Posts tagged ‘policia’

14/04/2011

Pastor adventista é autor de texto achado na casa do atirador do Realengo


Um pastor adventista que mora na Bahia é autor de pelo menos um dos textos religiosos encontrados na casa de Wellington Menezes de Oliveira, 23, o atirador que invadiu a escola municipal Tasso da Silveira, na zona oeste do Rio, e matou 12 crianças na última quinta-feira (7). Uma missa e um ato ecumênico foram realizados nesta quarta-feira, no Rio, em homenagem às vítimas.

Havia pelo menos três textos de caráter religioso na casa de Wellington –leia todos eles aqui. Os temas dos textos do pastor eram inferno, alma e espírito, e morte e ressurreição. Nenhum deles induz a ataques homicidas nem faz apologia à violência.

Além desses impressos, a polícia também recolheu textos escritos de próprio punho pelo atirador, nos quais ele tece considerações sobre religião e conceitos de bem e mal.

Um trecho diz: “[…] faço todos os dias minha oração do meio-dia que é a de reconhecimento a Deus e as outras cinco que são de dedicação a Deus e umas 4 horas do dia passo lendo o Alcorão […] e algumas vezes medito no 11/09″.

Em outro trecho, o atirador registra: “meu tempo livre entrego a Deus ao invés de entregar aos prazeres passageiros do mundo… e sei que Deus olhará para meu sacrifício e minhas ações neste mundo com muito favor e satisfação e sei que serei muito bem recompensado.”

Procurado pela Folha, o pastor Demóstenes Neves da Silva, 53, confirmou a autoria do texto sobre o inferno e afirmou ser “muito provável” que os demais também sejam dele. Silva contou que até 2003 respondia perguntas de internautas sobre religião em um site adventista.

“Escrevi tanta coisa naquela época que não lembro de tudo, mas são temas correlatos e creio que todos sejam meus.”

O site ainda existe, mas o pastor não participa mais dele. Atualmente não é possível acessar nenhum de seus textos –segundo o pastor, por questão técnica. Mas outros sites copiaram e mantêm os textos no ar.

O pastor não faz pregações regulares porque se dedica exclusivamente à atividade docente nas Faculdades Adventistas da Bahia, na cidade baiana de Cachoeira (105 km de Salvador).

“Uma atitude dessa [o ataque do atirador] só pode ter sido cometida por alguém com um desvio muito sério”, avalia Silva.

Fonte: Folha

17/03/2011

Bandidos roubam evangélicos e são presos pela PM


Três rapazes acusados de assaltar evangélicos no conjunto José Tenório, em Maceió (AL), foram presos por uma guarnição do Batalhão de Polícia de Radiopatrulha (BPRP) na noite deste sábado (12). Todos eles estavam no Siena táxi, de cor branca e placa MUW 0245/AL quando foram abordados pelos militares na Via Expressa.

Com eles, a PM achou um revólver de calibre 38, com cinco munições, sendo uma pinada e quatro intactas que, segundo os militares, está registrado pela empresa Sena Segurança, além de bolsas femininas com uma bíblia e objetos pessoais.

Receberam voz de prisão Carlos Davidywsom da Silva Santos, de 20 anos, Elifis Dias da Silva, de 18, e Maxswell dos Santos, 21. Eles foram conduzidos para a Central de Polícia, no bairro do Prado, onde foram reconhecidos pelas vítimas e autuados em flagrante delito por porte ilegal de arma de fogo e roubo qualificado.

Fonte: O Jornal / Guia Me

 

04/03/2011

Professora é assassinada em ritual de magia negra


Segundo a polícia, o pai de santo Paulo Vítor de Araújo Gomes seria o autor intelectual do crime.
Um crime cometido em um suposto ritual de magia negra chocou a população do bairro do Cordeiro, localizado na Zona Oeste do Recife. A professora da rede estadual de ensino Maria Iracy Tavares de Moraes, 51 anos, foi envenenada, carbonizada e esquartejada. As partes do corpo jogadas no açude de Surubim, no Agreste do Estado, segundo confessou próprio companheiro dela, Ailton Félix, 41. Os dois eram filhos de santo e moravam numa casa onde funcionava também o terreiro Axé Iiê de Maria Padilha. O mentor do crime teria sido o pai de santo Paulo Vítor de Araújo Gomes, 23, proprietário do centro.
Segundo a polícia, com a ajuda da mulher, a ialorixá Elizabete de Lima Santos, 41, os dois homens teriam envenenado a professora, possivelmente, com cloreto de sódio injetado na veia dentro do terreiro. Depois, levaram o corpo para um sítio em Surubim, onde jogaram gasolina e atearam fogo. Em seguida, esquartejaram e jogaram os pedaços no açude. O companheiro da vítima confessou friamente ter cortado a mulher em pedaços, ´articulação por articulação`.
A relação entre o pai de santo e a ialorixá é tão estreita que ele tem o nome Elizabete na testa. O jovem tem o rosto completamente tatuado e nas costas a imagem do satanás em forma de mulher. Ele negou participação e colocou a culpa no marido da professora morta. Por sua vez, Ailton Félix disse que apenas seguiu ordens do seu mentor espiritual. A faca usada no crime foi quebrada em três pedaços e jogada no açude também.
O ritual aconteceu no dia 4 de fevereiro. A ossada foi localizada pela polícia na última terça-feira (1º). A família comunicou o desaparecimento no último dia 11, mesmo dia em que Ailton Félix, ameaçado pelo pai de santo, procurou o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa para confessar o crime. “Ele contou três versões distintas. Por último, nos levou ao local certo”, explicou o delegado Felipe Regueira. O próprio suspeito entrou no açude e localizou os pedaços da vítima.
Maria Iracy morava no terreiro há dois anos, quando foi apresentada ao grupo por uma amiga. Relacionava-se com Ailton há um ano e, segundo familiares, entregava todo o dinheiro que possuía para a ialorixá. ´Ela vendeu uma casa avaliada em R$ 55 mil, fez um empréstimo de R$ 30 mil e até o carro que tinha entregou para a mãe-de-santo. Na casa, constatamos que o casal vivia em condições subumanas, enquanto Paulo e Elizabete viviam com luxo na parte de cima`, analisou o delegado. A professora estava de licença há seis meses. O delegado disse, apenas, que a vítima tinha uma filha de 30 anos.
“Acreditamos que outras pessoas podem ter sido assassinadas por eles. Vamos investigar se há outros envolvidos nos rituais e outras vítimas”, disse o gestor do DHPP, Joselito Kehrler. Na próxima semana será feita a reconstituição em Surubim. Os suspeitos, todos presos, não participarão.

Fonte: Notícias Cristãs / Diário de Pernambuco

22/02/2011

Pastor de Igreja Evangélica incomoda vizinho e é autuado pela polícia no Cariri paraibano


 

Pastor de Igreja Evangélica incomoda vizinho e é autuado pela polícia na Paraíba

O delegado de Serra Branca, Paulo Ênio Rabelo, autuou o pastor evangélico Raimundo da Silva, conhecido por “Zaqueu”, com 29 anos de idade, natural de Desterro. A autuação aconteceu neste sábado (19), por volta das 17h.

Segundo explicou o delegado, o pastor de uma Igreja Evangélica localizada no bairro dos Pereiros, em Serra Branca, foi autuado porque estava provocando incômodo aos vizinhos, por causa da utilização de um som alto.

 

“Fomos acionados na Delegacia de Polícia por duas vizinhas dizendo que não estavam aguentando mais, pois o som do culto evangélico estava insuportável.

As testemunhas disseram que todos os dias é a mesma coisa, começa às 19h e vai até às 21h30m. A Igreja não possui isolamento acústico e realmente incomoda as pessoas que residem nas proximidades”, acrescentou a autoridade policial.

Paulo Ênio disse, ainda, que o Pastor “Zaqueu” garantiu que vai tomar mais cuidado com o volume do som. “O acusado compareceu à Delegacia onde ficou constatada a veracidade do fato, sendo autuado e, posteriormente liberado.

A perturbação do sossego alheio é punido com detenção de 15 dias a 3 meses ou multa. Estamos registrando tudo e encaminharemos ao Poder Judiciário”, complementou o Delegado de Serra Branca.

A Delegacia de Polícia de Serra Branca vem intensificando as ações de combate à utilização exagerada de instrumentos sonoros, e já foram realizados vários procedimentos deste tipo nos últimos meses na cidade.

Vitrini do Cariri

Fonte:  Arauto

%d blogueiros gostam disto: