Posts tagged ‘junta’

20/10/2012

Missionários em Guiné-Bissau pedem oração por causa de surto de cólera


Missionários em Guiné-Bissau pedem oração por causa de surto de cóleraOs missionários José Roberto e Sônia Santos que estão em Guiné-Bissau pedem oração por suas vidas e também pela comunidade da capital do país que enfrenta um surto de cólera, doença transmitida através da água contaminada que já matou várias pessoas.

Este é o segundo surto da doença em quatro anos, em 2008 mais de 200 pessoas morreram vítimas da cólera. “Precisamos de cobertura de oração por nossa família e pelo povo daqui”, disse o casal.

Missionários da Junta de Missões Mundiais, José e Sônia pedem que os evangélicos se levantem em oração por esta causa. “Por favor, convoque uma rede de intercessão por nossa saúde”.

A cólera é causada por uma bactéria que se aloja no intestino, os sintomas dessa doença são diarreia, dores abdominais e desidratação. Se não for tratada com pressa pode levar o infectado à morte.

O risco da doença é maior em locais como Guiné-Bissau onde a falta de saneamento básico deixa esgotos abertos. As fontes de águas como os rios que recebem águas vindas do esgoto sem nenhum tipo de tratamento também aumentam os perigos da população.

Fonte: JMM.

01/09/2012

Missionário denuncia ligação de igrejas com a mutilação feminina em Guiné-Bissau


Missionário denuncia ligação de igrejas com a mutilação feminina em Guiné-Bissau Atuando como missionário em Guiné-Bissau, na África, o pastor Freddy Ovando está enfrentando um grande desafio teológico e missiológico para poder pregar um evangelho que não defenda as tradições culturais controvérsias da região, como é o caso da circuncisão feminina.

Naquele país, mais precisamente em Bafatá, cidade onde ele se encontra, a igreja evangélica apoia rituais que são contrários a Palavra de Deus, entre eles a mutilação das genitálias femininas, um procedimento defendido como um método para que a mulher não se torne uma prostituta ou ninfomaníaca.

Fora isso a igreja também apoia um ritual chamado de Cerimônia de Lavagem, na qual o casal que mantém relações sexuais é obrigado a se purificar, sendo levado por um feiticeiro para um rio onde muitas vezes a mulher é estuprada na frente de todos.

“O povo guineense é alegre e receptivo ao Evangelho. Contudo, está perecendo na sua maneira sincretista de cultuar a Deus, por não conhecerem uma verdadeira teologia bíblica. Creio que eles têm o direito a uma teologia bíblica contextualizada”, diz o Pr. Freddy Ovando à Junta de Missões Mundiais.

Em uma sociedade que convive com o evangelho há 70 anos é estranho saber que a população cristã mantém tradições que ferem a mensagem bíblica e é esse o desafio do pastor, tentar mostrar o verdadeiro evangelho.

“O meu desejo é que o reino de Deus esteja nos guineenses que já receberam o Evangelho, para depois ser revelado nas aldeias e comunidades”, conclui.

Fonte: JMM

%d blogueiros gostam disto: