Posts tagged ‘Pr. Elianar Nunes’

30/01/2019

MOTIVO DE ESPERANÇA – SEMINÁRIOS NA GUIANA, AMÉRICA DO SUL


No início deste ano, World MAP foi privilegiada pela primeira vez para conduzir seminários quatro pastores na Guiana, uma pequena nação do sudeste da Venezuela.

Na equipe comigo eram Jorge Lara (Media e Coordenador Seminário) e nossa belos hotéis, Pastores Ravindra e Michelle, que ministraram na Guiana por décadas.

A Guiana é de língua Inglês, com uma história longa e variada como uma nação colonizada. A população é principalmente Indo-Guiana (40%) e afro-guianense (30%), descendentes dos trabalhadores das plantações da Índia e da África. Os ameríndios representam apenas 10% da população.

Guiana tem a quarta maior taxa de suicídio no mundo, um fato surpreendente, considerando a população total é de apenas 750.000 pessoas (provavelmente uma ligação espiritual ao Jonestown cult assassinato-suicídio em massa em 1978). indústria pequena e uma escassez de postos de trabalho também contribuem para a sensação geral de desesperança. Há abuso de drogas e substância pesada.

É claro agora por que o Senhor falou para mim em oração pré-seminário sobre dar a razão pastores de esperança!

SERVIÇO DE ALEGRIA NA

Fomos recebidos com grande amor em cada seminário. prontidão ansiosos os pastores para receber a Palavra de Deus era evidente, como foi sua abertura para o trabalho do Espírito Santo.

Poucos pastores tiveram treinamento formal Bíblia, e muitos participaram populares ministério “eventos” ocidentais. Então, eles estavam com fome para mais sólida, ensino linha-upon-line e prático ajuda ministério.

Os pastores estavam ansiosos para aprender, tomando notas e fazendo grandes perguntas. Tivemos muitos encontros maravilhosos, conversas, momentos de oração, amizades e muito fecundo ministério durante o nosso tempo na Guiana.

Nesta viagem memorável, viajamos por ônibus, avião, táxi, van, barco e ferry para as quatro seminários realizados em Demerara, Linden, Essequibo e Berbice.


Por favor, desfrutar de alguns pequenos excertos do diário de viagem Mundial MAP Guiana:

Demerara

“Tivemos um bom primeiro dia com os pastores. Para o jantar, o grupo dos homens da igreja nos trouxe “caldo de peixe” e ficou a comunhão conosco. O que um grande momento! …

“Tivemos um tempo forte neste seminário. Eu ensinei sobre o Reino de Deus, a Igreja e fazer discípulos. Senti-me levou a concluir com um ensinamento sobre a unção do Espírito Santo. Foi um poderoso tempo com um forte movimento do Espírito Santo …

“Muitos, muitos pastores expressa como abençoado e tocou eram pelo seminário. Deus é bom e faz com que esses tempos tão fecunda. ”

LINDEN

“Este seminário vai extremamente bem. Deus deu favor e os pastores estão absorvendo cada palavra. Estamos nos divertindo muito juntos. Eles são realmente um grupo maravilhoso …”

Essequibo

“Pelo menos 10 grupos religiosos diferentes estão em atendimento. Temos uma honra especial, como 15 índios nativos viajaram longas horas (até dias) das selvas circundantes para se juntar com a gente …

“Quando terminei o ensino sobre o Reino, houve uma poderosa resposta pelos pastores, comprometendo-se a ser Unido pastores e fazer maneira a obra de Deus de Deus …

“Nós tivemos um tempo fabuloso aqui. A resposta dos pastores para o trabalho da Palavra e do Espírito era profundo …

“Depois de voltar para Demerara, que foram servidos Iguana para o jantar. Foi Boney e não muito carne, com a pele sobre ele em um tipo de ensopado. Eu tinha um segundo ajudando!”

Berbice

“Palavra é mais sobre os seminários mapa do mundo aqui na Guiana e pastores estão chamando de todo como eles tentam entrar neste seminário final. Estou animado para estar com os pastores para os próximos dias …

“Tivemos um acabamento forte hoje. Senti uma sensação especial da presença do Espírito em direção ao final da mensagem. Nós começou a invocar o nome do Senhor – e Ele realmente mudou! Os pastores estão com fome para o ensino e excepcionalmente sensível ao Espírito …”


UMA PALAVRA FINAL

Sou muito grato ao Senhor por todos que ajudaram a fazer os seminários da Guiana possível. A maioria dos pastores Guiana trabalhar em empregos regulares, e só recebem uma média de $ 200 por mês. Eles fazem tanto com tão pouco.

Por causa de sua generosidade e amor por eles, muitos pastores (que de outra forma não teria sido capaz de atender) receberam ministério de mudança de vida. Eu gostaria que você pudesse testemunhar o quanto os seminários e própria sua Cajado significa para cada um deles.

Embora esperamos voltar, por favor, continue comigo para realizar-se em oração que o Senhor já começou na Guiana, para a glória de Jesus Cristo!

 

 

 

 

 

pelo Dr. Frank Parrish

12/09/2012

Esforços para a libertação de Youcef Nadarkhani são aplaudidos pela BCLJ


O Centro Brasileiro para Lei e Justiça (BCLJ) aplaudiu os esforços internacionais para libertar o pastor iraniano Youcef Nadarkhani, diz o diretor da BCLJ, Filipe Coelho.

O pastor Youcef foi libertado neste sábado depois de ser absolvido da acusação de apostasia. Suas acusações foram reduzidas a evangelismo aos muçulmanos que tem a pena de três anos de prisão, mas como já cumpriu este tempo, Youcef foi libertado.

“Nós aplaudimos os esforços internacionais para assegurar que a justiça fosse feita e a liberdade preservada”, disse Filipe Coelho.

Entretanto, o Irã ainda tem a necessidade de melhorar as aparências por condenar o pastor Youcef de evangelizar muçulmanos. Segundo Filipe, o direito universal de liberdade de religião inclui não somente o direito de mudar de religião como também o direito de expressar exteriormente uma fé.

“A insistência do Irã de achar pastor Youcef culpado de alguns crimes representa seu padrão contínuo de supressão à liberdade religiosa com táticas de intimidação”, afirmou.

Depois da vitória, Filipe acredita que a pressão internacional pode fazer a diferença.

Open in new windowNo caso do Brasil, que tem boas relações diplomáticas com o Irã, o país manteve semanalmente reuniões entre o embaixador do Irã no Brasil, Mohammad Ali Ghanezadeg Ezabadi e o senador Magno Malta e o presidente do Partido Social Cristão (PSC), Pr. Everaldo Pereira, em prol da libertação de Youcef.

Além disso, pastores e líderes evangélicos brasileiros protestaram durante a Conferência da ONU sobre Desenvolvimento Sustentável, Rio +20, bem como enviaram uma carta direta ao presidente do Irã, Mahmoud Ahmadinejad exigindo que o Irã libertasse o pastor. Tais ações tiveram resultados positivos, segundo Filipe.

Uma campanha do Twitter “Tweet para Youcef” atingiu mais de 3 milhões de contas, com o intiuito de levar notícias e informações sobre o pastor cristão preso. Segundo o Centro Americano para Lei e Justiça (ACLJ), a história do pastor esteve alcançando a cada dia 2.246.388 contas de Twitter na língua inglesa e 785.921 na língua portuguesa, através da BCLJ.

Na semana passada, Filipe disse em um email ao The Christian Post. que a campanha poderia trazer consciência mundial para a situação do pastor e criar um despertar internacional para o abuso dos direitos humanos no Irã. Os resultados disso, Filipe disse ele, seriam de um esforço multinacional a pressionar o Irã a cumprir suas obrigações internacionais, que inclui a de proteger o direito de uma pessoa exercer livremente a sua fé. Com a libertação de Youcef, os resultados parecem estar se cumprindo.

Youcef Nadarkhani foi preso em 13 de outubro de 2009, depois de protestar contra a decisão do governo de forçar todas as crianças, incluindo seus próprios filhos cristãos, de ler o Alcorão.

Youcef foi inicialmente acusado de protestar, mas as acusações foram posteriormente alteradas para a apostasia e evangelismo aos muçulmanos. Em 2010, ele foi condenado à morte e a decisão foi confirmada pelo Tribunal Supremo do Irã no ano passado.

Nadarkhani, que está agora com sua família, agradeceu os esforços e orações de todos ao redor do mundo por sua libertação.

“Obrigado a todos que me apoiaram com as suas orações,” Nadarkhani disse, de acordo com Present Truth Ministries.

Fonte: The Christian Post

29/03/2011

Que Deus continue Abençoando a todos Aniversariantes des Mês.


COMUNIDADE EVANGELICA PALAVRA DA VIDA, felicita a todos Aniversariante deste Mês.

Graça e Paz a todos.

25/02/2011

Qual o tempo certo para o casamento?


O tempo certo para o casamento é diferente para cada pessoa e único em cada situação. Níveis de maturidade e experiência de vida são fatores que variam bastante; algumas pessoas estão prontas para se casar com 18 anos, e outras nunca estão prontas. Quando lemos os classificados e os anúncios: “Divórcio – $199!”, é bem óbvio que a maioria da nossa sociedade não enxerga o casamento como um compromisso para a vida inteira. No entanto, essa é a visão do mundo, que muito frequentemente vai de encontro à visão de Deus (1 Coríntios 3:18).

Um alicerce firme para um casamento ter sucesso é fundamental e deve ser resolvido antes de uma pessoa começar a namorar um possível cônjuge. Nossa caminhada Cristã deve incluir mais do que apenas ir à igreja aos domingos ou fazer parte de um estudo Bíblico. Temos que ter um relacionamento pessoal com Deus que existe apenas quando confiamos e obedecemos a Jesus Cristo. Precisamos nos educar sobre o casamento e procurar obter a visão de Deus sobre o casamento para então podermos nos dedicar totalmente à aventura que é o casamento. É preciso saber o que a Bíblia diz sobre amor, compromisso, relações sexuais, o papel do marido e da esposa e sobre as expectativas que Deus tem de nós antes de nos comprometermos ao casamento. Ter pelo menos um bom casal Cristão como modelo também é importante. Eles podem responder nossas perguntas sobre os fatores que fazem parte de um casamento de sucesso, como eles criam intimidade (além do físico), como sua fé é importante em suas vidas, etc.

Antes de considerar casamento, o casal deve ter certeza de que não estão em jugo desigual, quer dizer, que um é seguidor de Cristo e o outro não. 2 Coríntios 6:14-15 diz: “Não vos ponhais em jugo desigual com os incrédulos; porquanto que sociedade pode haver entre a justiça e a iniqüidade? Ou que comunhão, da luz com as trevas? Que harmonia, entre Cristo e o Maligno? Ou que união, do crente com o incrédulo?” Para um Cristão de livre e espontânea vontade se casar com um incrédulo não só seria um pecado, mas um erro grave pelo qual ele (ela) iria inevitavelmente se arrepender. Cristãos são membros da família de Deus, e incrédulos são inimigos de Deus (Colossenses 1:19-22). Todos nós estamos sob o controle de Deus ou de Satanás, e essas duas forças não podem viver juntas em harmonia (Atos 26:18).

Um futuro casal também precisa ter certeza de que se conhecem bem. Eles devem conhecer a opinião da outra pessoa sobre o casamento, finanças, parentes, como criar filhos, disciplina, tarefas do marido e da esposa, se um ou os dois vão trabalhar fora de casa, assim como o nível de maturidade espiritual do seu possível cônjuge. Muitas pessoas se casam acreditando apenas no que a outra pessoa disse sobre ser um Cristão, apenas para descobrir depois que era tudo uma farsa. Todo casal que está considerando casamento deve fazer parte de aconselhamento pré-nupcial com um conselheiro Cristão ou pastor. Na verdade, muitos pastores não vão executar o casamento a menos que tenham se reunido várias vezes com o casal para aconselhamento.

Casamento é não só um compromisso, mas uma aliança com Deus. É um compromisso de permanecer com a outra pessoa pelo resto de sua vida, quer seu cônjuge seja rico, pobre, saudável, doente, gordo, magro, ou entedioso. Um casamento Cristão deve resistir a todas as circunstâncias, incluindo brigas, raiva, devastação, desastres, depressão, amargura, vícios e solidão. Ninguém deve entrar em um casamento achando que divórcio é uma opção – nem mesmo como o último recurso quando um casal acha que acabou de aguentar a última gota. A Bíblia nos diz que através de Deus, todas as coisas são possíveis (Lucas 18:27), e isso com certeza inclui o casamento. Se o casal faz a decisão no início de honrar seu compromisso e de colocar Deus em primeiro lugar em suas vidas, divórcio não vai ser uma solução inevitável para uma solução miserável.

É importante enfatizar que Deus quer nos dar os desejos de nosso coração, mas isso só é possível se nossos desejos forem iguais aos dEle. Ele tem um plano para cada um de nós, e esse plano pode incluir casamento ou não. Casamento e família são geralmente os próximos passos depois que alguém termina seus estudos e / ou consegue um emprego. Mas Paulo diz em 1 Coríntios 7:7: “Quero que todos os homens sejam tais como também eu sou; no entanto, cada um tem de Deus o seu próprio dom; um, na verdade, de um modo; outro, de outro”. Isso talvez não seja evidente para uma pessoa de primeira. Talvez eles só vão perceber que esse é o plano de Deus para suas vidas depois de anos à procura de um parceiro sem nunca ter encontrado a pessoa certa.

Muitas pessoas se casam porque acham que isso é a coisa certa a fazer. No início do namoro, e até mesmo do casamento, ao ver a outra pessoa, de repente você sente aquele frio na barriga. Romance está no seu auge, e você sabe o que é “estar apaixonado”. Muitos acham que esse sentimento vai durar para sempre. Infelizmente, não é esse o caso. O resultado pode ser decepção ou até divórcio quando esses sentimentos mudam, mas aqueles que estão em casamentos felizes sabem que a alegria de estar com a outra pessoa não tem que acabar. Ao contrário, aquele “frio” abre as portas para um amor mais profundo, um compromisso mais forte, um alicerce mais sólido e uma segurança inquebrável.

A Bíblia deixa bem claro que a definição de amor não depende de sentimentos; isso é evidente quando Deus nos manda amar nossos inimigos (Lucas 6:35). É possível apenas quando deixamos o Espírito Santo trabalhar através de nós, cultivando o fruto da nossa salvação (Gálatas 5:22-23). É uma decisão que temos que fazer diariamente para morrer para nós mesmos e nosso egoísmo, e para deixar que Deus brilhe atravésde nós. 1 Coríntios 13:4-7 nos diz como devemos amar outras pessoas: “O amor é paciente, é benigno; o amor não arde em ciúmes, não se ufana, não se ensoberbece, não se conduz inconvenientemente, não procura os seus interesses, não se exaspera, não se ressente do mal; não se alegra com a injustiça, mas regozija-se com a verdade; tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta”.

Fonte: Got Questions

%d blogueiros gostam disto: