução de estradas.

Fonte: Revival Gospel News

15/01/2011

Igrejas evangélicas se unem na ajuda às vítimas da chuva no Rio de Janeiro


Igrejas num só objetivo auxílio às vítimas das enchentes 250x156 Igrejas evangélicas se unem na ajuda às vítimas da chuva no Rio de JaneiroA Assembleia de Deus em Teresópolis, liderada pelo pastor Israel do Couto, tem congregações em alguns bairros atingidos pelas chuvas na cidade. A situação mais difícil é no bairro de Campo Grande, que foi totalmente destruído. Além das centenas de casas levadas pela enxurrada, a congregação da AD também foi atingida.

De acordo com o presbítero Roberto Tardelli, que está auxiliando com um dos carros da igreja no resgate e locomoção dos desabrigados, o bairro de Campo Grande desapareceu. “O nosso pastor abriu a igreja para receber as pessoas e disponibilizou todos os veículos para atendimento aos desabrigados e famílias das vítimas. É uma situação muito triste. A televisão mostra apenas 50% do que realmente está acontecendo”.

Segundo o pastor Israel do Couto, a situação é catastrófica. “Em alguns locais é impossível chegar. No bairro de Campo Grande, estima-se que ainda tenha mais de 500 desaparecidos. A congregação no bairro de Bonsucesso também abriu as portas para recolher os corpos das vítimas porque o IML da cidade não tem capacidade para receber todos os corpos. Ali, está sendo feita a triagem e depois os corpos são encaminhados para o Instituto Médico Legal”, conta o pastor, destacando que, mesmo com todo o esforço dos governos, “em alguns lugares, a reconstrução será muito difícil”.

Com apenas seis câmaras frigoríficas, o Instituto Médico Legal (IML) precisou improvisar um necrotério alternativo para abrigar os corpos de todas as vítimas. De acordo com o delegado Wellington Pereira, o jeito foi pedir emprestado um imóvel em frente à 110ª DP, onde funciona o IML do município. “No local funcionava uma igreja evangélica, mas agora está vazio. O proprietário mora em Minas Gerais e prontificou-se a nos emprestar para colocarmos os corpos. É um galpão muito grande, que na frente tem salas. Poderemos fazer até um QG (quartel general) para tratar da questão”, disse o delegado.

Além de alimentos, cobertores e roupas, a AD em Teresópolis está recebendo doações pelo Banco Itaú – Agência 0807 / Conta Corrente: 368980

A Assembleia de Deus em Petrópolis, liderada pelo pastor Temóteo Ramos de Oliveira, também está mobilizada para atender às vítimas das chuvas na Região Serrana.

O pastor Walter ressaltou que as doações precisam ser levadas com urgência para as cidades mais prejudicadas (Foto: Pedro Henrique Negrão)

A Igreja do Nazareno em Sorocaba, localizada no Jardim Ana Maria, cedeu espaço para receber doações que serão levadas para as cidades da região serrana do Rio, onde houve mais vítimas das chuvas. As portas da igreja, situada na rua Jerônimo Veiga, 427.

“Já temos o caminhão para levar as doações até a cidade de Nilópolis e de lá seguirá comboio em conjunto com as outras Igrejas do Nazareno, para as regiões serranas onde o povo foi mais atingido”, explicou Walter Pereira, pastor da igreja sorocabana.

Fonte: Ogalileo / Gospel Prime

%d blogueiros gostam disto: