Posts tagged ‘Política’

22/04/2015

TJ diz que Bíblias em escolas de Florianópolis é inconstitucional


Biblia abertaO Tribunal de Justiça de Santa Catarina determinou que a lei municipal que obriga as escolas de Florianópolis a terem Bíblias em suas bibliotecas é inconstitucional. O projeto foi aprovado na Câmara em 17 de março, mas enfrentou problemas com a prefeitura.

Segundo o desembargador Lédio Rosa de Andrade a lei 9.734/2015 é inconstitucional por dar prioridade a uma prática religiosa. “A constituição garante a liberdade religiosa e isso proíbe a imposição de qualquer culto, rito, livro, símbolo ou prática religiosa específica em detrimento de outras”.

A decisão do TJ afirma ainda que a lei “afronta a liberdade religiosa” e abre espaço para desencadear a “intolerância e o sectarismo, senão ao fundamentalismo, responsável por inúmeras guerras e matanças na história da humanidade”.

O Ministério Público havia entrado com uma ação direta de inconstitucionalidade (Adin) que foi atendida pelo desembargador que reconheceu que a lei traz “risco de ofensa aos direitos e valores extrapatrimoniais das crianças e adolescentes nas escolas, bem como aumento de despesas para a administração pública”.

A Câmara de Florianópolis pode recorrer da decisão, mas não há informações se os vereadores decidirão ou não dar continuidade ao processo. A prefeitura da capital catarinense já havia se pronunciado contra a lei alegando que era inconstitucional. O procurador-geral Alessandro Abreu, informou que o município estava avaliando a possibilidade de entrar com ação judicial contra o projeto de Lei.

O prefeito Cesar Souza Júnior vetou o projeto de lei em novembro do ano passado, se baseando em um parecer da Secretaria Municipal de Educação e da Procuradoria Geral do município.

O autor do projeto é o vereador Jerônimo Alves (PRB), bispo da Igreja Universal, que já esclareceu por diversas vezes que seu projeto não tem como objetivo obrigar as crianças a lerem ou se tornarem cristãs.

“Não é o objetivo difundir a questão de religiosidade ou qualquer doutrina religiosa através dela. Achamos que ela é importante, ela deve ter sim acesso a todos”, disse ele quando a proposta foi aprovada. Com informações G1

25/09/2013

Comissão de Ética da Presidência arquiva investigação contra Marcelo Crivella


Dilma+Marcelo crivelaO pedido de análise sob a conduta de Marcello Crivella como Ministro da Pesca foi arquivado pela Comissão de Ética da Presidência da República. De acordo com o jornalista Lauro Jardim, da coluna Radar On-line, o pedido foi feito por Rubens Bueno, líder do PR, baseado em uma reportagem do jornal O Globo que noticiou sobre a filiação de dirigentes de entidades sindicais ao partido PRB, do qual Crivella faz parte.

A reportagem foi publicada em maio com o título de “Crivella usa cargo de ministro para atrair líderes sindicais e fatura com projeto de habitação”. O texto de Alessandra Duarte levantava questões sobre a atuação do ministro em outros projetos e a participação de candidatos do PRB em inaugurações de programas tanto ligado à pasta de Pesca como em outras atividades como um programa de habitação no Rio de Janeiro.

Um dos recém filiados ao partido seria o presidente da Confederação Nacional dos Pescadores e Aquicultores (CNPA), Abraão Lincoln, que agora é presidente do partido no estado do Rio Grande do Norte.

Quem também se filiou ao partido de Crivella foi Hélio Braga, o presidente da Federação de Pescadores de Rondônia. Outro nome citado na reportagem foi o de Marcos Pereira, presidente da Federação de Pesca de Alagoas que na data da publicação da reportagem ainda não tinha assinado com a legenda.

14/09/2013

Magno Malta critica Ministério Público por denúncia que associa traficantes a igrejas evangélicas


Em discurso nesta quinta-feira (12), o senador Magno Malta (PR-ES) criticou o Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) por denúncia que associa traficantes do estado com igrejas evangélicas.

O senador disse que vai estudar a possibilidade de acionar o promotor responsável no Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP).

Magno Malta explicou que os jornais Extra e O Globo publicaram recentemente matérias afirmando que traficantes de morros do Rio de Janeiro teriam se convertido a religiões evangélicas e estariam proibindo a prática da umbanda em seus territórios.

– Uma matéria esdrúxula dizendo que os traficantes evangélicos estão obrigando a fechar centros de macumba, centros de umbanda. Quero saber que dia que evangélico largou a igreja, jogou a Bíblia dele em cima do banco, pegou uma escopeta, entrou num centro de macumba e mandou todo mundo sair, parar com o ritual que estavam fazendo – disse.

Segundo o senador, um promotor teria ameaçado convocar igrejas evangélicas para fazerem um Termo de Ajustamento de Conduta entre líderes de religiões de matriz africana e líderes de igrejas evangélicas. Para Magno Malta, a ameaça não faz sentido algum.

– Esse promotor diz que vai chamar a Igreja Evangélica, onde é que chegamos? Vai chamar a Igreja Evangélica para fazer um ajuste de conduta. Olhe só! Um ajuste de conduta? Como se a igreja estivesse debaixo dos pés do Ministério Público. Igreja não é clube de futebol. Se o senhor não conhece a lei, doutor, pegue o Código Civil e veja que o senhor está extrapolando as suas funções ao chamar igreja para fazer ajuste de conduta – afirmou Magno Malta.

O senador classificou de “brincadeira de mau gosto” e “palhaçada” as ameaças do Ministério Público do Rio de Janeiro e disse que qualquer cidadão que se sinta constrangido ou ameaçado por um promotor pode fazer denúncia ao CNMP.

– E precisa acabar com essa história de ter medo de promotor. Se o promotor levanta o dedo para você, que é uma coisa muito comum, levante o seu também e diga: “Doutor, eu vou constituir um advogado, mas o senhor constitua também, que eu vou levá-lo para o Conselho Nacional do Ministério Público – pregou o parlamentar.

Maioridade penal

Magno Malta também criticou a matéria “Menor bom é menor preso?”, publicada na edição desta semana da revista Carta Capital, na qual foi um dos entrevistados. Segundo o senador, a entrevista durou meia hora mas a revista usou apenas poucas de suas frases, e de maneira tendenciosa.

O senador disse ter explicado à revista que, em sua opinião, o menor que comete crime hediondo deve perder a menoridade e responder pelo crime como maior. Se condenado, acrescentou Magno Malta, o menor não iria para penitenciárias, mas sim para centros especiais de recuperação e ressocialização, onde seria treinado em esportes de alto rendimento, com a presença próxima das famílias e terapia de grupo.

Mas a revista, disse o senador, publicou apenas duas frases dele: “Criança é quem toma mamadeira, faz xixi no colo da mãe e dorme no berço” e “Quem rouba, mata, estupra e sequestra é bandido e pronto”.

– Por isso, quero dizer que me entristeci com a matéria. Mas um dado não tiveram como negar: mais de 90% da população brasileira, independente de formação, independente de ser letrado ou não, de onde mora e de onde trabalha anseia, urge e pede a redução da maioridade penal – afirmou.

Fonte: Agência Senado

14/09/2013

Presidente russo dá uma aula de cristianismo a Obama


Presidente russo dá uma aula de cristianismo a ObamaDe um lado, o ganhador do Prêmio Nobel da Paz de 2009 e líder da que foi chamada durante muitos anos de “a maior nação evangélica do mundo”. Do outro, um polêmico presidente de um país que durante mais de 70 anos tentou exterminar todas as religiões e instaurar o ateísmo comunista.

Vladimir Putin, presidente da Rússia, e Barack Obama, dos EUA, estão no centro do debate internacional sobre a necessidade (ou não) de uma intervenção militar estrangeira na Síria. Putin tem seus interesses, pois é aliado do atual presidente Bashar al-Assar. Obama, embora não admita, sabe que a CIA tem fornecido armas aos rebeldes e, de maneira surpreendente, se aliado à Al-Qaeda.

No que parecia ser a véspera do ataque americano, Moscou sugeriu a Damasco que entregasse suas armas químicas, as destruísse e participa-se da Convenção pelo Banimento de Armas Químicas. Para surpresa de muitos, a Síria respondeu positivamente. Obama foi forçado a mudar o discurso e declarou que a resposta da Síria era um “desenvolvimento potencialmente positivo”.

A hipótese de invasão ainda não está totalmente descartada, mas os especialistas em relações internacionais apontam para o fato de que isso pode resultar rapidamente em um conflito muito maior, que atingirá grande parte do mundo, em especial os países do Oriente Médio. Como sempre, um ataque a Israel é apontado pela Síria e pelo Irã como a primeira forma de “represália”.

Mas dia 11, quando se lembrava o 12º aniversário do ataque que marcou o início do século XXI e foi usado de justificativa para a invasão do Iraque e do Afeganistão, uma outra surpresa. O New York Times, um dos jornais mais influentes do mundo, publicou o artigo “Um apelo da Rússia: o que Putin tem a dizer aos EUA sobre a Síria”. É uma espécie de “carta aberta” que repercutiu na imprensa mundial.

Quem agia como embaixador pela paz era o presidente russo e alguns trechos do material tem um peso histórico. Obama tem jogado a responsabilidade de algumas decisões militares para o Congresso dos Estados Unidos. Vladimir Putin fez uma crítica certeira ao que é quase um dogma na política externa, a chamada “excepcionalidade” da nação americana, fruto direto de uma antiga e persistente mentalidade que o destino manifesto dos EUA é ser o guardião do planeta.

Eis alguns trechos do artigo, que para muitos analistas é uma aula de política externa e de cristianismo a Obama. Curiosamente, o presidente americano tomou posse pedindo ajuda a Deus para governar. Mesmo assim, para um número crescente de americanos ele é um “muçulmano disfarçado” e para 25% da população trata-se do próprio Anticristo.

Leia:

“As relações entre nós já passou por diferentes estágios. Estivemos uns contra os outros durante a guerra fria. Também já fomos aliados e juntos vencemos os nazistas… Esse potencial ataque dos Estados Unidos contra a Síria, mesmo com a oposição de muitos países e dos maiores líderes políticos e religiosos, incluindo o Papa, terá como resultado mais vítimas inocentes e, numa escalada que espalhará potencialmente, o conflito muito além das fronteiras da Síria.

Um ataque só intensificará a violência e irá iniciar uma nova onda de terrorismo. Isso pode minar os esforços multilaterais para resolver a questão nuclear iraniana e o conflito Israel-Palestina, além de desestabilizar o Oriente Médio e o Norte da África.

Poderá desequilibrar todo o sistema da lei e da ordem internacional… O Departamento de Estado dos EUA classifica como organizações terroristas a Frente Al-Nusra, o Estado Islâmico do Iraque e o Levante, que lutam ao lado da oposição [da Síria].

Esse conflito interno, sustentado por armas estrangeiras fornecidas aos rebeldes, é um dos mais sangrentos do mundo… Não estamos protegendo o governo sírio, mas o direito internacional… Ninguém duvida que gás venenoso foi usado na Síria.

Mas existem todos os motivos para acreditar que não foram utilizados pelo Exército sírio, mas sim pelas forças de oposição, visando provocar uma intervenção de seus poderosos patrões estrangeiros, que se mantêm ao lado dos fundamentalistas… Um número crescente de nações vem procurando adquirir armas de destruição em massa.

É uma questão lógica: ninguém vai desafiar quem tem a bomba em seu arsenal… Analisei atentamente seu pronunciamento à nação na ultima terça-feira. E gostaria de discordar do que ele [Obama] disse sobre a excepcionalidade dos Estados Unidos, ao declarar que a política do país é “o que torna os EUA diferentes.

É o que nos torna excepcionais”. É extremamente perigoso encorajar as pessoas a considerar a si mesmas excepcionais, seja qual for a intenção… Existem nações grandes e pequenas, ricas e pobres, com tradições democráticas antigas e aquelas que ainda procuram seu caminho em rumo à democracia. Suas políticas também diferem.

Somos todos diferentes, mas, quando pedimos as bênçãos de Deus, devemos nos lembrar de que Ele criou a todos nós como iguais”.

13/09/2013

Líder religioso não deveria virar político, diz pesquisa


Líder religioso não deveria virar político, diz pesquisaQuase 60% dos brasileiros são contra a candidatura de líderes religiosos a cargos políticos, segundo uma pesquisa realizada pela Confederação Nacional do Transporte (CNT) que divulgou o resultado do estudo nesta terça-feira (9).

Para esta amostragem a empresa ouviu duas mil pessoas em 135 cidades brasileiras entre os dias 31 de agosto e 4 de setembro. Destas, 57,8% disseram que não concordam com a participação de religiosos na política, contra 38,7% que são a favor.

Em outro ponto da pesquisa foi questionado se o entrevistado votaria em um candidato indicado pela igreja e apenas 28,5% disseram que sim, contra 66,2% não votariam no candidato indicado.

O resultado apresentado pela CNT não é muito diferente da pesquisa feita pelo Datafolha durante o período eleitoral em 2012, a pergunta foi direcionada para as igrejas católica e Universal e 70%, dos 1.799 entrevistados, disseram que não votariam nos indicados dessas denominações.

Ainda durante o período eleitoral do ano passado, o Datafolha ouviu participantes da Marcha para Jesus de São Paulo e nesta pesquisa 65% dos eleitores apontaram que seriam influenciados pelos líderes religiosos, 31% votariam ‘com certeza’ em quem a igreja indicasse e 34% ‘talvez’ votariam.

Sobre a participação de pastores em cargos políticos, só na cidade de São Paulo temos cinco pastores eleitos como vereadores, sendo três da Igreja Universal do Reino de Deus, um da Igreja Mundial do Poder de Deus e uma pastora da Comunidade da Graça. Há também outros três vereadores evangélicos ligados à Assembleia de Deus e à Igreja Internacional da Graça de Deus que não assumem a posição pastoral.

A Bancada evangélica no Congresso é formada por 78 deputados, sendo que muitos deles também atuam como pastores evangélicos. Entre eles podemos citar Marco Feliciano, pastor Eurico, Silas Câmara, Roberto de Lucena, Paulo Freire e outros.

Fonte: Gospel Prime

14/12/2012

Candidatos à presidência da CGADB apresentam suas diretorias


Candidatos à presidência da CGADB apresentam suas diretoriasOs dois candidatos à presidência da Convenção Geral das Assembleias de Deus do Brasil (CGADB) anunciaram os nomes dos pastores que fazem parte de suas respectivas mesas diretoras.

Na luta pelo cargo estão mais uma vez os pastores José Wellington Bezerra da Costa, atual presidente, e o pastor Samuel Câmara que já tentou se eleger outras vezes.

A votação acontecerá no dia 11 de abril de 2013 durante a Assembleia Geral Ordinária (AGO), evento que vai acontecer em Brasília durante os dias 8 e 12.

Pastores de todo o Brasil poderão votar, por este motivo conhecer a mesa diretora se torna tão importante, assim fica mais fácil saber quem são os outros líderes assembleianos que estão apoiando os candidatos.

José Wellington tem o pastor Ubiratan Batista Job, da AD Região Sul, como 1º vice-presidente. Dessa vez o presidente da CGADB escolheu representantes de todas as regiões do país para compor sua equipe sendo no total 17 nomes.

O 1º vice de Samuel Câmara é o pastor Ival Teodoro, também da AD Região Sul, de igual modo o pastor da igreja-mãe também tomou cuidado ao escolher representantes das igrejas de todas as regiões brasileiras não só para vice como também para os cargos de tesoureiros e conselho fiscal.

Veja os escolhidos de cada candidato:

PRESIDENTE:
JOSÉ WELLINGTON BEZERRA DA COSTA

1º Vice-Presidente (Região Sul):
UBIRATAN BATISTA JOB

2º Vice-Presidente (Região Centro-Oeste):
SEBASTIÃO RODRIGUES DE SOUZA

3º Vice-Presidente (Região Norte):
GILBERTO MARQUES DE SOUZA

4º Vice-Presidente (Região Nordeste):
JOSÉ ANTONIO DOS SANTOS

5º Vice-Presidente (Região Sudeste):
TEMOTEO RAMOS DE OLIVEIRA

1º Secretário (Região Sul):
PERCI FONTOURA

2º Secretário (Região Centro-Oeste):
ANTONIO DIONIZIO DA SILVA

3º Secretário (Região Norte):
PEDRO ABREU DE LIMA

4º Secretário (Região Nordeste):
ROBERTO JOSÉ DOS SANTOS

5º Secretário (Região Sudeste):
ISAIAS LEMOS COIMBRA

1º Tesoureiro (Região Sudeste):
JOSIAS DE ALMEIDA SILVA

2º Tesoureiro (Região Sudeste):
NEHEMIAS GASPAR DE ARAÚJO

CONSELHO FISCAL:

1ª Região (Região Sul):
JOSÉ POLINI

2ª Região (Centro-Oeste):
RINALDO ALVES DOS SANTOS

3ª Região (Norte):
JOEL HOLDER
ISAMAR PESSOA RAMALHO

4ª Região (Região Nordeste):
ISRAEL ALVES FERREIRA

5ª Região (Região Sudeste):
SAMUEL RODRIGUES
EDSON EUGÊNIO VICENTE

——–

PRESIDENTE:
SAMUEL CÂMARA

1º Vice-Presidente (Região Sul):
IVAL TEODORO

2º Vice-Presidente (Região Centro-Oeste):
SÓSTENES APOLOS

3º Vice-Presidente (Região Norte):
JONATAS CÂMARA

4º Vice-Presidente (Região Nordeste):
PEDRO ALDI DAMASCENO

5º Vice-Presidente (Região Sudeste):
ELYEO PEREIRA

1º Secretário (Região Sul):
NILTON DOS SANTOS

2º Secretário (Região Centro-Oeste):
LUCAS ARAÚJO DE SOUZA

3º Secretário (Região Norte):
OTON MIRANDA DE ALENCAR

4º Secretário (Região Nordeste):
MANOEL MONTEIRO TRINDADE

5º Secretário (Região Sudeste):
JONAS FRANCISCO DE PAULA

1º Tesoureiro (Região Sudeste):
IVAN PEREIRA BASTOS

2º Tesoureiro (Região Sudeste):
ALVARO SANCHES

CONSELHO FISCAL:

1ª Região (Região Sul):
JERONIMO DOS SANTOS

2ª Região (Centro-Oeste):
GEOVANI NERES LEANDRO DA CRUZ

3ª Região (Norte):
JEDIEL ALVES LIMA

4ª Região (Região Nordeste):
ANTONIO JOSÉ DIAS RIBEIR0

5ª Região (Região Sudeste):
LUIZ CEZAR MARIANO SILVA

29/11/2012

Pastor candidato a Presidência no Equador é acusado de ter espancado seu filho 13 anos – Veja


O candidato indicado para sucessão presidencial no Equador, o pastor evangélico Nelson Zavala Avellan segundo agências tem sobre ele a acusação de agressão a seu filho em 2004, o menino então com 13 anos de idade e mais 16 sentenças cíveis e criminais entre diferentes tribunais. Confira e comente…

O Conselho Eleitoral do Equador aprovou o pedido de candidatura do pastor evangélico Nelson Zavala, inscrito no lugar do ex-presidente Abdalá Bucaram, somando ao todo oito candidatos que disputarão a Presidência nas eleições de fevereiro de 2013.

Zavala é membro da Associação de Pastores Evangélicos do Equador e, de acordo com a imprensa local, ele responde a diversas acusações, entre as quais por maus tratos a seu filho de 13 anos, o qual já deixou incapaz por três dias.

Ao saber da decisão do conselho, o ex-presidente Bucaram, cuja inscrição foi recusada, publicou uma mensagem em sua conta no Twitter atacando o presidente Rafael Correa e o evangélico.

“Deus começou a atuar. Satanás [Rafael] Correa não teve a consciência de desqualificar Zavala, mas desqualificou Abdalá”, disse.

E em matéria do site http://www.srradio.com no encerramento da cerimonia da indicação do pastor evangélico Nelson Zavala Avellan a concorrer a presidência do Equador, foi feito uma oração pela “unidade e respeito para a família.”  e em seguida dada a oportunidade de perguntas aos repórteres que cobriam o ato.

E uma das perguntas que foi feita ao então pastor candidato se referiu a agressão cometida por ele no seu filho de 13 anos, que o deixou o garoto 3 dias incapacitado. O pastor que é membro da Associação de Pastores Evangélicos do Equador, e se intitula, quando tem oportunidade, defensor dos direitos humanos, a liberdade civil, religiosa e das crianças, disse que no tempo certo o seu próprio filho responderá esta pergunta.

Na época da suposta agressão cometida no seu filho o menino Nelson Andres Zavala de 13 anos de idade, a sua mãe Cisneros Marlene Castro pediu proteção a vara da mulher e da família, devido ao ataque brutal e violento cometido pelo pastor.

E ainda segundo a matéria, o pastor candidato afirma ser um exemplo de honestidade, ética, humanidade e conduta exemplar, não só foi acusado de agressão, mas tem 16 sentenças cíveis e criminais entre diferentes tribunais desde 91 em diante.

Você pode ver as sentenças no site http://www.srradio.com, como também conferir a matéria do dia 21/11/12 na integra.-Clique aqui

Fonte: InforGospel

28/11/2012

Pai fala de Deus ao filho viciado e ele começa frequentar Igreja Evangélica e se torna vereador


O agora irmão Waldiney testemunha da sua transformação de vida após tomar a decisão de falar com Deus e expressar a vontade de mudar de vida. Começou então a frequentar um igreja evangélica e foi totalmente restaurado pelo Senhor e hoje é vereador eleito em MG.- Confira e comente…

“Eu não me amava. Esqueci do mundo e de mim”. A declaração é do vereador eleito em Montes Claros (MG) pelo PHS, Waldiney da Silva, de 34 anos. O irmão Waldiney, como é conhecido, falou ao G1 sobre os 10 anos em que foi dependente químico. Ele começou a consumir drogas aos 15 anos de idade, passou por quatro centros de recuperação e chegou a morar na rua durante um mês.

Waldiney chegou a ter uma overdose e sofreu uma parada cardíaca. A última vez que consumiu drogas foi em 2004. “Foi quando tudo começou na minha vida. Eu falei com Deus que eu iria mudar”, conta.

Ele começou a frequentar uma igreja evangélica e sentiu que sua vida começou a ser transformada.”Troquei a minha família e meus sonhos sonhos pela droga. Fui morar nas ruas, não por falta de casa ou comida, mas porque eu não não gostava de mim”, revela. O vereador eleito conta que o pai foi um dos responsáveis por fazê-lo largar o vício. “Ele falava comigo: “Deus vai te dar força, você vai sair dessa’. Ele me ajudou muito”.

O Irmão Waldiney se casou e começou a trabalhar com propaganda volante pelas ruas de Montes Claros, foi quando passou a ser conhecido e a conhecer a realidade dos bairros carentes da maior cidade do Norte de Minas.

Ao receber um convite do presidente do Partido Humanista da Solidariedade (PHS), resolveu concorrer ao cargo de vereador. Um dos motivos, segundo ele, foi a vontade de criar um centro de recuperação para dependentes químicos. “Tem muita gente precisando de oportunidade para mudar de vida. Qualquer ser humano pode dar a volta por cima”, destaca.

Fonte: Infor gospel

21/11/2012

Silas Malafaia discursa na Câmara em defesa da família


Silas Malafaia discursa na Câmara em defesa da famíliaNesta terça-feira (20) o pastor Silas Malafaia esteve discursando na Câmara dos Deputados em Brasília participando da sessão solene em comemoração ao Dia Nacional de Valorização da Família.

O líder religioso falou sobre a importância da família no desenvolvimento humano e de como ela influencia na sociedade.

“É impossível o ser humano se desenvolver sem família”, diz o pastor logo no início de seu discurso.

Durante seu pronunciamento o pastor falou a respeito da família formada por um homem, uma mulher e sua prole, frisando seu posicionamento em favor da heterossexualidade e criticando até propostas polêmicas como a Lei da Palmada.

“A família nuclear é a base da sociedade sadia”.

O convite para que Silas Malafaia participasse da sessão partiu do deputado André Moura (PSC-SE). O vice-presidente do PSC, Everaldo Pereira, também esteve discursando e mostrando sua opinião sobre o tema.

Fonte: Gospel prime

16/11/2012

Magno Malta se pronuncia em favor de missionários presos no Senegal


Magno Malta se pronuncia em favor de missionários presos no Senegal Magno Malta se pronuncia em favor de missionários presos no Senegal

Durante seu discurso no Senado na tarde desta terça-feira (13) o senador Magno Malta falou sobre os missionários presos no Senegal sob acusação de tráfico de crianças, desvio de menores e formação de quadrilha, isso porque os brasileiros José Dilson e Zenaide Moreira Novaes estavam evangelizando crianças muçulmanas.

Malta defende o trabalho dos missionários e entrou em contato com o embaixador do Senegal no Brasil que lhe garantiu que em seu país não há perseguição religiosa, mesmo tendo maioria da população muçulmana.

José Dilson e Zenaide Moreira foram presos na semana passada por trabalharem no projeto Obadias, que tem como objetivo resgatar crianças que vivem nas ruas e compartilhar o evangelho com estas.

Para tentar ajudar os missionários, Magno Malta estará viajando até o país africano na próxima semana acompanhado por uma comitiva parlamentar para pressionar as autoridades e acompanhar de perto este caso.

“Eu conheço esta família”, disse Malta que conhece o pai da missionária Zenaide, que são moradores da cidade de Nova Itapetinga, na Bahia, cidade onde o senador nasceu e cresceu.

Veja o vídeo com a declaração do senador:

%d blogueiros gostam disto: