Posts tagged ‘Libéria’

31/03/2011

Festival da Esperança na Libéria com Franklin Graham


O filho do grande evangelista Billy Graham admitiu diante de milhares de pessoas que ele também era um pecador.

Discursando para multidões reunidas durante o All Liberia Life Festival em Monrovia, a cidade capital da Nação da áfrica Ocidental, Franklin Graham parou-se no podium passando a mensagem de liberdade verdadeira e restauração oferecida por Cristo somente. O evento foi realizado de 25 a 27 de março mas foi transmitido pela internet em 29 de março.

Em um país devastado pela guerra, terror e corrupção seguida de duas guerras civis, a Libéria, uma vez refúgio para escravos livres, tinha esperança de reconstruir a nação e tornar-se o que o seu nome representa, uma “Terra de Liberdade.”

Falando para a nação do Oeste Africano, Graham disse aos ouvintes que a liberdade não está na religião mas na relação com Cristo.

O julgamento de Deus que caiu sobre Manassés e o rei que foi capturado, levado para a Babilônia, e jogado em um calabouço escuro. E enquanto ele esteve na Babilônia, ele se humilhou grandemente e invocou o nome de Deus.

“Pensando nisso,” Graham afirmou. “Esse homem que sacrificou o seu próprio filho… que o ouve e o libera e o envia de volta.”

Declarando a compaixão do Senhor e o perdão, o evangelista pediu a todos os ouvintos a se humilharem, e se arrependerem, voltarem, e receberem Cristo por fé.

“Deus perdoou Manassés e o restaurou e ele vos restaurará. Manassés estava em prisão e foi libertado. Qual é a sua prisão esta noite?” perguntou Graham. “Sexo? Temperamento? ódio? Inveja? Vingança? Qualquer que seja, você pode ser liberto se você vier para Cristo esta noite.”

Conhecendo da profundidade e corrupção persistente que assolou grande parte do povo na Libéria, o evangelista continuamente relembrou a multidão que Deus os perdoaria se eles estivessem dispostos a se arrepender e se converter de seus pecados como fez Manassés.

“Em um estádio como esse, pode haver assassinos aqui, homens culpados por tirar a vida de pessoas inocentes. [Mas] Deus irá perdoar se você estiver disposto a deixar os seus pecados e aceitar Cristo. Deus vos libertará.”

Mas Graham insistiu, “eu não posso salvar você. Você não está vindo para Frankiln Graham. Você está vindo par Deus através da fé em seu filho Jesus Cristo.”

Convidando milhares a virem para frente da plataforma e receber perdão e salvação, centenas de pessoas literalmente correram pelo estádio saindo de seus lugares para receber Jesus e testemunhar libertação.

Grupos de adoração incluindo Vow To Pray, New Creation Mass Choir, Dennis Agajanian, e Tommy Coomes Band liberaram a multidão em louvor.

Hóspedes visitantes de Ghana, Nigéria, e Estados Unidos participaram do evento e mesmo o presidente da Libéria, Ellen Johnson-Sirleaf, veio a apoiar o festival também.

O evento foi organizado pela Associação Evangelística Billy Graham.

Durante os três dias, 91.000 pessoas participaram do evento e 13.749 dos que atenderam entregaram suas vidas para Cristo.

Ministrando para as pessoas em todas as maneiras, não somente espiritualmente, a Samaritan’s Purse, da qual Franklin Graham é presidente, também lançou uma série de programas que visam oferecer ajudafísica às pessoas da Libéria.

Agricultura, Pecuária e projetos de Peixes estão atualmente permitindo milhares de famílias rurais a se sustentarem.

A Samaritan’s Purse também ajudou a reconstruir e reabrir a Faculdade Bíblica da áfrica e prover materiais e recursos para cerca de 300 Igrejas rurais destruídas durante os conflitos.

“Nós temos a oportunidade aqui de pregar o Evangelho e nós temos oportunidade de ajudar essas pessoas em todos os níveis,” afirmou Graham no site da organização.

O pai Graham, Billy Graham, e sua filha, Cissie Graham, tem todos estado envolvidos na restauração da Libéria.

Fonte: The Christian Post

02/02/2011

Organização cristã ajuda a diminuir taxa de mortalidade infantil na Libéria


Organização cristã ajuda a diminuir taxa de mortalidade infantil na Libéria

Cinco anos depois do novo Governo por fim a uma difícil década de conflito e guerra, a Libéria ainda tenta se recuperar.

Como as pessoas já fizeram o seu caminho nos campos de refugiados ao longo dos últimos anos, alguns tentam voltar para o local onde moravam, para encontrar suas casas, clínicas e escolas destruídas.  Não há nada a fazer, a não ser reconstruir.

A organização cristã Medical Teams International (Equipes Médicas Internacionaia) tem ajudado o país em todo esse processo de reconstrução ao longo dos anos. O ministério entrou Libéria após o ex-presidente do país fugir, a fim de apoiar as centenas de milhares de pessoas que foram deslocadas em meio à guerra civil. A ajuda imediata foi entregue para sustentar as muitas vítimas e refugiados.

Atualmente, a maior estabilidade do país e o aumento dos recursos têm feito com que o Ministério realize ainda mais trabalhos na região. Eles continuam a fornecer ajuda para os primeiros beneficiados pela Organização, logo quando chegaram ao país, em 2003. Para isso, o grupo vai às aldeias para ajudar no processo de reconstrução.

Uma das principais iniciativas do Ministério é a reconstrução das clínicas médicas. Com isso, já é possível resolver algumas das necessidades vitais de saúde.

Uma das mais importantes soluções do grupo tem sido o progresso na redução das taxas de mortalidade infantil na Libéria.

O presidente da International Medical Teams, Bas Vanderzalm, disse que o problema surgiu da falta de educação sobre o tema da saúde. “Eles estão vivendo nessas situações temporárias e, quando vão para casa, uma das razões porque seus filhos ficam doentes é a falta de água potável, saneamento, apenas coisas básicas que temos concedido. Contribuímos para a formação dessas mães ao ensinar os cuidados que devem ter para manter seus filhos saudáveis”, explica Vanderzalm.

“Em alguns lugares na Libéria encontramos crianças menores de cinco anos morrendo em uma taxa de 20%. Em outras palavras, uma em cada cinco crianças não estava vivendo até os cinco anos. Agora, por causa do trabalho que fizemos lá, reduzimos as taxas de mortalidade infantil para menos de 10%, com tendência a cair para 5%”.

As crianças estão mais saudáveis, mais e mais pessoas estão se interessando pelo Senhor Jesus, graças ao trabalho da Medical Teams International e suas igrejas parceiras. “Muitas vezes, é diante das necessidades físicas que as pessoas abrem seus corações ao amor de Cristo para as suas necessidades espirituais. Ore para que esse trabalho continue a atrair pessoas para o Evangelho e pela resistência e vitalidade espiritual para os fiéis, que trabalham incansavelmente sobre estes projetos.

Saiba mais sobre o trabalho da Equipes Médicas Internacionais e da história da Libéria aqui.


Fonte: MNN/CPADNews

%d blogueiros gostam disto: