Posts tagged ‘israelitas’

02/02/2019

Porta-voz dos Bombeiros elogia israelenses e desmente comandante que criticara ajuda em Brumadinho


Tenente Pedro Aihara

O tenente-coronel Eduardo Ângelo deu uma declaração polêmica ao jornal Folha de São Paulo dizendo que os equipamentos trazidos Exército israelense para os resgates em Brumadinho (MG) “não são efetivos para esse tipo de desastre”.

Mas o porta-voz dos Bombeiros em Brumadinho, tenente Pedro Aihara, desmentiu essas declarações e elogiou a eficiência dos israelenses que chegaram ao Brasil no domingo (27) em uma comitiva de 132 pessoas.

“A informação de que esses equipamentos não seriam efetivos é extremamente equivocada. Estive com o coronel Ângelo, que é responsável pelas operações. Ele informou que cooperação tem sido extremamente efetiva. Então, a gente já está trabalhando com ele no local”, declarou o porta-voz.

Os israelenses e os Bombeiros estão trabalhando em conjunto e o equipamento de scanner de calor está sendo usando em locais com maior potencialidade de retornos. “Isso porque é nessa área que estima-se as pessoas sob maior profundidade. Portanto, será benéfico para nossas atuações”, disse Aihara ao jornal O Estado de Minas.

Além do scanner de calor, trazido pelos israelenses para encontrar vítimas, os soldados trouxeram também outros equipamentos tecnológicos para atuarem no resgate. “Entre elas estão dispositivos de localização celular, construção de estruturas destinadas ao trabalho na água e técnicas adicionais de busca”, explicou a porta-voz de Israel para a América Latina, Paula Frenkel, em entrevista ao Metrópoles.

Fonte: Gospel Prime.

28/01/2019

Número de mortos em tragédia de Brumadinho sobe para 58


O Corpo de Bombeiros de Minas Gerais afirmou na noite deste domingo (27) que o número de mortos devido ao rompimento de uma barragem da Vale em Brumadinho chegou a 58. O levantamento anterior apontava para 37 vítimas fatais.

Entre os 58 corpos localizados, somente 19 já foram oficialmente identificados.

As informações apontam ainda que 361 pessoas já foram localizadas e 192 resgatadas pelas operações. O número de desaparecidos, por sua vez, subiu de 287 para 305 devido às novas manifestações de familiares.

Pela manhã, as buscas por sobreviventes foram interrompidas pelo risco iminente do rompimento de uma nova barragem na região. Os trabalhos foram retomados durante a tarde.

A corporação afirma ainda que os trabalhos de buscas continuarão durante a noite devido à localização de um ônibus com possíveis vítimas. Estima-se que o veículo seja removido ainda neste domingo.

Existe também a previsão de que uma aeronave com equipes das Forças de Defesa de Israel aterrisse ainda hoje em Belo Horizonte com 130 especialistas em buscas e equipamentos capazes de identificar sobreviventes ou corpos soterrados.

 

Veja o Vídeo:

04/10/2015

Netanyahu cala Assembleia da ONU ao denunciar acordo nuclear com Irã


xbenjamin-netanyahuCerca de 24 horas após o presidente da Autoridade Palestina, Mahmoud Abbas, afirmar diante da Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas, que pode abandonar os acordos de paz,  quem usou a palavra foi o primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu.

Em um discurso considerado histórico, calou durante cerca de 45 segundos os representantes diplomáticos ali reunidos. Netanyahu denunciou o acordo nuclear das potências mundiais com o Irã.

Ele disse que aquele tempo devia servir para que o mundo “pensasse no que fez” em relação às ameaças de Teerã de destruir o Estado judeu. O silêncio do auditório, ironicamente, parece ter falado mais alto.

O premiê afirmou que seu governo “fará de tudo” para defender-se e reiterou que seu país está pronto a retomar “imediatamente” as conversas sobre paz com os palestinos.

“Após 70 anos do assassinato de 6 milhões de judeus, líderes iranianos prometem destruir meu país, matar meu povo. A resposta desta assembleia, de quase todos os governos aqui presentes, foi inexistente. Silêncio total. Silêncio ensurdecedor”, enfatizou.

Deixou ainda uma mensagem aos líderes do Irã: “seu plano para destruir Israel fracassará. E esta é a minha mensagem aos países da ONU: sejam quais forem as resoluções que vocês adotarem neste local, Israel fará todo o possível para defender seu Estado e seu povo”.

Netanyahu lembrou que as Nações Unidas são sempre rápidas em criticar e se postar contra Israel, mas tem falhado em impedir a morte de cerca de 300.000 civis na Síria.

Apesar das dificuldades crescentes nas relações com o governo Obama, o primeiro-ministro israelense tem uma visita agendada na Casa Branca mês que vem. Com informações de Jerusalém Post

Assista:

03/12/2012

Seita peruana vive como nos tempos de Cristo e é investigada por tráfico


Marcha para Jesus no Haiti terá propósito humanitárioUma reportagem especial do programa Fantástico mostrou neste domingo (2) uma seita peruana que tem se espalhado pelo Brasil e outros países da América Latina, mas que tem preocupado a Polícia Federal brasileira por supostamente ter alguns membros que estão participando do plantio de coca.

Os membros da Associação Evangélica da Missão Israelita no Novo Pacto Universal (AEMINPU) vivem como na época de Jesus, adotando o mesmo estilo de vestimenta e alguns costumes daquele tempo, por este motivo eles são chamados de israelitas.

Mas não há ligações nem entre o judaísmo, nem às igrejas protestantes, mesmo tendo o nome de “evangélicos” já que eles acreditam que Jesus já voltou e que é o peruano Ezequiel Jonas Molina, filho de Ezequiel Gamonal o fundador da seita.

A reportagem da Globo conta que nos últimos 15 anos mais de 6 mil peruanos saíram dos Andes para viverem na sela amazônica na fronteira com o Brasil. O número crescente de moradores nessa área é o que preocupa as autoridades brasileiras que já apreendeu 1,8 toneladas de cocaína que seria consumida por brasileiros.

Ao questionar os líderes da seita sobre o possível envolvimento dos membros com o plantio da coca, o Fantástico teve a informação de que podem ser israelitas apenas na aparência, mas que a seita não concorda com este tipo de atitude.

30/11/2012

Irã possui bomba nuclear três vezes maior que as de Hiroshima e Nagasaki


Irã possui bomba nuclear três vezes maior que as de Hiroshima e NagasakiApós meses de debates sobre a veracidade do programa nuclear existir com fins bélicos, um relatório da agência de notícias Associated Press confirmou que inspetores da Agência Internacional de Energia Atômica (IAEA) sabem que o Irã está construindo uma grande bomba nuclear.

Os diagramas divulgados no início desta semana mostram os cálculos do “rendimento explosivo nuclear”, indicando que se trata de uma carga de 50 quilotons.

Funcionários da IAEA, que falaram à agência de notícias, confirmaram que a agência teve acesso às plantas e dizem estar frustrados com a forma como as potências ocidentais estão lidando com essa situação perigosa e urgente.

Um dos inspetores observou que a construção dessa bomba desmente todas as reivindicações iranianas de que seu programa nuclear tem apenas fins civis, ou seja, de geração de energia elétrica.

Para efeitos de comparação, 50 quilotons é o triplo da capacidade das bombas usadas durante a Segunda Guerra Mundial que destruíram as cidades japonesas de Hiroshima e Nagasaki.

Cada uma delas tinha 15 quilotons. Por que motivos o Irã construiria uma arma dessas se não fosse para intimidar um inimigo. Não por acaso, os lideres iranianos já anunciaram várias vezes sua intenção de “varrer Israel do mapa”, algo que seria fácil com uma bomba como essa.

A Agência Internacional de Energia Atômica suspeita que o Irã já realizou testes de explosivos convencionais que poderiam ser usados para detonar uma arma nuclear em Parchin, base militar ao sudeste da capital, Teerã. A Associated Press lembra que o Irã repetidas vezes rejeitou os pedidos da AIEA para visitar o local, que a agência teme estar passando por uma grande limpeza, visando eliminar quaisquer vestígios dessas experiências.

Os cientistas nucleares Mohsen Fakhrizadeh, Majid Shahriari e Fereidoun Abbasi seriam os responsáveis pelo desenvolvimento da bomba. O Irã tem impedido há anos as tentativas da AIEA de questionar Fakhrizadeh sobre seu suposto envolvimento em programas secretos.

Shahriari foi assassinado em 2010 e Irã sempre alegou que foi uma execução de agentes secretos israelenses. Abbasi, hoje chefe da agência nuclear do Irã, ficou ferido em uma tentativa de assassinato diferente que ocorreu no mesmo dia que Shahriari foi morto. Traduzido de Israel Today e AP.

26/11/2012

Israel limita acesso de palestinos à Esplanada das Mesquitas


“Apenas homens maiores de 40 anos e com documento de identidade emitido pelas autoridades israelenses poderão ir à Esplanada das Mesquitas, cujo acesso permanecerá liberado para as mulheres”, disse mais cedo o porta-voz da polícia Luba Samri.

“Importantes forças da polícia e da guarda de fronteira serão enviadas a zonas sensíveis da Cidade Velha de Jerusalém”.

A medida foi decidida após o anúncio do Exército hebreu de deter 55 ativistas palestinos na Cisjordânia por “atividades terroristas”, depois da entrada em vigor, na quarta-feira (21), do cessar-fogo entre Israel e o Hamas na Faixa de Gaza.

A Esplanada das Mesquitas, onde estão a Cúpula da Rocha e a mesquita Al Aqsa, é o terceiro local mais sagrado do Islã e está em Jerusalém Oriental, conquistada e anexada por Israel em 1967, em uma decisão não reconhecida pela comunidade internacional.

Israel considera o conjunto de Jerusalém como sua “capital eterna e indivisível”, enquanto os palestinos querem estabelecer na parte oriental a capital do Estado ao qual aspiram.

Trégua

O primeiro-ministro do Hamas na Faixa de Gaza, Ismail Haniyeh, pediu nesta quinta-feira (22) às diferentes facções palestinas que respeitem a trégua estabelecida na véspera com Israel.

“Saúdo as facções da resistência que têm respeitado o acordo desde que entrou em vigor e peço a cada uma que a respeitem e atuem em consequência”, disse Haniyeh em um discurso na Cidade de Gaza.

O território palestino tentava voltar à sua rotina nesta quinta, depois que o cessar-fogo interrompeu oito dias de bombardeios israelenses. Habitantes do território palestino, que na véspera comemoraram a trégua, saíam às ruas, e o comércio da capital funcionava normalmente.

Mas efetivos da polícia do Hamas e homens armados de outras forças de segurança continuavam nas ruas, ao mesmo tempo que autoridades israelenses alertavam que, se necessário, as operações militares podem ser retomadas.

Israel começou nesta quinta a retirar suas forças militares que se preparavam para invadir a Faixa de Gaza. Tanques empoeirados e escavadeiras blindadas foram içados para veículos de transporte e assim deixaram os bosques de eucaliptos desordenados, onde já haviam acampado antes de invadirem Gaza em 2009.

Israel diz que os militantes dispararam 1.500 foguetes, dos quais dois causaram vítimas fatais. Alguns desses projéteis são caseiros, outros são contrabandeados do Irã. Mas 84 por cento dos foguetes disparados de Gaza foram abatidos em pleno voo pelo novo sistema israelense de defesa antiaérea, chamado Cúpula de Ferro.

Fonte: G1

21/11/2012

Nome da operação de Israel anti-Hamas tem significado bíblico


Nome da operação de Israel anti-Hamas tem significado bíblicoO nome da campanha de Israel contra o Hamas divulgado para a imprensa, em inglês, é “Operação Pilar da Defesa”. Mas a leitura do nome da ação em hebraico poderia provocar surpresa ao se constatar que é “Operação Pilar de Cloud”

Um porta-voz das Forças de Defesa de Israel explicou que a maioria dos israelenses reconheceria o termo “coluna de nuvem”, sendo essa uma referência bíblica.

“Nos baseamos na coluna de nuvem que acompanhou a nação de Israel durante o Êxodo, enquanto eles saiam o Egito e viajavam para a terra prometida”, disse Eytan Buchman, chefe  de mídia das Forças Armadas de Israel. “Eles queriam ter proteção contra os problemas do deserto, ladrões, povos inimigos, cobras e escorpiões.”

Buchman disse que o nome da operação anti-Hamas comunica a mensagem de que se trata de uma manobra defensiva.

“Estamos chegando a uma década de foguetes sendo disparados indiscriminadamente contra civis”, explica Buchman, referindo-se às ações do Hamas no sul de Israel. A atual operação militar do Estado judaico, ressalta, “é como uma nuvem proverbial que está chegando para proteger.”

A primeira referência bíblica a uma coluna de nuvem está em Êxodo 14:19-20, que descreve a fuga dos israelitas da escravidão, culminando com a divisão do Mar Vermelho feita por Moisés.

De acordo com o rabino Shmuel Herzfeld, que lidera a Sinagoga Nacional, em Washington, a ideia da coluna de nuvem refere-se à proteção física e espiritual: “A mensagem espiritual aqui é sobre a oração a Deus pedindo proteção”, disse Herzfeld. ”Em Êxodo, a coluna de nuvem é a proteção espiritual dos israelenses”.

A coluna também aparece no livro de Salmos, em um versículo que lembra que Deus falou com os líderes hebreus como Moisés, Arão e Samuel “na coluna de nuvem”.

Mesmo com muitas críticas pela opção de associar um ataque militar a uma manifestação divina, Buchman disse que ele o exército de Israel simplesmente queria enfatizar a “natureza defensiva da operação”. Ele lembrou ainda que operações anteriores de Israel já usaram referências bíblicas.

Em 2002, disse ele, as forças de defesa usaram o nome “Operação Arca de Noé” na apreensão de um navio palestino carregado com foguetes, mísseis e explosivos. Em 2008, a operação em Gaza foi chamada de “Chumbo Fundido”. Ela começou durante o feriado judaico do Chanuká e faz referência a uma canção religiosa popular neste período do ano. Traduzido de CNN.

%d blogueiros gostam disto: