Posts tagged ‘Seita’

03/12/2012

Seita peruana vive como nos tempos de Cristo e é investigada por tráfico


Marcha para Jesus no Haiti terá propósito humanitárioUma reportagem especial do programa Fantástico mostrou neste domingo (2) uma seita peruana que tem se espalhado pelo Brasil e outros países da América Latina, mas que tem preocupado a Polícia Federal brasileira por supostamente ter alguns membros que estão participando do plantio de coca.

Os membros da Associação Evangélica da Missão Israelita no Novo Pacto Universal (AEMINPU) vivem como na época de Jesus, adotando o mesmo estilo de vestimenta e alguns costumes daquele tempo, por este motivo eles são chamados de israelitas.

Mas não há ligações nem entre o judaísmo, nem às igrejas protestantes, mesmo tendo o nome de “evangélicos” já que eles acreditam que Jesus já voltou e que é o peruano Ezequiel Jonas Molina, filho de Ezequiel Gamonal o fundador da seita.

A reportagem da Globo conta que nos últimos 15 anos mais de 6 mil peruanos saíram dos Andes para viverem na sela amazônica na fronteira com o Brasil. O número crescente de moradores nessa área é o que preocupa as autoridades brasileiras que já apreendeu 1,8 toneladas de cocaína que seria consumida por brasileiros.

Ao questionar os líderes da seita sobre o possível envolvimento dos membros com o plantio da coca, o Fantástico teve a informação de que podem ser israelitas apenas na aparência, mas que a seita não concorda com este tipo de atitude.

24/11/2012

Bispo evangélico homenageia fundador da Cientologia


Bispo evangélico homenageia fundador da CientologiaEm uma cerimônia controversa, dia 10 de novembro, Franklin D. Harris, bispo da Igreja Batista Missionária de Watts, na Califórnia, ofereceu um exemplar da Bíblia de Estudo King James comemorativa dos 400 anos, como um “símbolo de reconhecimento e gratidão ao Sr. L. Ron Hubbard e por seu trabalho”. Em especial, ele citou o livro “O Caminho para a Felicidade”, definido como “um guia de bom senso para uma vida melhor”, que o bispo Harris disse ter usado para melhorar a sua própria vida e de sua congregação. Ele também preside o ministério Victory in Christ [Vitória em Cristo].

Um representante de Hubbard, falecido em 1986, recebeu a homenagem em um evento especial no Centro Comunitário da Igreja da Cientologia da cidade de Inglewood. O bispo Harris colocou o seu selo pessoal de aprovação e pediu que a Bíblia fosse colocada no Centro de Inglewood, como um símbolo de respeito pela memória do fundador da Cientologia.

“Eu gosto de ajudar os outros. O meu maior prazer na vida é ver uma pessoa libertar-se das sombras que escurecem os seus dias”. Essa frase de Hubbard foi usada na cerimônia para ressaltar seu “legado de sabedoria que permite a qualquer pessoa alcançar seus sonhos de felicidade e liberdade espiritual”.

A polêmica surgiu quase imediatamente, pois Hubbard que de um autor de livros de ficção científica passou a ser fundador da religião chamada Cientologia, famosa por ter vários seguidores entre os astros de Hollywood, em espacial Tom Cruise e John Travolta. Para os cristãos, a Cientologia é apenas mais uma seita que engana pessoas com promessas falsas. O fato de um pastor evangélico ter se pronunciado desse modo sobre o movimento e admitir que o material escrito por Hubbard influenciou seus sermões gerou pesadas críticas de movimentos conservadores.

Mas Harris não parece ver nada de errado nisso, chegando a dizer em um vídeo-testemunho que acredita que os ensinamentos do livro “O Caminho para a Felicidade” encontram eco na Bíblia e por isso, fez uma série de estudo em sua igreja colocando os dois lado a lado no púlpito. Além disso, envolveu os membros de sua igreja nas atividades da Igreja da Cientologia, numa espécie de “parceria para capacitação”.

L. Ron Hubbard escreveu vários livros que alcançaram mais de cem milhões de cópias distribuídas O mais famoso deles é “Dianética – A Ciência Moderna da Saúde Mental”, considerada a Bíblia da Cientologia, chegou às livrarias em 1950. Sua teoria central é que a fonte das doenças mentais e físicas são cicatrizes chamadas de “engramas”.

Elas se fixam no subconsciente das pessoas, a “mente reativa”, e viram obstáculos para uma vida plena. Para se livrar desses traumas e aproveitar 100% da sua capacidade, as pessoas devem passar por audições, espécie de terapia regressiva, para se tornarem “limpas” – seres iluminados. Para isso, os seguidores devem seguir as terapias, até hoje o principal ritual da cientologia, que as oferece na forma de cursos pagos.

Dependendo dos problemas que tem, o fiel pode demorar para chegar à iluminação, ou mesmo nunca alcançá-la. Com informações de PR WEB e Super Interessante.

Fonte: gospel prime

 

16/03/2011

Purity Ball: Seita evangélica que celebra a virgindade visa filhas terem compromisso de honra com os pais


Uma seita evangélica a favor da virgindade até o casamento já marca presença em pelo menos 17 países. O Father Daughter Purity Ball tem como objetivo unir pais e filhas com o propósito de mantê-las sexualmente puras – o compromisso é firmado em uma festa de gala diante de seus convidados. Diferente das demais seitas criadas, esta é muito bem recebida pelas igrejas e até por celebridades.

Um de seus criadores, Randy Wilson, tem comparecido em diversos meios de mídia dos Estados Unidos para divulgar as idéias que não apenas são relacionadas com um retorno aos princípios morais, mas também a princípios bíblicos. Sua família é adepta do Purity Ball e serve como um exemplo de “família perfeita” que muitos desejam ter.

A cerimônia que firma o compromisso entre pais e filhas também visa abençoar as filhas, que são consideradas “pequenas princesas”. Em um baile de gala cheio de simbolismos, as filhas recebem os conhecidos “anéis de pureza” e assinam documentos. O pai é colocado como o guardião e protetor de suas filhas. As filhas, por sua vez, colocam rosas brancas as pés de uma cruz, marcando seu comprometimento.

Responsabilidade Mútua

A responsabilidade que é firmada no baile não é direcionada a apenas um dos lados da relação pai-filha. O pai auxiliará e promoverá em tudo o que for possível para que a sua filha permaneça virgem até o casamento. Contudo, ele também deverá manter uma conduta exemplar como pai, marido e homem dentro da sociedade. Tudo isto para gerar na filha o desejo de ter um homem tão honrado quanto o pai.

A família tem de se comprometer a ser um referencial – um porto para que a jovem mantenha o seu compromisso até o fim. E o pai é quem deve manter isso firme.

Filhos Homens

Se o baile é destinado apenas para meninas, o que acontecem com os filhos homens? Os meninos são convidados a comparecer no baile, mas não firmam compromisso lá. Contudo, aos 12 anos (idade em que Jesus questionou os sábios na sinagoga) é realizada a celebração “Coração Bravo do Guerreiro”, onde diversos símbolos do guerreiro são explicados e um anel de pureza é entregue ao jovem. Ele é chamado para preservar sua vida com pureza e auxiliar as moças a também manterem-se puras.

Os filhos homens não precisam da proteção do pai, mas devem vê-lo como um mentor que o auxiliará no crescimento do adolescente em um homem. E, mais uma vez, o pai terá a responsabilidade de ser um homem de respeito em quem o jovem se espelhará.

Anel de pureza e os famosos

O anel da pureza atualmente tem estado na mídia pelo fato de diversos astros adolescentes terem aderido à idéia. O

caso mais conhecido é dos Jonas Brothers. O irmão mais velho, Kevin Jonas, eixou o anel apenas após o casamento, ocorrido há pouco mais de um ano.

Outras celebridades que tem aderido ao uso são as atrizes Miley Cyrus, Demi Lovato e Selena Gomez. Ultimamente, contudo, todos tem sido vistos em público sem os anéis e envolvendo-se em muitas controvérsias.

 

É possível encontrar mais informações no site da Purity Ball.

Fonte: Gospel+

05/12/2010

“Jesus Potter, Harry Christ”: Escritor compara Jesus Cristo a Harry Potter


Jesus Potter Harry Christ Escritor compara Jesus Cristo a Harry Potter 225x250 Jesus Potter, Harry Christ: Escritor compara Jesus Cristo a Harry Potter A autor Derek Murphy acaba de promover o lançamento de seu novo livro. Desde já ele está criando  polêmica com “Jesus Potter, Harry Christ”, que tem como subtítulo “a fascinante história do Jesus literário”.
O livro, que estará disponível no final de dezembro, explora as semelhanças e as relações entre Jesus e Harry. Sua conclusão é que a única diferença entre Harry Potter e Jesus Cristo é que Jesus tem tradicionalmente sido considerado por seus seguidores um personagem histórico.

Segundo a editora, o livro “não é principalmente sobre Harry Potter, mas sobre a história religiosa, a mitologia astrológica, o simbolismo esotérico e a tradição literária de Jesus Cristo. O título apenas se refere ao argumento central deste livro: Jesus Cristo e Harry Potter têm muito em comum. O aspecto principal é o fato de que ambos são construções literárias, ou em outras palavras, personagens de ficção.

Derek Murphy, que estudou teologia na ilha de Malta e está agora na Ásia, fazendo doutorado em literatura comparada, afirma: “Eu sempre fui um grande fã de Harry Potter. Como eu estava fazendo minha pesquisa sobre religião e literatura esotérica, descobri tantos paralelismos entre Harry, Jesus e as fontes ainda mais antigas. Fiz a minha tese de mestrado sobre a influência mística tanto em Harry Potter quanto na literatura bíblica. O mais fascinante, especialmente à luz da controvérsia em torno do livros de Harry Potter (que promoveriam a feitiçaria e o satanismo entre as crianças, etc), é que estas semelhanças vêm sobretudo de fontes pré-cristãs”.

O fato de no final da saga, que reúne 7 volumes, onde Harry acaba morrendo uma morte sacrifical e ressuscita para derrotar de uma vez por todas seu arqui-inimigo, Valdemort, contribui muito para as comparações e paralelos. Cerca de uma dúzia de outros livros sobre a relação entre Jesus e Harry Potter já foram publicados. A maioria é de autores cristãos ansiosos em ajudar a suavizar a tensão entre a popularidade de Harry e as comunidades conservadoras que desejam denunciá-lo como agente do mal. ”Jesus Potter, Harry Christ” porém, é um livro para mudar esse jogo, defendendo que as semelhanças entre Jesus e Harry não fazem Harry mais “santo” – apenas tornar Jesus mais obviamente fictício. ”A verdadeira questão que precisamos fazer não é se Harry Potter é uma ‘figura de Cristo’ (semelhante a um salvador histórico religioso), mas se Jesus Cristo é uma” figura de Potter “(um redentor, criado a partir de símbolos mitológicos e filosóficos), argumenta o livro.

O livro será lançado em 21 de dezembro (solstício de inverno e aniversário do autor). Conheça melhor o material em www.jesuspotterharrychrist.com

Fonte: Livros e Pessoas / Gospel Prime

25/11/2010

Universidade alemã oferece espiritualidade como disciplina de Medicina


Pacientes terminais têm direito a orientação espiritual 250x184 Universidade alemã oferece espiritualidade como disciplina de Medicina“Spiritual Care” é uma matéria obrigatória na Universidade de Munique que visa ajudar os médicos a prestarem assistência espiritual e psicológica para pacientes terminais.
Durante um curso de medicina, os futuros médicos aprendem muito sobre doenças e seus tratamentos. Mas o que faz um médico quando um paciente não pode mais ser curado? Ou seja, quando não se trata apenas de assistência médica, mas de apoio emocional?

Pacientes têm direito à assistência espiritual

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), todo paciente terminal tem direito a ajuda médica, psicológica e espiritual. Mas este último aspecto ainda é pouco explorado.

“Tornar médicos jovens e mesmo os mais experientes aptos a prestar assistência espiritual é visto por nós hoje como uma tarefa da medicina”, afirma Eckhard Frick, professor da Universidade Ludwig Maximilian, de Munique. Juntamente com o colega de trabalho Traugott Roser, ele criou a primeira disciplina obrigatória de “Spiritual Care” da Alemanha.

Um projeto singular na Europa

Com a cátedra “Spiritual Care”, a Universidade em Munique é a única da Europa que cumpre a exigência da OMS. Em salas de leitura, grupos de discussão e seminários, os alunos debatem temas como luto, assistência psicológica e espiritualidade.

Professor Traugott Roser, da Universidade de Munique
A disciplina é ministrada em cooperação com as faculdades de Teologia e Ciências Sociais da Universidade de Munique. A disciplina está associada à medicina paliativa – uma matéria do curso de medicina que se concentra em pacientes com doenças em estágio avançado e expectativa de vida limitada.

Desde 2009, a medicina paliativa é obrigatória nos cursos de medicina. Sua prioridade é melhorar a qualidade de vida dos pacientes e de suas famílias. Isso inclui responder a questões sobre, por exemplo, o sentido da vida.

Ateus também têm orientação espiritual

Ao contrário dos capelães em hospitais, que trabalham pela igreja, os dois professores exercem suas atividades em nome da faculdade de medicina e trabalham com todas as confissões, embora sejam mais explorados os fundamentos do Cristianismo e do Judaísmo.

De acordo com Frick, mesmo um ateu tem uma orientação espiritual, o mais tardar quando ele se depara com a finitude de sua vida.

O aspecto mais importante: a fonte de energia

“Spiritual Care” exige que os médicos não deem respostas padrão. O paciente deve ser o mais importante. “Procuramos estabelecer um diálogo sem estipular que ele deva pensar isso ou fazer aquilo”, afirma o médico que ensina Antropologia Psicossomática. Os futuros profissionais precisam, logo no início do tratamento, encontrar as fontes de energia de seus pacientes, explica.

Música pode trazer conforto para os pacientes
Tal fonte que muitos religiosos entendem como Deus varia bastante para cada pessoa. A visita de amigos, por exemplo, pode ser uma fonte de energia, assim como uma música de Mozart – um artista que desde muito jovem se deparou com a morte. “Mozart também teve uma orientação espiritual, que pode ajudar as pessoas nos dias de hoje”, afirma Eckhard Frick.

Ceticismo dos colegas

Alguns colegas médicos veem com ceticismo a mescla entre espiritualidade e medicina e muitos descrevem o trabalho de Eckhard Frick e Traugott Roser como uma disciplina irrelevante. “Spiritual Care”, também conhecida como “disciplina experimental”, terá cinco anos para se afirmar, tempo assegurado pelo financiamento.

Fonte: DW World

14/10/2010

Governo brasileiro ameaça Igreja Católica por causa de oposição à candidata presidencial pró-aborto


O secretário pessoal do presidente brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva, Gilberto Carvalho, avisou na última quinta a liderança da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) que se os ataques contra a candidata presidencial Dilma Rousseff do Partido dos Trabalhadores continuarem, o acordo da Igreja Católica com o governo poderá ser revisto, de acordo com uma reportagem originária do jornal Valor Econômico, e foi repetida pela agência noticiosa italiana ANSA.

O acordo, conhecido como “concordata”, é um tipo de tratado assinado pelo governo da Cidade do Vaticano e vários governos mundiais. A concordata brasileira inclui apoio do governo às escolas católicas e outros benefícios, que foram concedidos à Igreja Católica no Brasil em 2009.

A candidatura de Rousseff tem recebido oposição de muitos bispos e padres católicos por causa da clara posição dela a favor da eliminação de penalidades criminais para o aborto propositado, o qual é condenado pelo ensino católico como “crime inexprimível”.

Hoje, depois da reportagem sobre a ameaça, a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) divulgou uma declaração distanciando-se de críticas a Rousseff e ao Partido dos Trabalhadores, e ao mesmo tempo continuou a exortar os eleitores a fazer suas decisões à luz dos valores da vida humana e da família.

A liderança da CNBB escreve que “lamentamos profundamente que o nome da CNBB — e da própria Igreja Católica — tenha sido usado indevidamente ao longo da campanha, sendo objeto de manipulação”.

A CNBB prossegue acrescentando que “reafirmamos… que a CNBB não indica nenhum candidato, e recordamos que a escolha é um ato livre e consciente de cada cidadão. Diante de tão grande responsabilidade, exortamos os fiéis católicos a terem presentes critérios éticos, entre os quais se incluem especialmente o respeito incondicional à vida, à família, à liberdade religiosa e à dignidade humana”.

A declaração da CNBB também afirma que “certamente, é direito — e, mesmo, dever — de cada Bispo, em sua Diocese, orientar seus próprios diocesanos, sobretudo em assuntos que dizem respeito à fé e à moral cristã”, num reconhecimento evidente de declarações feitas por proeminentes líderes católicos do Brasil, inclusive o presidente da primeira divisão sudeste da CNBB, o qual denunciou a candidatura de Rousseff em vídeos postados no YouTube no final de setembro no nome de todos os bispos membros da divisão.

Um padre católico muito conhecido que fez um programa na rede de televisão Canção Nova também deu uma recente homília em que ele denunciou o Partido dos Trabalhadores, que está no governo, como pró-aborto, pró-homossexualidade e marxista, e disse que ele jamais votaria neles ou realizaria um “casamento” homossexual. O Partido dos Trabalhadores está agora exigindo tempo igual no canal católico para a campanha de Rousseff responder às acusações feitas contra ela.

Embora Rousseff afirme ser pessoalmente “contra o aborto”, ela continua a chamá-lo de “questão de saúde pública”, e não se retratou de sua posição declarada anteriormente em favor da eliminação das penalidades criminais para o assassinato de bebês em gestação.

Fonte: O Verbo

11/10/2010

Grupo de católicos alemães defende Natal sem Papai Noel


Campanha tem apoio de várias celebridades alemãs. Católicos alemães querem substituí-lo por São Nicolau.

Um grupo de católicos alemães quer acabar com o Papai Noel, por causa da conotação comercial do personagem fictício, e substituí-lo por São Nicolau e a generosidade altruísta que este supostamente representa.

Antes mesmo de as lojas ficarem cheias de artigos ligados a Papai Noel, a Bonifatiuswerk, uma organização assistencial católica, começou a lançar chamados por “áreas livres de Papai Noel.”

A organização vê Papai Noel como “invenção de uma indústria publicitária, visando promover as vendas”, “representante da sociedade consumista” que guarda pouca relação com a figura histórica de São Nicolau.

O site da entidade descreve São Nicolau, padroeiro das crianças, como “alguém que vem nos socorrer em momentos de necessidade e nos lembra a importância da bondade, de pensar nos próximos e de distribuir a dádiva da felicidade”.

A campanha tem o apoio de várias celebridades alemãs.

“Diferentemente de Papai Noel, São Nicolau quer dar riquezas interiores às crianças, e não apenas tentar incentivá-las a lutar por riquezas materiais”, disse a apresentadora de TV alemã Nina Ruege, segundo relatos.

Fonte: G1

24/09/2010

Membros de seita apocalíptica são encontrados vivos


A polícia de Palmdale, na Califórnia (EUA), encontrou os 13 membros de uma seita apocalíptica dados como desaparecidos após terem deixado cartas dizendo que “iam se encontrar com Jesus”.

O grupo, composto por salvadorenhos e liderado por Reyna Chicas (foto), saiu para uma jornada de orações no sábado e começou a ser procurado após familiares terem alertado a polícia para as cartas.

As autoridades vasculharam o deserto da Califórnia à procura do grupo liderado por Reyna, uma dona de casa de 32 anos. De acordo com a edição online do Telegraph, o grupo incluía quatro mulheres, todas irmãs, e os seus filhos, seis rapazes e duas raparigas.

Algumas horas após as autoridades tomarem conhecimento das suas intenções, o grupo foi descoberto por uma patrulha de bairro enquanto rezava pelo final da violência e imoralidade nas escolas, no exterior de uma escola em Palmdale, também na Califórnia.

“Nenhum crime foi cometido e não há acusações pendentes” disse Mike Parker oficial de polícia de Palmdale.

O receio da possibilidade de um suicídio coletivo surgiu quando o grupo, formado por emigrantes vindos de El Salvador, deixou com um parente um saco cujo conteúdo –  notas e esboços – indicava que o mundo estava para acabar e que os membros da seita pretendiam ir para o céu.

Um alerta divulgado pela Polícia avançava que “as suas intenções eram cometer suicídio coletivo” com o objetivo de irem “para o céu juntar-se a Jesus e aos seus entes já falecidos”.

A líder do grupo é acusada pelos seus parentes de fazer lavagem cerebral aos outros elementos do grupo. Apesar disso os seus vizinhos garantem que é uma “boa mãe” que após a separação do marido se tornou cada vez mais religiosa, influenciando quem estava a sua volta.

Fonte: Correio da Manhã

Tags:
%d blogueiros gostam disto: