Posts tagged ‘Rede Globo’

24/09/2015

Rede Globo ignora o Cristo da “Cristolândia”


miss3Do ponto de vista jornalístico, existem várias maneiras de se contar uma história. Durante o programa Fantástico deste domingo (21), a Rede Globo tentou fazer o improvável.

Usando como pano de fundo a personagem Larissa da novela Verdades Secretas, a emissora carioca quis mostrar um pouco da vida dos dependentes químicos que vivem na chamada Cracolândia, no centro de São Paulo.

O foco da matéria foi a história de superação de Lodemir e Eliene. Esses dois ex-usuários de drogas viviam no mundo das drogas e foram inclusive presos. Contudo, encontraram uma vida nova ao terem contato com o trabalho dos evangélicos que criaram o espaço conhecido como Cristolândia.

Pertencente a Igreja Batista, o trabalho de recuperação de drogados é bastante conhecido, tendo sido mostrado por vários veículos de imprensa. Mas a abordagem do Fantástico chegou aos limites da “neutralidade”.

Ao contar os dramas vividos por Lodemir, que só conseguiu largar o vício depois de 22 tentativas, e de Eliene, que viveu mais de um ano nas ruas da Cracolândia antes de aceitar ajuda dos evangélicos, o motivo da mudança de vida dos dois foi ignorado.

A única menção a Jesus era a camiseta amarela usada pelos dois com o lema do trabalho: “Jesus Transforma”. Em vez de missionários, utilizou-se o termo voluntário para falar dos que trabalhavam no centro de recuperação. Deus simplesmente não fazia parte da equação. Para a edição da Globo, tudo foi mérito da força de vontade humana.

Embora seja uma bela história de superação, a matéria simplesmente não abordou que esses dois, entre tantos outros recuperados, precisaram nascer de novo. O que os missionários têm oferecido é muito mais que um tratamento efetivo para se largar as drogas. Para o Fantástico, Cristo ficou fora da Cristolândia. Felizmente as centenas de vidas ali transformadas pelo evangelho atestam o contrário. Uma pena que a TV não mostrou isso claramente.

09/09/2013

Líderes petistas contrários aos evangélicos vão ajudar a pagar dívida deixada pelo Papa


Líderes petistas contrários aos evangélicos vão ajudar a pagar dívida deixada pelo Papa Após o final da Jornada Mundial da Juventude, a Arquidiocese do Rio de Janeiro ficou com uma dívida milionária. Segundo o bispo auxiliar, dom Antônio Augusto, os gastos com a Jornada foram estimados em R$ 350 milhões. A sede da Igreja Católica no Rio não informou o montante do “prejuízo”, mas estima-se que seja mais de 100 milhões de reais.

Antes e durante sua realização, o evento foi muito criticado pois recebeu investimentos de R$118 milhões dos cofres públicos. Foram fundos do governo federal, municipal e estadual. O Federal gastou R$62 milhões, quase metade desse valor apenas para ações de segurança. O governo estadual investiu R$28 milhões e o municipal mais R$28 milhões para receber o pontífice.

Segundo notícias veiculadas pelos jornais Folha de São Paulo e O Globo, uma das primeiras opções foi a venda de um imóvel que pertence à Casa do Pobre de Nossa Senhora de Copacabana. Propriedade da Arquidiocese, no local atualmente funciona o hospital Quinta D’OR, mas está alugado desde 2001. A Rede D’OR pagou R$ 46 milhões pelo espaço no final de agosto.

Ainda de acordo com a imprensa, desde o fim da Jornada, o arcebispo do Rio, dom Orani Tempesta, tem pedido ajuda a empresários e políticos para encontrar uma solução para a dívida.

Já está sendo avaliada a possibilidade de vender o antigo prédio do Hospital São Francisco de Paula, da Ordem de São Francisco dos Mínimos. Os recursos seriam repassados como empréstimo para o Instituto Jornada Mundial da Juventude. A opção mais viável no momento é colocar à venda o cemitério do Catumbi, no Rio de Janeiro, que valeria cerca de R$ 80 milhões.

Com apoio da Rede Globo, a Arquidiocese lançou uma campanha para arrecadar o que falta. Os fiéis podem depositar qualquer quantia na conta do Instituto Jornada Mundial da Juventude. O anúncio foi feito no Jornal Nacional, que também mostrou a abertura de uma auditoria “pra poder exatamente sabermos o que aconteceu, o que está acontecendo, pra que saber onde foi aplicado cada centavo e quais são as verdadeiras necessidades”, explica Orani.

Nos últimos dias, dom Orani Tempesta recebeu conselhos de José Dirceu, ex-ministro da Casa Civil, e forte liderança no PT. O arcebispo é amigo de Evanise Santos, ex-mulher do petista. Os dois almoçaram juntos recentemente. Outro petista que está se movimentando para ajudar a Igreja é Gilberto Carvalho, ministro-chefe da Secretaria Geral da Presidência da República.

Curiosamente, os dois líderes petistas criticaram as igrejas evangélicas no ano passado. Em janeiro de 2012, Gilberto Carvalho afirmou que era preciso que o governo se preparasse para um “confronto ideológico” com os evangélicos, que incluiria a formação de uma rede de comunicação para aplacar a força de igrejas que usam a televisão para propagar sua mensagem.

Em março, Dirceu escreveu em seu blog pessoal: “Não podemos ficar na defensiva e no recuo frente à violência e à chantagem de certos setores evangélicos que querem interditar o debate sobre esses temas no país e patrulhar todas as políticas públicas com relação às questões do aborto e da homossexualidade. Esses grupos buscam impor ao Estado brasileiro uma visão preconceituosa e repressiva”. Com informações de G1, Radar On-line e Folha de SP.

13/12/2012

Gravação do Festival Promessas reúne cerca de 100 mil pessoas em São Paulo


Gravação do Festival Promessas reúne cerca de 100 mil pessoas em São Paulo

Neste sábado (08), aconteceu a gravação do show do Festival Promessas 2012 em São Paulo.

Realizado no Campo de Marte, o evento reuniu cerca de 100 mil pessoas.

O show começou com muita alegria, calor e agitação com a apresentação de  Serginho Groisman. O primeiro a se apresentar para a multidão foi André Valadão.

Com shows de mais ou menos 45 minutos, a galera foi embalada por  Cassiane, Aline Barros, Fernandinho, Thalles Roberto e Diante do Trono.

O Show irá ao ar pela Rede Globo no próximo sábado (15), logo após o programa Estrelas.

 

Fonte: Guia-me

04/12/2012


Foi de 28 pontos a média de audiência da novela ‘Salve Jorge’, da Rede Globo, na semana passada na Grande São Paulo, segundo o Ibope. Foi a pior média desde a semana de estreia, no final de outubro.

Em resumo, a novela global não ‘decolou’. E isso é um desastre para a emissora.

Segundo o jornalista Lauro Jardim, em sua coluna no site da Veja, o que tem compensado para a Globo é que as emissoras concorrentes também não emplacaram nada nestas últimas seis semanas.

Fonte: Verdade Gospel

27/11/2012

Cantor Thalles Roberto participa do ‘Altas Horas’ da Rede Globo


O cantor Thales Roberto gravou uma participação no programa ‘Altas Horas’ da Rede Globo, comandado pelo apresentador Serginho Groisman, na última quinta-feira (22).

“Deus abriu uma grande porta para a igreja do Brasil! Hoje vou gravar o ALTAS HORAS na Globo! Orem por mim!!! #sejamcheiosdoespiritosanto”, escreveu Thalles em seu Twitter.

Ele informou também a data de exibição do programa gravado. “Atenção irmãos amados! Sábado dia 08/12 será a exibição do programa ALTAS HORAS que acabei de gravar!”.

Recentemente, Thalles e Serginho estiveram juntos na coletiva do ‘Festival Promessas’, promovido pela Rede Globo.

Serginho Groisman, que será, pela segunda vez, o apresentador do evento, elogiou a música gospel. “Pude conhecer profundamente a música que eu não tinha tanto conhecimento. Me impressionei e continuo impressionado com a qualidade musical”.

Recentemente, segundo site oficial do cantor, Thalles recebeu convite para intitular um projeto internacional em parceria com a Full Sail University – USA, projeto este que está sendo gravado na Califórnia e Orlando.

O projeto está sendo produzido por Sebastian Krys, um renomado produtor musical que já trabalhou com grandes nomes da música mundial como Rick Martin, Gloria Stefan, Will Smith, The Black Eyed Peas entre outros.

 

Fonte: The Christian Post

27/11/2012

Congresso em Recife ganha destaque na TV Globo


Congresso em Recife ganha destaque na TV GloboA TV Globo do Nordeste destacou na 2ª edição do programa NETV o Congresso de Avivamento Despertai que aconteceu na capital pernambucana no último final de semana reunindo mais de 4 mil pessoas.

Esta foi a 22ª edição do evento que é organizado pela Associação Vitória em Cristo tendo o pastor Silas Malafaia e o conferencista internacional Dr. Samuel Chand como preletores.

A parte musical contou com a participação dos cantores Jotta A, Dayan Alencar, Danielle Cristina, Nani Azevedo, Jozyanne, Raquel Mello, Rachel Malafaia e Marquinhos Menezes e Lilian.

Evangélicos de diferentes denominações lotaram o Centro de Convenções em Pernambuco nos três dias de congresso. A AVEC comemora que neste evento mais de 50 pessoas entregaram suas vidas a Cristo.

A reportagem conversou com alguns participantes e também mostrou partes da ministração de Malafaia e um trecho do momento de louvor.

Fonte: Gospel Prime

26/11/2012

Segundo Edir Macedo, Igreja Católica e Globo são os maiores inimigos da Igreja Universal


Segundo Edir Macedo, Igreja Católica e Globo são os maiores inimigos da Igreja Universal Segundo Edir Macedo, Igreja Católica e Globo são os maiores inimigos da Igreja Universal

O primeiro volume da biografia de Edir MacedoNada a Perder, tem sido considerada o maior sucesso editorial de 2012. Após ser lançado em eventos concorridos em 28 cidades no Brasil, o livro vendeu 350 mil exemplares em dois meses. Também lançado na versão em espanhol em diversos países da América Latina, já alcançou mais de 94 mil cópias vendidas.

Nada a Perder chegará em breve à Europa, com lançamento programado para Madrid, (8/12) e Lisboa (15/12) Uma versão em francês deve ser lançada em Paris, no começo de 2013.

A entrevista concedida à revista Istoé desta semana, onde é matéria de capa, o bispo Edir Macedo concede a primeira entrevista em sete anos. Além de comentar o sucesso do seu novo livro, o líder religioso fala sobre a perseguição sofrida pela Igreja Universal, o monopólio da Rede Globo e os investimentos na Rede Record.

“O nome do meu livro não é uma mera expressão literária. Não tenho nada a perder. E isso é um recado claro e direto a quem interessar”, resume.

Macedo conta também como serão os grandes investimentos no próximo ano para consolidar a busca pela liderança da Rede Record. “Construímos um departamento de jornalismo sólido e com credibilidade, uma fábrica de novelas própria com milhares de funcionários e um projeto comercial que conquistou a confiança dos anunciantes. Nossa meta é a liderança, não importa o tempo que isso demore para acontecer”.

Ele lamenta o que chama de “monopólio” da Rede Globo nas telecomunicações do país.  “No último encontro que tive com a presidenta Dilma, em Londres, durante os Jogos Olímpicos, procurei mostrar a ela e aos demais ministros que a democracia nos meios de comunicação, principalmente na televisão, é o melhor caminho para o Brasil. Alertei a presidenta que o monopólio é um caminho perigoso”.

Macedo ressalta que seu principal objetivo de vida não é esse, mas sim a expansão da Igreja Universal. Mesmo já possuindo centenas de templos espalhados pelo Brasil e por 182 países, com cerca de 5.800 pastores, bispos e outros funcionários remunerados, a IURD quer continuar ajudando o maior número possível de pessoas a encontrarem um novo caminho para suas vidas através da fé.

Ao longo dos 35 anos que lidera sua denominação evangélica, Macedo já enfrentou acusações de charlatanismo, curandeirismo e enriquecimento pela exploração da fé alheia. Mesmo assim, a Igreja Universal pode ser considerado um dos maiores fenômenos religiosos das últimas décadas.

“A Igreja Universal foi e continua sendo atacada. Isso não acabou. Somos sempre alvo de certos setores da sociedade incomodados com a perda de espaço e privilégios, como a Globo e o Vaticano. Há um claro preconceito por trás disso. Uma postura agressiva velada. Ou alguém duvida que a Globo só me ataca e ataca a Igreja Universal por causa da Record? Para eles, a Record é uma ameaça”, ressalta.

Macedo deixa claro que um dos segredos da Universal é a sua capacidade de auxiliar na reinserção social, especialmente na recuperação de criminosos e no atendimento à saúde. “A Igreja Universal permite ao Estado economizar bilhões em tratamento hospitalar e na ressocialização de presos”, descreve o bispo. Ele é enfático: “A Igreja Universal é um pronto-socorro espiritual. Ela recebe gente que sofre com os mais variados males, entre eles dificuldades financeiras”.

Mas não é só isso. “Vivemos em uma sociedade que gera tristeza e depressão. Com isso, as pessoas buscam falas confortantes como as que são feitas por Edir Macedo”, acredita João Batista Libanio, da Faculdade Jesuíta de Filosofia e Teologia de Belo Horizonte (MG).

O líder da IURD reafirma na entrevista que “a sina da Universal é barrar a Igreja Católica”. Para ele, sua prisão em 1992 foi uma tentativa dos católicos de interromper o crescimento da IURD. Os 11 dias em que passou numa cela naquele ano foi conseqüência do que chama de “perseguição do Clero Romano”. “Eram políticos de prestígio, empresários da elite econômica e social, intelectuais, juízes, desembargadores e outras autoridades do Poder Judiciário que tomavam decisões sob a influência do alto comando católico”, acredita.

Tudo teria começado, segundo ele, quando Edir ainda era bem jovem e ocupava um emprego público na Loteria do Rio de Janeiro. Certo dia, seguindo ordens, impediu a entrada de um monsenhor, enviado pelo arcebispo para recolher dinheiro que   algumas sociedades católicas recebiam das loterias.

“Eu barrei a Igreja Católica naquele dia… E, simbolicamente, seria um prenúncio do que se tornaria a sina da Igreja Universal ao longo dos anos”, acredita.

Perseguição, aliás, é algo o bispo conhece desde a infância. Ele lembra que sofreu bullying. O motivo seria um problema físico nas mãos: seus dedos indicadores são tortos, os polegares finos e todos se movem pouco. “Muitas vezes senti um certo complexo de inferioridade, me considerava o patinho feio da escola e até da família. Sempre fui motivo de zombaria. Muitos adultos e meninos da minha idade me chamavam de dedinho.”

Fonte: Gospel prime

24/11/2012

Globo se aproxima dos Evangélicos tentando diminuir a aversão pela emissora – diz colunista


Os cristãos evangélicos, não numa totalidade, mas uma grande parte vêem os programas apresentados pela Rede Globo como, em alguns casos afrontas a fé cristã/evangélica. O colunista da Folha publica um post falando sobre este tema e aborda a tentativa da emissora em “aplacar a ira santa” se aproximando dos evangélicos.

Tony Góes, publicitário e colunista do jornal Folha de S. Paulo, disse em uma publicação que aproximação da TV Globo em relação aos líderes evangélicos seria para “aplacar a ira santa”.

Tony afirma que a aproximação da emissora com a comunidade evangélica seria um contra-ataque à Igreja Universal do Reino de Deus que controla a Record, que segundo ele, “não perde uma oportunidade para pintar a Globo como uma das sucursais do inferno na Terra”.

O colunista comenta que para “aplacar a ira santa”, a Globo transmitirá em dezembro mais uma edição do festival “Promessas”, de música gospel e que com sentido comercial, “recheou” o elenco de sua gravadora Som Livre com “astros do gospel”, já que estão entre os poucos que ainda costumam vender muito bem.

Com relação as reuniões que a cúpula da emissora tem realizado com lideranças evangélicas, estreitando laços com o segmento que não para de crescer no Brasil, Tony levanta a questão do sentido de tal aproximação.

“O que isto quer dizer? Que vai diminuir o número de personagens homossexuais nas novelas? Que as periguetes vão trocar os shorts minúsculos por mangas compridas e saias até o chão? Ou é só diplomacia?” questiona o colunista.

Para Tony, as reações serão diversas já que entre os evangélicos não há um pensamento unificado, “são muitas as correntes”, tornando uma situação para ele interessante de se acompanhar já que também observa que a “reação do resto da sociedade” tem mostrado “sinais de desconforto com a intromissão do conservadorismo religioso na vida comum – haja visto o resultado da eleições em São Paulo. Vem uma briga boa por aí”, Conclui Tony Góes.

Fonte: inforgospel

16/11/2012

Globo por “aproximação com os evangélicos” se reúne com pastores e líderes


A Rede Globo quer uma “aproximação com os evangélicos”, após o Festival Promessas 2011 e 12, o anúncio que entrará no mundo das feiras com a FeiraGospel em 2013. A emissora promove reunião com pastores e líderes de associações evangélicas para tentar viabilizar agenda de eventos junto com as Igrejas para 2013.

Na segunda-feira última dia 12/11, mais de quinze líderes evangélicos visitaram o Projac para uma reunião com Amauri Soares, diretor de Projetos e Eventos Especiais da Globo.

O tema do encontro foi a maior “Aproximação com os evangélicos. Festival Promessas nos estados”. Segundo o colunista da Veja, Lauro Jardins, as partes vão discutir sobre como viabilizar uma maior aproximação entre a Globo e os evangélicos a partir de 2013.

Estiveram presentes na reunião, o bispo Robson Rodovalho, da Igreja Sara Nossa Terra, Francisco Paixão, presidente da CONCEPAB, Wilton Acosta, presidente da FENASP, apóstolo Edmilson Oliveira, da Igreja Evangélica em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, entre outros líderes da Confederação dos Conselhos de Pastores e Evangélicos do Brasil (CONCEPAB).

Apesar de críticas à emissora por parte de evangélicos, os líderes estão positivos na relação e acreditam que isso possibilitará a maior divulgação do Evangelho.

Para alguns comentaristas da notícia, a iniciativa pode até ser vista como uma oportunidade de ter um programa na maior rede de TV do Brasil.

A evento veio depois de iniciativas da emissora em alcançar a massa evangélica através de eventos.

Em 2011, a Globo, através da sua empresa de entretenimento Geo Eventos, realizou o Festival Promessas, cujo público alvo foi o evangélico.

A empresa também tem planos de lançar uma feiragospel, a “Feira Internacional Cristã”, que rivalizará com a atual ExpoCristã, considerada a maior feira de produtos cristãos na América Latina.

11/11/2012

Público Evangélico terá mais investimentos da Globo além do “Festival Promessas”


Os evangélicos, segundo o colunista Lauro Jardim do Radar on-line da revista Veja é um público que esta agradando os produtores de eventos da Rede Globo. Além do Festival Promessas anunciado para ir ao ar dia 15 pela emissora está também preparando a Feira Internacional Cristã para mês de julho/13 em SP. A Rede Globo investiu em 2011 no Festival Promessas que foi realizado no Rio de Janeiro e conseguiu reunir um público de 20 mil pessoas no local do evento, conforme divulgado e neste ano/2012 os organizadores vão promover o evento em São Paulo no dia 08/12, no Campo de Marte. O show terá exibição nacional pela TV Globo no dia 15/12 como nomes de expressão nacional da música gospel (veja matéria). A expectativa de público para o evento no dia 08/12 é de 100 mil pessoas entre evangélicos e não evangélicos que gostem da música gospel participando do evento, é o esperado pelos organizadores.

Diante desta realidade acontecida no Festival Promessas de 2011 no Rio de Janeiro e a expectativa para o evento de 2012, a Globo dará mais um passo rumo ao público evangélico. A Geo Eventos, empresa de entretenimento que organizou o evento no Rio em 2011 e esta responsável pelo de 2012, e que  faz parte do grupo, fará a Feira Internacional Cristã, em julho, em São Paulo(segundo Lauro Jardim).

A ideia é rivalizar com a ExpoCristã, que já está sendo preparado um evento pelo grupo EBF Comunicações que vai promover o Prêmio de Excelência Cristã – Revista Igreja, a ser realizado no dia 10 de dezembro de 2012, às 20 horas, no Salão Nobre do Maksoud Plaza, em São Paulo. Na noite de premiações será lançada a EXPOCRISTÃ 2013 – o maior evento internacional de produtos e serviços para cristãos, que acontecerá em setembro/13., a maior do setor na América Latina.

Fonte: Creio.com.br.

%d blogueiros gostam disto: