Posts tagged ‘Pornografia’

24/05/2012

MTV desiste de reality show de virgens buscando ‘Primeira Transa’


O convite aberto da MTV para os telespectadores supostamente atraiu a condenação rápida de pais preocupados.

MTV desistiu uma idéia aparentemente mal concebida para um reality show de jovens de cerca de 18 anos de idade, dispostos a terem a rede documentando sua jornada de perda da virgindade – um conceito de “fama pelo sexo” que muitos viram como preocupante.

“A idade adulta jovem é um momento para a exploração. Novos relacionamentos, novas experiências e estreias sexuais”, diz a chamada de elenco publicada on-line no início deste mês pela MTV, a mesma rede que levou o público a “Jersey Shore” e “Mãe Adolescente”.

O convite aberto da MTV para os participantes dispostos a compartilharem a busca de seu primeiro “sexo” com os telespectadores supostamente atraiu a condenação rápida de pais preocupados e outros membros do público, levando a rede popular a reconsiderar os seus planos.

“Este foi um aviso preliminar do elenco, e não estamos a avançar com um piloto”, disse segunda-feira, um representante da rede Music Television, de acordo com a Fox News, que descreveu o anúncio como “uma chamada de elenco para fama pelo sexo.”

Jim Daly, presidente e CEO da Focus on the Family, uma organização sem fins lucrativos voltado para a família, acha que a notícias relativas à MTV tipificam o tipo de tensão que os cristãos enfrentam em função da cultura popular.

“Como alguém vê esta história também pode falar como alguém vê o mundo”, escreve Daly sobre a organização sem fins lucrativos do website Communities. “O cínico vai rebaixar as motivações hedonistas e gananciosas dos executivos da MTV em geral. Eles cancelarem o show fará pouco para aplacar. O otimista vai vê-lo como uma vitória pela decência e um aceno para valores mais elevados. ”

O executivo da Focus on the Família vê conceito do reality show da MTV, como “um grande exemplo da permanente tensão, da luta que nunca cessou desde o primeiro homem que pecou.” Apesar de insistir que os cristãos não devem esperar menos de uma “visão de mundo que vê vida de modo diferente”, Daly lembra aos leitores que transformar a cultura é em última análise, o trabalho de Deus.

“Como crentes, somos chamados a fazer o nosso melhor para reformar nossa cultura”, escreveu ele, finalmente, acrescentando: “Claro que estou contente que a MTV mudou de rumo no programa. O design de Deus para a sexualidade é sagrada e bela e não deve ser jamais explorada.”

A chamada do elenco da MTV foi publicada no início deste mês e levou muitos usuários on-line a criticarem a rede pelo seu conceito controverso. Outros que haviam acabado de descobrir na segunda-feira a notícia também foram ao Twitter para darem a sua opinião sobre o programa da MTV, que parece ter tentado os títulos “Minha Primeira Vez” ou “Perdendo”.

“Gallup: 73% dos americanos dizem que os valores morais da nação estão piorando”, escreveu o colunista do Boston Globe Jeff Jacoby, usando a frase “A evidência fresca” para mostrar aos seguidores do Twitter um relatório sobre o “Losing It” da MTV.

“A MTV quer virgens que estejam dispostas a perder a virgindade para novo programa de TV …> Um sinal do apocalipse. Isso é tão perturbador”, escreveu o analista de esportes Stephen Howard.

John Nolte, escrevendo para o website conservador Breitbart, disse ele, literalmente, engasgou quando leu anúncio do “mal” da MTV para jovens virgens.

“A MTV pode e, sem dúvida, irá se esconder por trás do fato de que pessoas de 18 anos são adultos legais, mas você pode se aproveitar de adultos tão facilmente quanto você pode se aproveitar de crianças, especialmente adultos jovens condicionados pela cultura pop como a MTV a acreditarem que celebridade e narcisismo são virtudes”, escreveu Nolte em seu relatório publicado na semana passada, antes da MTV provocar a reviravolta.

“O que a MTV está fazendo pode ser legal, mas ainda é uma exploração desprezível de alguns dos nossos cidadãos mais vulneráveis.”

Ele acrescentou: “Se você quiser rebaixar-se, é um país livre. Atrair os outros, no entanto, é um ato de maldade.”

A chamada de elenco original de “Losing It” foi retirada do site realitywanted.com onde ele foi publicado, mas Breitbart.com compartilhou um trecho do seu conteúdo:

VOCÊ QUER levar as coisas para o próximo nível? TIPO, VOCÊ ESTÁ PRONTA PARA ENTREGAR SEU CARTÃO V? Ou você tem um amigo que está pronto para perder?

Adulto jovem é um momento para a exploração. Novos relacionamentos, experiências e novas estreias sexuais …

Agora a MTV está buscando capturar francamente essa jornada em uma nova série chamada Minha Primeira Vez… Estamos à procura de adultos que estejam prontos para percorrer todo o caminho. Deixe a MTV ir junto em sua viagem … à medida que você tenta perder a virgindade! (Nota : Estaremos filmando se você alcançar ou não esse objetivo … mas não o ato em si. Duh)..

Se você tem 18 anos ou mais e está disposto a permitir que candidamente a MTV te acompanhe na jornada de “perdê-la”, envie-nos um e-mail.

Embora o anúncio original tenha sido retirado antes da data de vencimento de 28 de maio, a postagem no realitywanted.com mostra que pelo menos três homens na faixa etária de 20-26 tinham aplicado.

A MTV também publicou uma chamada de elenco para “cupidos homens” e “cupidos mulheres”, amigos que fossem virgens e quem tivesse “conselho e experiência para prepará-los para a sua primeira vez” ou quem soubesse de “pessoa perfeita para ser a primeira.”

A MTV é propriedade da Viacom, que também é proprietária da BET, Comedy Central, Nickelodeon e várias marcas de outras redes.

Fonte: The Christian Post

13/05/2012

Uma em cada 5 meninas engravida até os 18 anos no mundo, alerta OMS


A Organização Mundial da Saúde (OMS) alerta para o grande número de mães adolescentes em todo o mundo, na véspera das comemorações pelo Dia das Mães. Calcula-se que uma em cada cinco meninas fica grávida até os 18 anos. Anualmente, 16 milhões de adolescentes, entre 15 e 19 anos, dão a luz um bebê.

Em muitos locais do mundo, as mulheres são pressionadas a casar-se e ter filhos com pouca idade, o que justifica os altos índices de gravidez na adolescência. Nos países pobres, mais de 30% das jovens casam-se antes de completar 18 anos.

A pouca escolaridade também contribui para a gravidez precoce. “As taxas de gestação entre mulheres com menos estudo é maior em comparação à das mulheres com mais anos de educação”, diz comunicado da OMS.

De acordo com a organização, muitas adolescentes não sabem como evitar uma gravidez ou não têm acesso aos métodos contraceptivos.

Outra preocupação é quanto aos problemas de saúde provocados por uma gestação na adolescência. Complicações na gravidez e no parto são a primeira causa de morte entre meninas de 15 a 19 anos em países pobres.

“Ter bebês durante a adolescência traz sérias consequências para a saúde da garota e da criança, especialmente em locais onde os sistemas de saúde são deficientes. Em alguns países, as adolescentes recebem menos cuidados durante e depois do parto em comparação às adultas”.

As garotas também se sujeitam mais a abortos ilegais. Cerca de 3 milhões de adolescentes de 15 a 19 anos fazem abortos inseguros todos os anos.

* Com informações da Agência Brasil

25/04/2012

Campanha ateia que oferecia pornografia por Bíblias fracassa nos EUA


Na Universidade de San Antonio, no Texas, ocorreu uma nova edição da campanha “Smut for Smut” [Pornografia por pornografia] onde estudantes ateus propõem a troca de textos religiosos por material pornográfico.

A idéia central é atrair outros estudantes oferecendo revistas pornográficas em troca de Bíblias e outros livros religiosos. O grupo afirma que as Escrituras são “pervertidas”, possuindo conteúdo pornográfico, devido aos relatos do Antigo Testamento de “exploração das mulheres, escravidão, estupro e assassinato”.

A primeira iniciativa desse tipo organizada pelo grupo Atheist Agenda, chamou atenção da mídia em 2008. Brett Harris, do site World on Campus relata que durante os dois dias da campanha deste ano apenas 30 estudantes fizeram algum tipo de troca. Além de Bíblias, o grupo de alunos também aceitou Alcorões e livros escritos por pastores conhecidos, como Joel Osteen e Rick Warren.

Segundo a World on Campus, o presidente da Atheist Agenda, Kyle Bush minimiza: “A questão não é o material pornô. Nosso propósito principal é fazer as pessoas conversarem conosco para que possamos passar nossa mensagem”. “Queremos divulgar o ateísmo e trazê-lo para o centro das atenções. Nós oferecemos uma outra alternativa para pessoas que podem não se encaixar em nenhum outro lugar”, completou ele.

O Atheist Agenda compraram mais de 50 quilos de material adulto para oferecer. Eles dizem que receberam apenas “cinco Bíblias, uma Enciclopédia do Islã, e um Alcorão”, além de alguns livros sobre vida cristã.

Um dos alunos que tomou conhecimento do apoio expresso pelos estudantes ateus disse que eles tinham o direito de “compartilhar as suas crenças”, mas não tinha planos de entregar sua Bíblia.

Um grupo de alunos cristãos, montaram perto do stand da Atheist Agenda um espaço para a apresentação do Coral Vitória e Louvor. “Nós estamos lutando espiritualmente. Quando fazemos isso, não vamos lá e tentamos conversar com eles. Apenas oramos sobre isso”, disse Tarvia Demerson, uma das organizadoras do coral.

Fonte: Gospel Prime

07/11/2011

Produtor da Playboy se converte e viaja ensinando como superar o vício da pornografia


Donny Pauling

Donny Pauling trocou o mercado milionário da indústria pornô e resolveu fazer um curso de pastor para poder “reprogramar seu cérebro” que trabalhou por oito anos como produtor de filmes pornográficos, atividade que lhe rendeu muito sucesso, mas o fez perder o casamento.

Ele conta que foi se envolvendo com o mercado depois que passou a ter acesso à internet e em pouco tempo já estava viciado. Foi então que ele resolveu chamar mulheres para fotografar em seu escritório e assim passou a ser um dos produtores mais bem pagos da Playboy.

Um certo dia Pauling recebeu a proposta de ganhar 4 mil dólares por dia para produzir um reality show lésbico, quando saiu da reunião ele entrou em seu carro e fez uma oração. “Eu estava como que falando com Deus: não importa o que ele faça, abençoa”, disse ele para a LifeSiteNews.com.

Depois dessa oração ele disse que se sentiu como se fosse atingido por um raio de eletricidade e essa experiência mudou sua vida para sempre. Mesmo sendo filho de pastor pentecostal o produtor passou a ater ódio de cristãos e do próprio cristianismo, pois testemunhou a hipocrisia de muitos líderes que tinham contato com seu pai.

Mas nos últimos anos ele vinha sendo evangelizado pelos membros da XXX Church, que participavam de feiras do ramo para evangelizar pornógrafos, estrelas pornôs e prostitutas. “Em vez de  ficarem do lado de fora protestando e segurando cartazes dizendo às pessoas que Deus estava enviando-as ao inferno, os membros da XXX Church estavam dentro [das convenções] armando estandes e fazendo maquiagem nas moças”, lembra ele.

O discurso desses evangélicos não era de condenação. “Eles diziam que elas eram belas e que Deus as amava, e que não havia nada que eles pudessem fazer que poderia mudar isso, e que Ele queria mais para elas”. Depois de presenciar cenas como essa, Paulo disse que se tivesse de ser cristão, “esse é o tipo de cristão que eu queria ser”, até que em setembro de 2006 Donny Pauling decidiu entregar sua vida para Jesus e abandonar de vez esse trabalho.

Hoje ele não tem a intenção de comandar uma congregação e até montou uma empresa de marketing. Mas ele passou a viajar por diversos lugares do mundo falando sobre a realidade da indústria pornográfica e como superar esse vício.

“Muitas pessoas não pedem ajuda porque estão paradas se sentindo culpadas sobre suas ações, dizendo, ‘aí vou eu, fiz tudo de novo’”, diz ele que ensina aos viciados a procurarem uma pessoa de confiança para falar sobre esse vício.

“Penso que precisamos compreender que, embora o pecado realmente nos separe de Deus, Ele ainda os ama. Não importa o que eles estão fazendo. O amor dEle não muda. Não é condicional”.

Tradução de  Júlio Severo de Lifesitenews

Fonte: Júlio Severo

24/03/2011

Pastor alerta sobre o crescimento da pornografia


 Pastor alerta sobre o crescimento da pornografiaO pastor Cláudio Rufino, da Igreja Assembléia de Deus, em Sobradinho (DF) participou da 13ª edição da Consciência Cristã, que aconteceu no período do Carnaval, em Campina Grande, na Paraíba. Entre as palestras ministradas pelo pastor ele abordou os perigos da Indústria Pornográfica no Brasil. Cláudio Rufino é conhecido pelo seu trabalho no projeto Todos em Defesa da Família e por liderar a Campanha Nacional contra a Pornografia, dada início em 2007.O pastor Cláudio mostra preocupação com relação ao crescimento apenas quantitativo da Igreja e a pouca influência da mesma “neste mundo de trevas”. Ele enfatiza que “a verdadeira Igreja de Cristo precisa salgar e brilhar neste mundo de trevas, para neutralizar as forças do mal, mas isso não está acontecendo como deveria no Brasil, onde, apesar do “crescimento” numérico da igreja brasileira, o pecado não pára de crescer”.

Segundo o pastor Cláudio, essa pouca atuação e ação da Igreja na sociedade tem sido um dos motivos pelos quais estão aparecendo tantos prostitutos, prostitutas e homossexuais na mídia, declarando-se como “evangélicos”, e há alguns que ainda “declaram ter clientes crentes, inclusive pastores”, comenta o pastor. Cláudio Rufino lamenta a triste realidade moral pela qual está passando o país, “há quem afirme que, nem mesmo em Sodoma e Gomorra foram praticadas tantas devassidões como no Brasil”, provoca. Um dos principais problemas que são alarmantes no país é o fato de milhares de crianças serem estupradas, todos os anos e centenas delas chegam à morte, porém, a sociedade não se sensibilizou em busca de uma reação preventiva e combativa contra a origem do problema, que segundo ele é “a Indústria Pornográfica”.

Com relação a Indústria Pornográfica, o pastor Cláudio Rufino ainda diz que turismo sexual é um sucesso no Brasil, isso porque sites do mundo inteiro divulgam o Brasil como um paraíso sexual, onde crianças, jovens e adultos podem ser encomendados por idade, peso, cor e outras características para satisfação de clientes nacionais e estrangeiros, “está comprovado que existe uma lucrativa indústria de exploração sexual no Brasil, envolvendo mães, policiais, empresários, taxistas, etc.”, revela. O autor da Campanha contra a pornografia alerta que se nada for feito preventivamente no Brasil, “a igreja e a sociedade brasileira sofrerão conseqüências catastróficas nos próximos anos, em decorrência de nossa negligência em combater a imoralidade sexual”.


Fonte: VINACC / Guia-me

 

16/02/2011

Evangelista desafia a evitar o divórcio e serem felizes


Evangelista desafia a evitar o divórcio e serem felizesNeste Valentine’s Day (Dia dos namorados), o evangelista Jay Lowder incentiva casais a aceitar o desafio de restaurar os relacionamentos quebrados.

Depois de mais de 17 anos de casamento, ele e sua esposa, Melissa, tiveram momentos de altos e baixos. Ele admitiu que quase se separou há 13 anos. “Havia uma distância e muita amargura entre nós”, disse Lowder.

Para dar uma chance ao seu casamento, Lowder foi forçado a confrontar questões que ele fingiu não existir. “Para os homens é difícil porque a maioria prefere ignorar o problema achando que vai passar. Costumava não voltar para casa, preferia ir ao cinema”, lembrou.

As coisas começaram a mudar depois que um grande amigo desafiou Lowder, que estava à beira do divórcio, a participar de um aconselhamento de casais.

Ele admite que o processo foi difícil. De acordo com ele, a parte mais difícil foi ouvir a verdade. “Ela teve que ouvir tudo o que eu tinha para falar e eu tive que ouvir tudo o que ela tinha a dizer”, explicou.

Agora, ele desafia a outros casais a viver o casamento planejado por Deus. “O objetivo do aconselhamento não é apenas para evitar o divórcio, mas também ser feliz”, frisou.

Lowder acredita que só com Deus, um casal pode ter um casamento bom e duradouro. “Você deve se comprometer com Deus”.

Lowder admite que enfrentou dificuldades no seu casamento. No entanto, ele e sua esposa estão sempre abertos para ouvir um ao outro e escutar a voz de Deus. “Uma das coisas que tentamos fazer é ter um momento de devoção juntos. Eu ainda acredito que Deus ouve quando o marido e a mulher oram juntos”, ele recomendou.


Hoje, Lowder leva Harvest Ministries, viajando pelo mundo para pregar as Boas Novas. Ele tem falado em mais de 250 cruzadas e conferências desde seu chamado para o evangelismo. Atualmente, ele reside no Texas e tem três filhos, Lane, Kayley e Graham.

Fonte: Christian Post / CPAD News

12/02/2011

Cristãos e governo dos Estados Unidos se unem contra a pornografia


Cristãos e governo dos Estados Unidos se unem contra a pornografiaGrupos cristãos e membros do congresso estão urgindo para a administração de Obama para “vigorosamente” fazer cumprir as leis federais de obscenidade contra a pornografia ilegal.

Grupos tais como o The Ethics & Religious Liberty Comission e CitizenLink – a filial da Focus on the Family para a promoção familiar – enviaram uma nota urgente, na quarta-feira, aos partidários para exercer pressão sobre o Departamento de Justiça.

“Lamentavelmente, nosso governo não está fazendo cumprir as leis federais contra a pornografia. Pedimos a vocês sua ajuda neste momento para reverter este curso,” disse o presidente da ERCL, o Dr. Richard Land.

As leis federais, adicionou, proíbem a maioria das formas de distribuição de pornografia, inclusive através de Internet e televisão a cabo ou satélite.

A ERLC e CitzenLink se encontram entre quase 60 grupos nacionais e estatais que tem formado uma coalizão chamada Guerra contra a Pornografia ilegal. Ela existe para pressionar o Departamento de Justiça a processar obscenidade ilegal, já que estão ampliamente disponível para o público.

Conduzindo o esforço, o senador Orrin Hatch (R-Utah) e os Representantes da Câmara, Mike Mclntyre (DN.C.) e Randy Forbes (R-Va.) enviaram cartas, fechadas na quarta-feira, ao Fiscal Geral Eric Holder, chamando-o para combater o “crescente flagelo da obscenidade” nos Estados Unidos.

Lamentaram que apesar de que a evidência dos danos – como a violência, o vício e o tráfico sexual – de pornografia de adultos, é maior hoje mais que nunca, as leis atuais não estão sendo cumpridas.

“O Congresso tem posto as leis nos livros, mas essas leis não serão efetivas até que sejam cumpridas,” disse Hatch.

Mclntyre e Forbes fizeram eco do sentimento. “O Congresso aprovou leis que há décadas tratam de diminuir a produção e distribuição de material pornográfico obsceno, inclusive internet. Um compromisso coerente e forte para fazer cumprir estas leis pode ter um impacto significativo.”

Também assinalou em sua carta que a obscenidade de adultos não está protegida pela Primeira Emenda.

Fonte: Christian Post

09/02/2011

Pesquisa americana revela alto índice de cristãos viciados em pornografia pela internet


Pesquisa 250x250 Pesquisa americana revela alto índice de cristãos viciados em pornografia pela internetUma pesquisa feita por uma revista cristã americana diz que cerca de  50%  das pessoas entrevistadas admitiram ter problemas com a pornografia na Internet. O estudo recente foi realizado pelo grupo “ChristiaNet”, mostrou uma incrível quantidade de problemas com a pornografia entre seus leitores.

Para Clay Jones, da entidade “Second Look”, existem fatores que favorecem esse desejo em acessar sites pornográficos. Um deles seria o acesso segreto e anônimo que a vida virtual oferece.

Jones e seu ministério estão usando dados da ChristiaNet para tentar alertar a igreja sobre esta situação: “Eu vi outra pesquisa, que incluiu os pastores aqui, e um terço deles admitiu ser viciado em pornografia na Internet.”

“O problema da pornografia não se limita a um determinado grupo de homens. Vão desde pastores, membros das igrejas, vizinho, a família … estamos todos vulneráveis “, diz o Dr. Dennis Frederick que trabalha quase que exclusivamente com vícios sexuais devido ao número crescente de pessoas que chegam a ele com este problema no centro de aconselhamento cristão.

Em seu livro “Conquistando Pornografia” Frederick cita o caso de um pastor de renome, que foi viciado em pornografia de 10 anos e que vai a cada semana para aconselhamento pastoral.
Apesar do número de homens viciados em pornografia ser maior, não significa que não haja mulheres com esse problema, a matéria da revista americana diz que cerca de 17% delas também estão envolvidas nessa prática.

Para se livrar desse vício, o dr. Frederick ensina que primeiramente é necessário reconhecer o problema e parar de se enganar. A próxima etapa é  limpar a casa e se livrar de todo o material pornográfico. Fora isso, de acordo com Frederick a pessoa precisa  se arrepender e determinar: “Eu quero ser uma pessoa livre. Não quero isso controlando a minha vida. ”
Seu conselho seguinte é o mais difícil para aqueles que freqüentam a igreja pois ele encoraja as pessoas a encontrar alguém de confiança para dizer que é viciado em pornografia. Essa pessoa seria responsável em ajudar a guardar esse segredo e também em acompanhar o tratamento de libertação.

Alguns especialistas acreditam que a dependência de pornografia é um vício que é executado através de mecanismos químicos no cérebro e, portanto, precisam de terapia profissional. Clay Jones acredita nesses processos químicos e físicos e, para ele, os doentes precisam aprender a interromper esses processos para que haja uma mudança real. Em seguida, ele deve aceitar que esta área será sempre um ponto fraco na armadura da personalidade.

Frederick e Jones acreditam que a igreja pode e deve fazer mais para ajudar os cristãos a estar livre do vício sexual: “É tempo que a Igreja remover a cabeça do buraco e começar a resolver estas questões de forma aberta e honesta”, diz Jones.

Fonte: Gospel Prime

03/02/2011

“Domingo da Pornografia” mobiliza mais de 300 igrejas


“Domingo da Pornografia” mobiliza mais de 300 igrejasNo próximo domingo, 6 de fevereiro, mais de 300 igrejas americanas enfrentarão a concorrência da final do campeonato de futebol americano. Trata-se do maior evento esportivo do ano e normalmente coincide com o horário em que a maioria das igrejas realiza seus cultos. Foi lançada neste ano uma campanha para que haja pregações específicas sobre pornografia nos cultos realizados antes do jogo. Até o momento, a inciativa já conta com o apoio de mais de 300 igrejas.

O “Porn Sunday”, ou “Domingo da pornografia”, é uma iniciativa do ministério XXXChurch que fará um evento com transmissão nacional a partir de uma igreja na região de Dallas. Vários jogadores profissionais da liga nacional de futebol gravaram depoimentos de suas lutas contra a pornografia, especialmente as que são expostas na internet. Muitos estarão estarão presentes no evento, que será retransmitido por videoconferência pelas igrejas que participam da campanha. Ryan Pickett, um dos jogadores do Packers, que estará jogando a final, já deixou seu testemunho gravado para o evento.

A iniciativa não é nova, mas neste ano a XXXChurch conseguiu um número recorde de adesões. Líder desse ministério, Craig Gross afirma que “quase todas as comunidades religiosas do mundo condenam a pornografia, mas raramente este assunto é tratado nos púlpitos. Existe esse grande conflito, ninguém está imune. É como um grande elefante no púlpito, mas a maioria dos pastores não está disposta a tratar dessa questão”.

Basicamente o evento consiste na apresentação de um vídeo de 35 minutos com testemunhos de pessoas, inclusive jogadores profissionais, que lutam contra o hábito de ver pornografia e relatam como isso prejudicou sua vida e seus relacionamentos. Depois, cada igreja pode tratar do assunto à sua maneira. Porém, devido a pressões de alguns membros que consideram o assunto inadequado para o púlpito, cerca de 30 igrejas previamente inscritas cancelaram a exibição em seus templos.

Fonte: Pavablog

14/01/2011

“Parem de ver pornografia ou vocês destruirão suas vidas”, alerta ex-atriz pornô convertida


Jennifer Case 130x200 Parem de ver pornografia ou vocês destruirão suas vidas, alerta ex atriz pornô convertidaJennifer Case deixou a indústria do sexo três anos atrás pela graça de Deus, diz ela, e a mensagem dela para os homens é muito clara: “Há uma pessoa real do outro lado das imagens que você está vendo, e você está destruindo a vida dela e a vida dos filhos dela”.

Numa entrevista para “The Porn Effect” (O Efeito Pornô), Case testifica de sua própria experiência pessoal acerca dos malefícios que a indústria pornográfica provoca nas mulheres envolvidas. Ela diz que ficou traumatizada, oprimida e abusada, e ficou viciada em drogas e precisava de dinheiro da pornografia para continuar tendo condições de comprá-las. Fisicamente ela tinha de lidar com doenças sexualmente transmissíveis: “Tive tantas infecções diferentes o tempo inteiro. Deixei Hollywood porque fiquei muito doente de clamídia. Meu abdome doía tanto que tive de voltar para casa”, disse ela.
A indústria pornográfica é alimentada pelos seus consumidores — eles e seu dinheiro impulsionam o destrutivo negócio — e daí dá para se atribuir os danos feitos a essas mulheres aos consumidores bem como produtores. Contudo, a ex-atriz pornô não guarda amargura contra os homens pela vida passada dela. Ela possui um discernimento profundo da natureza viciadora da pornografia e diz que compreende que só com a ajuda de Deus os homens conseguem sair do vício, assim como foi com a ajuda de Deus que ela deixou essa indústria.
“Homens, Deus ama vocês! Eu amo vocês também e sempre orarei por todos vocês, para que as cadeias sejam quebradas”, diz ela. “Você é escravo da pornografia tanto quanto qualquer atriz pornô. Se você está vendo pornografia ou está viciado à pornografia, você está tentando encher um vazio dentro de você que só Deus pode preencher. Toda vez que você olha pornografia, você está aumentando o vazio, e você destruirá sua vida”.
Ela diz que a pornografia é “maligna” e “é uma droga, veneno e mentira”.
“Se você pensa que poderá guardá-la no escuro, Deus a tirará para fora, para a luz, para deter você e curar você”.

Num apelo muito franco, Case concluiu a entrevista dizendo: “Essas mulheres são preciosas e merecem ser amadas exatamente como vocês merecem. Há uma pessoa real do outro lado das imagens que você está vendo, e você está destruindo a vida dela e a vida dos filhos dela. Em toda pornografia existe a filha de alguém. E se fosse a sua filhinha? Você pode realmente estar ajudando na morte de alguém! Atores e atrizes pornôs morrem o tempo todo de AIDS, overdoses de drogas, suicídios, etc. Por favor, parem de olhar pornografia”.

Fonte: Julio Severo / Gospel Prime

%d blogueiros gostam disto: