Posts tagged ‘Policial’

05/12/2012

Homem invade igreja tentando matar esposa e acaba atacando o pastor


Homem invade igreja tentando matar esposa e acaba atacando o pastorFiéis de uma igreja evangélica do bairro São Sebastião, Porto Velho (RO), ficaram apavorados quando durante o culto do último domingo (2) um homem invadiu o local procurando sua esposa e acabou atingindo o pastor com uma facada.

Identificado como Glimoaldo Monteiro, o jovem de 25 anos chegou armado com uma faca e começou a procurar sua esposa no meio dos fiéis. Como ela não estava ali ele ficou insatisfeito e quebrou o vidro da porta do templo. O pastor tentou interferir, mas acabou sendo agredido com um golpe de faca.

No meio do ataque muitas mulheres, principalmente idosas, desmaiaram com medo da ação criminosa. Os relatos do boletim de ocorrência também afirmam que o acusado usou uma enxada para danificar outros objetos da igreja.

Depois de destruir o templo, Glimoaldo tentou fugir, mas foi seguido por moradores que só não o lincharam porque uma equipe policial chegou para levá-lo à delegacia. As informações são de Rondônia Ao vivo.

Fonte: Gospel prime

04/10/2012

Falso pastor é preso em MG acusado de roubar R$ 1,5 milhão


Falso pastor é preso em MG acusado de roubar R$ 1,5 milhãoFoi preso na cidade de Varginha, Sul de Minas Gerais, o estelionatário conhecido como “pastor Fernandes”. Ele chegou à cidade há algum tempo, dizendo ser um missionário e que veio realizar “uma grande obra de Deus”. Mas a polícia identificou o falso pastor como Iolando Fernandes de Araújo, 45 anos, natural do Ceará.

Aos policiais, Fernandes confessou que se passava por pastor evangélico há mais de 20 anos e que aplicou golpes em todas as cidades por onde passou.

Segundo o registro policial, Iolando visitou igrejas na cidade mineira de Alfenas no final de setembro dizendo que Deus havia lhe mostrado que ele devia doar sete milhões de reais aos membros da igreja para comprarem suas casas.

Após ouvirem a oferta, as vítimas fizeram um acordo com o falso pastor para irem com ele às imobiliárias da cidade para adquirirem os imóveis. Durante o acerto, todas as vítimas entregaram cópias de documento pessoais ao autor do golpe.

Uma vítima entregou-lhe o carnê do financiamento de um veículo Palio, pois o falso pastor prometeu pagar todas as parcelas a vencer. Mas, como alegava que os seus milhões estavam bloqueados até o mês seguinte, recebeu R$ 500,00 da vítima como oferta. Duas outras vítimas tentam na justiça desfazer os contratos de compra de dois imóveis intermediados pelo falso pastor, no valor de R$ 360.000 e R$ 565.000.

Iolando conseguiu, ainda, comprar no nome de outros fieis dois automóveis novos, sendo uma van de R$ 114.000 e um veiculo utilitário Freemont de R$ 87.000. Segundo eles, os veículos seriam usados na “obra de Deus” em São Paulo.

Após várias conversas e como o dinheiro não entrava em suas contas, as vítimas desconfiaram das alegações do autor, que foi procurado, pediu para ir comprar créditos para celular e não mais foi visto na cidade.

Na noite desta segunda-feira (1) a Polícia Militar foi chamada até uma igreja evangélica no Bairro Santa Maria, em Varginha, localizada a 70 km de Alfenas.

No local, os fieis haviam cercado Fernandes, acusando-o de utilizar o dinheiro da igreja para benefício próprio. Ficou comprovado que, ele roubou R$2.400,00 de um homem da igreja e de outros conseguiu cópias de documentos. Com isso, conseguiu efetuar compras de veículos em concessionárias de Belo Horizonte e Varginha em seus nomes. Tentou ainda comprar uma casa na cidade, mas não deu certo. De acordo com testemunhas, o golpista pode ter ficado com mais de R$ 1,5 milhão.

A PM também constatou que o falso pastor usava um veículo que tinha ordem judicial de apreensão. Iolando cumprirá seu tempo de detenção na penitenciária de Varginha. A família de uma das vítimas diz que ele disse que não se arrepende de ter ludibriado as vítimas.

Fonte: Gospel Prime

20/08/2012

Jovem surta durante culto e esfaqueia homem que orava ao lado dele


Jovem surta durante culto e esfaqueia homem que orava ao lado dele Na última quinta-feira (16) um culto evangélico no bairro de Pilarzinho, em Curitiba, precisou ser interrompido, pois Alisson Domingues, 19 anos, surtou e esfaqueou Pedro de Campos, 50 anos, que estava ao lado dele durante a oração.

Os fiéis da igreja chamaram socorristas que prestaram atendimento à vítima, os golpes atingiram o pescoço chegando a ferir próximo da coluna cervical.

“O ferimento não foi profundo, ele teve muita sorte. Segundo informações de outros fiéis, ele é usuário de drogas e parece que já agrediu o pastor da igreja também. Esse já é um rapaz problemático. O caso foi dentro da igreja e a mão de Deus salvou esse homem”, disse o cabo Damásio que prestou atendimento a Pedro.

A vítima não corre risco de morte e está internada no Hospital Evangélico. Alisson tentou fugir, mas foi encontrado próximo da igreja e foi detido. Ele será encaminhado ao Centro Integrado de Atendimento ao Cidadão de Curitiba.

Com informações Banda B

18/08/2012

Bíblia é usada como arma por assaltante de ônibus


Bíblia é usada como arma por assaltante de ônibus Um roubo bastante inusitado chamou a atenção dos moradores da cidade de Patos de Minas. Na noite da última terça-feira (14) um homem de 29 anos entrou em um ônibus coletivo fingindo que estava armado, mas na verdade estava com uma Bíblia escondida em baixo da blusa.

Ameaçando os passageiros com a suposta arma, o criminoso pediu para que todos descessem do ônibus e em seguida ordenou para que o motorista seguisse viagem para ajudar na fuga.

De acordo com o sargento Wadson Caixeta, do 15º Batalhão da PM, os passageiros desceram e avisaram a polícia sobre o assalto ao ônibus.

“Acompanhamos o ônibus pelo bairro Bela Vista até conseguir detê-lo. O homem roubou R$ 67 do caixa do ônibus e escondeu as notas dentro da Bíblia. Os passageiros disseram que ele pediu desculpas pelo incômodo e avisou que nada de errado aconteceria com eles”.

De acordo com o portal R7, a PM prendeu Renato Júnio Caetano em flagrante e ao levarem para a delegacia da Polícia Civil descobriram que ele já havia sido detido outras quatro vezes por ter cometido furtos e agressões.

Fonte: Gospel Prime

04/06/2012

Homem de confiança do papa é pivô de escândalo no Vaticano


Em meio a todas as rivalidades e fofocas expostas pela atual crise no Vaticano, o principal homem de confiança do papa Bento 16, cardeal Tarcisio Bertone, surge como principal alvo em uma inédita campanha de vazamentos.

A publicação de detalhes constrangedores sobre homens que ele nomeou ou transferiu e sobre projetos que ele promoveu ou contestou sugerem um esforço organizado para derrubá-lo do cargo de secretário de Estado do Vaticano (equivalente a primeiro-ministro).

Bento 16 causou alvoroço em 2006 ao nomear Bertone, teólogo e especialista em direito canônico, para comandar a burocracia vaticana, que normalmente fica a cargo de algum experiente diplomata pontifício.

Uma série de tropeços constrangedores para o papa e o estilo de gestão cada vez mais autoritário de Bertone finalmente levaram seus críticos a iniciarem uma campanha para desacreditá-lo, segundo fontes da Santa Sé.

“É tudo visando a Bertone”, disse um monsenhor da Cúria Romana, aliado do secretário de Estado. “Está muito claro que eles querem se livrar de Bertone.”

Nas últimas semanas, o chefe do banco oficial do Vaticano foi repentinamente demitido, um jornalista italiano lançou um livro fazendo acusações à Igreja, e o mordomo pessoal do papa foi preso pela acusação de subtrair documentos pessoais do papa que revelavam promiscuidade financeira nas relações do Vaticano com empresas italianas.

Fontes do Vaticano dizem que o mordomo foi pego como bode expiatório do vazamento, para poupar cardeais envolvidos. “Não está claro quem exatamente está por trás da campanha difamatória, mas observadores do Vaticano suspeitam da “ala diplomática”, que teria sido humilhada por Bertone. Esse grupo inclui o ainda influente antecessor dele, cardeal Angelo Sodano.

Bertone também irritou alguns funcionários da Cúria ao exercer mais controle sobre o acesso deles ao papa, e ofendeu alguns prelados italianos ao se envolver com políticos locais, tarefa normalmente reservada às conferências episcopais nacionais.

Alguns comentaristas veem a crise como o início de uma disputa de poder para quando Bento 16 morrer. “A maioria no próximo conclave é o que realmente está em jogo”, escreveu o jornal La Stampa.

Com a intensificação das críticas a Bertone, Bento 16 fez na quarta-feira uma rara declaração pública de apoio ao seu homem de confiança e a outros assessores diretos.

“Gostaria de renovar minha confiança e meu encorajamento aos meus mais próximos colaboradores e a todos aqueles que todos os dias, com fé, espírito de sacrifício e em silêncio me ajudam a realizar meu ministério”, disse ele na audiência pública semanal.

Fonte: Reuters

14/05/2012

Igreja investiga padres por supostos caso de pedofilia


A Congregação para a Doutrina da Fé investiga sete sacerdotes da congregação Legionários de Cristo por supostos abusos sexuais a menores, disse à agência Efe o porta-voz do Vaticano, Federico Lombardi.

O porta-voz declarou que não entende o revôo midiático surgido com esta investigação, uma vez que os Legionários de Cristo informaram os casos à Congregação para a Doutrina da Fé no curso deste ano e o organismo está realizando seu trabalho há muito tempo.

Os Legionários de Cristo foram fundados no México em 1941 por Marcial Maciel, quando tinha apenas 20 anos, e experimentou um enorme desenvolvimento durante o pontificado de João Paulo 2º.

No entanto, as acusações de abusos sexuais a seminaristas por parte de Maciel e de sua vida dupla – chegou a ter vários filhos – obrigou a intervenção do Vaticano.

O delegado pontifício para os Legionários de Cristo, Velasio de Paolis, criou uma comissão para ajudar às vítimas de abusos sexuais por parte de Maciel e para fazer uma ‘limpeza’ na congregação.

Bento 16 castigou Maciel (1920-2008) por seus “gravíssimos e imorais” comportamentos e pela vida que levou “sem escrúpulos e sem verdadeiro sentimento religioso”.

Os Legionários de Cristo contam hoje com 900 sacerdotes e três mil seminaristas e estão estabelecidos em 18 países, além de terem 70 mil membros do Regnum Christi.

Fonte: Diário de Cuiabá

29/12/2011

Acusado de abuso contra menores, padre irlandês de 72 anos é deportado do Brasil


A Polícia Federal prendeu em São Paulo um padre irlandês de 72 anos acusado perante a Justiça de Dublin em 55 processos penais por supostos abusos sexuais contra menores. Ele foi deportado sumariamente para a Irlanda na noite de segunda-feira, 26.

P. J. Kennedy foi localizado na manhã de segunda por agentes da PF que atuam no escritório da Interpol em São Paulo – a Interpol é a Polícia Internacional que reúne corporações de 190 países.

A ação foi discreta. Os policiais abordaram o acusado, que confirmou sua identidade e ouviu os motivos de sua detenção, expostos em mandado de prisão expedido pela Justiça irlandesa.

Kennedy, nascido em 2 de março de 1939, foi imediatamente conduzido ao Aeroporto Internacional de São Paulo, em Cumbica. Às 23h30 de segunda, sob escolta, ele partiu para Londres, onde autoridades irlandesas o aguardavam no aeroporto.

A Interpol informou que desde 2003 o alvo estava no Brasil. Ele fixou residência em Osasco, na Grande São Paulo, e depois mudou-se para a capital. Para se manter, dava aulas de inglês.

No início de 2004, a Interpol solicitou formalmente a localização do religioso ao lançar seu nome na difusão azul – lista de cidadãos contra os quais não há mandados de prisão nos países onde eles se ocultam.

Em janeiro de 2004, Kennedy foi citado em dossiê da Procuradoria de Dublin. O documento informa que, em agosto de 2003, o acusado se comprometeu a desembolsar “a mais alta compensação financeira em juízo” para indenização de uma vítima. Os crimes atribuídos a Kennedy ocorreram nos anos 80.

Depois do acordo judicial, Kennedy migrou para o Brasil com passaporte inglês.

A PF vigiava os movimentos do religioso havia quatro meses, mas aguardava a formalização de documentação para detê-lo.

O plano era embarcar Kennedy às 18h46 de segunda-feira em voo da British Airways. A operação foi adiada e o embarque ocorreu por outra companhia aérea.

Deportação sumária

O Brasil e a Irlanda não mantêm tratado de extradição. A Polícia Federal agiu com cautela e sigilo para evitar eventual recurso judicial de Kennedy que impedisse ou retardasse sua deportação.

A deportação é a devolução compulsória ao Estado de origem de estrangeiros que ingressam irregularmente em outro território. Ela pode ter amparo em casos de uso de documento falso, como visto de entrada, ou no exercício de atividade profissional não autorizada.

Quando pleiteou a transformação de provisório em definitivo do protocolo de permanência no Brasil, Kennedy assinou uma declaração alegando que não respondia a nenhuma acusação judicial em seu país. A PF cancelou a emissão do documento.

Fonte: Estadão

18/06/2011

Pastor é assassinado dentro da igreja


Em Eunápolis, o pastor Janilson Alves dos Santos, de 24 anos, foi morto dentro da própria igreja onde realizava um culto. O crime aconteceu na quarta à noite, na Igreja Pentecostal Deus e Amor, no bairro Dinah Borges.
Testemunhas contaram à polícia que, durante o culto, um homem chegou à porta do templo e disparou quatro tiros contra Janilson. Os disparos atingiram a cabeça do pastor.
Ainda segundo as testemunhas, o criminoso saiu caminhando tranquilo. O pastor morava no bairro Alecrim 2, era casado, deixa a mulher grávida e um filho de dois anos. A polícia ainda não tem pistas do criminoso.

Fonte: Notícias Cristãs / Sul da Bahia

18/06/2011

Pastor é preso acusado de abusar de meninas no DF


Um pastor de uma igreja evangélica de Samambaia foi preso acusado de abusar de sete crianças.

Segundo a polícia o religioso pedia que as jovens fossem à casa dele, para fazer orações.

De acordo com denúncias sete crianças teriam sido abusadas sexualmente pelo pastor Manoel Teoplicio. A mãe de uma das vítimas, de 13 anos, que não quis ser identificada, frequentava a igreja evangélica e ficou revoltada com a situação.

Depois de receber uma denuncia anônima a polícia investigou a ação do pastor. A partir do depoimento das vítimas descobriu como ele fazia para agir sem levantar suspeitas.

A polícia apurou que o pastor teria abusado das sete crianças na casa dele. Algumas vezes esteve acompanhado de até três ao mesmo tempo. Para convencer as mães a deixarem as filhas em companhia dele dizia que iria fazer orações para espantar más energias. Depois do abuso sexual oferecia presentes e fazia ameaças as vítimas para que não contasse o que havia acontecido.

O pastor Manoel foi preso em casa e negou que tivesse cometido os abusos.

Fonte: eBand / Folha Gospel

15/06/2011

Cristãos criticam documentário que promove a eutanásia no Reino Unido


Cristãos criticam documentário que promove a eutanásia no Reino Unido Um documentário do escritor Terry Pratchett sobre o suicídio assistido de um milionário britânico de 71 anos na Suíça fez ressurgir nesta terça-feira (14) o ácido debate sobre a eutanásia no Reino Unido, onde cristãos e outros opositores acusaram a BBC de promover a o suicídio assistido.

“Choosing to Die” (Escolhendo morrer), o filme exibido na noite desta segunda-feira pela segunda maior rede de televisão pública britânica, segue o hoteleiro Peter Smedley, acometido por uma doença dos neurônios motores, até a clínica Dignitas, perto de Zurique, na qual, diante das câmeras, põe fim aos seus dias com uma dose letal de barbitúricos.

Pratchett, um popular escritor britânico de livros fantásticos de ficção científica, de 63 anos e doente de Alzheimer, defendeu o documentário, que disse ser o resultado de sua “consternação diante da situação atual”. Ele, que milita há anos pela legalização da eutanásia, afirmou que Smedley queria “mostrar ao mundo o que estava acontecendo e a razão de fazer isso”.

No entanto, cristãos e outros grupos antieutanásia criticaram a modo como o documentário apresenta o suicídio assistido e afirmam que a BBC ajuda a promovê-lo.

Alistair Thompson, da Care Not Killing Alliance, denuncia a transmissão como uma “propaganda ‘pró-suicídio assistido’ vagamente disfarçada de documentário”.

“Os testes mostram que quando mais se retrata, mais suicídios existem”, acrescentou Thomson, explicando que a rede transmitiu nos últimos três anos cinco programas apresentados por um ativista ou simpatizante pró-eutanásia.

Fonte: AFP / Redação CPAD News

%d blogueiros gostam disto: