Posts tagged ‘respeito’

06/12/2012

Muçulmanos atacam pastor evangélico que pregava na Índia


Muçulmanos atacam pastor evangélico que pregava na ÍndiaO site do Portas Abertas recebeu a informação de que um pastor foi atacado por muçulmanos por estar pregando o evangelho para a população.

No dia 23 de novembro o pastor Lewis Mascarenhas ministrava para um público formado por muçulmanos que começaram a questionar a fé do pastor iniciando assim uma discussão a respeito da natureza divida de Cristo e de seus ensinamentos.

Para responder as questões o pastor calmamente teria distribuído algumas literaturas com as respostas bíblicas para as questões levantadas pelos presentes enquanto a notícia sobre a pregação corria pela cidade.

Furiosos, alguns muçulmanos se juntaram achando que o Mascarenhas estava obrigando os ouvintes a se tornarem cristãos e partiram para o ataque.

Mesmo estando gravemente ferido o pastor foi levado à delegacia onde os acusadores fizeram uma queixa contra ele dizendo que ele estava impondo sua fé aos demais. Após a abertura do processo os policiais levaram o pregador para o hospital sob custódia da polícia.

Por este motivo os muçulmanos radicais passaram a atacar diversas igrejas em Hospet e a proteção policial foi necessária também em instituições que são administradas por cristãos.

Fonte: Gospel Prime

 

04/12/2012

Centro inter-religioso pretende unir todas as religiões em busca da paz mundial


Centro inter-religioso pretende unir todas as religiões em busca da paz mundialO secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, e os ministros das Relações Exteriores da Arábia Saudita, Áustria e Espanha, participaram da abertura de um centro internacional para o diálogo inter-religioso no centro histórico de Viena.

O Centro Internacional para o Diálogo Inter-religioso e Intercultural Rei Abdullah Bin Abdulaziz é um projeto que busca ampliar o diálogo entre as diferentes religiões.  Patrocinado pelo governo da Arábia e co-patrocinado pela Áustria e Espanha, seu conselho será composto de um diretório formado por representantes católicos, protestantes, ortodoxos, judeus, budistas, hinduístas e pelas três principais vertentes do Islã: xiita, wahhabista e sunita.

Um observador do Vaticano ressaltou que a nova instituição tem como objetivo tornar-se “uma ponte para facilitar o diálogo entre religiões, a fim de melhorar a cooperação, o respeito à diversidade, justiça e paz”.

Os organizadores do Centro, que leva o nome do rei saudita, garantem que não haverá interferência política e que o conselho, será independente. ”O que tentamos mostrar é que a religião não deve ser vista não como parte de um problema, mas como parte de uma solução”, resumiu o ministro das Relações Exteriores da Espanha, José Manuel García-Margallo. Mas a inauguração do centro gerou um acalorado debate entre diferentes grupos de ativistas por causa do envolvimento da Arábia Saudita, berço do Islã e que não permite a existência de outras religiões em seu território. No entanto, os proponentes esperam promover uma maior tolerância nesta nação.

O secretário Ban Ki-moon lembrou dos atuais conflitos na Síria e as disputas entre israelenses e palestinos como exemplos que mostram a necessidade de “um entendimento a longo prazo que passa por fronteiras e identidades religiosas, nacionais, culturais e étnicas”.

O rabino David Rosen, representante do judaísmo no Centro Rei Abdullah, ressalta que o Centro tem programas para combater a intolerância e os preconceitos. Ele ressalta que “anunciaremos uma primeira iniciativa que envolverá as diversas comunidades religiosas – principalmente igrejas e mesquitas – para combater a mortalidade infantil e para favorecer uma educação básica para a saúde. Outros pontos são, por exemplo, a assistência aos órfãos da AIDS, a educação, os problemas relacionados ao ambiente. Também temos que reconhecer que ocorrem coisas terríveis em nome da religião… Há muitos conflitos que são conflitos territoriais, para os quais a religião é explorada. Eu conheço muito bem a Irlanda, mas isso também vale para o Sri Lanka, para a Caxemira, para a Nigéria. E particularmente para o meu país no Oriente Médio”.

O que originou a ideia deste novo centro foi a Conferência Internacional do Diálogo realizada em Madri, em 2008, com o patrocínio da Arábia Saudita. Margallo ressalta que a é um fórum de diálogo “não entre religiões, mas entre crentes de distintas religiões que compartilham valores e princípios para fazer com o que mundo viva mais em paz, mais estável e mais harmonioso”. Com informações Acontecer Cristiano e Unisinos.

Fonte: Gospel Prime

04/10/2012

Ministério oferece cursos de cinema e games para evangelismo


Ministério oferece cursos de cinema e games para evangelismoO Revivart Ministry passará a ministrar cursos on-line para formar profissionais cristãos com interesse em usar o Cinema e Games para a evangelização.

A partir de 2013 será possível participar dos cursos de animações 3D, 2D e Games através da Escola Online tainGment, instituição de Formações Diretas em Cinema e Games.

A ideia dos cursos nasceu do desejo de preparar novos profissionais para evangelizar utilizando estes canais. Os alunos terão um sistema de e-learning próprio, podendo assim ser acessado de qualquer parte do Brasil e exterior.

O projeto tainGment está sendo gerenciado pelo cantor gospel Manú Castro, que é presidente do Revivart Ministry, projeto lançado em 2009 com o objetivo de usar o entretenimento para evangelizar.

Manú Castro será um dos professores e também o principal mentor do instituto, podendo ensinar tudo o que sabe a respeito do uso dos filmes, desenhos, animações e jogos para levar a Palavra de Deus.

Para saber mais sobre o projeto acesse o www.taingment.com.

Fonte: Gospel Prime

04/09/2012

Justiça condena Renascer a pagar indenização a outra vítima do desabamento


Justiça condena Renascer a pagar indenização a outra vítima do desabamento Em menos de um mês o Tribunal de Justiça de São Paulo condenou a Igreja Renascer a pagar indenização a duas vítimas do desabamento de seu templo. No dia 22 de agosto a justiça determinou que os líderes paguem 50 salários mínimos (R$30 mil em valores atuais) para Matheus Ribeiro Nascimento, que estava na igreja do Cambuci no dia 18 de janeiro de 2009.

Como o fiel correu risco de morte por ter ficado preso debaixo dos escombros do templo a decisão do TJSP foi de que “não seria necessária a produção de qualquer prova a respeito do dano moral que alegou” dando vitória para a vítima.

Ainda cabe recurso, mas a juízes e desembargadores têm entendido que a Igreja Renascer deve pagar indenização pelo fato de ser a dona do imóvel. “O dono do edifício ou construção responde pelos danos que resultarem de sua ruína, se esta provier de falta de reparos, cuja necessidade fosse manifesta. Portanto, e por ser a Igreja Renascer proprietária da sede da igreja, é responsável pelos danos que lá ocorrerem sem a necessidade de se analisar a culpa, já que se trata de responsabilidade objetiva”.

A igreja fundada pelo casal Estevam e Sônia Hernandes tem acumulado derrotas na justiça, em primeira instância há diversos processos ganhos pelas vítimas, desde pessoas que se machucaram com a queda do teto, vizinhos que tiveram suas casas de alguma forma atingida pelo incidente e até mesmo parentes das vítimas fatais.

Em sua defesa a igreja simplesmente alega que ofereceu apoio e suporte para as pessoas que foram atingidas e que a maioria delas resolveram os casos através de acordos homologados pela Justiça.

As informações são do UOL.

 

 

%d blogueiros gostam disto: