Posts tagged ‘Evangelho’

26/09/2015

Campanha mundial de evangelização on-line começa 30 de setembro


evangelismo dia 30 setembroUma organização internacional de evangelismo on-line deseja reunir milhares de cristãos dia 30 de setembro para criar uma “onda” de propagação do Evangelho. Um vídeo deverá ser compartilhado, juntamente com mensagens sobre Jesus. Eles desejam inundar as redes sociais e chamar a atenção do mundo.

Ian Walton, coordenador deste projeto na África acredita que essa e uma nova forma de evangelização em massa. O website da campanha foi traduzido para diferentes línguas. A versão brasileira pode ser acessada em www.vaportodomundo.global.

Oficialmente, entra no ar dia 30 de setembro, mas já é possível se inscrever e conhecer o material. A mensagem tem menos de dois minutos e termina com a pergunta “Por que eu acredito?” e mostra como as pessoas podem se inscrever e adicionar a sua voz, descreve:

A ideia é viralizar o material, compartilhando com o maior número de pessoas possível. Os organizadores apontam essa iniciativa como uma mensagem de esperança nos tempos difícieis que estamos vivendo.

Cerca de 100 mil pessoas já se inscreveram para o evento online até agora. Equipes regionais estão sendo treinadas para ajudar as pessoas que deram uma resposta positiva, desejando conhecer mais sobre Jesus.

O objetivo é ajudar a todos os interessados a encontrarem uma igreja local onde possam crescer espiritualmente. Acredita-se que em 48 horas após o lançamento os resultados já serão visíveis.

O entendimento é que redes sociais como Facebook, Twitter, Instagram e outros explodiram em popularidade nos últimos anos, embora as Igrejas ainda não exploram a força deste meio como poderiam. Não se trata de divulgar uma igreja, mas a mensagem do evangelho.

O nome da campanha deverá ser usado com a hashtag #Vaportodomundo. A inspiração é o mandamento de Jesus em Marcos 16:15 para que o cristão “vá por todo o mundo” e pregue o Evangelho. O material foi preparado para diferentes regiões, incluindo América do Norte, América Latina, Europa, Ásia Pacífico, África, Rússia e Oriente Médio.

Walton diz que a mensagem da campanha é: “não importa de que religião ou tradição viemos, a verdade está em Jesus”. Ele acredita que para muitas pessoas essa será a primeira vez que eles vão falar sobre sua fé abertamente nas redes sociais. “Um pequeno passo de fé de um grande número de crentes causará um enorme impacto… Isso enviará, no reino espiritual, uma onda de choque. Deus vai usar isso como revelação da verdade”, conclui. Com informações Christian Post

06/12/2012

Muçulmanos atacam pastor evangélico que pregava na Índia


Muçulmanos atacam pastor evangélico que pregava na ÍndiaO site do Portas Abertas recebeu a informação de que um pastor foi atacado por muçulmanos por estar pregando o evangelho para a população.

No dia 23 de novembro o pastor Lewis Mascarenhas ministrava para um público formado por muçulmanos que começaram a questionar a fé do pastor iniciando assim uma discussão a respeito da natureza divida de Cristo e de seus ensinamentos.

Para responder as questões o pastor calmamente teria distribuído algumas literaturas com as respostas bíblicas para as questões levantadas pelos presentes enquanto a notícia sobre a pregação corria pela cidade.

Furiosos, alguns muçulmanos se juntaram achando que o Mascarenhas estava obrigando os ouvintes a se tornarem cristãos e partiram para o ataque.

Mesmo estando gravemente ferido o pastor foi levado à delegacia onde os acusadores fizeram uma queixa contra ele dizendo que ele estava impondo sua fé aos demais. Após a abertura do processo os policiais levaram o pregador para o hospital sob custódia da polícia.

Por este motivo os muçulmanos radicais passaram a atacar diversas igrejas em Hospet e a proteção policial foi necessária também em instituições que são administradas por cristãos.

Fonte: Gospel Prime

 

28/11/2012

EBF Comunicações empresa Cristã divulga nota sobre Festival Promessas e Geo Eventos


A EBF Comunicações, empresa cristã que promove eventos voltado aos evangélicos em geral, emite comunicado sobre Festival Promessas e a Geo Eventos. Em nota expressa surpresa sobre a divulgação de evento voltado ao público evangélico nos mesmos moldes da ExpoCristã.
NOTA DE ESCLARECIMENTO – leia e comente…
A EBF Comunicações esclarece que participou da concepção dos eventos denominados Festival e Troféu Promessas com o intuito de abrir as portas da empresa GLOBO COMUNICAÇÃO para o evangelho de Cristo. De acordo com contrato firmado com as empresas GEO Eventos, Som Livre/Globo Comunicação e Participações S.A., a EBF promoveu o lançamento do festival e troféu em 2010 e colaborou com a produção durante todo o ano de 2011, até a sua realização, veiculando em suas publicações matérias, anúncios e ainda várias peças de comunicação para que tal evento se tornasse realidade.
 
O contrato assinado foi cumprido de forma ética e integral por parte da EBF, que prima por conceitos cristãos.
 
Recentemente a EBF foi surpreendida por diversas ações da GEO Eventos, que vem oferecendo ao mercado propostas de um evento voltado ao público sem a concordância e participação da EBF, alijada do processo de maneira antiética e unilateral.
 
Uma vez que foi a EBF Comunicações quem introduziu a GEO Eventos no meio cristão por ocasião do contrato celebrado entre as partes, essas ações têm gerado questionamentos para empresas e ministérios que compõem o segmento por entender que as ações atuais daquela empresa têm ainda a anuência da EBF.
 
Desta forma, a EBF Comunicações esclarece que não possui vínculo nem envolvimento nestas iniciativas e declara de forma veemente que repudia o modo como a GEO eventos/Globo Comunicação e Participações S.A. vêm tratando o assunto, deixando de reconhecer direitos legítimos que a EBF tem garantido por contrato assinado entre as partes.
 
 Neste ínterim, a EBF seguirá as instruções do seu departamento jurídico, que está representando a empresa em seu fiel compromisso de prestar serviços relevantes para o meio evangélico, através dos projetos e eventos.
 
A EBF Comunicações reforça ainda que prima por sua neutralidade e respeito em relação aos diversos segmentos cristãos, sejam eles representados por tradicionais, pentecostais, neo pentecostais e comunidades que vêm qualificando a EBF ao longo dos anos como apoiadores de ministérios focados na difusão do evangelho de Jesus.
 
Direção EBF Comunicações.
Confira site da ExpoCristã e mantenha-se informado sobre a próxima EXPOCRISTÃ/2013 – Clique aqui
20/11/2012

Pastor preso tem pedido de fiança negado no Paquistão


No Paquistão, a Constituição estabelece o islamismo como a religião do Estado, declarando, também, que as minorias religiosas devem ter condições para professar e praticar sua religião em segurança. Mas mesmo nesta condição um pastor por professar a sua fé em Cristo e pregar o evangelho foi preso. Apesar disso, o governo limita a liberdade religiosa utilizando-se, principalmente, da polêmica lei de blasfêmia.

De acordo com o The Christian Post (CP) paquistanês, quinta-feira (31/10), um pastor, preso por blasfêmia, em Sanghla Hill, província de Punjab, teve seu pedido de liberdade sob fiança negado.

Karama Patras foi detido após a polícia o ter levado em custódia quando um grupo de muçulmanos atacou sua casa.

Patras conduzia uma reunião de oração no lar de uma família cristã quando alguém levantou questões sobre a festa islâmica do sacrifício, Eid-ul-Adha, e o que a carne desse sacrifício significa para os cristãos.

Quando ele respondeu com versículos da Bíblia – trecho de 1 Coríntios 10:28-29 – vizinhos muçulmanos ouviram a discussão e, rapidamente, chamaram outros.

Quando o encontro terminou e Patras já voltava para casa, ele ouviu, através de alto-falantes das mesquitas, imãs apelando a seus colegas muçulmanos para que punissem o pastor por proibir o Eid-ul-Adha aos cristãos.

“O pastor Karama Patras é um blasfemo, infiel, merece ser morto”, escutava-se pelas ruas. Nesse momento, segundo o CP, centenas de islâmicos atacaram a casa de Patras.

Oficiais dirigiram-se até o local e resgataram o pastor da fúria da multidão, que o agredia e destruía sua casa.

Patras foi acusado nos termos do Artigo 295, A- das notórias leis de blasfêmia do Paquistão. Ele é representado por Tahir Naveed, mesmo advogado de defesa do caso de Rimsha Masih. Ore em favor dessa causa, para que a Justiça alcance o pastor e sua fé no Senhor seja honrada.

Fonte: Inforgospel

20/11/2012

Pastor Behnam Irani preso no Irã pode morrer se a situação for ignorada


Pastor Behnam Irani preso no Irã pode morrer se a situação for ignoradaUm grupo vigilante da perseguição cristã começou uma nova campanha prometendo apoio ao pastor em um estado médico crítico e atualmente preso no Irã, bem como muitos outros crentes sofrendo perseguição no mundo.

“Enquanto você lê isso, a saúde do pastor Behnam Irani está em condição crítica e há uma chance muito real de ele morrer na prisão de Ghezel Hesar se ele permanecer em sua situação atual”, explicou Christian Solidarity Worldwide em uma declaração compartilhada ao The Christian Post por Kiri Kankhwende, assessora de imprensa da organização.

O pastor iraniano foi preso em 2011, alegadamente por agir contra os interesses da segurança nacional, apesar dos grupos de vigilância da perseguição terem dito que a razão real foi por pregar o Evangelho e conduzir pessoas à Cristo no grande país islâmico. Ele tem conduzido a Igreja do Irã na cidade de Karaj na província de Alborz, e está atualmente servindo uma sentença de seis anos na prisão de Ghezel Hesar.

Diversos relatórios na condição de Irani na prisão notaram que ele apanhou e está sofrendo de úlcera hemorrágica, mas está tendo tratamento adequado negado. De acordo com as últimas informações da CSW, a condição do pastor de 41 anos está piorando, e ele precisa de ajuda urgente e orações.

“Ele está sangrando severamente das úlceras estomacais e complicações no cólon. Ele mal pode caminhar e tem problemas com sua visão. Os espancamentos brutais que ele recebeu das autoridades prisionais e outros prisioneiros resultaram em ferimentos horríveis, e ele precisa urgentemente de ajuda médica”, dissea CSW.

“Ele pode morrer nos próximos meses se ele não tiver o tratamento que precisar. E ele não deveria estar na prisão em primeiro lugar: ele foi acusado de crimes políticos para cobrir o fato de que ele foi preso porque ele é cristão e um líder de igreja”.

Quanto ao que pode ser feito para ajudar o pastor, pai de dois filhos, e outro cristão preso pelo mundo, a CSW insistiu que “quanto mais alto o barulho das comunidades internacionais, maior é a chance que os prisioneiros possam ser tratados adequadamente de acordo com os padrões internacionais, e mais provável de que os presos injustamente sejam libertados”.

A organização fornece links em seu site para informação de contato para o chefe do Judiciário do Irã e exige o tratamento urgente ao pastor Irani e implora a liberação da prisão.

Fonte: Christian Post

16/11/2012

Magno Malta se pronuncia em favor de missionários presos no Senegal


Magno Malta se pronuncia em favor de missionários presos no Senegal Magno Malta se pronuncia em favor de missionários presos no Senegal

Durante seu discurso no Senado na tarde desta terça-feira (13) o senador Magno Malta falou sobre os missionários presos no Senegal sob acusação de tráfico de crianças, desvio de menores e formação de quadrilha, isso porque os brasileiros José Dilson e Zenaide Moreira Novaes estavam evangelizando crianças muçulmanas.

Malta defende o trabalho dos missionários e entrou em contato com o embaixador do Senegal no Brasil que lhe garantiu que em seu país não há perseguição religiosa, mesmo tendo maioria da população muçulmana.

José Dilson e Zenaide Moreira foram presos na semana passada por trabalharem no projeto Obadias, que tem como objetivo resgatar crianças que vivem nas ruas e compartilhar o evangelho com estas.

Para tentar ajudar os missionários, Magno Malta estará viajando até o país africano na próxima semana acompanhado por uma comitiva parlamentar para pressionar as autoridades e acompanhar de perto este caso.

“Eu conheço esta família”, disse Malta que conhece o pai da missionária Zenaide, que são moradores da cidade de Nova Itapetinga, na Bahia, cidade onde o senador nasceu e cresceu.

Veja o vídeo com a declaração do senador:

11/11/2012

Smartphones ajudam cristãos da Igreja Perseguida


Smartphones ajudam cristãos da Igreja PerseguidaO ministério Portas Abertas relata que os smartphones estão ajudando cristãos da Igreja Perseguida a alimentar sua fé, podendo acessar a Palavra de Deus nesses equipamentos.

Em países onde é proibido carregar uma Bíblia, como na China, por exemplo, os cristãos podem levar o Livro Sagrado armazenado no cartão de memória do telefone sem correr riscos de repressão.

Para exemplificar como estes aparelhos estão revolucionando o dia a dia dos crentes em países onde o evangelho é perseguido, o ministério conseguiu o depoimento de um cristão da Ásia Central que presenteou um amigo com um cartão de memória contendo a Bíblia.

“Você é meu melhor amigo, por isso quero te dar algo muito especial”, disse o cristão ao entregar o presente. Além de conter um exemplar da Bíblia a memória do cartão continha também um filme sobre Jesus, vídeo que eles puderam assistir juntos.

“Eu agradeço à Portas Abertas por esses chips de memória. Agora eu posso ouvir a Palavra de Deus o tempo todo e em qualquer lugar”, disse o amigo que foi presenteado.

Hoje é possível não só ter a Bíblia no cartão de memória para poder lê-la sempre que possível, como também é possível fazer download da Bíblia em áudio.

08/11/2012

Membros de Igreja não registrada na China são presos


Chinese christian.jpgSegundo a agência de notícias ChinaAid, a equipe evangelística foi detida pela polícia, no sul da cidade de Shenzhen, por distribuir panfletos e pregar o Evangelho. O grupo só foi liberado em 31 de outubro, quatro dias depois da prisão.

Esta equipe tem viajado por toda a China para pregar o Evangelho. Quando foram presas, em 27 de outubro, as seis pessoas envolvidas participavam de atividades evangelísticas em uma praça em Shenzhen, local que faz fronteira com Hong Kong.

Entre os detidos estava um cristão cego, Li Hailing, de Handan, na província de Hebei. Ele contava seu testemunho pessoal, quando a polícia chegou. Os demais foram: Du Weixiao, de Nanchang, província de Jiangxi; Huo Xiaofeng, de Xuchang; Henanprovinc; e Han Dongkui de Yanji, província de Jilin.

Teoricamente, os cristãos chineses têm direito à liberdade religiosa, mas o espaço para evangelização é limitado. Além da perseguição governamental, as tentativas de evangelização de muçulmanos no extremo noroeste do território chinês têm enfrentado resistência e alguns ataques.

As leis religiosas que entraram em vigor em 1º de março de 2005 aumentaram a pressão sobre grupos não-registrados, exigindo que se legalizassem ou se preparassem para sofrer as consequências. Saiba mais sobre a China aqui.

Fonte: Portas Abetas

05/11/2012

Lei “anti-conversão” na Índia perde força e os cristãos evangélicos comemoram e pedem oração


Os que professam a fé em Jesus Cristo na Índia tem por parte da população composta de seguidores de milhares de “deuses” uma perseguição dura a ponto de matar os cristãos/evangélicos por crer no evangelho do Senhor. Mas Deus está trabalhando nesta nação, uma lei “anti-conversão” está sendo enfraquecida no país. -Confira e comente…

Uma lei “anti-conversão” sancionada no Estado de Himachal Pradesh, comumente usada por extremistas hindus para impedir que pessoas se convertessem ao cristianismo, foi parcialmente derrubada, após uma contestação legal promovida pelos cristãos.

A Associação Evangélica da Índia alegou que as disposições da Lei Religiosa de Himachal Pradesh, de 2006, são desiguais. Por exemplo, aqueles que querem se converter ao cristianismo são listados em um registro público. Esses dados foram verificados por extremistas hindus, que rastreiam, perseguem e até assassinam novos cristãos. Mas, se outros cidadãos querem se tornar hindus não precisam, no entanto, divulgar sua escolha.

Evangelistas também enfrentaram falsas acusações conversões forçadas de hindus e que, devido às alegações foram presos e brutalmente agredidos.

Agradeça a Deus pela decisão da alta corte do Estado que, considerando tais aspectos da lei, julgou-a inconstitucional. O caso agora vai para o Supremo Tribunal indiano, onde se espera que extremistas hindus exerçam forte pressão para que a ação seja anulada. Ore para que isso não aconteça, e para que os direitos dos novos cristãos na Índia prevaleçam. Interceda pela liberdade de cada servo do Senhor, em meio à perseguição.

Fonte: Inforgospel

 

31/10/2012

Evangélicos do mundo todo lembram hoje o início da Reforma Protestante


Evangélicos do mundo todo lembram hoje o início da Reforma ProtestanteEm 31 de outubro é comemorado por evangélicos de todo o mundo o dia da Reforma Protestante. Em 1517, um dia antes da festa católica de “Todos os Santos”, o monge agostiniano Martinho Lutero pregou publicamente suas 95 teses, na porta da Catedral de Wittenberg (Alemanha). Seu apelo era por uma mudança nas práticas da Igreja Católica, por isso o nome “Reforma”.

A iniciativa teve consequências por toda a Europa, dividiu reinos, gerou protestos e mortes. E mudou para sempre a Igreja. Para alguns, Lutero destruiu a unidade do que era considerada “a” igreja, era um monge renegado que desejava apenas destruir os fundamentos da vida monástica. Para outros, é um grande herói, que restaurou a pregação do evangelho puro de Jesus e da Bíblia, o reformador de uma igreja corrupta.

O fato é que ele mudou o curso da história ao desafiar o poder do papado e do império, e possibilitou que o povo tivesse acesso à Bíblia em sua própria língua. A principal doutrina de Lutero era contra o pagamento de penitências e indulgências aos lideres religiosos. Ele enfatizava que a salvação é pela graça, não por obras.

Conta-se que muita coisa mudou dentro daquele monge até então submisso ao papa quando, em 1515, Lutero começou a dar palestras sobre a Epístola aos Romanos. Ao estudar as Escrituras se deparou com o primeiro capítulo de Romanos, que decretava “o justo viverá pela fé”. Desvendava-se diante dele o que é conhecida como “justificação pela fé”, ou seja, a justificação do pecador diante de Deus não é por um esforço pessoal, mas sim um presente dado àqueles que acreditam na obra de Cristo na cruz.

O movimento encabeçado por Lutero ocorreu durante um dos períodos mais revolucionários da história (passagem da Idade Média para o Renascimento) e mostra como as crenças de um homem pode mudar o mundo.

A controvérsia acabou sendo, segundo historiadores, maior do que Lutero pretendia ou imaginara. Porém, ao atacar a venda de indulgências por parte da igreja, acabou opondo-se ao lucro obtido por pessoas muito mais poderosas do que ele. Segundo Lutero, se era verdade que o Papa tinha poder de tirar as almas do purgatório, devia usar esse poder, não por razões egoístas, como a necessidade arrecadar fundos para construir uma igreja, mas simplesmente por amor, e devia fazê-lo gratuitamente. A idolatria aos santos também foi um dos grandes pontos de discórdia com os lideres católicos.

A maioria dos historiadores concorda que Lutero teria tentado apresentar seus argumentos ao Papa e alguns amigos de outras universidades. No entanto, as teses colocadas na porta da Catedral de Wittemberg e os muitos argumentos teológicos impressos e distribuídos por ele nos meses seguintes, acabaram se espalhando por toda a Europa, fazendo com que ele fosse chamado ao Vaticano para se retratar perante o Papa. A partir de então, entrou abertamente em conflito com a Igreja Católica.

Acabou excomungado em 1520, pelo papa Leão X. Alegava-se  que ele incorria em “heresia notória”. Devido a esses acontecimentos, Lutero temendo a morte, ficou exilado no Castelo de Wartburg, por cerca de um ano. Durante esse período trabalhou na sua tradução da Bíblia para o alemão, resultando na impressão do Novo Testamento em setembro de 1522.

Sobre o legado de Lutero, o famoso pastor Charles Spurgeon escreveu:

“Lutero aprendeu a ser independente de todos os homens, pois ele lançou-se sobre o seu Deus! Ele tinha todo o mundo contra ele e ainda viveu alegremente.

Se o Papa excomungou, ele queimou a bula de excomunhão! Se o Imperador o ameaçou, ele alegrou-se porque se lembrou das palavras do Senhor: “Os reis da terra se levantam, e os príncipes dos países juntos. Aquele que está sentado nos céus se rirá” (Salmo 2).

Quando disseram-lhe: “Onde você vai encontrar abrigo se o Príncipe Eleitor não protegê-lo?”. Ele respondeu: “Sob o escudo amplo de Deus”. Lutero não podia ficar parado. Ele tinha que escrever e falar! E oh, com que confiança ele falou! Abominava as dúvidas sobre Deus e as Escrituras!”

Para algumas vertentes do catolicismo, os protestantes são hereges. Para outras, “irmãos separados”. O movimento originado por Lutero ficou conhecido como Protestantismo e seus seguidores como “protestantes”. O termo é pouco comum no Brasil, onde se prefere usar “evangélicos”. As informações são do Protestante Digital.

Conheça as 95 teses aqui.

%d blogueiros gostam disto: