Posts tagged ‘Pastor’

06/12/2012

Muçulmanos atacam pastor evangélico que pregava na Índia


Muçulmanos atacam pastor evangélico que pregava na ÍndiaO site do Portas Abertas recebeu a informação de que um pastor foi atacado por muçulmanos por estar pregando o evangelho para a população.

No dia 23 de novembro o pastor Lewis Mascarenhas ministrava para um público formado por muçulmanos que começaram a questionar a fé do pastor iniciando assim uma discussão a respeito da natureza divida de Cristo e de seus ensinamentos.

Para responder as questões o pastor calmamente teria distribuído algumas literaturas com as respostas bíblicas para as questões levantadas pelos presentes enquanto a notícia sobre a pregação corria pela cidade.

Furiosos, alguns muçulmanos se juntaram achando que o Mascarenhas estava obrigando os ouvintes a se tornarem cristãos e partiram para o ataque.

Mesmo estando gravemente ferido o pastor foi levado à delegacia onde os acusadores fizeram uma queixa contra ele dizendo que ele estava impondo sua fé aos demais. Após a abertura do processo os policiais levaram o pregador para o hospital sob custódia da polícia.

Por este motivo os muçulmanos radicais passaram a atacar diversas igrejas em Hospet e a proteção policial foi necessária também em instituições que são administradas por cristãos.

Fonte: Gospel Prime

 

05/12/2012

Homem invade igreja tentando matar esposa e acaba atacando o pastor


Homem invade igreja tentando matar esposa e acaba atacando o pastorFiéis de uma igreja evangélica do bairro São Sebastião, Porto Velho (RO), ficaram apavorados quando durante o culto do último domingo (2) um homem invadiu o local procurando sua esposa e acabou atingindo o pastor com uma facada.

Identificado como Glimoaldo Monteiro, o jovem de 25 anos chegou armado com uma faca e começou a procurar sua esposa no meio dos fiéis. Como ela não estava ali ele ficou insatisfeito e quebrou o vidro da porta do templo. O pastor tentou interferir, mas acabou sendo agredido com um golpe de faca.

No meio do ataque muitas mulheres, principalmente idosas, desmaiaram com medo da ação criminosa. Os relatos do boletim de ocorrência também afirmam que o acusado usou uma enxada para danificar outros objetos da igreja.

Depois de destruir o templo, Glimoaldo tentou fugir, mas foi seguido por moradores que só não o lincharam porque uma equipe policial chegou para levá-lo à delegacia. As informações são de Rondônia Ao vivo.

Fonte: Gospel prime

29/11/2012

Pastor candidato a Presidência no Equador é acusado de ter espancado seu filho 13 anos – Veja


O candidato indicado para sucessão presidencial no Equador, o pastor evangélico Nelson Zavala Avellan segundo agências tem sobre ele a acusação de agressão a seu filho em 2004, o menino então com 13 anos de idade e mais 16 sentenças cíveis e criminais entre diferentes tribunais. Confira e comente…

O Conselho Eleitoral do Equador aprovou o pedido de candidatura do pastor evangélico Nelson Zavala, inscrito no lugar do ex-presidente Abdalá Bucaram, somando ao todo oito candidatos que disputarão a Presidência nas eleições de fevereiro de 2013.

Zavala é membro da Associação de Pastores Evangélicos do Equador e, de acordo com a imprensa local, ele responde a diversas acusações, entre as quais por maus tratos a seu filho de 13 anos, o qual já deixou incapaz por três dias.

Ao saber da decisão do conselho, o ex-presidente Bucaram, cuja inscrição foi recusada, publicou uma mensagem em sua conta no Twitter atacando o presidente Rafael Correa e o evangélico.

“Deus começou a atuar. Satanás [Rafael] Correa não teve a consciência de desqualificar Zavala, mas desqualificou Abdalá”, disse.

E em matéria do site http://www.srradio.com no encerramento da cerimonia da indicação do pastor evangélico Nelson Zavala Avellan a concorrer a presidência do Equador, foi feito uma oração pela “unidade e respeito para a família.”  e em seguida dada a oportunidade de perguntas aos repórteres que cobriam o ato.

E uma das perguntas que foi feita ao então pastor candidato se referiu a agressão cometida por ele no seu filho de 13 anos, que o deixou o garoto 3 dias incapacitado. O pastor que é membro da Associação de Pastores Evangélicos do Equador, e se intitula, quando tem oportunidade, defensor dos direitos humanos, a liberdade civil, religiosa e das crianças, disse que no tempo certo o seu próprio filho responderá esta pergunta.

Na época da suposta agressão cometida no seu filho o menino Nelson Andres Zavala de 13 anos de idade, a sua mãe Cisneros Marlene Castro pediu proteção a vara da mulher e da família, devido ao ataque brutal e violento cometido pelo pastor.

E ainda segundo a matéria, o pastor candidato afirma ser um exemplo de honestidade, ética, humanidade e conduta exemplar, não só foi acusado de agressão, mas tem 16 sentenças cíveis e criminais entre diferentes tribunais desde 91 em diante.

Você pode ver as sentenças no site http://www.srradio.com, como também conferir a matéria do dia 21/11/12 na integra.-Clique aqui

Fonte: InforGospel

09/10/2012

Falece pastor Elyseu Queiroz, aos 101 anos


Falece pastor Elyseu Queiroz, aos 101 anosA Casa Publicadora das Assembleias de Deus (CPAD) comunica o falecimento do pastor Elyseu Queiroz de Souza, ex-líder da Assembleia de Deus em Jundiaí (SP). O pastor iria completar 102 anos no próximo mês de novembro e faleceu nesta segunda-feira (8).

Nascido em 22 de novembro de 1910, Elyseu se converteu sozinho lendo uma Bíblia que pertencia à Biblioteca de seu irmão, o jornalista Sérgio Queiroz. Natural de Delmiro Gouveia, cidade localizada em Alagoas, o jovem de 25 anos retorna para sua cidade natal e recebe o convite para dar testemunho em um templo da Assembleia de Deus.

Ao se tornar um grande evangelizador na região, Elyseu passou a ser perseguido por Frei Damião e em 1939 se mudou para a cidade de Marília, interior de São Paulo, ajudando na formação da AD daquela cidade.

Sendo ordenado a pastor em 1950, Elyseu Queiroz passou a fundar diversas igrejas no interior do estado, entre elas a AD de Votuporanga até que assumiu a igreja de Jundiaí, por onde ficou como presidente até 1996 quando foi jubilado como presidente de honra.

O corpo do pastor foi velado no templo-central da AD em Jundiaí e enterrado na manhã desta terça-feira no cemitério Parque dos Ipês.

Fonte: Gospel Prime

09/09/2012

Campanha mobiliza cristãos a não aceitarem o “voto de cajado”


A indicação de pastores tem muita influência no voto dos fiéis e esse tem sido um dos motivos que fazem com que muitos líderes religiosos aceitem negociar com candidatos políticos oferecendo esses votos como moeda de troca.

Enquanto a grande maioria não enxerga problemas nessas alianças, um grupo de cristãos resolveu protestar e alertar a todos sobre o voto de cabresto nas igrejas evangélicas.

O movimento surgiu nas redes sociais no dia 22 de agosto e por se tratar da relação entre pastores e ovelhas e a palavra “cabresto” foi substituída por “cajado” surgindo assim a campanha “Fale contra o voto de cajado”.

O secretário da Rede Fale, Caio Marçal, explica o principal motivo dessa campanha: “O papel dessa campanha é qualificar a participação da igreja evangélica na vida pública brasileira que hoje tem a imagem chagada por tantos escândalos que envergonham o testemunho cristão em nosso país ocasionado pelo mau uso da influência que alguns líderes religiosos”.

Quem desejar participar ou conhecer mais sobre essa mobilização pode acessar o site www.fale.org.br e enviar imagens, vídeos ou textos referentes a essa discussão. Além disso, os internautas serão encorajados a se posicionarem em oração clamando a Deus para que os fiéis tenham uma participação mais consciente nas eleições 2012.

“Queremos convocar o povo evangélico para também orar para esse tipo de abuso espiritual cesse e assim possamos resgatar o real sentido de uma fé bíblica e transformadora”, diz Caio.

Felipe Degani, integrante da Rede Fale do Estado do Rio de Janeiro, comenta uma matéria publicada no jornal O Globo de 19 de março deste ano que falava sobre a importância do voto evangélico dizendo que os principais candidatos à prefeitura do Rio de Janeiro buscariam apoio dos líderes religiosos.

“Naquele momento, ficou claro que o voto dos evangélicos é encarado como um componente decisivo nas eleições em nosso país e – pior – um componente negociado e manipulado por diversos interesses políticos, como um segmento qualquer”, disse.

Degani tem consciência política e sabe que essa influência exercida pelo pastor e seus interesses pode prejudicar na escolha de um novo representante do povo. “Propus a meus companheiros da Rede que levantássemos uma campanha que alcançasse as igrejas evangélicas, com o objetivo de conscientizar sobre a importância da política e sobre o jogo de interesses que interferem em nossos arraiais para legitimar o domínio de determinadas personagens que agem como ‘coronéis’”, afirma.

Fonte: Gospel Prime

31/08/2012

Dia 8 de setembro será decisivo para pastor Yousef Nadarkhani


Em menos de duas semanas, o cristão Yousef Nadarkhani enfrentará novo julgamento no Irã. Marcado para o dia 8 de setembro, a corte deve recebê-lo após mais de 1.060 dias em que ele esteve na prisão por nenhuma outra razão se não sua fé em Jesus Cristo – uma prisão que viola a própria Constituição iraniana.

Em sua convocação mais recente aos tribunais iranianos, o pastor Yousef Nadarkhani, 35 anos, foi intimado a comparecer à corte para enfrentar as “acusações feitas contra ele”.

A referência evasiva à acusação de apostasia de Nadarkhani, questionada internacionalmente, é recebida com “nenhuma surpresa” por Jordan Sekulow, conselheiro executivo do American Center for Law and Justice, ACLJ, que acompanha o caso desde o início.

“O Irã tem tentado repetidamente confundir a comunidade internacional, alegando que o pastor Yousef não é nada mais do que um criminoso comum. O que acontece é que se o Irã tiver sucesso mascarando o caso de Yousef, o mundo vai parar de gritar por sua libertação”, disse Sekulow ao The Christian Post via e-mail, no dia 16 de agosto.

“Depois que conseguimos tornar público o veredito de tribunais tradicionalmente secretos, no qual o pastor Yousef foi julgado e condenado apenas por ter se convertido ao cristianismo, o Irã teve de voltar atrás em suas mentiras”, acrescentou.

Na intimação judicial, Nadarkhani é convocado a comparecer à audiência de 8 de setembro, às 9h, horário local.

O pastor que, inicialmente recebeu uma sentença de execução sob a acusação de apostasia, permaneceu na prisão por 1.060 dias, situação que, de acordo com o ACLJ, viola a própria Constituição iraniana.

“A detenção indefinida e arbitrária do pastor Yousef, por quase três anos, viola o artigo 9º do Pacto Internacional sobre Direitos Civis e Políticos, do qual o Irã é obrigado a seguir”, disse Sekulow ao CP.

“As próprias leis do Irã exigem que o Judiciário emita sua decisão por escrito no prazo de dez dias após a audiência, realizada em setembro de 2011. Sua incapacidade de fazê-lo significa o seu total desrespeito ao Estado de Direito”, continuou Sekulow. ”O Irã também parece ignorar que o caso de Yousef tenha causado grande dano à reputação do Islã e às relações entre as nações e pessoas de fé em todo o mundo”, concluiu.

Como tudo aconteceu

A esposa Pasindedih e os dois filhos do pastor iraniano aguardam por melhores notícias

Yousef Nadarkhani foi preso em outubro de 2009, acusado de apostasia e propagação do evangelho a muçulmanos.

Em setembro de 2011, a agência iraniana de notícias semi-oficial, Fars News, informou que Nadarkhani foi a julgamento por acusações de estupro, extorsão e sionismo.

Documentos do tribunal que vazaram dias depois esclareceram que Nadarkhani foi, de fato, julgado por apostasia; críticos suspeitam que o relatório falho da Fars News não passa de uma tentativa de aliviar a pressão internacional sobre as acusações baseadas na fé e religião de Nadarkhani.

Países, incluindo Grã-Bretanha, Estados Unidos e Brasil, têm se pronunciado a favor da libertação de Nadarkhani.

Embora a intimação judicial mais recente implique na possibilidade de a acusação contra Nadarkhani sobre apostasia ser descartada, Sekulow disse ao CP que não conta com isso.

“Nós não temos nenhuma informação de que o governo absolveu o pastor Yousef da acusação de apostasia, para a qual ele foi condenado à morte. O regime iraniano tem sido repetidamente desonesto no passado. Até vermos Yousef andando livremente, não podemos confiar em nada do que dizem”, ressaltou.

Nadarkhani continua na prisão, aguardando a data decidida pela corte; enquanto sua esposa, Fatema Pasindedih, e seus dois filhos, esperam por melhores notícias.

Após passar por prisões em 2006 e 2009, o pastor Yousef foi preso em junho de 2010 sob a acusação de apostasia, liderar igrejas domésticas e proselitismo a muçulmanos. Em setembro do mesmo ano foi condenado por um tribunal regional à morte por enforcamento. Por causa da pressão internacional, a sentença ainda não foi colocada em prática. O Jornal Nacional chegou a repercutir o caso.

Fonte: Portas Abertas

Veja o video:

04/06/2012

Abertas as inscrições do Congresso Pentecostal Brasileiro Fogo para o Brasil


Já estão abertas as inscrições para o 16º Congresso Pentecostal Brasileiro Fogo para o Brasil, que será realizado de 24 a 28 de julho, no Centro de Convenções de Serra Negra (SP). O evento, que desde 1997 promove a comunhão e o despertamento espiritual, contará com uma programação composta por ministrações de grandes adoradores e pregadores.

Para ministrar a Palavra de Deus, o evento contará com a presença dos pastores Silas Malafaia, Elizete Malafaia, Marcus Gregório, Jorge Linhares, Elson de Assis, Jabes de Alencar, Josué Brandão, e o conferencista internacional, Dr. Samuel Chand. No louvor, haverá a participação de Jozyanne, Nani Azevedo, Eyshila, Danielle Cristina, Tatiana Malafaia, Dayan de Alencar, Marquinhos Menezes e Lilian, Jotta A e Raquel Mello.

Entre em contato pelo telefone (21) 2187-7000 para garantir sua inscrição e hospedagem, o que pode ser parcelado em até seis vezes. Para facilitar o traslado dos participantes, fechou-se uma parceria com a TAM Viagens, que oferece passagem aérea e transfer dos aeroportos de São Paulo e de Campinas ao hotel a preços promocionais, com parcelamento em até cinco vezes. Ligue para 0300-210-1122 ou click aqui para mais informações.

O Centro de Convenções está localizado na Rua Nossa Senhora do Rosário, s/nº (saída para Lindoia), Serra Negra (SP).

Fonte: Avec

03/06/2012

Pastor morre ao ser picado por cobra durante culto


Mack Wolford, um pastor pentecostal de West Virginia, ficou conhecido por usar serpentes durante seus sermões. Ele foi destaque em novembro passado no jornal The Washington Post.

Parte de sua mensagem se baseava na promessa de Jesus que os cristãos seriam invulneráveis a picadas de serpentes e escorpiões (Marcos 16:17-18). Durante anos ele fez uso desses animais, que criava em uma sala da igreja. Mas no último domingo o inesperado aconteceu.

O pastor costumava fazer cultos na igreja Church of the Lord Jesus e ao ar livre. Quando ele pregava sobre o poder do Espírito Santo, boa parte da plateia falava em línguas estranhas enquanto ele manipulava cobras e assegurava os presentes que aquilo era um teste de fé para os cristãos, pois eles deviam confiar nas promessas de Deus.

Contudo, aos 44 anos de idade, ele faleceu, vítima da picada de uma cascavel que ele tinha em casa há anos. Curiosamente, a tragédia ocorrer na véspera de um grande evento promovido por ele no parque estadual Panther Wildlife Management Área. Nos dias anteriores, Wolford tinha postado várias mensagens na sua página do Facebook, pedindo às pessoas para comparecerem. “Estou esperando um grande movimento neste domingo”, escreveu. “Vai ser como nos velhos tempos. Teremos crentes cheios do Espírito Santo, línguas e sinais”.

Ele também convidou sua família, que em grande parte abandonou a prática de manipular serpentes, para irem ao parque.

“Em um momento ou outro, todos nós já usamos [serpentes], mas tínhamos parado”, explicou sua irmã, Robin Vanover. “Seu aniversário foi sábado, e tudo que ele queria era ver seus irmãos e irmãs na igreja juntos”, lembra.

Após o período de louvor e adoração, com cerca de 30 minutos, Wolford passou uma cascavel para um membro da igreja e sua mãe. Depois, ele se sentou ao lado da serpente. Foi quando ela o mordeu na coxa.

O culto foi interrompido, e Wolford levado para casa de um parente, na cidade de Bluefield, onde pretendia se recuperar apenas com orações, como sempre fez quando sofreu picadas de cobras anteriores. Ao final da tarde, ficou claro que desta vez era diferente, e as mensagens desesperadas começaram a surgir no seu perfil do Facebook, pedindo oração. Mas ele se recusou a ser levado ao hospital.

Um guarda florestal, que trabalha no parque estadual, disse que os funcionários não tinham conhecimento das atividades de Wolford e nem dado autorização para o culto. “Se tivéssemos conhecimento que ele carregava animais peçonhentos, nunca teríamos permitido isso”, disse.
Tragicamente, o pai de Wolford morreu em 1983, depois de ser mordido por uma cobra.

Foi então que parte da família abandonou a prática. Porém, Mack tentava manter viva essa antiga prática, comum no sul dos Estados Unidos, mas proibida na maioria dos estados.

(Traduzido e adaptado por Gospel Prime de WND e Washington Post)

Fonte:  O Verbo

13/05/2012

PMs são acusados de balear pastor da AD na frente da família


Moradores da Favela Vila Aliança, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, afirmam ter testemunhado o momento em que o pastor Sérgio José Pedro, da Assembleia de Deus, foi atingido por uma bala perdida. Eles afirmam que o projétil partiu da arma dos policiais militares.

O pastor foi baleado na Rua Catequista, por volta das 18h desta quinta-feira, 10, durante operação do 14º Batalhão da Polícia Militar (Bangu). A vítima estava em seu carro com a mulher e duas crianças, foi atingido na cabeça e morreu na hora. Os moradores ficaram revoltados e protestaram no local.

Um veículo blindado da PM participou da operação. Agentes da Divisão de Homicídios (DH) foram para o local e já investigam o caso. Se houver indícios de que, no tiroteio com traficantes, um tiro da Polícia Militar tenha vitimado Sérgio José, as armas dos policiais serão recolhidas para serem periciadas.

Fonte: O Dia

24/06/2011

Assassinado pastor após querer apartar briga de trânsito em Manaus


O pastor evangélico Raimundo de Araújo Pinto, 46, foi morto com um tiro no peito, na tarde de 21 de junho, após apartar uma briga de trânsito.

A briga aconteceu em frente à igreja onde ele congregava, na Avenida Nepal, bairro Nova Cidade, zona norte de Manaus.

Testemunhas disseram à Polícia Militar (PM) que a briga de trânsito aconteceu de manhã, depois da colisão entre dois carros. Um dos envolvidos ficou irritado com a intromissão do pastor e, à tarde, voltou ao local do acidente e atirou nele.

Raimundo foi socorrido por vizinhos e levado ao Serviço de Pronto- Atendimento (SPA) do Galileia. Porém, ele não resistiu e morreu antes de ser submetido a uma cirurgia. Segundo o tenente da PM Franklin Terto, os médicos disseram que a bala perfurou o coração do pastor. O acidente não foi atendido pela perícia do Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM) e não foi registrado no 15º Distrito Integrado de Polícia (15º DIP), no Nova Cidade.

O morador Moisés Ferreira, 28, contou que os motoristas dos dois carros quase se agrediram fisicamente, mas a situação foi ‘contornada’ por Raimundo. “Ele pediu calma aos dois homens. Um deles ficou irritado com a intromissão do pastor e tentou discutir com ele, mas não conseguiu. Ficou falando sozinho”, disse.

Segundo ele, algumas horas depois da confusão, um homem não identificado foi até o mercadinho que pertence a Raimundo, ao lado da igreja evangélica, e fez o disparo. O suspeito fugiu em uma moto.

Fonte: D24am

%d blogueiros gostam disto: