Posts tagged ‘Edir Macedo’

29/10/2015

IURD e IMPD se unem no apoio a CPMF


IURD e IMPD se unem no apoio a CPMFO bispo Edir Macedo, da Igreja Universal do Reino de Deus, e Valdemiro Santiago, da Igreja Mundial do Poder de Deus, já discutiram e se ameaçaram publicamente várias vezes. Quando a IMPD começou a tirar fiéis da IURD, começou uma acirrada campanha para desmoralizar o apóstolo, especialmente nos programas de TV e nos sites ligados a Macedo.

Contudo, agora esses dois rivais estão vivendo um tempo de aliança. Ambos estão juntos com o governo petista, defendendo a aprovação da CPMF. Claro, desde que as igrejas fiquem isentas.

A imagem que marcou essa união, que deve ser apenas temporária, é do encontro da presidente Dilma com o senador Marcelo Crivella (PRB/RJ), ao lado do deputado federal Francisco Floriano (PR/RJ). Ambos são líderes das “alas evangélicas” de seus respectivos partidos, que formam a base aliada do governo petista. Ao mesmo tempo Crivella é bispo licenciado da Universal e Floriano é pastor da Igreja Mundial.

De acordo com o jornalista Lauro Jardim, em sua coluna do jornal O Globo, essa composição dos grupos políticos de Macedo e Santiago gera “ciumeira” em outros líderes evangélicos, que não foram chamados.

No início do mês, diversos pastores e líderes denominacionais foram a Brasília se encontrar com Dilma e “garantir” a previsão da Constituição Federal de isenção tributária para todos os templos religiosos.  Na ocasião, a presidente garantiu aos líderes que os templos evangélicos, católicos, espíritas e de todas as demais religiões não serão tributados caso a CPMF seja aprovada no Congresso.

Além de representantes da IURD e IMPD, estavam o bispo Geraldo Tenuta, da Igreja Renascer em Cristo; Pastores Samuel e Abner Ferreira, da Assembleia de Deus Madureira, Juanribe Pagliarin, da Paz e Vida.

Publicamente, o único líder que se manifestou contra a CPMF foi o pastor Silas Malafaia, que ameaçou denunciar em seu programa todos os deputados evangélicos que votarem a favor da CPMF.

“O deputado evangélico que apoiar essa porcaria eu vou dizer o nome no meu programa e vou pedir para que os evangélicos não votem mais neles”, afirma. “Eu sou contra beneficiar as religiões”, afirma Malafaia. “Chega, o que passar disso [imunidade tributária da Constituição] é palhaçada!”.

Obs: é engraçado ver pastores que não une para pregar a palavra de Deus, mas para apoiar o governo a criar mais imposto para punir, o povo com altos impostos. Os mesmo deveriam esta reunido para ajudar outras igrejas que estão trabalhando para tirar viciados do craque, das ruas. Poderiam criar centro de tratamento para os que vivem com pessoas viciadas…

Anúncios
10/09/2013

Não adianta dar o dízimo e viver no pecado, diz Edir Macedo


edir-macedo religiãoO canal TV Universal postou no Youtube um pequeno trecho de uma pregação do bispo Edir Macedo onde ele explica a diferença entre pecar e viver no pecado. O fundador da Igreja Universal do Reino de Deus lembra que todos nós pecamos, mas que é necessário escolher o arrependimento.

Para conseguir deixar uma vida de pecado é preciso ter um coração totalmente entregue a Deus, esse seria o conselho dado pelo líder religioso. “Errar, todos erramos. Falhar, todos falhamos. Pecar, todos pecamos. Uns mais, outros menos e aquele que diz que não tem pecado é mentiroso”, disse.

“Porém há uma grande diferença entre você pecar e aquele outro viver no pecado”, afirma Macedo se referindo ao arrependimento. O ensinamento é que quando a pessoa percebe que errou, ela precisa decidir por abandonar o pecado, uma escolha de obedecer a Palavra de Deus
“A pessoa errou, falhou, pecou, caiu, mais há chance dela se levantar, se erguer e deixar o pecado para trás. Deus perdoa aquele que confessa [os pecados]“, diz.

Na pregação, Macedo ainda afirma que quem opta em viver no pecado será julgado por isso. “Aquele que se mantém no pecado não adianta vir para a igreja, não adianta dar ofertas, não adianta nada, se morrer irá para o inferno”, afirmou.

 

 

 

 

 

30/11/2012

Igreja Universal firma parceria com sistema carcerário de Alagoas


Igreja Universal firma parceria com sistema carcerário de AlagoasUma parceria firmada no mês de novembro entre a Igreja Universal do Reino de Deus e o Sistema Prisional de Alagoas marca o início de trabalhos nos presídios do estado, onde agora os voluntários da denominação fundada por Edir Macedo poderão entrar para prestar assistência espiritual e social.

O trabalho já é desenvolvido em diversos estados brasileiros mostrando resultados satisfatórios na ressocialização dos prisioneiros que passam a participar dos cultos e palestras que são feitos pelos fiéis da IURD.

“Entraremos nos presídios e levaremos a Palavra de Deus, distribuiremos Bíblias e livros. Nosso objetivo é levarmos palavra de amor, de conforto, de fé, para que possam suportar o dia a dia e conseguir sair de lá capazes de retomar sua vida em sociedade, sem voltar para o crime”, diz o pastor José Herlon Mendes que é o responsável pelo trabalho naquele estado.

O secretário da Defesa Social, Dário Cesar, também comentou esta parceria falando sobre os objetivos que o levaram a firmar este acordo. “O Estado tem o maior interesse em contar com o apoio das igrejas no processo de ressocialização de presos, para que eles não voltem a reincidir na prática de crimes. O combate à violência e à criminalidade não será vencida apenas com a ação de polícia, mas também com políticas públicas, incluindo o trabalho de ressocialização de apenados”.

Não há datas para que o trabalho nos presídios seja iniciado, mas o pastor responsável garante que entre as atividades programadas está o chamado “Momento do Presidiário” que é um programa de rádio para entreter os presos.

Este programa será transmitido pela rádio 100,3 FM todas as noites das 20 às 21 horas, tendo a leitura de cartas de familiares dos presos como o ponto alto da atração que é feita de dentro do Cenáculo principal da IURD.

Fonte: Gospel Prime

27/11/2012

Bispo Rodrigues é condenado a 6 anos e 3 meses pelo STF


Bispo Rodrigues é condenado a 6 anos e 3 meses pelo STFFoi definida nesta segunda-feira (26) a pena do ex-deputado do extinto PL (atual PR) Bispo Rodrigues, que foi julgado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) no processo do mensalão.

A decisão foi de 6 anos e 3 meses de prisão pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. O ex-bispo da Igreja Universal do Reino de Deus também terá que pagar uma multa no valor de R$696 mil, o equivalente a 290 dias-multa.

Carlos Alberto Rodrigues Pinto é acusado de ter recebido R$150 mil do chamado “valerioduto”, o dinheiro era oferecido em troca de apoio no Congresso durante o governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Pelo crime de corrupção passiva os ministros do STF julgaram por 3 anos de reclusão mais multa de R$360 mil. Pelo de lavagem de dinheiro a pena foi de 3 anos e 3 meses de reclusão e a multa de R$336 mil.

O advogado de defesa chegou a pedir a redução da pena do bispo Rodrigues por ele ter confessado o recebimento de dinheiro. Mas o relator da ação, o ministro Joaquim Barbosa, indeferiu o pedido.

Rodrigues era um dos braços direito de Edir Macedo, se elegeu como deputado federal em 1999 e foi reeleito em 2004, ano em que perdeu o cargo na igreja.

O nome do ex-bispo foi citado em diversos casos de corrupção, entre eles o Escândalo dos Bingos e a Máfia dos sanguessugas. Em setembro de 2005 ele renunciou ao cargo depois que o mensalão veio à tona.

Fonte: Gospel Prime

26/11/2012

Segundo Edir Macedo, Igreja Católica e Globo são os maiores inimigos da Igreja Universal


Segundo Edir Macedo, Igreja Católica e Globo são os maiores inimigos da Igreja Universal Segundo Edir Macedo, Igreja Católica e Globo são os maiores inimigos da Igreja Universal

O primeiro volume da biografia de Edir MacedoNada a Perder, tem sido considerada o maior sucesso editorial de 2012. Após ser lançado em eventos concorridos em 28 cidades no Brasil, o livro vendeu 350 mil exemplares em dois meses. Também lançado na versão em espanhol em diversos países da América Latina, já alcançou mais de 94 mil cópias vendidas.

Nada a Perder chegará em breve à Europa, com lançamento programado para Madrid, (8/12) e Lisboa (15/12) Uma versão em francês deve ser lançada em Paris, no começo de 2013.

A entrevista concedida à revista Istoé desta semana, onde é matéria de capa, o bispo Edir Macedo concede a primeira entrevista em sete anos. Além de comentar o sucesso do seu novo livro, o líder religioso fala sobre a perseguição sofrida pela Igreja Universal, o monopólio da Rede Globo e os investimentos na Rede Record.

“O nome do meu livro não é uma mera expressão literária. Não tenho nada a perder. E isso é um recado claro e direto a quem interessar”, resume.

Macedo conta também como serão os grandes investimentos no próximo ano para consolidar a busca pela liderança da Rede Record. “Construímos um departamento de jornalismo sólido e com credibilidade, uma fábrica de novelas própria com milhares de funcionários e um projeto comercial que conquistou a confiança dos anunciantes. Nossa meta é a liderança, não importa o tempo que isso demore para acontecer”.

Ele lamenta o que chama de “monopólio” da Rede Globo nas telecomunicações do país.  “No último encontro que tive com a presidenta Dilma, em Londres, durante os Jogos Olímpicos, procurei mostrar a ela e aos demais ministros que a democracia nos meios de comunicação, principalmente na televisão, é o melhor caminho para o Brasil. Alertei a presidenta que o monopólio é um caminho perigoso”.

Macedo ressalta que seu principal objetivo de vida não é esse, mas sim a expansão da Igreja Universal. Mesmo já possuindo centenas de templos espalhados pelo Brasil e por 182 países, com cerca de 5.800 pastores, bispos e outros funcionários remunerados, a IURD quer continuar ajudando o maior número possível de pessoas a encontrarem um novo caminho para suas vidas através da fé.

Ao longo dos 35 anos que lidera sua denominação evangélica, Macedo já enfrentou acusações de charlatanismo, curandeirismo e enriquecimento pela exploração da fé alheia. Mesmo assim, a Igreja Universal pode ser considerado um dos maiores fenômenos religiosos das últimas décadas.

“A Igreja Universal foi e continua sendo atacada. Isso não acabou. Somos sempre alvo de certos setores da sociedade incomodados com a perda de espaço e privilégios, como a Globo e o Vaticano. Há um claro preconceito por trás disso. Uma postura agressiva velada. Ou alguém duvida que a Globo só me ataca e ataca a Igreja Universal por causa da Record? Para eles, a Record é uma ameaça”, ressalta.

Macedo deixa claro que um dos segredos da Universal é a sua capacidade de auxiliar na reinserção social, especialmente na recuperação de criminosos e no atendimento à saúde. “A Igreja Universal permite ao Estado economizar bilhões em tratamento hospitalar e na ressocialização de presos”, descreve o bispo. Ele é enfático: “A Igreja Universal é um pronto-socorro espiritual. Ela recebe gente que sofre com os mais variados males, entre eles dificuldades financeiras”.

Mas não é só isso. “Vivemos em uma sociedade que gera tristeza e depressão. Com isso, as pessoas buscam falas confortantes como as que são feitas por Edir Macedo”, acredita João Batista Libanio, da Faculdade Jesuíta de Filosofia e Teologia de Belo Horizonte (MG).

O líder da IURD reafirma na entrevista que “a sina da Universal é barrar a Igreja Católica”. Para ele, sua prisão em 1992 foi uma tentativa dos católicos de interromper o crescimento da IURD. Os 11 dias em que passou numa cela naquele ano foi conseqüência do que chama de “perseguição do Clero Romano”. “Eram políticos de prestígio, empresários da elite econômica e social, intelectuais, juízes, desembargadores e outras autoridades do Poder Judiciário que tomavam decisões sob a influência do alto comando católico”, acredita.

Tudo teria começado, segundo ele, quando Edir ainda era bem jovem e ocupava um emprego público na Loteria do Rio de Janeiro. Certo dia, seguindo ordens, impediu a entrada de um monsenhor, enviado pelo arcebispo para recolher dinheiro que   algumas sociedades católicas recebiam das loterias.

“Eu barrei a Igreja Católica naquele dia… E, simbolicamente, seria um prenúncio do que se tornaria a sina da Igreja Universal ao longo dos anos”, acredita.

Perseguição, aliás, é algo o bispo conhece desde a infância. Ele lembra que sofreu bullying. O motivo seria um problema físico nas mãos: seus dedos indicadores são tortos, os polegares finos e todos se movem pouco. “Muitas vezes senti um certo complexo de inferioridade, me considerava o patinho feio da escola e até da família. Sempre fui motivo de zombaria. Muitos adultos e meninos da minha idade me chamavam de dedinho.”

Fonte: Gospel prime

24/11/2012

Livro de Edir Macedo faz sucesso na América Latina


Livro de Edir Macedo faz sucesso na América LatinaO bispo Edir Macedo esteve nos últimos dias lançando sua autobiografia “Nada a Perder” na Argentina e na Colômbia repetindo o sucesso de vendas que a obra tem feito no Brasil.

No sábado (17) o fundador da Igreja Universal do Reino de Deus atraiu mais de 45 mil pessoas até a livraria El Ateneu Grand Esplendid onde esteve autografando alguns exemplares e divulgado o lançamento.

Naquele dia foram vendidos 56.300 exemplares do primeiro livro de uma trilogia que narra as principais etapas da vida do religioso que hoje coordena uma das maiores igrejas do mundo.

No dia 20 foi a vez do público colombiano ter este contato direto com Edir Macedo que também autografou alguns exemplares para os fiéis que lotaram a Livraria Nacional, localizada na capital Bogotá.

Na Colômbia foram vendidos 16.200 exemplares do livro em apenas quatro horas, a livraria ficou pequena diante de 15 mil fiéis que queriam conhecer a história do bispo e vê-lo pessoalmente.

Nos dois países o lançamento do livro, que traduzido para o espanhol ganhou o nome de “Nada que perder”, chamou a atenção da imprensa que esteve acompanhando e noticiando a passagem do religioso brasileiro por estes países.

O livro também será lançado na Venezuela e no México.

As informações são do Arca Universal.

14/11/2012

Templo de Salomão da Igreja Universal já está 40% concluído


Templo de Salomão da Igreja Universal já está 40% concluídoAs obras o Templo de Salomão continuam em velocidade avançada, até o momento 40% de toda a obra já foi concluída, pelo projeto da Igreja Universal do Reino de Deus o megatemplo será inaugurado em 2014.

Para que tudo saia como o combinado, a construtora mantém 1.400 profissionais que se revezam 24 horas por dia, através do site oficial do projeto é possível acompanhar as obras ao vivo através de duas câmeras.

As obras estavam orçadas em R$ 300 milhões, mas com certeza ultrapassará este valor já que no começo de outubro a IURD havia noticiado o investimento de R$250 milhões na obra.

Na última semana o líder da igreja, bispo Edir Macedo, esteve visitando o templo que está localizado na Avenida Celso Garcia, no bairro do Brás, em São Paulo. Acompanhado por outros bispos e por sua família, o religioso pode participar da tomada de decisões referentes a este empreendimento.

O bispo Júlio Freitas da IURD de Portugal também passou pelas obras para gravar um vídeo e mostrar para os fiéis portugueses como está o projeto que tem recebido apoio financeiro das igrejas de todo o mundo. As informações são da Arca Universal.

Fonte: Gospel Prime

18/10/2012

Folha Universal terá de pagar R$ 150 mil à Xuxa e publicar desmentido


Folha Universal terá de pagar R$ 150 mil à Xuxa e publicar desmentidoFolha Universal terá de pagar R$ 150 mil à Xuxa e publicar desmentido

A apresentadora e cantora Xuxa venceu o processo contra o jornal Folha Universal. A 6ª Vara Cível da Barra, no Rio de Janeiro, condenou a Igreja Universal do Reino de Deus, responsável pelo jornal a indenizá-la após publicar que Xuxa teria um “pacto com o demônio”.

Segundo a coluna de Anselmo Góis, na página 11 da edição de hoje do Diário de S.Paulo, a Igreja liderada pelo Bispo Edir Macedo terá de pagar R$ 150 mil reais. O processo corria na justiça desde agosto de 2008, quando a Folha Universal, publicou uma matéria onde citava as acusações do pastor Josué Yrion, o qual afirmava que a apresentadora vendeu sua alma para o diabo por U$ 100 milhões em troca de sucesso.

A capa da edição mostrava uma foto de Xuxa e a pergunta “Pacto com o Mal?”. Na matéria, havia a foto de um homem de costas representando o demônio, e o título “Contrato com o Diabo”. Yrion é citado no material, dizendo que ela doa sangue duas vezes por ano a Igreja de Satanás, em São Francisco, nos Estados Unidos.

No início do processo, a apresentadora da Rede Globo pedia R$ 3 milhões, por danos morais e retratação. Na época, Xuxa disse que “tem fé e amor a Deus e toda sua vida foi voltada para fazer o bem a exemplo do trabalho que desenvolve na fundação que leva o seu nome”. O jornal da IURD também precisará publicar um desmentido e afirmar que Xuxa tem “Profunda fé em Deus e respeita todas as religiões”.

No ano passado, a Folha Universal foi condenada a pagar os 150 mil, mas recorreu do processo. Desta vez não cabe mais recurso.

Fonte: Gospel Prime

18/10/2012

Edir Macedo lança biografia em presídio de São Paulo


Edir Macedo lança biografia em presídio de São Paulobispo Edir Macedo esteve na manhã desta terça-feira (16) no Centro de Detenção Provisória de Pinheiros (CDP III), em São Paulo, para acompanhar a distribuição de 3 mil exemplares da sua biografia “Nada a Perder” aos detentos.

O livro escrito em coautoria com Douglas Tavolaro, vice-presidente de jornalismo da Rede Record, tem sido vendido em todo Brasil mostrando relatos da vida de Macedo, um dos líderes religiosos de maior importância no país.

Ao detentos que acompanharam sua visita o bispo deixou uma palavra de motivação. “Alguns que estavam condenados por muitos crimes, hoje, estão pregando o Evangelho. Deus muda a situação de quem crê.”

Em seu blog, o líder da Igreja Universal do Reino de Deus divulgou o relato de um detento que ficou emocionado ao vê-lo de perto, pois não estava acreditando que ele de fato iria até o presídio.

Mas não foram só os encarcerados que se emocionaram, Macedo também comentou sua visita para o site Arca Universal dizendo que foi um prazer estar no meio daquelas pessoas.

“Eu não posso dizer que é um prazer entrar num lugar onde há sofrimento e dor. Paradoxalmente, é um prazer porque a gente chega às pessoas mais aflitas e é como Jesus disse: ‘Os sãos não precisam de médicos, mas os doentes.’ Então, o trabalho da Igreja Universal do Reino de Deus foca justamente nos doentes, nos necessitados, nos aflitos, independentemente da condição econômica deles. Nós estamos prontos para ajudá-los. Essa é a fé viva que nós temos tido.”

“Nada a Perder” é o primeiro livro de uma trilogia que será lançada pelo fundador da IURD. Em poucos meses de lançamento a obra já aparece na lista dos mais vendidos no país, liderando a lista da categoria de não ficção já há seis semanas.

Fonte: Gospel Prime

13/09/2012

Biografia de Edir Macedo é líder de vendas no Brasil


Biografia de Edir Macedo é líder de vendas no Brasil A biografia do bispo Edir Macedo, “Nada a Perder”, está em primeiro lugar da lista de livros mais vendidos da semana, segundo o ranking da revista Veja. A publicação ultrapassou “A Queda”, de Diogo Mainardi, que ocupava o posto. No ranking da PublishNews, voltada ao mercado editorial, o livro é o terceiro mais vendido entre todas as categorias.

Esse levantamento foi feito entre 27 de agosto e 2 de setembro. Como Nada a Perder foi lançado no dia 31/08, a liderança veio com apenas quatro dias. Ele já é considerado pelos especialistas um novo “fenômeno” do mercado editorial brasileiro.

“Nada a Perder” é o primeiro volume de uma trilogia com memórias do fundador da Igreja Universal do Reino de Deus, escrito em coautoria com o vice-presidente de Jornalismo da Rede Record, Douglas Tavolaro. A Editora Planeta, responsável pelo livro, anunciou que a primeira edição, com 16 mil exemplares, esgotou na primeira semana e já foi encomendada, em caráter de urgência, a reimpressão de mais 50 mil.

O sucesso é visto nas noites reservadas para o lançamento nas capitais. Na Livraria Cultura de São Paulo, 3.278 exemplares foram vendidos na noite de autógrafos. Com isso, o livro de Edir tornou-se a publicação mais vendida durante um lançamento na rede de 13 livrarias espalhadas pelo País. O recorde anterior também era de uma obra religiosa, “Ágape” do padre Marcelo Rossi, que vendeu 3.000 livros em Recife.

Em Belo Horizonte, o livro foi lançado dia 4/09 e os 4.000 exemplares disponíveis esgotaram uma hora antes do início do evento. Ao todo, 7.000 cópias foram vendidas, batendo recorde para um lançamento naquela cidade.

Na FNAC de Porto Alegre, o lançamento ocorreu nesta terça-feira (11) e cerca de 15.000 pessoas compareceram ao local. Foram vendidos 10.400 exemplares, a maior venda já registrada pela unidade da livraria em Porto Alegre. Este número inclui aquelas pessoas que compraram o livro e não conseguiram retirá-lo na hora porque o estoque do exemplar na livraria esgotou. Esses clientes receberão o livro em casa.

Filas da Fnac do Barra Sul Shopping saíam da livraria e chegavam até o estacionamento.

Em Nadar a Perder, o bispo conta desde a infância humilde no subúrbio do Rio de Janeiro, até o crescimento da igreja sob seu comando, presente em mais de 200 países. O volume narra um período de cerca de 40 anos, relatando a iniciação religiosa de Macedo, incluindo suas primeiras pregações. Também apresenta detalhes sobre fatos polêmicos de sua vida, como a prisão em 1992 e a doença de uma de suas filhas. A obra traz diversas mensagens de superação e têm atraído leitores de todas as religiões. A constante superação, sem nunca perder a fé e os valores humanos, é a grande lição do livro.

“Acima de tudo, temos um exemplo de pai, de marido, de líder, de homem. Todos conhecem a figura de Macedo, mas não se sabe exato sua trajetória. Por isso, todos devem ler esses livros”, afirma o pastor Carlos Cucato.

Os dois próximos volumes têm lançamentos previstos para 2013 e 2014, e abordarão os detalhes do crescimento da Igreja Universal, a aquisição da TV Record, e a relação de Macedo com políticos e empresários, entre outras histórias inéditas.

%d blogueiros gostam disto: