Posts tagged ‘PEC 23/2007’

10/06/2011

Samuel Malafaia explica o voto favorável a PEC 23/2007


Samuel Malafaia explica o voto favorável a PEC 23/2007O deputado estadual do Rio de Janeiro, Samuel Malafaia, irmão do pastor Silas Malafaia, divulgou nota esclarecendo os motivos que o levaram a aprovar a emenda constitucional, a PEC 23/2007 que inclui a opção sexual nos direitos fundamentais previstos na Constituição Estadual.

De acordo com ele o texto não dá regalias especiais ao grupo LGBT, apenas reforça a não discriminação. A PEC 23/2007 incluiria a opção sexual no artigo 9º, §1º que diz: “ninguém será discriminado, prejudicado ou privilegiado em razão de nascimento, idade, etnia, raça, cor, sexo, estado civil, trabalho rural ou urbano, religião, convicções políticas ou filosóficas, deficiência física ou mental, por ter cumprido pena nem por qualquer particularidade ou condição.”

Leia a nota de Samuel Malafaia na íntegra:

“Em virtude da recente polêmica da PEC 23/2007, em alguns sites, quero informar que em várias ocasiões na Alerj manifestei veementemente minha opinião em favor da família, constituída por pai, mãe, homem, macho e fêmea. Assim fui ensinado, assim tenho minha opinião como cristão, como pai, como homem, como cidadão e como parlamentar. Por vezes, fui até vaiado pela platéia presente no plenário por ser contra privilégios para homossexuais.

O que não posso é ser preconceituoso, principalmente como parlamentar, pois a Constituição do Estado do Rio de Janeiro estabelece em seu art. 9º, §1º que: “ninguém será discriminado, prejudicado ou privilegiado em razão de nascimento, idade, etnia, raça, cor, sexo, estado civil, trabalho rural ou urbano, religião, convicções políticas ou filosóficas, deficiência física ou mental, por ter cumprido pena nem por qualquer particularidade ou condição.” A partir daí, quero esclarecer que na votação do dia 25 de maio, em primeira votação, por orientação das bancadas dos Partidos, vários evangélicos, inclusive eu, votamos a favor da tal emenda.

Naquele momento, entendemos que a proposta de emenda apenas reforçava a não discriminação pura e simples da pessoa homossexual, e que tão pouco não visava privilegiá-los. Note-se que seria uma grande contradição que a bancada evangélica – em quase sua totalidade – votasse a favor de uma idéia que vai de encontro aos preceitos bíblicos e nossas crenças; e até mesmo às nossas plataformas políticas, se não fosse em decorrência de uma interpretação errônea no afã de uma calorosa discussão em plenário. Aprofundamos nossa análise e entendemos que a PEC 23/2007 apresenta artimanhas que possibilitariam fundamentar legalmente condutas tão reprováveis em nossa sociedade, que visam destruir a família.

Dessa forma, estamos nos articulando para derrubar tal projeto na segunda votação. Portanto, lamentamos não ter percebido a sutileza das intenções do projeto na primeira votação, mas repudiamos as manifestações que queiram nos apresentar como contrários à causa do Evangelho.

Samuel Malafaia – Deputado Estadual”

Fonte: Gospel Prime

09/06/2011

Silas Malafaia explica a PEC 23/2007 e o voto a favor de seu irmão


A emenda tem o objetivo de incluir a orientação sexual no rol dos direitos fundamentais da Constituição do Rio de Janeiro.

O pastor Silas Malafaia enviou uma nota para a imprensa explicando do que se trata a proposta de emenda à Constituição do Estado do Rio de Janeiro a PEC 23/2007, esse projeto está em trâmite na Assembleia Legislativa e tem o objetivo de incluir a orientação sexual (LGBT) no rol dos direitos fundamentais previstos na Constituição estadual.

O pastor resolveu falar sobre o caso depois de ser noticiado que até o seu irmão, deputado Samuel Malafaia, teria votado a favor na primeira votação desse projeto na Alerj.

Não só Samuel Malafaia como outros deputados evangélicos acabaram apoiando este projeto. “Fizeram isso não porque apóiam essa emenda, mas por não terem observado minuciosamente a proposta. Tanto que foram os próprios parlamentares cristãos que me alertaram. Agora eles estão empenhados para que essa emenda não seja aprovada na segunda votação.”

O líder da Assembleia de Deus Vitória em Cristo fez uma série de críticas a PEC 23/2007 durante a Marcha para Jesus do Rio que aconteceu no último sábado, 4 de junho.

Malafaia foi questionado por muitas pessoas sobre o voto favorável dado por seu irmão a uma PEC que ele julga como “inconstitucional” e contrária aos direitos da família. Sobre isso ele disse: “O que eu acho engraçado é dizerem que eu critiquei a PEC 23/2007 porque não observei que meu irmão havia votado a favor, como se minha postura fosse baseada pela atitude dos outros, sejam membros da minha família ou não.”

O pastor também diz que ele não ficaria calado se soubesse que seu próprio irmão tinha cometido um erro. “Com todo o respeito, querem insinuar que eu sou um mau-caráter, que ficaria calado se soubesse que meu irmão cometeu um erro. Pelo jeito vocês ainda não me conhecem. A minha consciência não está à venda para ninguém.”

Fonte: Gospel Prime

%d blogueiros gostam disto: